Quantcast
PplWare Mobile

Meta desmantelou rede de desinformação sobre a guerra na Ucrânia

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. vitor says:

    deitaram a baixo o PCP e o BE?

    • Keyboardcat says:

      Se fossem só esses. O que não faltam são camaradas ao serviço da União Soviética a espalhar desinformação nos sites dos jornais Portugueses.

      Espero que não sejam pagos em Rublos. Ouvi dizer que já não vale tanto como antes.

    • tracestatus says:

      Esses dois partidos, sabendo que estão á beira da extinção, vêem-se obrigados a reagir condenando um putin.. capitalista.
      Espertos, não condenam a invasão mas também não condenam um camarada, assim não chateiam muitos portugueses nem chateiam “a múmia no Kremlin.”

    • Mr. Y says:

      Desde quando é que o PCP e o BE estão a disseminar desinformação?
      Eles apenas estão contra as sanções e defendem uma resolução pacífica.
      Podes não concordar com a ideologia mas é apenas isso que eles defendem.

      Antes que venhas dizer que sou comunista, não o sou. Mas não misturo os assuntos.

      • vitor says:

        Não és comunista, és apenas mal informado.
        O BE e PCP votaram contra ajudas comunitarias para a Ucrania, ainda antes da invasão.
        Após a invasão ainda defenderam a posição russa.

        • Mr. Y says:

          O que é que isso tem a ver com desinformação?

          Não concordo com a posição deles mas isso não são fake news

        • mlopes says:

          é falso em parte. o be não defendeu a posição russa.

          votar contra ajudas comunitárias nada tem a ver com a invasão da ucrânia pela da rússia.

          são dois assuntos distintos que devem ser mantidos separados muito mais quando as motivações para votar a favor ou contra uma ajuda podem ser imensas, nomeadamente o facto de o governo ucrânia ser composto por um bando de fascitoides que excluíram 8 milhões de ucranianos do donbas das eleições.

          nem tudo é linear e de análise simples, muito menos simplista como a que esboçaste

          • lmx says:

            +1
            Fico impressionado que ainda haja neste País pessoas que são capazes de perceber o que está a acontecer na realidade. 🙂
            O meu bem haja

    • Paulop Baptista says:

      Há sempre lugar para mais um whataboutist ou, em português, um entãosista.

    • Itdrop says:

      Partidos de gente que se acha intelectualmente superior, em que o bla bla bla toma conta da realidade.
      Foram e são uma enorme ajuda para o trabalhador comum, na sua defesa, na forma de sindicatos, mas de resto, como partido político, são ridículos, principalmente quando se acham tão superiores intelectualmente e depois na sua retórica usam um raciocínio lógico tão básico e errado.
      Comparar a união europeia, as políticas muitas vezes erradas da união europeia, comparar uma associação de guerra como a NATO e as suas políticas erradas para justificar que se fizeram erros, então o Putin tbm pode fazer, e está justificada a invasão…
      Será que estes tristes são mesmo o que acham que são? Vejo neste raciocínio diversos erros lógicos.
      Espero que como partidos acabem, e se fiquem apenas pelo sindicalismo.

  2. cat says:

    Epá ! Não me digam que acabaram com malta como o “Memória”, o “Setp” e outros tantos que nos costumam divertir por estes lados ! …

  3. AlexS says:

    Haha. Todos fazem desinformação.

  4. Joaquim Sobreiro says:

    Depois da indústria farmacêutica avançam as encomendas á indústria de armas. Quais delas ficará melhor posicionada como das mais lucrativas? Com a já prometida próxima pandemia, mesmo que para isso se tenha que voltar a alterar a definição de pandemia, tudo brilhará para o rebanho, prostrado frente á televisão.

    • cat says:

      Não vês TV mas continuas a acreditar em tretas da internet ? Ou seja, achas que, por escolher de entre o 99% do lixo que a internet te oferece e o que és obrigado a ver na TV, só por teres direito de opção e quereres a internet, faz de ti um esclarecido ? XD XD XD

      Joaquim, vou contar-te um segredo … baixinho que é para ninguém nos ouvir … lá por te veres a ti mesmo como uma ovelha negra, não quer dizer que não faças parte do rebanho … e por não veres o que o resto vê, não faz de ti alguém especial que sabe mais que os outros. Tcchhhh … que é para mais ninguém nos ouvir. Baixinho …

  5. carlitos says:

    Uma visão alternativa da história para reflexão.

    https://www.youtube.com/watch?v=f8OWx4lBHJQ

  6. secaya says:

    A seguir vão banir os NFT’s e Universos virtuais da tanga.

    • andré says:

      Banir os NFTs é uma tarefa, se calhar, impossível, importas-te de fazer uma descrição técnica de como o vão fazer?
      Ou provavelmente és daqueles que ouviu um dia a palavra NFT, não faz ideia do que seja, mas achou que pelo nome era algo que tinha de ser banido.

  7. Filipe says:

    “Desligaram” as páginas da CNN Portugal, SIC Notícias e as outras todas?

  8. Godlike says:

    Como é possível…
    As pessoas nunca se cansam de estar no lado errado da história? Como ainda existem pessoas que confiam nos meios sociais?
    Porque as pessoas acham que censura é uma coisa boa? Deveriamos ser nós a analisar a informação e a usar aquela massa cinzenta que temos no topo da cabeça para distinguir o certo to errado. Mas não, ao invés disso chegamos ao ponto de desejar a morte do próximo só porque ele discorda da narrativa “oficial”.
    Isto sim é muito problemático e se as pessoas entendessem isso talvez não estaríamos na situação em que estamos.

    Mas o que se pode esperar de uma média internacional altamente influenciada pelos Estados Unidos? Que falem bem da Rússia?
    Porque não se informam sobre a história dos 2 países, dos acordos entre a Ucrânia e a Rússia assim como os da NATO e sobre quem violou os acordos?
    Além disso estudem o que aconteceu nos últimos 8 anos na Ucrânia depois dos Estados Unidos terem instalado um regime fantoche na Ucrânia e o que aconteceu nos últimos 8 anos nas 2 províncias que o Putin diz estar a defender, enquanto os hipócritas que agora acusam a Rússia não fizeram nada para ajudar… Mas venham lá falar de moral.

    • Joaquim Sobreiro says:

      Como acreditar nos mesmos meios de informação que tantas mentiras nos contaram do Covid? Antes financiados pela indústria farmacêutica, agora justificando a crise económica, vendendo armas da indústria armamentista. Sempre os negócios mais lucrativos

    • lmx says:

      +1
      nem mais, a desinformação consegue enganar a maioria da população, está mais do que provado, por isso é que o regime aposta tanto nela.
      Mas nem só,
      No caso Português, estamos entre a espada e a parede, pertencemos á NATO, temos financiamento da EU, é como uma prisão, os nossos canais de noticias são OBRIGADOS a libertar propaganda e desinformação de acordo com quem realmente manda..

      Enquanto eu percebo isto de um País sem expressão como Portugal, o mesmo não consigo perceber vindo de Países como UK, Alemanha ou França..

      Mais o Português nem para ele olha… há umas décadas andava-mos em África a caçar negros..e estava tudo bem, agora apoiamos governos judeus, em Países com Grande representação Nazi.. o que dizer??

      • carlitos says:

        Os Ucranianos são um povo parolo na sua maioria, que elegeu um comediante para dirigir o País baseado num sketch televisivo em que fazia o papel de presidente!
        Seria o mesmo que nós fossemos eleger para 1º Ministro alguém do “Estado de Graça” ou da “Casa dos segredos” com base na ironia e em promessas de milhões.

        Enfim, um individuo sem preparação alguma para aquelas funções, e que se revelou um louco rufia e corrupto, que levou o País para uma guerra, e é seguido até á morte por aquele povo. Só tenho pena das crianças !

        “Em Outubro de 2021, a Pandora Papers revelou uma rede de empresas offshore fundada e mantida por Volodymyr Zelensky e a sua comitiva. Entre as disposições financeiras estão pelo menos dez empresas que lhe pagaram dividendos (cujo montante permanece desconhecido) após a sua chegada à cabeça do país. Através destas empresas, é proprietário de bens imobiliários de luxo no coração da capital britânica Londres.” WIKIPÉDIA

        • lmx says:

          Pois eu concordo, e não esperava nada diferente..
          E já percebi que Israel está envolvido até ao pescoço neste problema da Ucrânia, ao ponto de levar a Suíça, que sempre se manteve neutra, a utilizar o sistema bancário como arma de arremesso contra a Rússia..claro os bancos Suíços também são controlados pela mesma corja os Judeus 🙂
          Aqueles gajos conseguiram virar a Europa de pernas para o ar na segunda guerra mundial e nesta não se vão ficar por aqui..

          Agora realmente falando, os Ucranianos do oeste da Ucrânia, meteram o pé na poça e de que maneira, e agora estão a paga-lo, e como ele é Judeu e também tem a mania da Raça Escolhida por Deus, vai ser um problema bem grande.. a gente ainda ha-de falar muito deste problema pah frente, porque não me parece que ele esteja com vontade de resolver o problema..

          Ele fugiu de Kiev dia 26 do mês passado para Lviv, andam a circular vídeos dele nas trincheiras…é tudo propaganda e os vídeos reais foram realizados antes do conflito.

    • carlitos says:

      Na UE falta um líder com cabeça e tomates !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.