Quantcast
PplWare Mobile

Alguém inventou um adaptador OBD2 que pode prever quando o seu carro vai avariar

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Pedro Nogueira says:

    Não é o adaptador que prevê quando carro vai avariar, mas o software que desenvolveram, baseado na informação recebida pelo OBD2. Está na descrição do produto.

    • diogo says:

      Banha da cobra, os erros não te dizem quando vai avariar dizem que tens uma avaria.
      Eu se ligar o meu (4€) e se tiver uma avaria mando reparar pelo código já se sabe mais ou menos o problema, mas depois o electricista/mecânico é que resolvem mas não espero que avarie.

      • N/A says:

        Provavelmente não é apenas pelos erros que isto chega a uma conclusão. É também pelos valores lidos pelos sensores que se estiverem fora dos parâmetros estabelecidos pelo fabricante, deverão indicar que uma peça não está a funcionar correctamente.

      • Imf says:

        Calmaaaa ha aqui um nal entendido, obd do chines por bluetooth ou por cabo isso nao interessa absolutamente nada.
        Seja 3€/1000€, o que realmente interessa é o software de leitura de erros.
        No meu caso nao encontro nenhum por bluetooth de 4€ para o grupo VW.

        Que de para ligar ao VAGCOM.

        Agora comprar um obd de 4€ e usar o programa basico universal para leitura de erros e esperar que seja isso que os mecânicos usam…alguns talvez.
        Mas nao não é isso.

        Mesmo com um bom software ( pirata ou nao), ha dados que so conseguem ser alterados mediante uma pass( sim tudo é possível obter)

        Agora nao venha é aqui confundir o harware, com o software.
        O hardware pouco importa o seu preço, o importante é o software.
        E duvido que este aparelho que o pplware mostra seja pouco mais ao menos potente que um software específico da marca, ou criado para a marca que custam 500€ ano.

        • Lopes says:

          Para o essencial qualquer OBD de 5€ desenrrascas para o basico, agora para algo mais profundo tem de se ligar sempre o carro a um computador com software apropriado e licenciado, e aqui ja se entra numa fase que nao e para curiosos.

          Para o grupo Audi/VW ja existe um dongle chamado obdeleven que ronda os 100€, e pode-se ja activar desativar algumas funcionalidades com ver outras coisas que so com o vagcom.

          • Imf says:

            Obdeleven é caro muito caro.
            Simples de usar e muito intuitivo.
            E funciona como comunidade.
            Basicamente carregas para o carro um programa ja feito.
            Basicamente carregas num botão que terias de executar 20 coisas.
            Mas a é muito fraco software… mas muito fraco.
            Depois de usarem o vagcom, nao qurem outra coisa.
            Ou isso es um utilizador muito basico que nem precisas de leitor de obd.

    • Jorge Miguel says:

      E ao que percebi, com o conjunto de dados que recebe de outros utilizadores vai conseguindo criar padrões com os valores obtidos, daí a IA.

    • Fernando Jorge says:

      No grupo PSA eu teria muito cuidado com todos os updates que eles fazem nos carros, quando lá entram, até para intervenções menores.
      Principalmente aqueles carros com mais alguns anitos cujos donos eles querem empurrar para os modelos mais recentes.

  2. diogo says:

    Inventou a roda, a anos que uso um obd2 bluetooth que faz o mesmo custou cerca de 4€ nos chineses, e leio todos os erros no smartphone.

  3. Topgum says:

    Este tema é engraçado. a industria aeronautica já o faz há algum tempo. O conceito é correlacionar dados e pegar em histórico para estimar quando será necessário substituir peças antes que avariem. E lá em cima não e fácil trocar peças em voo :). Por exemplo, uma peça pode ter uma comportamento conforme esteve sujeita a maior ou menos pressão ou temperatura e durante quanto tempo, somam a isso o MTBF da peça e voilá. A ideia não é evitar a oficina é antes evitar a avaria no meio da estrada. Bom Ano a todos

    • Ricardo Gomes says:

      estas a confundir… na industria aeronautica tal como na industria automovel o que existe é baseado em muitos testes e por um perimetro maximo de tempo de uso e em quais circunstancias. Os resultados da falha definem quando certas peças têm que ser trocadas e como. Na industria automovel chama-se a isso, Serviço…agora o que esta descrito no Artigo nem sequer é possivel nem hoje nem daqui a 100 anos, é apenas mais um que teve uma ideia e que acreditga seriamente que é possivel e que começou a desenvolver um Producto que nao vai funcionar… mas o importante nem é se vai ou não funcionar, mas sim quantos acreditam nesta lengalenga e lhe compram o producto superfulo.

      • HMA says:

        O que está em causa aqui é “manutenção preditiva”. O OBD2 não dá apenas códigos de avaria dá leituras de vários sensores mais ou menos em tempo real. A ideia é analisar os dados recolhidos e tentar calcular quando uma avaria vai acontecer com base na tendência de crescimento ou redução desses valores. O mesmo pode até ser aplicado na saúde: se fores fazendo analises anualmente e, apesar de os níveis de colesterol se manterem sempre dentro dos limites considerados normais, demonstrarem uma tendência de subida ao longo dos anos não é preciso ser um génio para prever que em breve poderás terás um problema de saúde relacionado com isso.

        • Ricardo Gomes says:

          isso é impossível, e se alguém diz que o faz devia ser punido porque esta a mentir. Aliás isso nem as próprias marcas sabem e quem já desenvolveu software para as próprias marcas sabem perfeitamente onde está o erro nisto tudo. Tudo ficou demasiado complexo, tudo cresceu com o tempo. Várias linguagens de programação diferentes, varios sensores, varias unidades de controle… Só para se conseguir ler tudo e entender em apenas uma viatura já é só por si um problema. Essa predição é o mesmo que a minha predição do Euromilhões de hoje há noite na qual os números e estrelas sorteadas serão os seguintes: 6, 14,18, 22, 35 e com as estrelas 5, 6. Se ganhares peço 10% de comissão 😉

          • Milhais says:

            Impossivel nao e, muitas empresas fazem isso. Podes pesquisar no google, SPC – Statistical Process Control.

          • HMA says:

            Ninguém está a dizer que vai prever TODAS as avarias, nem que o software não vai cometer erros e dizer que as velas de ignição vão ter de ser mudadas daqui a 6 meses quando na verdade ainda aguentavam 12 ou 18 meses. Mas também não podes ter a ilusão de que tudo no carro (ou em qualquer outra máquina) está bem até que de repente e por mero acaso also avaria. Mas acreditem, ou não, no que quiserem… simplesmente não compreender como uma coisa pode ser feita não faz dela uma impossibilidade.

          • Ricardo Gomes says:

            Dei o exemplo do Euromilhões… isso é o mesmo que tentar prever o Futuro… Tipo o Filme Regresso ao Futuro…acertou em algumas coisas, maioritariamente não acertou. Se alguém falar muito a probabilidade de dizer algo certo também é grande o que não quer dizer que esteja maioritariamente certo. No caso dum veículo, isto teria que ter uma precisão de no mínimo de 90%, algo que é impossível como já expliquei e por compreender exatamente como uma coisa dessas pode ser feita porque no fundo esse foi o meu ramo por mais de 2 anos (na indústria automóvel e em software e gestão de projetos) é que sei precisamente, que isto não é nem nunca vai ser um produto viável, mas se tiver sucesso vou inventar um dispositivo para predição dos números do Euro Milhões baseado com todos os números que saíram até hoje etc.. e vou começar a vender

          • rjSampaio says:

            Que analogia da treta Ricardo…

            Comparar o funcionamento de uma maquina que tem um funcionamento previsivel, e com dados suficientes podes calcula o que se vai passar a seguir, com o euromilhoes que sabes a partida que os resultados são aleatorios…

            Parece que não percebes nada de algoritmia, ML ou quase logica basica.

            Olhando para outras coisas, aqueles estudos com ML que fizeram feed de dados biometricos de malta que eventualmente mais tarde foi tiveram cancro. (Ex.: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2001037014000464)

            É tudo falso certo?

  4. Ricardo Gomes says:

    LOOOL, isso é impossivel, alem de desconhecerem a maioria dos valores Hexadecimais para casa veiculo não é possivel prever o que quer que seja com software 🙂 alias a unica coisa que é possivel a saber que tens um Problema quando este occorreu, mas ném sequer é possivel dizer exactamente onde ele esta.

    • rjSampaio says:

      impossivel é a tua imaginação.

      imagina que estas a monitorizar do 02 e a sua variação, com o desgaste de certas peças, os valores da 02 vão ser cada vez mais espaçados, isto pode indicar que o ajuste não é rapido o suficiente ou que a injeção é inapropriada, isto antes de teres um codigo de erro.

      isto é um exemplo que quem nao percebe pevas de automóveis mas teve essa situação.

      outra?
      medido a diferença de input do obd + alternador podes identificar problemas na bateria/alternador.

      “não é possivel prever o que quer que seja com software”
      estas a falar do carro mesmo ou estas a por em causa qualquer outra coisa nessa frase?

  5. Manso says:

    E os numeros do Euromilhões também?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.