Quantcast
PplWare Mobile

Segurança Social: “Pensão na hora” já está disponível online

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. João Almeida says:

    Fiz uma simulação em Dezembro, agora o valor que aparece na pensão directa é inferior em cento e tal euros, bem como não está toda a carreira contributiva.

    • António Nunes says:

      Quando fiz a primeira simulação há cerca de 2 anos também não aparecia toda a minha carreira contributiva. Enviei-lhes um email a expor a situação e 2 meses depois já aparecia na totalidade. A explicação que eles deram foi que os primeiros anos ainda não tinham sido inseridos no sistema informático quando eu fiz a 1ª simulação.

      • José Martins says:

        Sr. António Nunes boa tarde, podia -me facultar o email , para o qual você enviou a expor a situação da falta de anos da carreira contributiva que não estão no sistema. Obrigado

    • JS says:

      Atualmente 43 anos descontos e na Seg-social também não aparecem faltam 2 anos tentei saber no Balcao em 2019 disseram-me que estão em Micro-filme dando-me um impresso já com esses anos também já tenho com selo branco um documento do Ministério da Defesa(Exercito) a comprovar o tempo de serviço Militar + 2anos
      La para o ano peço a minha

  2. Luis Henrique Silva says:

    Só sei que seja pensões, ordenados ou prestações, que com o que a maioria recebe abaixo do ordenado mínimo ou pouco acima, neste pais é difícil sobreviver, então com as rendas de casa absurdas é difícil, eu que o diga, bem queria mudar de casa pois onde estou as condições estão a ficar más, mas o problema é que tem aumentado muito o valor das rendas, e muita gente está a optar por comprar casa com empréstimos, o que é outro problema, pelo menos em Portugal a inflação está bem acima do nosso poder de compra, pessoas têm que mendigar, ter dois empregos muitas das vezes, pedidos de cabazes alimentares tem aumentado…..
    Sei que a segurança social tem dado o litro para conseguir chegar alguma coisa a quem não tem…..mas está a haver pouca gente nova a trabalhar, a aumentar pessoas que recebe reformas ou pensões…..alguma coisa tem de mudar, dar mais oportunidade a quem procura novo emprego, dar oportunidade a quem tem pouca experiencia por ai fora……pois é necessário haver mais gente a contribuir com os descontos. Mas cada vez se vê mais desemprego, por estes andares pouco trabalham e muita gente na miséria, depois queixm-se que o pessoal não compra, não investe…..
    enfim….é um desabafo……sei que por vezes tenta-se ter boa ideias par ajudar pessoas desfavorecidas, mas é preciso mais emprego e mais qualidade de vida…

    • Euéquesei says:

      Para haver emprego é preciso haver empresas.
      Acredite, neste país é muito difícil alguém investir o que tem e o que não tem para abrir uma empresa quando tem logo à perna o Estado ladrão que temos.
      É de desanimar qualquer um…

    • acs says:

      Amigo, se queres ter uma vida decente na reforma começa já a poupar nem que seja o custo de um café diario para investires. Depois quando te reformares sai da cidade e vai para o campo. Mais saude , menos problemas e mais economico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.