Quantcast
PplWare Mobile

Jovem usa cartão de crédito do pai e gasta 5 mil dólares canadianos na App Store

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Samuel MGor says:

    A única solução é uma antiga!! Arranjar-lhe um namorado/noivo 😛

  2. Amilcar Lourenço says:

    Esse puto precisava de umas belas cinturadas pelas lombas ficava logo educado.

  3. Vitor Tavares says:

    Se eu fosse “dono” da Apple não devolvia o dinheiro…não me digam que uma pessoa com 18 anos não tem consciência do que está (ou não) a fazer! E se os “gastos” chegaram a a ser de 250 dólares por dia quer dizer que o gosto total demorou mais de um mês a ser efetivado! Por isso temos uma série de fatores a considerar…uma menina (com 18 anos) sem qualquer consciência dos seus atos,um pai que não controla (durante semanas) os movimentos do cartão de crédito e/ou um banco que não envia extratos bancários para os clientes! Neste caso quem não tem culpa…é a Apple ou a Playrix Entertainment!

  4. Manso says:

    Cheio de pena… De certeza que é malta que vive do rendimento minimo.

  5. João Cartaxo says:

    5 mil dólares no Canadá é um. Mês de trabalho

  6. SANDOKAN 1513 says:

    Com 18 anos ?? Que tenha vergonha !! Que vá trabalhar !! Eu se fosse o pai ou a mãe não pagava nem um tostão do que ela gastou,nem um !! A mimada que pague esses 5 mil dólares,só faltava agora essa. ಠ_ಠ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.