Quantcast
PplWare Mobile

Avião hipersónico: Volta ao mundo em 3 horas? Será já em 2025…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Os bilhetes devem ser “baratos”. 🙂

  2. TXG says:

    A viajar a 4000km/h ainda demoraria um pouco mais de 1h (a distância entre cidades é pouco mais que 5000km), mas ok, aceita-se o ajuste…

    Já as 3h para dara volta ao mundo… Quer dizer, o perímetro da terra é cerca de 40000km, isso daria 10h… Que rota estarão a pensar? É que, alterando a rota, eu vou aos polos e dou a “volta ao mundo” num segundo…??

    • TXG says:

      Ah esperem, o diâmetro da Terra é 12732 km… Isso daria pouco mais que 3h… pois, alguém se confundiu :p

    • Nuno Ferreira says:

      Devem querer dizer ir de X até Y sendo o Y o local mais distante do aeroporto X escolhendo o caminho mais curto em 3 horas.

    • Toni da Adega says:

      Contas deste artigo devem estar mal feitas. O Concorde demorava cerca de 3 horas a fazer Paris-NY. Este aviao com aproximadamente o dobro da velocidade faz 1h…
      Devem estar a fazer as contas quanto tempo demoraria de fosse na velocidade máxima

      • Vítor M. says:

        Não necessariamente. Até porque nem tudo dobra, há zonas onde ele não poderá andar a essa velocidade, principalmente sobre zona terrestre e em determinadas altitudes. As contas estão dentro do expectável.

        • Paulo Santos says:

          Volta ao mundo em 3 horas?
          Explique lá essas contas

          • Vítor M. says:

            Eu? Mas quem afirmou que poderia fazer foram os responsáveis do projeto 😉 não eu. Apenas respondi ao comentário do Toni. Se é possível? Sim é.

            Posso fazer aqui umas contas rápidas, básicas. Mas parece-me teoricamente possível, até porque outras tecnologias conseguem dar 15 voltas ao planeta por dia. Apesar de não podermos comparar, o voo hipersónico, Mach 5 consegue velocidades na ordem dos 6000 km/h ao nível do mar. Portanto, a Terra tem 12 742 km de diâmetro, se uma aeronave atingir uma velocidade de Mach 4… é fazer as contas 😉

          • Paulo Santos says:

            Há aí uma confusão entre diâmetro e perímetro, digo eu.
            Uma viagem Lisboa-Sidney tem maior distância que o diâmetro da Terra, por exemplo

  3. Ze says:

    Só terá o problema de na viagem ultrapassar o peazo de validade dos produtos chineses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.