Quantcast
PplWare Mobile

Apenas 0,21% computadores foram atualizados para o Windows 11, diz pesquisa

                                    
                                

Fonte: TechRadar

Autor: Marisa Pinto


  1. diogo says:

    Mais lento, com mais requisitos de hardware, é normal que o windows 10 ainda vai reinar mais 1 ou 2 anos.

    Eu testei mas voltei para o windows 10.

  2. André says:

    Não ter drag and drop “mata-me”!

  3. Jota says:

    Não é de admirar. com tantos dificuldades a nível de requisitos, podia dar nisto!

  4. jorginho says:

    Eu sou um daqueles que não vai atualizar por vários motivos. Dentre eles o facto de terem estragado os Programas Padrão. Estou a pensar seriamente em mudar para Linux Mint.

    • Manuel Costa says:

      E precisares de pagar 70000 euros a um engenheiro informático para te compilar o programa e ficar a funcionar… ou serás tu que queres deu outros caíam nessa e ires cobrar os 69999 euros para lhes pores o sistema a funcionar?

      • Samuel MGor says:

        O quê!? Ainda estás em 1993!? O Mint têm interface e têm 2 app stores!! Temos pena mas o Mint está muito a frente do Windows. Eu não preciso de pagar 7000 euros quando instalo programas (apps) ou seja compilação é ZERO tal como o teu conhecimento do Linux, Win fanboy 😛

        • Linux says:

          O Mint está de facto muito bom, até considero que seja a distro melhor que ai anda em termos facilidade perante utilizadores básicos, no entanto, dizer que está à frente do Windows isso já é um bocado discutível, pois por muito interessante que seja o Linux ainda continua a necessitar que desenvolvam softwares que só existem unicamente para Windows para a plataforma e não estou a falar de programas alternativos, estou a falar dos mesmos que se usam em Windows, que é aqui reside o problema muitas pessoas poderiam abandonar o Windows e mudar para o Linux mas para isso os programas que usam regularmente tem de existir em ambas as plataformas e não só numa, enquanto isso não acontecer o Windows vai sempre levar vantagem.

          Eu uso windows e linux (Ubuntu) o linux para ralizar algumas programações é bom, mas de resto tenho muitos softwares de trabalho que uso, muitos deles são para configurar equipamentos, não existe forma de os usar em linux pelo simples facto de serem unicamente desenvolvidos para Windows, este problema já não é de agora e não vejo tendências de vir a mudar, aos poucos já se vai vendo algumas aberturas de trazerem algumas coisas para Linux, mas era algo que poderia ser com maior frequência.

          • Samuel MGor says:

            Eu queria dizer frente do Windows em termos de software especifico!! Posso dizer que o Windows está muito virado para PC do que para computadores em áreas especificas (eletrónica entre outras).

        • Linux says:

          O problema não está relacionado diretamente com os sistemas operativos, mas, pelas preferencias de quem desenvolve os programas que vão trabalhar neles, sabe-se muito bem que se existe interesses (€€€€€€) que ditam estas coisas, e sendo o Windows o mais comum, não vão recorrer a outro sistema operativo.

  5. carlos p says:

    Corri e testei sem problemas a versão insider, sem tpm sem boot e sem processador “compativel”. Depois lembraram-se de colocar estas restrições. Resultado, voltei ao win10 porque o win11 é imcompativel.

  6. jack says:

    Estou á espera que saia o Linux Mint 20.3 para actualizar do 20.2.

  7. abel says:

    o windows 11 está mais para uma atualização do windows 10 do que propriamente uma nova versão.

  8. SANDOKAN 1513 says:

    Os requisitos necessários para instalar este novo sistema operativo deixaram as pessoas incrédulas.Ninguém estava à espera disso.TPM,Secure Blog,processador das novas gerações seja da Intel como da AMD,etc. No Windows 10 não era necessário nada disto e tudo corria uma maravilha.Agora,a Microsoft deu um valente tiro no pé.É inegável.

    • SANDOKAN 1513 says:

      Secure Boot,quero eu dizer.Peço desculpa.

    • Manuel Costa says:

      Calma… o TPM só será obrigatório para a versão PRO. O secureboot sim será obrigatório para todos, mas, qualquer computador produzido de 2012 para cá já tem secureboot activado. Só se a pessoa o desactivou manualmente, algo que 99,99999999% dos utilizadores não sabe fazer (raios, o dobro disso não sabem sequer como aceder à BIOS…)
      Há que esperar por Março-Abril de 2022, quando começarem os updates mais alargados para as versões Home e a Pro. Sim, muita gente tem a PRO e vai deixar de a poder usar.

      • Samuel MGor says:

        Então é pertenço a esse 00.0000001% que sabe usar a BIOS!!

      • carlos p says:

        Caro Manuel Costa,
        Executando o PC health check e no site da Microsoft o TPM é sempre necessário assim como versões de CPU mais recentes. Em nenhum local existe a informação que o TPM não é necessário (site da Microsoft)
        Existe de facto um workaround da Microsoft que permite instalar o Win11 com o TPM 1.2, consiste em criar uma imagem personalizada, no entanto ninguem pode indicar que um futuro upgrade/update falhe devido à questão do TPM.

      • Eu says:

        O meu PC com i7 16GB de RAM de 2016 não é compatível com Windows 11!

        Segundo a verificação feita pela aplicação da MS “Verificação do Estado de Funcionamento do PC”:
        «Este PC não cumpre atualmente os requisitos de sistema para o Windows 11»
        «O processador não é atualmente suportado para Windows 11.
        Processador: Intel Core i7-6700HQ CPU @ 2.60GHz»

        Isto é uma palhaçada que vai sair cara à MS se mantiverem esta política de restrições absurdas!
        Isto sem falar do problema das alterações introduzidas neste sistema operativo.

  9. Discovery says:

    Não tenho grandes motivos de queixa…mas aquele iniciar não e para.mim…..
    E apesar de ter os requisitos, não gosto que me obriguem a activa-los na BIOS….
    W10 Enterprise LTSC…..um back!

  10. iFernando says:

    Windows 11 um beta, em construção.
    Pronto em finais de 2022

  11. eachtime says:

    Com requisitos ridículos só podia ter este resultado

  12. Luís Santos says:

    Como já passaram uns meses estou a pensar agora durante as férias do Natal com vagar instalar o windows 11 uma instalação limpa pelo rufus com a opção desativar o TPM e secure boot no meu portátil ASUS K550J dado não ele não ser compatível Intel Core i7-4710HQ CPU2.50GHz com 12GB RAM. A pergunta é:
    • Alguém já instalou numa máquina igual ou semelhante? Que tal está a funcionar?
    • Fará as actualizações normalmente? Afinal windows sem actualizações nem vale a pena.
    • E em jogos como se está a portar?
    Obrigado desde já pelo vosso feedback

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.