Quantcast
PplWare Mobile

Rússia e liga russa de fora do FIFA 23 devido à guerra na Ucrânia

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Ricardo says:

    A Rússia entendesse, os clubes não.

  2. Secadegas says:

    Não me lembro de terem feito o mesmo quando a Organização Terrorista Norte Americana invadiu vários países e mataram milhões de civis… Isto aconteceu não há muito tempo e também não vi sanções a serem postas em prática.

  3. Maxim says:

    Democracia: onde as unicas minorias que interessam são as que rendem dinheiro

  4. John says:

    1- Os EUA/Ucrânia já perdeu a guerra. Convém mantê-la pois alguém nos EUA anda a ganhar muito dinheiro.
    2- O Putin tentou a todo o custo evitar a guerra reunindo-se antes da invasão com os responsáveis da EUA/NATO, etc.
    3- Os EUA/NATO andavam a meter na Ucrânia armamento à força toda desde 2014.
    4- A única forma que a Rússia encontrou para garantir a segurança do seu território foi a invasão quando ela queria apenas um governo ucraniano pró-russo. Daí ter começado por Kiev de forma a derrubar o governo ucraniano.
    5- Na crise dos mísseis de Cuba os EUA também não quiseram misseis russos perto das suas fronteiras, chegando a ameaçar a Rússia com armas nucleares.
    6- Por causa da crise dos misseis de Cuba os EUA invadiram Cuba, mantendo ainda hoje lá a base de Guantanamo.
    7- Com o fim da URSS a NATO fez um acordo com a Rússia onde se comprometia a não expandir para os países de leste.
    8- Os EUA/NATO andam a usar o povo ucraniano o que é lamentável.
    9- Os meios de comunicação ocidentais censuram os meios de comunicação russos para evitar o contraditório e com isso manipularam a opinião pública ocidental de forma a manter o apoio da população aos seus governos mesmo com a crise que se avizinha.
    10- Tenho quase 100% de certeza que este comentário irá também ele ser censurado.

  5. John says:

    11- Os EUA muito recentemente (menos de um mês) ocuparam poços de petróleo na Siria onde roubam petróleo e gás e o escoam através do Iraque.
    12- Como os cereais na Síria são plantados a norte do rio Eufrates, para derrubar o governo sírio, os EUA planeavam destruir essas plantações de cereais de forma ao povo sírio com a fome e descontentamento derrubar o seu governo. Contudo, como a Rússia veio em socorro do povo Sírio, os EUA não conseguiram o que pretendiam.
    13- Os EUA pretendiam derrubar o governo Sírio para construir um oleoduto e gasoduto que viesse da Arábia Saudita e passasse pela Síria e Turquia de forma a reduzir/eliminar a dependência energética da Europa da Rússia. Com a intervenção dos russos na Síria esse plano foi por água abaixo.
    14- Tenho quase 100% de certeza que este comentário irá também ele ser censurado.

    • JoedoBidé says:

      Porquê censurar? só acredita naquilo que escreves quem quiser.

    • Rui says:

      looooll censurado… Falas muito mas não dizes nada. Tentas justificar o que não é justificável ainda por cima com argumentos limitados/fora de contexto/ou simplesmente alterados. Nem vou expor-te ao ridículo porque todos sabem que corremos o risco de dizeres que te perseguimos e que te maltratamos e ainda te queixas à URSS wanna be para te vir cá “libertar”.
      Tens direito à tua opinião é certo, mas simplesmente senão gostas do estilo de vida que os EUA/EU/NATO te proporcionam, neste país de liberdades tens direito a optar e mudares-te para a Rússia que eles estão a precisar de pessoas como tu. Caso contrário estás a cínico.

      • John says:

        @Rui
        1- Falas falas, mas não concretizas nada. Não foste capaz de desmontar um facto que seja do que disse.
        2- Não sou comunista, nunca o serei, sou muito patriota e te garanto que, com muita modéstia, de questões militares eu estou como peixe dentro de água. Para bom entendedor meia palavra basta.
        3- Desde a invenção da bomba atómica que as grandes potências se relacionam por aquilo que se chama de “zonas de tempo de reação”. Essas zonas são fundamentais para em caso de ataque existir tempo d reação de quem é atacado. Os EUA possuem naturalmente essas zonas. A leste o oceano Atlântico, a oeste o oceano Pacífico, a Norte o seu Aliado Canadá e a sul países que são subjugados com sanções e golpes de estado sob forma de os manter sob controlo.
        4- A Rússia NUNCA, mas NUNCA iria permitir a armamento da NATO nas suas fronteiras.
        5- Não me fales na Estónia, Letónia e Lituânia porque esses países não possuem armamento da Nato, leia-se mísseis, que possam ser uma ameaça para a Rússia. A secreta Russa sabe bem disso, daí a coisa ser pacifica.
        6- A entrada da Finlândia e da Suécia na NATO também não criará problemas para a Rússia desde que esses países não alberguem misseis da NATO. Na verdade, quer a Finlândia quer a Suécia já vieram dizer que não albergarão misseis da NATO nos seus países pois sabem que serão alvos a partir do momento que o fizerem.
        7- Desde o governo Trump que os EUA andam a fornecer armamento à Ucânia no sentido de contra-atacarem a Rússia e recuperarem a Crimeia e a zona do Donbas.
        8- Outro objetivo dos EUA na era Trump era inviabializar o gasoduto Nord Stream 2 de forma a permitir aos EUA vender o seu gás de xisto para a Europa. Como o Trump era o mauzão, tal não foi conseguido. Biden com uma guerra conseguiu acabar com o Nord Stream 2 em duas penadas e ainda meter a Europa de joelhos perante os EUA.
        9- Nas TVs ocidentais raramente aparecem militares a falar porque sabem muito bem o que se passa e não estão para serem perseguidos por falar a verdade contra o status quo. Ao invés, aparecem comentadeiras com cursos em relações internacionais a falar do que não sabem.
        10- Quando digo que a Ucrânia já perdeu a guerra, e perdeu mesmo, é porque as zonas já conquistadas pela Rússia representam mais de 80% do PIB ucraniano. A Ucrânia nunca mais irá reaver esse território por muito que sonhes.
        11- Muitos militares portugueses/ocidentais fazem parte da CIA e quem está por dentro entende bem o que quero dizer.
        12- As pessoas estão tão manipuladas que não querem saber da verdade pois as redes sociais ocupam demasiado tempo e massa cinzenta.
        13- Sim, fiquei surpreendido pelo meu comentário não ter sido censurado, espero que este também não o seja.
        14- Este será o meu último comentário sobre este assunto, mas é bom que te prepares para o que aí vem pois o mundo NUNCA mais será o mesmo.

        Cumprimentos e que Deus nos proteja.

        • joaomatos says:

          john, concordo a 100% com o que dizes, mas ainda há muita gente que usa a cabeça para pensar e tem raciocínios lógicos.
          Não penses que somos todos acéfalos, há muitos acéfalos, mas ainda há muita gente que usa o cérebro, e cada vez se está a ver mais pessoas revoltadas com a intromissão da EU,UK,EUA na Ucrânia.

        • Ivan says:

          Tens de me dizer o que andas a fumar. É muito boa… Com estes 14 pontos referidos não tenho mais duvidas sobre teorias da conspiração. Escreve um livro. provavelmente o Sr Castelo Lopes financia a tua grande obra

    • Daniel says:

      Escreves muito para justificares uma guerra, que mata um povo e destroi um país e mete a qualidade de vida de todo um planeta em causa.
      A verdade é que a grande parte da população Portuguesa era contra a guerra no Iraque. Como é contra muitos dos conflitos provocados pelos USA.
      Justificar uma guerra pelos conflitos que os outros fizeram no passado, só revela a mesquinhes de quem assim tenta justificar.

      • John says:

        Não é uma questão de escrever muito. Esta guerra é uma guerra geoestrategica entre os EUA/NATO e a Rússia. Infelizmente os governantes corruptos da Ucrânia deixaram-se ir na conversa dos EUA/NATO e o povo é que está a sofrer. O problema para o mundo não é à Rússia pois a Rússia é mais ocidental do que oriental. Como a Europa não tem líderes deixaram-se manipular quando esta tinha mais a ganhar do que a perder através de um bom relacionamento com a Rússia. Quanto a guerras que matam povos e se arriscam a destruir o mundo foi o que a tua amiga Pelosi foi fazer a Taiwan. A China essa sim é um perigo para o mundo e com ela os EUA não se metem. Neste momento anda o Pentágono a ligar aflito para a China e ninguém atende do lado de lá., mas preparem-se pois ainda bem coisa muito pior.

        • John says:

          Errata: Onde se lê “… ainda bem coisa muito pior.” deve ler-se “…ainda vem coisa muito pior.”

        • Vitolas says:

          “Infelizmente os governantes corruptos da Ucrânia deixaram-se ir na conversa dos EUA/NATO.”

          E era suposto o povo fazer o que? Deixarem-se ser invadidos só porque é a Rússia? Depois de em um passado bem recente terem deixado sangue nas próprias ruas porque não querem ter nada a ver com os Russos nem com as fantochadas deles..

          “O problema para o mundo não é à Rússia pois a Rússia é mais ocidental do que oriental”

          Que raio de teoria, o que é que uma coisa tem a ver com a outra? Na ultima grande tragedia militar mundial também a Alemanha era na Europa e “de repente” estava em Africa.

          “Como a Europa não tem líderes deixaram-se manipular quando esta tinha mais a ganhar do que a perder através de um bom relacionamento com a Rússia. ”

          Mais uma vez, fechava-se os olhos em prol de benefícios principalmente energéticos, enquanto um pais entrava pela Europa dentro como se nada fosse.

          “Quanto a guerras que matam povos e se arriscam a destruir o mundo foi o que a tua amiga Pelosi foi fazer a Taiwan.”
          “A China essa sim é um perigo para o mundo e com ela os EUA não se metem.”

          Bipolaridade?

          • john says:

            “E era suposto o povo fazer o que? Deixarem-se ser invadidos só porque é a Rússia? Depois de em um passado bem recente terem deixado sangue nas próprias ruas porque não querem ter nada a ver com os Russos nem com as fantochadas deles..”

            Assumo que não leu, ou não sabe interpretar, o que escrevi. Quanto ao não quererem pertencer à Rússia é vê-los a passar para o lado russo com malas e animais de estimação alegando que vão visitar familiares. Já agora, vá ver quem estava por trás da dita revolução Maidan. Além disso, quem vive no quintal de uma grande potência como a Rússia, EUA ou China sabe bem que não pode passar para o lado do inimigo sob pena de sofrer as consequências. Acontece com qualquer uma das potências atrás mencionadas.

            “Que raio de teoria, o que é que uma coisa tem a ver com a outra? Na ultima grande tragedia militar mundial também a Alemanha era na Europa e “de repente” estava em Africa.”

            Graças aos russos, que foram os primeiros a chegar a Berlim, é que o regime nazi caiu. De um lado os EUA e UK não fizeram o que a Rússia fez. Agradeça muito aos mais 20 milhões de russos que morreram na luta contra os nazis!

            “Mais uma vez, fechava-se os olhos em prol de benefícios principalmente energéticos, enquanto um pais entrava pela Europa dentro como se nada fosse.”

            Entrava pela Europa a dentro? Moscovo também é Europa, logo a Rússia sempre esteve dentro da Europa. Anda a ver e a ouvir demasiado a narrativa ocidental Já pensou porque a Europa e os EUA bloquearam tudo que é orgão de comunicação social russo? Quem controlar as terras raras da Ucrânia terá o seu futuro garantido. A Europa não é nem nunca poderá ser uma potência mundial pois um dos requisitos básicos para se ser uma potência mundial é a independência energética. A Europa com o gás russo crescia a olhos vistos, agora entra a recessão! Compare o que se está a passar neste momento na economia europeia com a americana e vai ver que está a pagar esta guerra.

            “Bipolaridade?”

            Não tenho o seu nível, logo não vou comentar! Na verdade, já lhe dei demasiada atenção.

      • John says:

        Já agora deixo um desafio. Informa-te sobre quem comprou mais de 7 milhões de hectares de terra arável na Ucrânia. Como pista começa pelo dono da revista “The Economist”. Já agora, depois de descobrires o nome dessa família, relaciona com o dono da empresa sediada na Argentina que anda a comprar milhões de hectares de terras aráveis no Brasil. Depois junta essa informação com o porquê do Bill Gates e amigos andarem a comprar milhões de hectares nos EUA. Junta essa informação toda e retira as tuas conclusões!

    • joaomatos says:

      john,
      +100

  6. jimmypt says:

    @John fizeram-te uma lavagem ao cérebro bem feita.
    Em algumas questões até tens alguma razão,quanto ás outras:São
    pura propaganda dos teus amigos do kremlin.

  7. JL says:

    PS: Falo sobre os comentários

  8. JL says:

    @john Pareces uma pessoa culta, escreves sem erros, mas a maioria das questões apontadas por ti estão completamente erradas.

  9. Ivan Ribeiro says:

    Vejo tantos comentários lamentaveis. Ai e tal… Os USA são terroristas, piore que os Russos. Epá não brinquem. Prefiro ser aliado dos Americanos 1000x do que aliado à Russia ou China. E mais… Este grande site de tecnologia Pplware está aqui vivo e de boa saúde, graças a 99,9999% da tecnologia inventado por americanos. (pois dos Russos não há nada…) Algumas opções para não esquecer-mos. Microsoft, Google, Apple, Tesla, Twitter, Facebook, Whatsapp, Instagram, Intel, AMD, Qualcomm… Acho que já chega. Tecnologia de qual todos dependemos quer gostem ou não. O simples facto de escrever aqui um comentário, vem de tecnologia americana…. Enfim…
    Sempre podem voltar à maquina de escrever.

    • Triple_XxX says:

      E depois, quem és tu para definir o que deve ou não ser verdade? O que interessa donde vem ou não vem a tecnologia? Com base em que provas cientificas podes afirmar que dependemos da tecnologia? Quem diz que sem ela não viveriamos melhor. A Ucrânia que preste vassalagem ao Povo Russo como sempre devia ter sido.

  10. Ivan Ribeiro says:

    Alem disso Ucrânia é um país independente à 35 anos. Neste andar com a tua miserável opinião se calhar é melhor prestares vassalagem aos Espanhóis. Não mereces o ar que respiras nesta livre democracia e de liberdade de escolha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.