Quantcast
PplWare Mobile

Carros Tesla estão a parar “repentinamente”! Já há muitas queixas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ZZZZZZZZ says:

    não percebo a admiração… São caros e bastante propensos a vários tipos de problemas, visto serem feitos á pressa. Principalmente os primeiros modelos

  2. ToyotaC says:

    Bem feita, é o que dá o CEO de Tesla de ter feito ameaças graves sobre os que trabalham remotamente em casa e assim vai continuar com muitos prejuízos na empresa dele se o CEO de Tesla anda tratar muito mal aos seus funcionários.

  3. Jose says:

    Falta de gasolina

  4. HUGO SANTOS says:

    Até parece que os carros a combustão não param do nada e normalmente falhas em sensores electrónicos.

    • RC says:

      Sim, tanto que usaram o nome da tesla onde tem algumas centenas de queixas para anunciar que a honda tem milhões para resolver o problema. 😀 😀 😀

  5. Food Gym Todo says:

    A agência está também a investigar reclamações acerca dos sistemas automáticos de travagem de emergência em mais de 1,7 milhões de Honda (…)

    Mais coerência nas traduções pfv…

  6. António says:

    É bem melhor do que quando faz error, error, error”, bloqueia as portas e começa a arder com condutor no interior.

  7. asimoto says:

    O principal bug destes carros é que …não há depósito para gasolina, e por isso as pessoas ariscam-se a andar a pé!
    O Segundo problema, e não é menos grave que o primeiro, é o nível de eletrónica presentes nestes carros…ao fim de 10 anos, estes carros teem tantos problemas que a Reparação não é possível porque custa mais que comprar um novo.
    Ou seja estamos na presença de um POS..cheio de bugs.

    Se as pessoas andam preocupadas com o ambiente…comprem carros a GPL!

    • RC says:

      Então quais deram problemas aos 10 anos ?

      O GPL só existe porque se produz outros combustiveis, sem haver produção de gasolina e gasóleo não há GPL para ninguém.

    • João Magalhães says:

      E a bateria ? Compro o carro novo por 50k e ao fim de 5 anos quero vender, quem é que me dá 30k por ele sabendo que a qualquer momento tem que trocar a bateria?

      • RC says:

        A qualquer momento ? Então pensa que são como o seu a combustão, esses sim a qualquer momento dão o pifo.

        Primeiro porque têm garantia de 8 anos e já há marcas a dar 10, depois pode testa la quando quiser e usar isso como argumento de venda.

  8. Luis Garcia says:

    Meu rico carrinho com motor a combustão. Toyota Yaris 1.0. Não deixa ninguém apeado (se tiver gasolina of course).

    • RC says:

      Pois, que pena, os meus painéis solares não produzem gasolina.

      • Luis Garcia says:

        E o que eu tenho a ver com isso?

        • RC says:

          O mesmo que esta noticia tem a ver com o deixar apeado.

          • Luis Garcia says:

            Foi só um comentário. Não tem de ficar ofendido. Não preciso que me responda ao comentário. Nem você nem ninguém. Já percebeu ou quer que lhe faça um desenho?

          • RC says:

            Ah ok, é só mais um hater.

            Ok percebido.

          • PTO says:

            Um fanboy a acusar alguém de ser hater, quando esse alguém nem sequer criticou a Tesla, apenas disse preferir o seu carro a combustão.

          • RC says:

            Se ele tivesse lido a noticia sabia que não tinha deixado ninguém apeado.

          • Luis Garcia says:

            E se você RC tivesse 3 dedos de testa e um mostrasse um mínimo de inteligência, diria para si mesmo que eu estava a falar do motor da Toyota que é fiável. Não sou um hater. Só gosto que respeitem a minha opinião assim como eu respeito a dos outros. Você é que parece que não gosta de ser contrariado.

          • RC says:

            Mas o que tem a ver a fiabilidade de um motor com a sensibilidade destes sistemas que todos os carros vão ser obrigados a trazer ?

            É a mesma coisa que eu vir aqui dizer que o bolo de pão de ló das Caldas é melhor que o das Taipas.

  9. Grunho says:

    Podem dar problemas, e as contas das peças e reparações batem todos os records. Em compensação, o único eléctrico com matrícula estrangeira que encontrei no Porto foi um model S com matrícula do UK. E isso diz tudo.

  10. pj says:

    o “mosca” teve benefícios de toda a ordem para pôr os “carrinhos de choque” na rua. publicidade infinita nas televisões, processos de legalização “sumárias”, testes de segurança “inventados” e “avaliação de impacto ambiental” falseado. vamos esperar para quando os “carritos” tiverem mais quilómetros, depois é que vai “haver chor e rander de dentes”

    • RC says:

      A sério ? Mostre lá dados sobre isso tudo, começando na publicidade da tv.

      • antifanboy says:

        que fanboy man, andas a responder contra todos aqueles que tenham má opinião sobre o carro a pilhas, já tens um? estás satisfeito? partilha com a malta a tua experiência que deve ser boa a 200%. Outra coisa sabes que ao fim de +/- 5 anos dependendo dos abusos nos carregamentos das baterias isso vai ter de ser trocado não sabes? pronto vai ver a conta… ou então já que tens bolsos fundos compras outro como se compra uma televisão… Por acaso também saberás que a tecnologia base das baterias actuais são iguais ás dos telemóveis, são é imensas condensadas num só sitio…que por acaso para arrefecer é lixado , por isso os eléctricos se dão tão bem em clima quente, e já agora em frio… se fossem em grafeno era uma coisa , agora ião de lítio… mas para que conversar contigo se és o verdadeiro hater de toda a gente que faça perguntas legítimas e que possam por em causa aquilo que tu tanto gostas não é? Vai lá fora apanhar sol, que luz do monitor está a queimar-te a pestana…

        • RC says:

          Que têm má opinião ? ou achismo ?

          Está a ver, acabou de provar o que eu disse. 5 anos ? então mostre lá dados sobre isso ? LOOOOL

          Não, não sei, nem você, enfim, pensam que todos têm o mesmo conhecimento que você, ou seja, nenhum.

          Já agora porque as baterias têm 8 anos de garantia ?

          Quanto ao preço usam o argumento do engano de um stand, enfim, pagam internet para dizer disparates. Incrivel.

          A minha experiência é esta, tenho mais de 15 anos a andar nestes veículos, tenho uma viatura já com 23 anos, outra com 19 e outra com 12, todas as baterias a funcionar e quase 500 mil kms neles todos.

          Desde quando a tecnologia das baterias dos carros é igual à dos telemóveis ? LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

          Bolas, veja lá se consegue acertar ao menos uma.

          Para arrefecer é lixado ? então ? LOOOL

          Grafeno ? lol, nem sabe que as baterias de grafeno, tal como as niquel, que são as que estamos aqui a falar, também levam litio.

          Você é que é o hater, afinal o tema aqui é o quê ? gasolina ? Nem sequer são baterias, porque os carros que travaram em andamento nada tem a ver com as baterias, mas sim com a tecnologia ADAS.

          Eu faço perguntas legitimas, mas você além de não as saber fazer, só disse disparate, bolas, foram todas ao lado.

          • antifanboy says:

            Pronto é fanboy mesmo e não dormiu as horas todas, o facto de dizer que eu não sei e tu é que sabes diz tudo, como tu dizes deve ser verdade, tu é que não apresentas factos pá…Incrivel , pagam-te para dizeres disparastes? Por falar em disparates apanha-se mais depressa um mentiroso que um cocho, repara mais de 15 anos a andar em teslas? quando só surgiram em 2017 , e depois 3 viaturas com + de meio milhão de quilómetros em todas, tu realmente pareces um camionista ou isso ou um corista…man sai de casa , compra um tesla mete-te num ferry vai até africa , vai até ao deserto e mete em condução autónoma , não chateies o pessoal que isto nitidamente dá-te cabo da tensão arterial , imagino-te como um caniche a espumar-se todo … ridiculo , vá até nunca mais.

          • RC says:

            A mim não pagam, e a si ?

            Factos ? você é que tem de apresentar, não é você que está a levantar as questões.

            Mas onde é que disse que era em teslas ? quando disses nestes veiculos referia-me a electricos, você alguma vez se referiu a teslas ?

            Não seja preconceituoso, aceite que doi menos.

          • RC says:

            Já agora, os primeiros teslas Model S surgiram em 2012, em 2017 apareceu cá a oficina da tesla, conheço o primeiro que veio para Portugal em 2011.

            Mas como falhou todas, essa é só mais uma, continue a mandar mais para a malta se rir.

            LOOOOOOOOL

      • pj says:

        anda distraído.????
        até telejornais dias seguidos com notícias / publicidade de modelose carateristicas, etc.

        meses a fio
        quanto a testes, estamos conversados. um novo modelo à venda requer provas e contra provas.
        adiante, no final de contas as opiniões valem o que valem.

        • RC says:

          Não sei que tv você tem, mas a tesla não faz publicidade na TV.

          Deve andar a sonhar com teslas, de certeza.

          Sim, este modelo de venda não usa publicidade, e ao que parece os grandes como BMW, Mercedes e outros estão a ir pelo mesmo caminho.

        • RC says:

          Certo, os negacionistas são assim, quando têm preconceitos ou algo que não gostam, negam tudo, é tudo falso, inventado e o mundo deles que não existe, é tudo faz de conta. 😀 😀 😀

  11. abilio silva says:

    Estão admirados? São geringonças fabricadas na china.

  12. PTO says:

    Eheheh, ainda está para chegar o mês em que os Hotwheels a pilhas da Tesla não andem a pifar por um qualquer motivo.

    O controlo de qualidade da Tesla deve ser mesmo TOP!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.