Quantcast
PplWare Mobile

Citroën AMI: mini-carro elétrico chega em setembro por 7350€

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Nuno Fernandes says:

    que coisa feia meu deus!

  2. MS says:

    Totalmente inutil este carro

  3. iluminado says:

    Isto serve para quê?

  4. Ale says:

    Só pode ser dia 1 de Abril…. 7k…. 75km?!?!?

    • jota says:

      O texto diz tudo!

      “…necessidades de mobilidade, para viagens curtas e preocupações ambientais. É um conceito não convencional: 2 lugares, 100% elétrico…”

    • albinonegro says:

      Alguem te obriga a comprar? Nao gostas, nao compras…

    • Ale says:

      Uau, peço desculpas se ofendi os meninos 🙂

    • Toni da Adega says:

      Para andar na cidade chega e sobra. Perfeito para ir para o trabalho

      • Blackbit says:

        Nim.
        Se precisas de usar autoestrada, nem que sejam 100m, já não serve.

        Para mim é um “mata-velhos” elétrico e barato que tem a sua (pouca) praticabilidade.

        Fico a espero de uma versão que possa ser usada em AE e a bom preço, já há muitos modelos na China que serviriam esse propósito, pena não serem cá vendidos.

        • André R. says:

          E arriscavas a tua segurança usando um desses carros chineses baratos?

          • Blackbit says:

            Os construtores chineses melhoraram muito a segurança dos seus automóveis, mas sim nada como esperar pelos resultados dos euro- NCAP.

          • GM says:

            DACIA SPRING, “barato” por 16000€, “europeu” fabricado na China. Não sei como é que a RENAULT/DACIA embarcou nessa. Só por isso perdeu o interesse.

          • Miguel A. says:

            O Dacia Spring está mais seguro estruturalmente que o Kwid chinês, por isso é que lá custa 9000€ e cá custa 16000.

        • Toni da Adega says:

          eu disse para andar na cidade, e para isso é mais que suficiente. Não falei andar a fazer viagens na AE.
          O smart também é um bom carro para a cidade, mas para ir de férias com a família não é das melhores opções

    • ACS says:

      claramente é um bike eletrica coberta para que faz poucos km por dia. Por exemplo para quem vive no centro da cidade e quer um carro.

  5. piloto123 says:

    devido ás alterações climáticas vou encostar o carro que tenho e vou comprar um helicóptero

  6. A.F. says:

    7350€ chave na mão, compro um para a minha esposa ir as compras e dar as suas voltinhas.
    Autonomia de 70 quilómetros, chega bem para o dia a dia.
    Só falta saber em quanto fica o seguro mais as taxas do desGoverno.

  7. Aj says:

    Feio so como Citroën pode fazer.

  8. IKAROS says:

    Ideal para quem vive na cidade em que trabalha, como 2º carro, e (claro) tenha garagem com tomada.
    Em Lisboa é ideal. Estacionamento fácil, e por ser elétrico, nem paga estacionamento!

  9. António says:

    Cruzes credo!!!!!!
    Será que não havia forma de fazer uma coisa menos feia.

  10. Visionario says:

    Papa reformas diesel novo 14000€ …papa reformas eléctrico 7350€…querem melhor?

  11. Marco Duarte says:

    Mas o carro deve de ser um “salvado” já lhe bateram na frente

  12. Ze says:

    Tanto se fala em salvar o ambiente e vao usar recursos para contruir esta inutilidade? 7k€ para um carro que nao passa dos 45km/h, autonomia de 70kms! Das 3 voltinhas e passas 8h a recarregar a bateria pra voltar a dar 3 voltinhas…

  13. Robin says:

    ainda bem que nao tenho preocupaçoes climaticas.

  14. SANDOKAN 1513 says:

    Mas para que serve um “carro” destes ?? Se tiver um acidente fica feito num cubo ainda mais pequeno do que já ele é.Uma pessoa até abafa num carro tão pequeno.Onde é que um tipo que tenha mais de um metro e noventa cabe num carro destes ?? 😐

  15. Adeus says:

    Acho muito caro para a utilidade que pode ser dado a um carro deste género.

  16. rm says:

    Tinham que me dar 7350€ para eu andar nessa casca de noz.
    Bateram com a cabeça, só pode.

  17. Edgar says:

    lol mas quem é que vai comprar isto?

    • Miguel A. says:

      Quem precisar, e quem lhe compensar. Com aquele peso e pouco consumo, é uma despesa a menos de combustivel, revisões, iuc e inspeções. Da maneira que as despesas são, de manter e andar com um carro normal hoje em dia, no nosso país faz muito sentido. É meter a cabeça a trabalhar.

  18. Aj says:

    será que os francês só sabem desenhar roupa bonita?

  19. jakuti says:

    Bem catita. Um mata velhos eléctrico!!!

  20. Fulvio Carvalhido says:

    Mas vale comprar um mata velhinhos e converter em electrico e tens um carro 100% electrico com melhor aspecto.

  21. Ricardo Nunes says:

    Se fizessem como em Franca: https://www.citroen.fr/ami

  22. Jakuti says:

    Garanto a todos que vai ser um sucesso de vendas. Goste-se ou não, vão ter de se habituar a vê-los com fartura por aí. Lembram-se quando saiu o primeiro smart for two? Os críticos…Pois…

  23. contacto says:

    Em França custa 6 mil euros . Aqui metem mais 1.350 euros no preço. É roubar logo no preço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.