Quantcast
PplWare Mobile

Atualização KB4571756 da Microsoft quebra uma das melhores funções do Windows 10

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. LA says:

    Mas não há nenhuma actualização que não venha com problemas. Pelo que me lembro, na altura do XP e do Windows 7, isto não acontecia, ou acontecia muito menos.

    • DB says:

      outro que parou nos anos 90

      • rui says:

        Eu tenho tido mais problemas no Windows 10 do que alguma tive no XP ou no Windows 7.

        • ervilhoid says:

          Nunca usei tanto o Windows 10 como agora (trabalho), acho que nunca tive 1 crash, rápido é sempre a abrir quase nem o desligo, ou suspende ou hiberna

          já do que lembro do XP e Vista principalmente… o 1º portátil que comprei trazia vista e foi blue screen passado uns minutos
          o 7 era raro ter problemas mas volta e meia lá acontecia

      • TE says:

        E qual é o mal de se querer que não aconteçam problemas nas atualizações?
        Aprender com o legado é uma ação da inteligência!

        “Renegar o passado, é não merecer o futuro” – Thierson de Melo e Costa

    • Bomber says:

      Eu ainda uso o Windows 7. Vou te falar, não tem sensação melhor do que chegar em casa, ligar a máquina e bootar em 15 segundos. Windows 7 num PC como o meu, o bicho voa! O sistema de busca é outro nível. A interface gráfica tb. As configurações são extremamente fáceis de achar e intuitiva. Já na empresa que trabalho é o LIXO do Windows 10. o Windows 10 foi a pior merda que já fizeram. Todos os dias eu encontro algum problema que só existe no windows 10. Tanto que depois de alguns anos, passei a anotar todos os problemas graves do 10 que não existia no 7. A lista está ENORME! não dá nem para colocar aqui.
      A microsoft sacrificou todos os aspectos bons do sistema em prol da “segurança”. Eles queriam eliminar o pior inimigo que assolava o windows 7: “os vírus”. Hoje o Windows 10 é tão seguro que você nem consegue usar kkkk.
      Atualização significa mudança, mas mudança não significa melhoria. A mudança as vezes é para pior. Sei do que estou falando, trabalho com desenvolvimento de sistemas. Não tenho preconceito com novos sistemas, sempre uso o novo pois realmente pode ser melhor que o antigo, mas no caso do Win 7 para o 10, não foi nem a pau.

  2. DB says:

    Mas que raio de artigo é este? Quebra uma das melhores funções do windows o Linux? digam me lá qual a amostra em percentagem de quem usa Linux dentro do windows?
    Nunca vi tanta letra mal gasta em falar dos updates do Windows, tenho centenas de computadores instalados e monitorizados com windows 10 em diversos clientes, e não revejo o que aqui é escrito acerca dos updates.

  3. Jota says:

    “uma das melhores funções do Windows 10”? Uma função que não é útil a 99% dos utilizadores do Windows!

  4. Xtremis says:

    As vms criada em hyper-V também são afetadas, se tiverem uma placa de rede virtual, não chegam a arrancar, dão erro.

  5. Zé Duarte says:

    Eu a pensar que a melhor função era o Encerrar XD

  6. Jlucas says:

    Está mais do que visto que as equipas das atualizações não têm nada a ver com a Microsoft ou com quem fez o Win 10, erros seguidos de erros.

  7. António says:

    Chama-se a isto monopólio! E é assim que a microsoft se impõe ao longo da história. Não por ser melhor, não pela competência, mas por dificultar ou impedir a concorrência. Quando a concorrência é melhor (veja-se o chrome) alia-se a ela, «se não os podes vencer junta-te a eles».

    • x-tremis says:

      Não percebo. A telemetria do windows é “eSpiOnaGem dA MicRo$oFt”. Mas o Chrome, que está feito para sugar o máximo de informação possível sobre nós, já é o “máior”. Tá fixe. Ao menos o Chromium, que é o Chrome sem googlices.

  8. Afonso says:

    Dá-me erro so iniciar uma máauina virtual no Hyper-V.

  9. Valter Pinho says:

    Estes títulos do PPLWare são demais… “Atualização KB4571756 da Microsoft quebra uma das melhores funções do Windows 10”, vou ler a notícia a pensar que a Microsoft agora lançou um update que impede que o utilizador entre no velho e conhecido “Painel de controlo” passando a usar apenas o “Definições” (que é a maior porcaria que a Microsoft inventou) afinal…é uma cena qualquer do Linux ou lá o que é…que o comum utilizador nem sabe que tem… “uma das melhores funções”…se eu quisesse Linux, instalava o Deepin Linux ou o Elementary OS…ou assim…

  10. Samuel MG says:

    Espero que não haja solução para este problema 🙂 Usar o Linux no Windows é minimizar o Linux que ao longo dos anos contribui para melhorar a informática.

  11. Alex says:

    Resolver o bug dos ssd´s n resolvem meles, um bug que ja tem uns largos meses, quem tem ssd e não sabe desactivar a optimização o ssd já deve uma vida a sucata. enfim…………..

  12. Antonio Jorge dos santos says:

    Concordo plenamente sobre os comentários de performance do windows 10 em relação aos sistemas anteriores, Muito peso, vários bugs, correções via shell para inicialização do sistema muitas vezes sem, efeito forçando o usuário a reinstalar ou formatar, uso obrigatório do sistema 10 sem trazer custo beneficio, arranque de sistema super demorado e agora essa novidade da ultima atualização complicado viu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.