Quantcast
PplWare Mobile

4 milhões de euros para apoio à compra de veículos elétricos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. João says:

    Yep! Milhões de apoio que todos vamos pagar, ma que só alguns vão poder beneficiar os os preços a que estão os carros eléctricos só compensa para empresas que fazem muitos km’s.

    • José Horta says:

      É verdade que somos nós os contribuintes a pagar, mas existem diferentes orçamentos para particulares e empresas, para garantir que o que diz não aconteça.

      De qualquer forma quanto menos veículos a poluir o ar que respiramos melhor ^_^

    • Rodrigo says:

      os teus impostos também vai para a manutenção de estradas que nunca na vida vais utilizar..tb vai para a criação de parques para os miúdos que ja nao vais utilizar. Ficas chateado com isso?

    • Miguel says:

      Os elétricos só não compensam a quem nem sequer precisa de carro.

    • Gonçalo says:

      esta mania que o nosso dinheiro paga isto, sim o nosso dinheiro vai para o governo para investir no pais o teu dinheiro tambem vai para um estrada em mirandela que nunca vais usar e daí ? é uma sorte o governo dar estes apoios parem de generalizar que o nosso dinheiro vai para tudo

    • PeFerreira98 says:

      Prefiro pagar isto do que sanguessugas paradas a porta da segurança social com 20 filhos as costas.

    • MANUEL ARAÚJO BALHAU says:

      Eu só me pergunto, porque será que os impostos são sempre pretexto para tudo e o seu contrario, o João preocupado já esqueceu o que podia acontecer, se os nossos impostos não pagassem, entre muitas coisas a nossa saúde?

    • Paulo says:

      É uma vergonha, obrigar metade dos portugueses comprar carros para outra metade. Por isso é que as finanças andam a roubar cada vez mais o povo, para desperdiçar com esses projectos fracassados

  2. robin says:

    É assim que se vai derretendo dinheiro em Portugal

  3. Jorge says:

    O “lobby” das energias “verdes” a tentar passar a perna ao “lobby” das petrolíferas ….
    Ou será que no final é um só “lobby” que empurra as “ovelhas” para onde lhes dará mais lucro, dando cenouras aos políticos para estes legislarem o que conv€m.

    • Nuno says:

      sim as petroliferas querem mesmo que daqui as 50 anos as pessoas carregam os carros com os paineis solares que têm em casa é o sonho deles

  4. João Azevedo says:

    Agora também já é possível contratar aos fornecedores apenas energias verdes/renováveis, ou seja, eles trocam o contador lá de casa por um novo com um filtro e assim só passa energia verde!

  5. darksantacruz says:

    Tantas coisas mais importantes para onde direcionar os impostos que todos pagamos mas como sempre gasta-se em estúpidas jogadas políticas. Lá fora gasta-se em coisas importantes tipo Infraestruturas (ex: comboio que em PT é algo tão atrasado que me pergunto o porquê de se ter gasto valores comunitários em autoestradas vazias em vez de a próximas regiões com comboios…) mas não continuamos a andar para trás.

  6. Pamilho says:

    De energia limpa nao tem nada…
    Produçao do veiculo..energia fossil.
    Produçao da baterias ..energia fossil e mineraçao(litio e outros tipos de metais raros)…destruiçao em massa.
    Carregamento dos veiculos…energia fossil..mesmo que alguma venha de fontes renovaveis nao sera suficiente para cobrir a procura.
    Agora aproveitam.se para tentar cobrar mais iuc nos veiculos a combustao…quando na realidade um veiculo novo desse tipo so acarreta mais poluentes carbonicos.
    Agora só existem facilidades..mas quando uma parte consideravel das pessoas tiver esse tipo de veiculos sera aumentada a conta da electricidade…

    • Miguel says:

      lol

      Que a produção de um CI é verdinha
      Que a extração de petróleo é uma limpeza
      (até nascem flores onde é extraído e por onde é transportado)
      Que um aumento de 1% no consumo de eletricidade é completamente incomportável

      Claro

  7. PTO says:

    4 milhões de euros apenas? Ridículo! Uma esmola!
    Já para o Novo Banco e outras negociatas do género foram biliões… e ainda não acabou.
    Prioridades!

  8. ZeDasCabras says:

    tretas…..só o que se paga de impostos e taxas e selos…. roubalheira.

  9. José Bacalhau says:

    Há os castelos na areia e os castelos na água. Estes são castelos na água. E isto até descobrirem que espelhos de placas solares nas albufeiras dão cabo da fauna aquática, desoxigenam a água, etc. Não parece boa ideia e, se fosse, outros países com dirigentes mais espertos já teriam feito isto. Posso estar a ser velho do Restelo mas ultimamente acho que tem havido défice de velhos do Restelo e superabundância de otimistas idiotas panglossianos.

  10. FreakOnALeash says:

    Metam é apoios decentes! Incrementar apoios a veículos na faixa do 15k – 25k! 3k é de um estado pedante…Na Roménia é quase ou mais que 9k. E depois vêm aí começar a cascar em quem tem carro anterior a 2007 e ver se eles trocam para BEV e o apoio é a miséria que é. Para a TAP é que não pode faltar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.