Quantcast
PplWare Mobile

Conheça os jogos mais populares e mais vendidos na Steam em 2020

PUB

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Fusion says:

    Incrível como um jogo de 2013 ainda consegue estar nos tops. Apesar de todos já querermos o tão aguardado GTA 6, não se pode tirar o mérito a Rockstar por fazer render tantos anos um jogo e mante-lo ainda com uma base de jogadores tão ativa. Basta pensar que podem existir miúdos hoje que podem estar a jogar o jogo e ainda não tinham nascido no seu lançamento, incrível.

    • José Fonseca Amadeu says:

      Não se respeitarem a idade minima para jogar o jogo.
      De qualquer forma, o GTA 5 não é o mesmo GTA 5 que saiu em 2013, teve melhorias constantes, por isso continua a ser o maior sucesso no seu genero.

    • André J. says:

      GTA5 é um bom jogo em single player e é normal que esteja nos tops dado as reduções no preço ao longo do tempo.

      Quanto ao online… essa bela porcaria. Está cheio de bugs, cheio de hackers que fazem o que querem nos servers, porque a Rockstar tem tudo aberto e em 7 anos não conseguiu pará-los.
      E com conteúdo suficiente para 6-8meses (casual players) apesar de ter 7 anos e render milhões à Rockstar. É tão mau que nem dá para exprimir por palavras.
      Dos piores que já joguei.

  2. Filipe says:

    Football Manager 2000??
    Nessa altura nem se chamava Football Manager pesno eu

  3. adbu says:

    Como é que há jogos ainda em desenvolvimento com mais de 200.000 utilizadores em simultâneo? como por exemplo o bannerlord.
    Parece que está tudo impaciente por jogar, mesmo com o jogo incompleto.

  4. Ci says:

    Um dia ainda hei-de ter tempo para me dedicar a jogos.
    Talvez na reforma…

  5. ElectroescadaS says:

    Tenho pena (ou ainda não descobri como ativar) que a Steam não mande por email as novidades sobre jogos como faz a GOG & a EPIC…

  6. Razingolho says:

    Só uma correção, “Steam” é masculino 😉

    • k says:

      Porquê? Também lhe chamo “o” Steam mas nem sequer sei se tem “sexo”. Da forma como eu vejo isto, a palavra é inglesa e em inglês não dão sexo a objectos, não há a distinção. O mesmo pronome é usado para a situação, não fazem distinção – “a car” (um carro) e “a women” (uma mulher) são escritos da mesma maneira.

      Se lhe queres chamar “o vapor” em portuga e dizer que é masculino, tudo bem, mas neste caso aqui Steam até é mais nome de algo e um nome não tem tradução (pode ter transliteração, mas isso é outro assunto). Bill Gates não é “Conta/fatura Portões”. Se te chamas João, és sempre João.

    • Godlike says:

      Como o caro @k mencionou, não se dão sexo aos objetos em inglês.

      Por esse motivo temos que dar contexto à palavra.

      Steam é uma plataforma, correto?

      Tu dizes “uma plataforma” ou “um plataforma” ?
      “A plataforma steam” ou “o plataforma steam” ?

      Qual opção faz mais sentido?
      Agora remove a palavra “plataforma” do meio da frase. Ficas-te com o quê? “A steam” ou “o steam” ?

      • Razingolho says:

        Não é questão de fazer sentido, se pesquisares um bocado pela plataforma, vais ver que se usa “no Steam”, “o Steam”,etc… Só tentei ajudar.

        • Godlike says:

          Já uso a Steam à 10+ anos, inclusive já fiz parte de vários projetos relacionados com a mesma e, sinceramente, nunca vi ninguém a chamar de “o steam”, pelo menos não em Portugal…

          Mas pronto, se calhar vivemos em linhas de tempo diferentes.

          • Razingolho says:

            Epá se calhar (); raramente alguém usa “o Steam” mas é o correto, e era isso que queria passar, mais nada.

      • Ups says:

        Porque escrever “ficas-te” em vez de ficaste é muito mais bonito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.