Quantcast
PplWare Mobile

O panorama atual dos casinos online em Portugal

                                    
                                

Autor: Pplware


  1. Zé Fonseca A. says:

    Para mim casino on-line só poker, jogar slots online é só absurdo.
    Em todo caso prefiro jogo presencial.

    • Zed says:

      Porque é que é absurdo?

      • Zé Fonseca A. says:

        Não sou fã de slots mas pelo que vejo de quem é, gosta do culto de por a nota/ficha e puxar a alavanca/botão.
        Tiras o elemento físico e é como jogares raspadinhas na app dos jogos santa casa.

        • Zed says:

          Ficas com o culto de carregar no botão, ver as slots a correr, ver o que sai, a expectativa de saírem iguais e o prémio final. Em grande parte das slot machines (físicas), também é o que já fazes, carregas num botão e vês uma animação no ecrã.

  2. Miguel says:

    A casa é quem ganha sempre nestes jogos de azar!

  3. Adeus says:

    É algo que devia se proibido. Mas assim como outros vícios, o problema é sempre do utilizador…

    • Zé Fonseca A. says:

      E continuariam a permitir álcool, tabaco e drogas leves?
      Os casinos nao representam um problema grave na nossa sociedade até porque quem os frequenta tipicamente tem dinheiro.
      Já estive em países onde todo o jogo era proibido e noutros onde até em centros comerciais tinham casinos com as famílias ao fim de semana a fazerem as suas compras ao lado dos casinos, é uma não questão em qualquer um dos casos.

  4. disparates says:

    “…Segurança: com os avanços tecnológicos, o casino online tornou-se 100% seguro quer para transações monetárias, quer para a partilha de dados pessoais dos seus utilizadores…”.
    Nada contra o jogo, mas na net, conceito de segurança a 100%, é já entrar no reino da prestidigitaçao…simplesmente nao existe, nem aqui ou em lado algum! A pilula anticoncepcional deve ter ainda mais eficacia, apesar de tb n atingir os 100%!

  5. Tiago Rodrigues says:

    A saúde dos casinos está fantástica!

    Com a borla fiscal negociada com o governo, os mesmos estão a viver à grande.

    Já salvamos bancos falidos, agora chegou a vez dos casinos.
    Literalmente SIGA PA BINGO!

    https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/governo-vai-conceder-isencao-de-impostos-aos-casinos-ate-2022

  6. Ricardo Moreira says:

    Mais uma vez somos uns atrasadinhos, sempre foi dominado pela santa casa incluindo o clero e pelas famílias ditas importantes deste país. Quando era criança ouvia era ‘jogar faz mal vão é a missa dar o dízimo’ até a santa casa aparecer com os seus joguinhos. O Pantanal a máquina ilegal mais usada neste país na última década sempre foi legal em Espanha. Os ataques as LAN Houses nos anos 95 – 2005 com a lei do jogo queriam ficar com imposto prêmio de jogar Cs, é um jogo dizam eles, só não é de fortuna e azar… Esta lei só favorece a santa casa e os casinos, mundo obscuro neste país controlado pelos mesmos á anos…

  7. mlopes says:

    tal como acontece com o tabaco, a publicidade ao jogo devia ser proibida mas estupidamente prolifera…

  8. Sergio says:

    Nao consigo tirar o mesmo prazer, o lançamento de uma ficha, o contacto com a mesa, a piada trocada com o croupier.. são experiencias unicas para quem quer um pouco de lazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.