Quantcast
PplWare Mobile

Questão: Qual a sua opinião sobre o novo sistema operativo Windows 11?

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Alberto says:

    Falta a opção: “Um pedaço de lixo ao estilo da Microsoft”
    De lembras o Windows 10 era um “bom sistema operativo”, por isso para manter a coerência, o 11 vai ser mau.
    É esperar pelo 12 para fazer o update

  2. Ricardo Mendes says:

    A ui nova tem imensas regressões de usabilidade e obriga a usar ferramentas extra tipo startAllBack para recuperar algumas funcionalidades como não agrupar apps do mesmo tipo na taskbar, poder mudar a taskbar de sítio, remover o menu de contexto do clique direito com dois passos para aceder a tudo, etc.

    Continuamos com uma interface de gestão do SO a dois sabores com muitas coisas ainda só disponíveis nas aplicações antigas do painel de controlo.

    Imensos problemas de regressões de performance em algumas plataformas que mesmo após fixs continuam a ter casos específicos de regressão.

    O scaling continua a ter resultados bons e maus com algumas apps.

    O boot do SO ficou claramente mais lento comparativamente ao Windows 10.

    E no final o que ganhámos? Muito pouca coisa útil para a maioria.

  3. Tonheco says:

    Muito bom, faz mais coisas, tão ou melhor que o ma Mac OS e de forma muito mais barata.

  4. Ricardo says:

    O Windows 11 é um verdadeiro downgrade do Windows 10… faltam demasiadas funcionalidades úteis… eu tive de reverter e voltar ao Windows 10.

    • João says:

      Por exemplo?
      É claramente um sistema operativo que esconde um pouco mais algumas funcionalidades mais avançadas e por outro lado destaca outras mais ligadas à preferência dos utilizadores. Eu ainda não dei por falta de nada que me desse jeito.
      Tenham em conta que usa-se todos os participantes destes comentários, são utilizadores mais avançados, mas a grande maioria dos outros são utilizadores básicos.
      Pior é a Apple que lança um novo sistema com um novo nome mas com o mesmo conteúdo.

  5. Luis Henrique Silva says:

    Já tenho instalado e já me habituei a ele, ainda tem algumas coisas pra corrigir mas é normal. Acho-o bom, toda a gente agora só reclama isso aconteceu também com todos os outros sistemas, mas a evolução das coisas obriga a mudanças.
    Só falta experimentar jogar um pouco.
    No netflix notava algum lag a ver filmes no windows 11 mas agora parece que desaparecey

  6. Jorge Cunha says:

    É excelente, o problema é que o Windows 10 também o é!

  7. IKAROS says:

    Acho que está ótimo para users básicos, conseguiram esconder grande parte da complexidade do Windows.

    Por outro lado, para profissionais, tem de se configurar muita coisa para ficar mais fácil de usar.

  8. Carlos says:

    Por vezes para abrir o browser tenho que clicar duas e três vez no ícone na barra de tarefas.

  9. Discovery says:

    Usei……mas regressei ao W10 Enterprise.
    Sem saudades.

  10. RJM says:

    Instalei alinhei a barra ao lado esquerdo e continuei a trabalhar e jogar como faço à anos, a app da Vodafone deixou de funcionar, mas tirando isso não vi nada de extraordinário, nem positivo nem negativo.

  11. Al capone says:

    tenho ele em um portatil mas tive de meter um linux da vida em dual boot vamos aguardar no estado em esta esta pessimo melhor o windows 10

  12. iSheepNot says:

    É importante perceber que o Windows 11 acabou de sair e a Microsoft ainda vai receber muito feedback negativo e muitas recomendações de melhoria. Ainda nem tem 6 meses.

    Comparar com Windows 10, que é um produto já maduro, estável e que tem tantos anos de melhoria constante, é como comparar uma criança a um adulto. Tenham paciência. Reportem os erros, os pontos de melhoria, a vossa dor e sofrimento que a Microsoft irá eventualmente resolver os problemas.
    Isto é o que se recomenda para qualquer produto ou software. Feedback para ajudar a melhorar, não feedback para denegrir/difamar que em nada ajuda.

  13. Manuel Costa says:

    A barra vir centralizada dá cabo da utilização.
    O menu de titles continua a não ter qualquer capacidade de utilização, demasiado pesado e sem vantagens. Ver se quando fizerem a separação entre o home e pro se lembram de deixar remover o titles e ter um menu “clássico” com o que é preciso.
    Os programas vão mudando mas, mantém-se estáveis, sendo que o maior problema será quando se precisa de coisas básicas, exigir ir à shop e instalar coisas da própria microsoft. Deviam permitir instalar coisas como o bloco de notas, paint e o gestor de wifi, na própria instalação do windows. Era só mais 1 menu e são coisas que tanto podem estar no ficheiro de instalação como ir buscar à shop, automaticamente, aquando da primeira utilização.
    Deviam não esconder tanto a opção de contas locais. São muitíssimo mais seguras e 90% das pessoas não precisa de contas online para o computador pessoal. (Infelizmente isto já vem do win10…)
    A interligação entre o computador e telemóvel não é nada segura… telemóveis são 100% hackeaveis, contra os 99,99% dos computadores.

    • João says:

      Eu também não gosto da barra centralizada mas sendo configuravel não vejo onde está o problema. O gestor de tarefas desaparece da barra porque 99% dos utilizadores nem sabe o que é isso, mas continua a existir.
      Basta ir aos fóruns para ver as atrocidades que se dizia do Windows 10 quando saiu.

    • Yamahia says:

      Ir à Shop? Fdx muito à frente man 🙂

  14. Helvio says:

    Por enquanto está bem ruim mas acredito que ficará bom. Com máquinas antigas não vai bem,

  15. Paulo Rodrigues says:

    Muito “verde” para testar e experimentar… mais lá para meados do próximo ano…
    Até lá, mantenho-me como Windows 10 que… funciona!

  16. k says:

    Os dois piores pontos são a taskbar e o menu de contexto do botão direito do rato, ambos facilmente resolvidos, o primeiro com o Explorer Patcher (que substitui a taskbar pela do w10) e o segundo com uma simples chave no registry.

    Tirando isso, o resto é tão bom ou melhor que o w10. Tenho a correr em várias máquinas de clientes e nas minhas 2, uma um ryzen 5600x e outra um i7-4790 (“não suportado”), ambos correm lindamente.

    A funcionalidade de executar apps android no windows é impecável (está a correr no 4790) e dá-me muito jeito.

  17. Shenmue says:

    O que dá pra notar que depois do windows 7 o windows é práticamente o mesmo, só vão adicionando camadas e mais camadas por cima. Prova disso a confusão que ele se encontra. Tudo o que tinha o windows 7 e até no xp ainda por cá anda. Painel de controlo que era tão prático e menos confuso, quantas vezes sou obrigado a recorrer a ele. O wordpad agora escondido, ainda por cá anda, é só procurar e tantas outras situações semelhantes.
    Sinceramente, não vejo que venha a acrescentar nada ao que o windows 10 já fazia e melhor, pois no 11, nota-se bem mais pesado.

  18. Pedro Silva says:

    Acho que está muito bom.
    Bastante mais bonito, limpo, ícones ao centro muito bom, já não é necessário ir ao canto do ecrã (estilo Mac).
    Na minha opinião das melhores versões do Windows até agora.
    Só falta as tabs nas pastas.

  19. José says:

    Para mim está algo incompleto. Faltam-me as “tiles” do 10. Está mais confuso pois obriga a fazer mais “clics” no menu de contexto que no 10 onde se tem tudo logo no menu iniciar, é assim para mim mais simples apesar de não o parecer. Por essa razão, instalei em “dual boot” mantenho o 10 e vou usando o 11 de vem em quando. Uma nota positiva é que parece-me que é mais rápido e fluído no meu pc principal. Quanto ao resto, como disse acima, acho que lhe falta algo mais está muito “insonso” – aquele menu iniciar, fora estar ao centro – podemos efectivamente colocar à esquerda -, dá ideia que regressamos a um passado já algo distante. Assim vou mantendo os dois e ver como irá evoluir, ou não.

  20. Luíz says:

    Faltava a opção: Mudei para Linux e não voltei mais.
    Eu bem disse que iria ficar com Windows 10 até ao fim de suporte e instalar Linux daí em diante…
    Para quem quer Windows 11, boa sorte

  21. Lucas says:

    No ambiente de trabalho no Windows 11 , façam uma pasta com o nome GodMode.{ED7BA470-8E54-465E-825C-99712043E01C}

    Vão ter acesso a um painel de controlo mestre.

  22. MMLCC08032021 says:

    Windows 11 muito mau programa que não é universal não tem capacidade para comunica não reconhece processadores Windows 11 sem inteligência o melhor era a Microsoft e os seus engenheiros ficarem a dormir Microsoft ainda não na era da IA

  23. Pedro Nogueira says:

    Voto por aqui porque a opção principal não está inserida. 4. Ainda não instalei nem estou interessado em instalar tão cedo.

  24. António says:

    Bonzinho mas pode melhorar!

  25. LarilasOS says:

    A minha opinião? AIII ADORO ADORO ADORO….o WINDOWS É LIIIIIINDOOOOO! Ai mais parece a marcha de Alfama….A MARCH’É LIIIIIIINNDAAAAAA!
    Gosto do Windows 11…é panisgas como eu! muahahahaha! Ainda assim, sinto saudades do Windows 7…era tão melhor!…ah, e by the way…esse Microsoft Teams integrado no Windows não faz lá falta nenhuma…tipo ninguém usa isso…a não ser clientes empresariais…agora para nível pessoal…tipo para substituir o velhinho MSN que vinha integrado no Windows XP há anos atrás….esqueçam lá isso…

  26. Luis Garcia says:

    Estou à espera da versão 21H2 do Windows 10. Pode ser que seja melhor que a 21H1 que é uma boa m***.

  27. jpmeme says:

    Falta uma opção “Nada de especial, mas não esperava melhor da Microsoft”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.