Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Terceira fase de desconfinamento já a 1 de outubro! O que muda?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Frederico says:

    Isto incluí hotéis? “Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local”

  2. Lucas says:

    Ufa estava a ver que não…

    Só vou usar máscara quando for obrigatório. O resto sem máscara.

    • Ricardo says:

      Aqui está o exemplo de um negacionista do bem.

    • Alberto says:

      Está a altura de quem acredita no uso de mascaras passar a usar sempre FFP2 para se conseguir proteger a ele, porque as outras têm o objectivo de proteger os outros

      • Joao Ptt says:

        Mesmo as FFP2 só protegem se estiverem muito bem ajustada à face da cara para que todo o ar tenha de mesmo de passar pelo tecido filtrante… do contrário se a outra pessoa estiver contaminada pode contaminá-lo a si.

        Vale lembrar que também existe a possibilidade de ser infectado, em teoria, por outras vias como os olhos e por exemplo eventuais feridas expostas… daí que seja importante todos continuarem a utilizar máscaras quando estão nas proximidades de outras pessoas.

        As máscaras têm também a vantagem de tornar mais incómodo levar as mãos a cara (boca, nariz, olhos) o que é bom porque pelo menos fica mais consciente de tal acção e poderá controlar-se melhor para garantir uma melhor limpeza das mãos e assim evitar contaminar-se por essa via.

        No Japão, e acho que em outros países da Ásia é comum as pessoas quando se sentem doentes (ou sabem estar, ou desconfiam) usarem máscaras para tentar reduzir a propagação a terceiros… claro que se não têm sintomas não a vão utilizar normalmente e essa é normalmente, lá, a fase mais perigosa.

  3. Mitra says:

    Vota PS, bem dita eleições!

    O Covid morreu… já se pode tudo.

    • Nuno Teixeira says:

      Isto já estava planeado desde junho/julho. qual é a novidade?
      Devia dar graças por estarmos no pódio em termos de taxa de vacinação.
      MAS isso não quer dizer que se possa abrir tudo e deixar de ter em conta a taxa de infecção e o número de hospitalizações.
      Presumo que o próximo passo seja dar a 3ª dose aos mais idosos

      • Mitra says:

        A novidade é que já podia ser em Junho mas tinham que deixar estas medidas para as eleições… Queres um desenho?

      • ervilhoid says:

        não sei como em Junho tinham dados suficientes para afirmar que em outubro iam proceder assim mas ok

        • Há cada gajo says:

          Probabilidades, estatísticas, projeções e estudos epidemiológicos não é coisa para ti.

          • Nuno Teixeira says:

            estás a responder ao post correcto?
            as medidas de confinamento só seriam levantadas mediante a taxa de vacinação. havia garantias que tudo corresse como correu? olha o caso de eua, alemanha ou reino unido onde a vacinação estagnou.
            Dizer que o governo ajustou a que o desconfinamento se desse na altura das eleições acho absurdo.
            Nota: não estou aqui a defender o Governo pois também acho que falharam em algumas medidas mas neste ponto não concordo

          • Há cada gajo says:

            Chamas-te “ervilhoid” ?

          • Nuno Teixeira says:

            Não, mas o @ervilhoid respondeu ao meu post e eu concordo com ele

          • ervilhoid says:

            Há tantas probabilidades estatísticas projeções e estudos como desculpas para se os números não baterem certo

          • Há cada gajo says:

            Estás a negar a ciencia ? Em junho estavas a vacinar a população em massa. Conhecendo os efeitos da vacina e o ritmo de vacinação …é assim tão difícil estabelecer um plano e definir um periodo de tempo ? Realmente quando se é do contra só porque sim, torna-se dificil.

          • Nuno Teixeira says:

            @Há cada gajo
            Continuo sem perceber o teu ponto.
            Sendo que a ciência considera que com 85% de vacinados já dará para criar imunidade de grupo o que achas que o Governo deveria fazer?
            Vacinar mais lentamente para não cair em cima das eleições? Adiar as eleições para o ano?

          • ervilhoid says:

            Queria perceber a ciência porque morrem tantos agora como igual período do ano passado? Sem me tratar mal?

          • Nuno Teixeira says:

            @ervilhoid
            Primeiro não se deve fazer comparações desta forma. Isto não é uma análise económica ou do PIB em que se faz comparações por trimestre.
            Além disso, o ciclo de infecções desde que começou a pandemia foi sempre cíclico. Baixava quando havia confinamento e se tomavam medidas restritivas e ia subindo gradualmente quando se levantam. Não me recordo do nível de medidas que havia em Setembro.

            De facto, o número de mortes tem sido similar mas, como se sempre disse, a vacina não é 100% eficaz. No entanto o número de mortes manteve-se abaixo das dezenas de mortes desde Abril/Maio. Em Julho deste ano, houve um pico de número de casos, cerca de 3000, e não se notou uma subida de mortes.

            Ou seja, o que se espera agora é que caso haja um novo aumento do número de casos isso não dê em hospitalizações graves ou fatais.

            No entanto, não se deve baixar a guarda e ter especial atenção nos mais idosos e que não se repita o que aconteceu em Janeiro que foi o momento mais dramático.

          • Há cada gajo says:

            Nuno Teixeira, se estás de acordo com o ervilhoid…então eu já respondi ao ervilhoid… qual é a tua questão ? Quem é que falou em vacinar mais lentamente ? Eu só critiquei a afirmação do ervilhoid que pôs em causa os dados de junho sobre a pandemia que permitiam fazer projeções para outubro esquecendo-se que em junho decorria a vacinação em massa da população e que o estabelecimento de projeções para outubro seria óbvia face ao ritmo de vacinação e à eficácia das vacinas. Onde é que está a dúvida ? É só fazer contas. E ervilhoid, não morrem tantos agora como no ano passado. Basta comparares os boltins da DGS e contextualizá-los. No ano passado tinhas menos casos activos com mais mortes do que agora. E no ano passado tinhas restrições que agora não tens. Há diferenças.

          • ervilhoid says:

            @Nuno Teixeira o clima pode ser adicionado como factor?

          • Nuno Teixeira says:

            @Há cada gajo
            Ah ok! entendi errado 😛 Como, por vezes, usamos sarcasmo ou ironias corre-se o risco de a mensagem não passar.
            Desculpa o ruído!

          • Nuno Teixeira says:

            @ervilhoid
            Sim, o clima pode ser um factor, mas penso que seja indirecto. Com o mau tempo as pessoas não andam tão ao ar livre e vão para locais fechados onde há mais concentração de pessoas. Não é o clima que provoca mais transmissão.

            Isso pode ser visto se se analisar o número de casos na Europa. Nem todos os países tiveram picos no Inverno, há outros factores que pesam

      • Nuno Teixeira says:

        @ervilhoid
        obrigado pelo desenho 🙂

  4. Carolina Costa says:

    por mim, a mascara vai se manter em espaços fechados, seja comercio local ou nao por mais uns bons tempos…

  5. Jonny says:

    O normal da esquerdalha xuxalista. Vacinação em massa quase que “obrigatória” para entrar em tudo e mais o resto e agora aliviar todos os espaço. Enquanto isso o povo trabalhar e desconta para os refugiados e outros que não querem trabalhar.

    • Vilna says:

      Tanta escrita e 0 conteúdo. Nada como disseminar um pouco de ódio neste fórum.

      • Ricardo says:

        Só disse verdades, não gostas, ouve ou rebate com argumentos.

        • Vilna says:

          Certamente não seria difícil. Portanto os refugiados não querem trabalhar, optar por ser refugiados porque nada melhor havia para ver naquele paraíso de países. Um bem haja a todo o amor que cultivam

          • Paulo Guedes says:

            Apenas um reparo, ele não disse que os refugiados não trabalham, ele disse os refugiados E outros que não querem trabalhar. Portanto existem outros que não querem trabalhar, que pelo que temos em portugal, enquadro nos que recebem o rendimento mínimo.

            Não quero tomar parte em lado nenhum desta discussão, no entanto vejo que um pequeno problema de compreenção, alterou todo o sentido desta discussão.

            Fui…

          • Vilna says:

            @Paulo Guedes. Em nada altera o meu comentário nem o fundamento. Ao ser posto em causa os refugiados é usar argumentos baratos e sem conteúdo.
            Aproveito a boleia e também fui.

      • Cristina Rodrigues says:

        O único ódio aqui é o teu comentário.

        • Há cada gajo says:

          O Jonny ataca “refugiados e os que não querem trabalhar” e depois é a Vilna que lança ódio. Tá certo. Não sabes ler ou interpretar. É a única conclusão que tiro do teu comentário.

          • Vilna says:

            Não se trata de não saber digamos que a Sra. tinha objectivos próprios. É deixar de dar canal a esta gente. O Vitor e Pedro que moderem isto se quiserem.

  6. A.F. says:

    Pedido de ajuda.

    Qual a Lei que obriga ainda usar mascara nos transportes públicos, lares, hospitais, salas de espectáculo, etc?
    Eu não consigo encontrar e só encontrei (links em baixo) e não esta em vigor, alguém pode ajudar?

    Lei n.º 62-A/2020
    https://data.dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/165095962/details/maximized
    Lei n.º 75-D/2020
    https://data.dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/152637736/details/maximized
    Lei n.º 13-A/2021
    https://data.dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/160772362/details/maximized
    Lei n.º 36-A/2021
    https://data.dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/165095962/details/maximized

    Obrigado

    • Paulo Martins says:

      O que foi anunciado é de um Conselho de Ministros, ainda não foi à Assembleia para passar a ser lei, no entanto é improvável que a assembleia altere as medidas do governo.

      • A.F. says:

        Ok, obrigado. Vou ficar a guardar que saia a Lei.

      • meister says:

        “ainda não foi à Assembleia para passar a ser lei”

        Penso não estar errado, mas o governo tem-se escudado na lei de bases da proteção civil para aprovação das diversas medidas restritivas sem passar pela assembleia.

        • Há cada gajo says:

          E depois ? Voltamos à questão do bom senso de cada um. É preciso haver lei para obrigar ao uso de máscaras em locais de maior aglomeração ?

          • meister says:

            “E depois ?”
            E depois o que?
            Sabes ler?
            Apenas esclareci que não precisa de ir a assembleia.

            ” É preciso haver lei para obrigar ao uso de máscaras em locais de maior aglomeração ?”

            Claro que é preciso haver lei para obrigar o uso de mascara em determinadas circunstancias, se não cada um usa o bom senso ou não e faz o que quer.
            Se queremos obrigar só pela força da lei.

            “Voltamos à questão do bom senso de cada um.”

            Se uma determinada pessoa acha que deve usar sempre a mascara mesmo não sendo obrigatória acho que faz muito bem, cada um sabe de si e deve fazer o que a consciência lhe manda.

          • A.F. says:

            “Há cada gajo”
            Sou contra a vacina mas não sou contra o uso de mascara.
            Agora ponho a seguinte questão exemplo.
            Hoje vou dentro dum transporte publico, entra um cidadão sem mascara, peço educadamente para pôr mascara ele recusa.
            Chama-se um agente fiscalizador, e ele recusa novamente afirmando que não há Lei que obrigue a tal, desde o dia 12/09. O fiscalizador tem que ir embora e ele continua sem mascara,porque no dia de hoje 24/09, não Lei dessa obrigação.
            Penso que é assim que funciona.

          • Há cada gajo says:

            A obrigatoriedade do uso da máscara não precisa de lei especifica, pois basta invocar a lei de bases da proteção civil. O problema é a falta de bom senso e a demasiada teimosia ou casmurrice de muitos.

          • A.F. says:

            “Há cada gajo”
            Obrigado pela informação, “a) Declarar a situação de alerta;”.

            “casmurrice de muitos” é saudável num País Democrático, porque senão eramos uma ditadura. (Ditadura camuflada esta acontecer agora e seria pior se não houvesse teimosia).

            Mais vez obrigado pela ajuda.

          • Há cada gajo says:

            SIm “casmurrice de muitos” é o termo adequado ao pais democrático onde tu vives que mais parece um país de burros, pois só com supostas leis é que acham que devem cumprir com as suas obrigações enquanto cidadãos. Não quererás antes uma ditadura de leis ?? Tens tantas evidencias, tens tanta informação e depois queres ter refugio na lei ou na ausência dela para não cumprires com um teu dever enquanto cidadão de uma comunidade.

          • A.F. says:

            Dei a minha opinião e tu deste a tua, até aqui tudo bem.

            “para não cumprires com um teu dever enquanto cidadão de uma comunidade.” , mas tu sabes se eu não cumpro com os meus deveres, ou queres dizer que não cumpro com a tua vontade e ideologia.
            Penso que sei onde tu queres chegar, mas não vale a pena trocar opiniões, vamos esperar pelo futuro e logo falamos.
            Bom-Fim-Semana e não te esqueças que hoje há “E Porque Hoje é Sexta” por volta das 17h.

          • Há cada gajo says:

            A.F. a minha ideologia não é para aqui chamada, nem nunca foi. Aliás, digo-te mais : poucos são infelizmente os que partilham da minha ideologia ou da falta dela. Não me revejo em nenhuma força partidária. Não sou nem nunca fui filiado em qualquer partido. Acredito na bondade das pessoas e no bom senso da mesmas. Acredito que podemos todos dar o nosso melhor contributo para a sociedade onde vivemos. Não precisaríamos de leis restritivas se todos respeitássemos o próximo, a propriedade e o bem comum. Não precisaríamos de policias, juízes ou tribunais. Sou romantico, sou um utópico, sou ingénuo. Sou tudo o que tu queiras. Mas eu só queria que tu e todos os outros fossem assim.

          • A.F. says:

            “Há cada gajo”
            Bravo, gostei do teu comentário, podemos ter ideias contrarias, mas identifico-me com algumas delas, subiste 100% na minha consideração. Obrigadão pela partilha de sentimentos.
            De certo que se todos fossemos assim como descreves o Mundo seria muito melhor.

  7. SANDOKAN 1513 says:

    Tenho muita pena das pessoas com mais de 65 anos tenham que levar a 3° dose da vacina.Ninguém merece passar pelo que estamos a passar há mais de 1 ano e meio. 🙁

  8. Sempre na boa onda says:

    Parece que a incongruência se mantém…
    Será as “ordens” da U.E. ?! …

    Partidarismos á parte ( bato em todos ) tenho muita pena dos ” doentes partidários ” e talvez na história da humanidade ( incluindo a mais recente, no geral ) prove o porquê…
    Penso que Vilma tem razão.
    Talvez seja o efeito civid que anda a dar cabo de muita boa gente.
    Saúde !

  9. Algo says:

    Quase a perto do Inverno. Ok.
    E lol a “responsabilidade individual”.

    Isto promete.

  10. Gates says:

    Tugas????
    Na Europa os tugas de são quem tem mais restrições e dizes isso?
    E das outras nacionalidades europeias não dizes nada?

  11. maxim says:

    Posso ir para a madeira sem certificado digital depois dessas leis serem implementadas?

  12. Sardinha Enlatada says:

    Nao fiquem contentes. O Primeiro ministro foi bem claro “A pandemia ainda nao terminou” ou seja por outras palavras, agora fica em stand-by porque vai haver eleicoes. Se eles nao forem eleitos, alguem ha-de acordar de novo a pandemia. A palhacada e para continuar. Dessa vez ciom outras reunioes secretas para saber como enterrar ainda mais o tuga. E esperar para ver. Se estive errado podem apedrejar-me a vontade.

    • Nuno Teixeira says:

      Claro, o Primeiro-ministro tem um prazer imenso em enterrar o tuga. Ganha tino!
      Não sei se reparaste mas as medidas só entram em efeitos depois das eleições, quer ganhe quer não ganhe, portanto esse teu argumento cai por terra.

      • Sardinha Enlatada says:

        Nuno por acaso acreditas na ilusao da vida e ? O governo Portugues e o primeiro a apoiar medidas vinda da UE ou doutro pais qualquer para enterrar o tuga. Ate parece que nao te recordas do Passos Coelho, todas aquelas medidas eram para ajudar o povo, ai ai, quanta incoerencia. Com o covid e a mesma coisa, estao a apoiar esta pandemia com unhas e dentes. E eu repito uma vez mais, toda esta farsa pandemica nao tem ponta por onde se pegue, e estas medidas tambem. Voces ja conhecem o que penso do virus e nao me vou repetir. Ate os numeros divulgados nos sites oficiais, a verdade e que ninguem sabe como esses numeros sao calculados. E ainda ha outra coisa, entao a mascara protege de casos de gripe e nao protege de casos de covid ? Uma vez mais nada e transparente neste virus. E estas medidas se e para terminar com a pandemia terminem de vez. Nao e andar a passar recados “atencao que a pandemia ainda nao terminou”. Ja agora que e feito das variantes ? E o plano B dos media claro. Quando eles decidirem vem de novo com essa conversa para cima do povo. Enfim mais do mesmo com esta treta pandemica. E ate agora ninguem me conseguiu desmentir sobre o que eu falo do virus.

  13. Pe@ce says:

    “António Costa alertou para o facto de que a “pandemia por COVID-19 não acabou” e pede responsabilidade individual.”

    Lá vai tudo descambar novamente, como aconteceu no inicio do ano. Não existe responsabilidade individual, basta ler os comentários aqui no site.

  14. Daniel Azevedo says:

    Uau. 95% de pessoas legíveis vacinadas e continuamos nestas andadas.
    O maior barrete que engolimos.
    E daqui a pouco os Froes veem pedir a 4ª dose mais a da gripe que parece que este ano renasceu das cinzas

  15. Bicho says:

    ” sítios onde as pessoas permanecem juntas durante um tempo considerável”

    Isto é também para as discotecas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.