Quantcast
PplWare Mobile

É apenas uma rotunda! Mas nos EUA os condutores não sabem usar…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Toni da Adega says:

    Este pessoal tinha um colapso nervoso na Magic Roundabout que fica em Swindon UK

    • miguel says:

      mostrei essa rotunda ao meu pai, ha umas semanas. ele, no trabalho, faz entre 300 a 400km por dia, todos dos dias. anda nisto ha 38 anos. a reaçao dele foi esta: “fds! qué essa m€&@5a! pra´qué essa me&&6a? vais por onde quiseres, o importante é nao bater!”

  2. pH says:

    Nem lá, nem cá…

  3. salman says:

    ainda sacam das armas e começam a disparar contra a rotunda

  4. FAR says:

    Lol, de uma foma ou de outra eles lá se amanham xD

  5. berto says:

    “Se pretender sair da rotunda por qualquer das outras vias de saída, só deve ocupar a via de trânsito mais à direita após passar a via de saída imediatamente anterior àquela por onde pretende sair, aproximando-se progressivamente desta e mudando de via depois de tomadas as devidas precauções;” imagina que os tugas sabem disto…. até as rotundas funcionam, ainda juntar o pisca á saída e também á entrada…

    • onurb82 says:

      Saúdo o berto e os tugas das suas rotundas!!!
      Porque os tugas que eu vejo do meu lado direito e à frente até assustam…

      Faz muita falta um instrutor, João dos Burros em cada escola, porque continuam a ser cometidas muitas infrações!!!

      Se o quadrúpede da frente ignorar as regras descritas por si, eu tenho de estar muito atento porque não quero o meu bolinhas estragado… Não quero precisar de polícias ou seguradoras…

    • kolas says:

      Todos os dias vejo gente a fazer exactamente o contrário, querem sair, vão ao centro da rotunda, querem continuar a circular na rotunda, encostam-se à direita. e sabe-se lá porquê, acham que têm razão e apitam (outra ilegalidade). É como fazer piscas de emergência para dizer que estão ali parados, isso todos sabem, não sabem é que não se pode usar os piscas de emergência assim… “-ah, e tal….”

  6. David Guerreiro says:

    Eu acho que também fazia falta ali sinalização. Mas aquele pessoal sai da rotunda pela via da esquerda…

  7. MACnista says:

    Típicos americanos!!!!!!!!!

  8. Filipe says:

    Credo!
    Aí se vê bem a inteligência norte-americana.

    • Samuel MG says:

      LOL!! Se eles fossem circular na rotundas em Portugal era o caos!!

      • Blockd says:

        Atenção que em há sítios onde, até há alguns anos, estiveram colocados semáforos (numa das mais movimentadas do Funchal, junto ao hospital), onde tiveram depois de pintar um traço contínuo para evitar acidentes diários que lá aconteciam (esse mantem-se atualmente)… Mas respeitarem as regras nas rotundas ainda é complicado…

        • Filipe says:

          ahah…
          MAs ja está muito melhor aqui no Funchal, embora ha sempre um azelha que gosta de fazer a rotunda td por fora..
          Os americanos sao conhecidos por serem maus a conduzir. Basta ter um carro manual que a maioria nao sai do sitio.
          Imaginem entao uma rotunda do relógio ou pior como em Paris o Arco do Triunfo.
          Nos EUA a rotunda é uma coisa recente. Deveriam por mais sinalização para azelhas. Parece ter pouco movimento pq aquela gente toda fora de mao…

    • Paulo Martins says:

      Isto é perfeitamente normal eles não têm rotundas, imagina que é tu tirares carta de condução sem nunca teres visto uma rotunda real na tua vida, e depois imagina o quão bem tu irias circular numa rotunda.
      Este processo é normal, houve um cidade nos EUA que trocou a maioria dos cruzamentos com semáforos por rotundas, no início foram muito criticados e houve um aumento do tempo que as pessoas passavam no trânsito, afim de algumas semanas melhorou e hoje em dia a maioria da população é a favor das rotundas visto que para além de terem diminuído o tempo que perdem no trânsito também diminuiu a sinistralidade.
      Dá-lhes tempo que eles também aprendem.

    • MACnista says:

      that’s right!!! LOLOLOLOLOL

    • QQ says:

      Pois, somos tão mais inteligentes. Cura-te.

    • Miguel says:

      Deve ser o mesmo que pensam os indianos de nós. Eles nem necessitam de sinalização.

    • falcaobranco says:

      Filipe concordo completamente contigo… nem consigo comentar mais além de um simples… LOL !

  9. Pedro says:

    As rotundas para eles são uma novidade mt recente em mts estados. Americanos pouco inteligentes? Nós andamos desde 1986 até agora de mão estendida em relação à UE….Para na falar que fomos os primeiros na Ue a preencher os impressos para a bazuca…$$$
    Triste povinho português.

  10. Bruno says:

    Era meter aquela malta a andar em Viseu. ahahah

    • MACnista says:

      … Ui isso é que era!!! LOLOL

    • onurb82 says:

      Barreiro, aproxima-se!!!

    • Blockd says:

      Em Viseu o trânsito flui até bastante bem, apesar do trânsito intenso, porque as rotundas são bem grandes e já as têm há imenso tempo, apesar de haver mais em Sintra, Cascais, Loulé e Leiria, neste momento! É sinal que fizeram bem as coisas e há quem siga o exemplo!

      • FreakOnALeash says:

        Ainda me lembro da primeira vez que lá fui passear com a namorada…sou de uma cidade pequena e nunca tinha visto daqueles cruzamentos com sinalética luminosa manhosa, os nativos fizeram logo questão de me alertar sonoramente que não estava a proceder corretamente (ainda hoje não sei o que fiz mal)!

  11. Cláudio Andrade says:

    uma semana em viseu e aprendiam a circular em rotundas

  12. Jorge says:

    Com mais este vídeo, eis que surge boa oportunidade de associar e comparar motoristas americanos ao de ‘comunistas disfarçados’, ainda mais se considerarmos o quanto eles coletam e distribuem em mídias como Yputube as peripécias de um chamado modo caótico de motoristas e tráfego da Russia.

  13. Indignado says:

    Quem é que pensava que os Americanos eram um povo inteligente e evoluído ????

  14. Há Cada Gajo says:

    Este pessoal estaciona o carro à entrada de Viseu e visita a cidade a pé !

  15. 652mga says:

    Perante o actual CE português esta “rotunda” no vídeo não o é… depois antes da “rotunda” aqueles “divisores” da via não são precedidos por um traço contínuo ou sinalização a proibir a ultrapassagem… o que me impede de ultrapassar o veículo que segue à minha frente e depois não poder voltar a circular o mais à direita possível?

    Mas eu desconheço o CE em vigor EUA…

    berto quantas rotundas conhece onde não é possível os procedimentos descritos pelo CE para a circulação nestas?

  16. Redin says:

    Mas isto leva a crer que a legislação andou com o carro a frente dos bois.
    Alguém em perfeito juízo cria uma regra de transito que não esteja prevista no código da estrada? Não é de admirar que os comportamentos sejam desajustados. O vídeo é viral à nossa realidade.
    Eu se for conduzir para a Inglaterra também me iria sentir um “tontinho” primeiro que me fosse habituar a conduzir pela esquerda. Uma região como o Algarve cheio de turistas ingleses não lhes pode conferir o direito de lhes facilitar a condução, criando regras locais que não estejam de acordo com a nossa legislação.

    • Paulo Martins says:

      A legislação de rotundas existe nos EUA há muito tempo, simplesmente as cidades nunca optaram por essa opção nos cruzamentos, é normal que haja problemas no início, há é que realmente manter a aposta nas rotundas e não voltar a trás só porque para já não está a correr tão bem.

      • Redin says:

        A minha falha nessa informação deve-se a nunca por lá ter passado e viver obviamente fora dessa realidade. No entanto, uma legislação terá de acompanhar o desenvolvimento do interesse das comunidades. Se nunca foram adoptadas rotundas, a legislação para as mesmas deixa de fazer qualquer sentido. No melhor dos cenários a sinalização carece da sua presença, mesmo em fase de construção, tal como parece demonstrar pelo video.

      • 652mga says:

        Então será diferente da portuguesa, pelo menos neste caso…

  17. Vasco says:

    Desenrascam-se muito bem para quem se calhar nunca conduziu em rotundas. E o transito sempre a fluir, com normalidade.

  18. Sergio says:

    Uma semana aqui em aveiro e ficavam bem instruidos

  19. Joao says:

    Isso explica porque os motoristas do Cities Skyline são tão “burros” quando tem uma rotatória, ainda bem que existe o Traffic Manager para você “ensinar” como fazer

  20. Sousa says:

    Mas… Aquilo é uma praça. Torna as coisas ainda pior.

  21. Miguel says:

    Nos estados unidados nem saber fazer curvas simples, quanto mais rotundas.
    Já viram o seu desporto automóvel de eleição? Do que estavam á espera….

  22. supersilva says:

    Dá zero pra eles!

  23. AlexX says:

    Acho um comportamento normal para quem nunca viu ou aprendeu a usar rotundas. É que nem vejo ali qualquer sinalização. Mas até pode ser que hajam menos acidentes doravante que quando haviam semáforos.
    Por cá fazem parte do código há décadas e no entanto muitos ainda não as sabem contornar. E tantos artistas nem as contornaram, optando por seguir em frente e galgar a rotunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.