Quantcast
PplWare Mobile

E-Bike de montanha dobrável Bezior XF200 com autonomia para mais de 100 km

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Ric says:

    Este site gogobest, alguém conhece?

  2. IKAROS says:

    A 40 km/h já pode andar na autoestrada!

  3. Carlos says:

    Atenção que este tipo de bicicletas com velocidade máxima acima dos 25Km/m já não são equiparadas a velocípedes. Alem de que o motor apenas pode assistir a bicicleta e não a fazer andar sem pedalar.

    https://www.segurancarodoviaria.pt/codigo-da-estrada/titulo-iv-dos-veiculos/cap%C3%ADtulo-i-classificacao-dos-veiculos/artigo-112o-velocipedes/?returnUrl=%2Fcodigo-da-estrada%2F%3Fshow%3D2137%23a-capitulo-2129

    “2 – Velocípede com motor é o velocípede equipado com motor auxiliar com potência máxima contínua de 1,0 kW, cuja alimentação é reduzida progressivamente com o aumento da velocidade e interrompida se atingir a velocidade de 25 km/h, ou antes, se o condutor deixar de pedalar.”

    “6 – Quem circular de trotineta ou dispositivo de circulação com motor elétrico, autoequilibrado e automotor ou em meio de circulação análogo com motor, equipado com motor com potência máxima contínua superior a 0,25 kW ou atinja uma velocidade máxima em patamar superior a 25 km/h, em desrespeito das características técnicas e do regime de circulação previstos no número anterior, é sancionado com coima de (euro) 60 a (euro) 300.

    7 – Os veículos referidos no número anterior são apreendidos de imediato.

    8 – O disposto nos n.os 6 e 7 é aplicável aos velocípedes que estejam equipados com motor auxiliar com potência máxima contínua superior a 1,0 kW ou cuja alimentação não seja interrompida se se deixar de pedalar ou cuja velocidade máxima seja superior a 25 km/h.”

  4. Honorato says:

    Já atingi quase 70 km/h numa descida. Um ciclista profissional atinge numa reta 50 km/h normal. 45-50 e fácil atingir numa descida logo no início

    • Keyboardcat says:

      Se saltares de uma ponte até atinges mais. Mas o que a lei diz é que o motor elétrico não deve fornecer qualquer tipo de tração acima dos 25Km/h.

      Existem formas simples de testar isso sem sair do mesmo sítio. Em muitos países a polícia tem equipamento usado para esse efeito.

  5. Nuno says:

    Prometem uma autonomia de 130km mas são só 50km com o motor e o resto é a pedalar?
    Como é que se chega a este valor? Eu já faço 130km na minha bicicleta convencional sem motor nem bateria e nesta faço o mesmo?

  6. Mat says:

    Atenção que esta bicicleta não faz 130klm de autonomia.
    Em modo de assistência com pedal comigo fez 55 klm, peso 85kg, usei em estrada e apenas usei a assistência máxima em subidas muito acentuadas.
    Os 130 klm e atrevo-me a dizer que os 1000w é fake.
    Mas de resto gosto da bicicleta, é bonita, tem boa qualidade de construção e cada carga custa cerca de 0,15€ que dá +/- 0,28€/100 klm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.