Quantcast
PplWare Mobile

Portugal é o 2ª país onde se paga menos pelas comunicações! É mentira?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jota says:

    Esse Mota Soares sempre foi um mentiroso! E ainda por cima, agora está do lado das empresas de telecomunicações, ainda mais mente!

  2. Napoleon Bonaparte says:

    Mas claro que é mentira!
    Ou têm dúvidas?!

  3. António Variações says:

    Se fosse apenas esta que é mentira…

  4. Nuno says:

    O PMS tem que justificar o valor do tacho que lhe deram. Eu fiz um estudo em que sou o gajo mais importante da minha casa. o facto de ser o único não interessa. O estudo encomendado, gerido e manipulado pela Apritel é menos válido que o meu, mas faz com que estes pavões venham despejar areia nos olhos dos portugueses. O que será que a Apritel tem a dizer a respeito da cartelização dos preços? provavelmente o mesmo que a Anacom….

  5. int3 says:

    HAHAHA, a DECO! Perita em estudos! O estudo da mostra que realmente Portugal é um dos países onde se paga menos. Os valores estão acertados conforme o PODER DE COMPRA.
    Onde está o estudo da DECO que mostra isso mesmo? Foi feito acerto do poder de compra? Não vejo em lado algum!
    Só para incendiar como sempre!

  6. Strato says:

    Esta é fácil…é mentira…estou em UK e pago 25 libras por 900Mbps fibra e pago 20 libras to por tarifário com tudo ilimitado…em Portugal algo deste género só em sonhos…

    • PowerVerde says:

      lol, 45 libras +/- 53 euros
      Aqui por 47 euros podes ter net 1000Mbps mais telemovel . Só é preciso saber com quem falar, mas o povo só sabe ir à loja comprar os packs que mais interessam à empresa.

      • Paulo Martins says:

        Não conheço nenhum tarifário em Portugal por esse preço com internet ilimitada no telemóvel, como já referiram a internet móvel em Portugal é das mais caras, os tarifários “ilimitados” só apareceram em setembro e custam 40€.

      • Strato says:

        Por esse preço garanto-te que não tens telemóvel ilimitado em Portugal…não importa com quem fales…

  7. Rai Kuto says:

    Mais uma prova de que há “estudos” para todos os gostos.

    De há uns anos a esta parte, na internet existe esta mania de falar em “estudos”. “um estudo revela que …”, “segundo o estudo tal …”.
    Se as pessoas não têm atenção e verificam a veracidade de tais informação, só se estão a enganar a elas próprias. Mas a maioria não tem essa atenção e isso vê-se pelo sucesso das fakenews.
    O pplware se se quer afirmar como um meio credível tem de ter essa atenção.

    • Vítor M. says:

      Sempre atentos e sempre muito fieis à verdade dos factos. Se as entidades insuspeitas afirmam algo, não podemos afirmar, sem provas, que o que estão a lançar não é fidedigno. Usamos sempre a máxima que as entidades falam verdade, até prova em contrário. Esta é a prova que estamos sempre atentos porque, somos todos consumidores.

      • Faisca says:

        Cuidado com as “entidades insuspeitas”.

      • Filipe says:

        Os estudos existem para ser lidos. Apresentar resultados de um estudo como fidedignos, venham de onde venham sem pelo menos uma leitura diagonal da metodologia usada é muitíssimo irresponsável

        • Vítor M. says:

          São todos pelo menos enquadrados com a realidade dos factos conhecidos. Ainda assim, muitos estudos baseiam-se em parâmetros alargados, que nalguns casos só conjugando informação de várias entidades se conseguem avaliar. Como neste caso poderia ser um exemplo.

          Com o peso das entidades presentes, as informações podiam ter realmente algum sentido mais lato. E o estudo foi dado a conhecer. Agora, afinal, as empresas envolvidas não mostraram tudo, e aqui está o outro lado dos estudos.

  8. Ivosauro says:

    também somos dos países com ordenado mais baixo..

  9. Faisca says:

    Um estudo da Deloitte… é tao séria como as agências de ranking. Quem quem pagou esse estudo?

  10. ANS says:

    A verdade foi reposta. agora é tempo de baixar os preços e adequar os pacotes às necessidades reais das pessoas.

  11. informado says:

    onde há pacote de internet fixa barato? Há na Nowo por 20 euros mas só em algumas (poucas) zonas. O resto paga logo o triplo pq dizem logo que tem de ter tv+ net + telefone para ser mais barato que só ter internet . Uma vergonha.

  12. int3 says:

    Vão-me dizer que na Dinamarca em média paga-se 7 euros por um pacote 3P??….

  13. Luis says:

    À uns meses, estive em França nos arredores de uma cidade grande (Bordéus) em casa de familiares. Fiquei perplexo com o serviço de internet que tinham. A velocidade não passava dos 2,5 MB/s. Pensava eu que seria problema da linha ou algo assim e ofereci-me para ir à operadora reclamar. Assim foi. Para minha estranhesa, foi-nos dito que naquela zona não existia problema algum e que era o serviço possível. Com outras operadoras a mesma coisa.

    Não estou a defender o que é nosso nem que é barato ou caro, mas por vezes o que é barato sai caro!

  14. Alexandre says:

    Uma enorme mentira: Em França tenho o Red by SFR (vodafone) e pago 5€/mês (oferta promocional sem limite de tempo, neste momento por um tarifário ilimitado com 60Gb mensais paga-se 12€ na mesma operadora) e 20 gb de internet (4Gb na UE). No que diz respeito à fibra pago 25€/mês na Boygues com uma box android pelo tarifário de base. No total são 30€ mensais pelas duas coisas, em Portugal isso é impossível, porque exactamente o que é dito – juntam-se ofertas inúteis aos pacotes que a maioria das pessoas não necessita para fazer subir os preços. Igual para os pacotes de desporto, que em Portugal são super caros – a SportTv deveria falir pelo roubo que faz mensalmente aos portugueses – ninguém se importaria de pagar 10/13 euros mensais para ter os canais, mas isso implicaria deixar de roubar a população e é a mentalidade que impede Portugal de evoluir.

  15. gajo que sabe says:

    Ainda há pessoas que ligam a estudos?
    Para cada estudo que sai, existe um que diz o contrário…
    Estudos não são factos.

    • Vítor M. says:

      Claro que sim, muitas das opções que estão para escolha e outras impostas, partem da resposta dos estudos. Se hoje, por exemplo, usas o site das finanças como te dão e obrigam a usar, partiu de um estudo de usabilidade e impacto. Não é “ao calhas” que se fazem as coisas. Depois há estudo e estudos…

  16. Edgar Gomes says:

    Não sei que estudos foram esses, mas estão completamente desconectados com a realidade.

    Espanha tem melhores ofertas do que em Portugal, em Inglaterra melhor ainda, vivo cá à alguns anos e ter um plano que mantem o preço e o serviço oferece a cada ano mais gigas de internet movel e inclusão de serviços como por exemplo Netflix, Spotify, PrimeVideos e outros, dá 100 a 0 a Portugal.

    Só para terem noção comecei há 4 anos com 18£ um plano que dava 20Gb de Internet e assinatura de Spotify, ano a seguir para manter o cliente satisfeito 20£/mes com 35Gb de Internet, Spotify e oferta de NowTV, nos ultimos 2 anos estou a pagar 25£/mes com 50Gb de Internet + Spotify + Netflix + NowTV e assim eles mantem o cliente fidelizado e satisfeito, alem de poupar imenso em multiplas assinaturas…

  17. Serafim says:

    Da muita pena de ver estas estatisticas (verdadeiras ou falsas) em Portugal. Mas acho um desiquilibrio muito grande em comparação a certos paises da Europa. Estou na França com 20 euros 50Gb de internet, chamadas ilimitadas para toda a europa.

  18. Ricardo says:

    Há diferenças gritantes em Portugal entre o serviço móvel (genericamente mais caro que no estrangeiro) a título de exemplo aqui em UK tenho Vodafone com 50Gb Internet e SMS e voz ilimitados mais 500 minutos para estrangeiro por 25£ por mês) no entanto as comunicações fixas aqui são a maior vergonha e muito pior que Portugal. Internet de fibra aqui não passa dos 300 e nem todos os locais oferecem essas velocidades mesmo cidades como Manchester ou Liverpool têm a grande maioria das zonas limitadas a velocidades muito baixas e a preços só Internet sempre acima dos 25 por mês sem TV ou telefone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.