Quantcast
PplWare Mobile

Jogadores gastam muito mais nos smartphones do que em consolas e PCs

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Luis Henrique Silva says:

    No meu caso preferia investir mais ou numa consola ou num bom pc gaming

  2. rSP says:

    Mobile Gaming hahaha o scam que isto é.. enfim nunca na vida iria gastar 2000€ por um telemóvel gaming…

    Prefiro PCs se efeito for gaming. Sorry.

    • Mr. Y says:

      Mas que scam? Os mercado de jogos em mobile disparou e isso tem efeito na receita. Aqui não se está a falar de telemóveis gaming mas nos jogos em si.

    • Lol says:

      O irónico do teu comentário, é que os smartphones de gaming são estupidamente melhores e mais baratos que esses de 2000€

      hahah

    • k says:

      200-500€ já são mais que suficientes para jogar qualquer coisa que exista para telemovel.

      Dito isto, dada a escolha entre uma consola ou ainda melhor um pc vs um telemóvel, não entendo porque é que alguém haveria de preferir jogar num telemóvel. Péssimo sistema de controlo, pior tamanho de ecrã (que ainda fica menor porque tapas com os dedos), piores gráficos, pior desempenho. etc.
      Só mesmo se for aquele jogo casual pra matar 10 mins de tempo enquanto esperas por algo, mas mesmo assim…

  3. Pedro Mendonça says:

    isto é a contar o dinheiro que os miudos gastam nos telemoveis dos pais nas vidas do candy crush..hahaha

  4. Jorge Rodrigues says:

    O ridiculo dos esquemas e vicios.
    Toda a vida joguei em consolas e pc, no telemóvel é raro o jogo em que não se comam anúncios a cada minuto ou 2, ou tem que se ver videos de outros jogos, e tem sempre a fantástica lojinha que vende as moedinhas, ou os tretas do jogo e que tem sempre promoções ….
    é um problema, especialmente para a miudagem e para os adultos mais distraídos.

  5. adbux says:

    Há alguns putos que compram hamburgers com o telefone dos pais outros compras vidas e busts para games

  6. Gianluigi Buffon says:

    geracao rasca feitos de leite achocalatado

  7. Samuel MGor says:

    Jogo no smartphone mas nunca gastei dinheiro nos jogos. Acho uma estupidez gastar dinheiro nos jogos 🙁 Em vez de andarem a gastar em algo que não merece que tal comprarem roupa ou abastecer a dispensa…

  8. NN says:

    Uma das grandes razões do revenue do Mobile gaming, é o acesso ao “gaming”.
    temos por exemplo China/Coreia, grande parte da população nem sequer tem PC, o Smarthphone é o mais aproximado a um PC, e com isto, a cultura dos jogos de sorte/azar” está muito enraizada.
    aparentemente P2W é também um status social digital..
    existem 2 jogos que demonstram bem o peso do Mobile Gaming: Black Desert Mobile e Genshin Impact
    no BDM, no primeiro ano de lançamento, o BDM já faturava mais que o BDO PC NA e EU juntos… e ultrapassava em 150% ( se nao me falha a memória ).
    Penso que nesses estudos devem ser separados os paises, Acho que a Coreia e a China não são propriamente “benchmarks” dos hábitos que EU e NA tenham. ( não sei se consegui explicar a ideia )

  9. Ze says:

    Minecraft no telemóvel com um comando? Deve ser a coisa mais estúpida e desesperada que vi… Este mês.

  10. Danny says:

    A razão para esta subida é simples e que não deve ser confundida. Aqui confundem os smartphones com consolas e pc´s. É obvio que o gaming e gastos em jogos nos smarthphone subiu pois é uma plataforma movel e quase constantemente usada pelo utilizador. As tantas, com este “estudo”, ainda vao querer apostas apenas nos smartphones….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.