Quantcast
PplWare Mobile

Alemanha e Canadá ameaçam guerra comercial com os EUA por causa de incentivo aos elétricos

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Samuel MGor says:

    Este Bidé oferece 8000 dólares e poderá subir até 12500 dólares mas quase nenhuma marca será elegível pois todas usam componentes estrangeiros 😛

  2. Tabonitota says:

    Então ? Quem será elegível ? Uma empresa apenas ?

  3. iSad says:

    Mais heresias a Trump sem sentido.

  4. Rodrigo says:

    Nao vejo problema nenhum. ‘E claro que um presidente americano ira beneficiar os carros construídos nos Estados Unidos. Faz sentido

  5. Sapo says:

    A ideia é bastante boa. Penso que talvez seja tempo de tentar reverter um pouco a globalização/deslocação brutal que matou a inovação e a indústria local de vários países deixando pessoas sem empregos e se tornando demasiado dependentes.

    *não me destruam pela minha opinião, todo mundo tem direito a uma

  6. Manuel da Rocha says:

    O problema é que a proposta do Biden parece totalmente dirigida à Chevrolet e até à Tesla. É que já existe um sindicato que está a tentar obter um acordo colectivo para as fábricas da Tesla. Se a direcção aceitar, podem receber os 12500 dólares, além dos valores regionais. Caso de New York, em que serão mais 3000 dólares e podem ir até aos 10000, se entregarem um carro para abate.

  7. São Pedro says:

    Desde o aparecimento da epidemia que os americanos mostraram como são, primeiro eles e depois eles. Os europeus continuam passivos em todas as áreas. A única indústria onde ainda conseguimos ser competitivos é no setor automóvel. Nós portugueses acho que haviamos de aproveitar empresas como a EFACEC para o fabrico de motores e carregadores.

  8. RatazanaDoPunjab says:

    Ai se fosse o Trump a propor isto.
    Era logo de fascista para cima…

  9. Bibo' says:

    O maior absurdo e’o sindical. Não faz qq sentido ter sindicatos hoje em dia. Marcam-se as greves a sexta-feira e tem as empresas e func. públicos na mão.

    • Passos Coelho says:

      Claro que não faz sentido, principalmente num país em que o CEO pode despedir 900 pessoas numa chamada de zoom sem pré aviso e com efeito imediato. Hoje tens trabalho, um gestor é incompetente e tu és despedido.

  10. Nunnx says:

    Receio que a Auto Europa não fabrique nada, só monta componentes de várias origens, até de fabrico português.

  11. Joao Ptt says:

    É só os países que estão contra não comprarem os aviões militares dos EUA (F-35, F-16, etc.), que a industria militar pressiona logo o presidente a reconsiderar a descriminação… falando no mercado aberto, e que desde que paguem os impostos ao estado já não há problema onde são feitos.

  12. Miguel says:

    A América mais uma vez bem comprovar que ter uma máquina de fazer dólares dá um jeito terrível, sempre a imprimir moeda… Isto vai acabar muito mal!

  13. Mamba says:

    portanto um Lobby da Chevrolata e da Mersla? nada de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.