Quantcast
PplWare Mobile

O Ubuntu já não domina no campo dos jogos, segundo os dados mais recentes da Steam

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Rui Castro says:

    O Steamdeck vem com Arch e parece ser um sucesso. Por isso a mudança.

  2. Stanley says:

    As vezes eu penso que o problema com o Ubuntu é seu nome, Ubuntu.

    • Samuel MGor says:

      Não sabes que Ubuntu significa “Para humanos”

    • tiago lins says:

      O maior problema da Canonical foi ignorar o mundo “desktop” e focar apenas nos clientes corporativos. Ela abandonou sua própria origem para tentar concorrer com a Red Hat e seus produtos, mas nunca conseguiu chegar perto. Agora é um pouco tarde, já que toda a merda está feita.

      • Miguel Porto says:

        Whaaaaaat???
        Mas que grande tiro ao lado, hehehe 🙂
        Graças ao Ubuntu que o mundo open-source evoluiu e se aproximou dos humanos, literalmente UBUNTU!

        • Bruno says:

          Poderia ser qualquer outra distro a fazer isso se o Ubuntu não existisse, o nome em si não tem significado algum para falantes d’outras línguas. É só um nome genérico mesmo que haja um significado por trás.

        • jorge says:

          Não, desde que o ubuntu desistiu de criar um ecossistema que nunca mais foi o mesmo, e tem vindo a piorar cada nano que passa sendo que nos últimos quatro anos a qualidade para consumidores finais tem estado em claro declínio. Deixou de ser a distro que puxava o mundo do open source para a frente e passou a ser aquela que vai tentar apanhar as outras. hoje em dia se compararmos o ubuntu com outras distros como por exemplo o Fedora, o ubuntu não é tão estável, não tem tanta performance, usa projetos mais antigos e não adota standards adotados por outras distros. O snaps é um exemplo, é muito bom para servers mas para clientes desktop simplesmente não funciona como deveria funcionar, resultado o ubuntu está a cair a olhos vistos, no passado foi a melhor, sem duvida, mas hoje em dia, tal como todos os heróis, está a ficar para trás e outros estão a ocupar o seu lugar.

  3. João Duarte says:

    Na realidade o Ubuntu continua a ser o mais usado. A questão é que existe pessoas a fazer a migração da versão 20.04 para a 22.04.

    A soma das 2 versões quase chega aos 20%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.