Quantcast
PplWare Mobile

Elon Musk recusa-se a bloquear tráfego dos meios de comunicação da Rússia na Starlink

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. R says:

    Como é que o povo Russo pode ter acesso a informação não estatal se lhes cortarem todas as comunicações para o exterior? Na minha opinião (de ignorante destes assuntos), o povo Russo pode ser determinante na evolução desta guerra, mas só se tiver acesso a comunicações com o exterior.
    Há uns anos li uma frase algo semelhante a isto: dêem internet e televisão sem censura a um povo e, numa/duas gerações, qualquer regime absolutista/fundamentalista cairá.

  2. Vasco says:

    Estou plenamente de acordo. Aliás lamento que a UE tenha proibido a difusão do canal russo RT pelos seguintes motivos: 1-Do confronto de ideias nascem opiniões melhor fundamentadas. 2-O ridículo dos noticiários transmitidos pela RT era de tal ordem que qualquer pessoa educada no mundo livre percebia imediatamente o exagero, que chegava até a ser semelhante aos daqueles noticiários passados na televisão da Coreia do Norte. 3-A melhor forma de derrotar um inimigo do ponto de vista ideológico é precisamente estar bem informado acerca dele, contrapondo com o poder da verdade as mentiras que ele tenta difundir. 4-Por muito que a censura de Putin actue eficazmente reprimindo o povo russo, é praticamente impossível eliminar toda a verdade, e isso era bem patente por exemplo em entrevistas de rua preparadas para mostrar ao mundo que esse povo estava a favor da “operação especial” (aka crimes de guerra e invasão da Ucrânia), onde era claramente visível o constrangimento e o medo dos entrevistados. 5-Na semana passada cheguei a ver um jornalista da RT -já depois de ter sido proibido na Rússia usar os termos “invasão” ou “guerra”, a entrevistar uma responsável governamental russa de segunda linha, perguntando-lhe e insistindo várias vezes na mesma pergunta “se concordava e achava bem que a Rússia tivesse invadido a Ucrânia” e porque é que “estavam a ser bombardeados alvos civis”. Fiquei espantado mas compreendi: o jornalista da RT que conduzia a entrevista trabalha numa redacção em Londres… Era visível a atrapalhação, o medo quase, a forma calculada como a russa tentava responder e desviar essas perguntas, a ponto de ter sentido vergonha alheia por ela: Ver um ser humano a fazer figura de covarde mete mesmo dó.
    Muito mais poderia ser dito mas Elon Musk tem razão: A liberdade de expressão deve ser defendida até ás ultimas consequências, mesmo correndo-se o risco de que pessoas mais influenciáveis possam ser enganadas. As vantagens de mostrar ao mundo a figura ridícula, o medo, o embaraço e a vergonha que existem escondidos em países dirigidos por criminosos como Putin, excede de longe as desvantagens.

  3. Informático Amador says:

    Sem informação Ocidental a correr pela Rússia, os Russos ficam apenas com as mentiras oficiais, propagandeadas por meios estatais 100% nas mãos de Putin. É necessário bombardear a Rússia com informações verdadeiras do que se está a passar. É capaz de ser mais eficiente isso, que as sanções que dizem vão por a Rússia de joelhos, mas até agora não contribuíram em nada para parar a agressão, antes pelo contrário.

    • Godlike says:

      Hahaha sim, até porque os média ocidentais não fazem propaganda. Os Estados Unidos nunca tiveram interesse em prejudicar a Rússia, coitadinhos.

      • João Ferreira says:

        Não interessa. Pelo menos quem quer pode beber dos dos lados e refletir no que quer acreditar. Agora só ser exposto a uma lado em nada ajuda no sentido critico.

  4. João Ferreira says:

    Os ISP não deviam controlar seja o que for. Estão ali para server as estradas se não daqui a pouco começam a bloquear o que lhes apetecer sem poderem ser processadas.

  5. Carlos Marques says:

    É a primeira vez que concordo com o oligarca ocidental Elon Musk. Ou a liberdade de expressão é um direito em qualquer situação, ou os regimes Europeus não se podem considerar democracias.

    É uma vergonha que o Império das Mentiras (também das poucas vezes que concordei com Putin), ou seja o Ocidente, dono de meios dempropaganda e fake news como a CNN das “armas de destruição massiva no Iraque existem mesmo” tenha censurado a RT e o Sputnik, ainda por cima sendo essa ordem vinda de NÃO eleitos de Bruxelas.

    Eu não deixei de ver a RT por causa disto. Há sempre alternativas, VPN, Tor, etc. E tenho verificado que a RT não mente mais do que os nossos média.
    Ex: RT disse logo a verdade no Verão passado sobre o ataque de drone dos EUA contra uma zona civil e que matou 10 civis, a maioria crianças. Nessa altura, e durante mais 15 dias, a nossa “imprensa livre” limitou-se a ser o megafone da Casa Branca e mentira: “que tinham acertado só num alvo do ISIS-K”.

    O ocidente não vai num bom caminho, mas uma coisa é positiva: a expansão da NATO foi travada, e o regime de loucos da Ucrânia está por dias. Sim, quem em vez de fazer a paz, viola acordos de Minsk, e vai à Conferência de Munique sugerir que a Ucrânia, dentro da NATO, terá armas nuclearea apontadas a Moscovo, como o Zelensky fez, só pode ser louco. Ao pé deste gente, até o Putin parece um gajo com bom senso…

    • Test User says:

      Tambem deves andar a ver perolas de sabedoria dos canais de esquerda sobre o conflito .

      Dilma: golpe de estado na Ucrânia e expansão da OTAN explicam a guerra
      https://www.youtube.com/watch?v=-5JoEVOLRh8

      Resumo:
      https://www.youtube.com/watch?v=T129APDFtP8

      -> Não referes o Memorando de Budapeste
      -> Explica lá porque querem aderir NATO, se Russos são os bons.
      -> Explica lá porque OTSC pode fazer fronteiras da NATO
      -> Explica lá porque Bielorussia pode aprovar nova Constituição e abre caminho para receber
      armas nucleares da Rússia. Vão ficar apontadas para Russia?

      • Carlos Marques says:

        Eu não tenho que explicar nada. Colocaste bons pontos, e esse da Bielorrússia ter armas nucleares é tão louco como o da Ucrânia. O meu ponto era mesmo esse: ambos os lados cometeram asneiras que nos trouxeram aqui (à guerra) e ambos mentem. O problema torna-se mais grave quando o lado que se diz “democrata” recorre à censura, quando o lado que se diz “pacífico” é recordistas de bombardeamentos e crimes de guerra nos últimos 20 anos, e quando em vez de falarem uns com os outros, perceberem as preocupações uns dos outros, e ambos fazerem cedências, decidem apenas fazer uma corrida a ver quem tem maos censura, mais propaganda, e mais lavagem cerebral dos seus cidadãos.
        E tal como não te expliquei nada, também tu não me explicarás porque é que houve um golpe de Estado contra um Presidente eleito em 2014, porque é que os nazi do Batalhão Azov foram integrados na Guarda Nacional da Ucrânia, porque é que tivemos 8 anos de silêncio perante a guerra no Donbass com mais de 13 mil mortos, porque é que Zelensky recusou respeiter acordos de PAZ de Minsk, porque é que a NATO quer chegar à fronteira da Rússia toda, e porque é que não há sanções nenhumas para os recordistas das invasões (EUA).

        Mas uma coisa eu sei e posso responder: ser pela paz, neste momento, só é compatível com uma posição que é ser tão anti-Putin como anti-POTUS, anti-NATO e anti-exército Europeu. É ser contra todos os imperialismos, é estar vacinado contra a propaganda de guerra de ambos os lados, é ser contra TODAS as armas nucleares, e exigir sanções contra todos os que têm sangue nas mãos, sejam os “heróis” da RT ou os “heróis” da CNN…

        PS: e toca a exigir a libertação do preso político da NATO: o jornalista Assange, que denunciou os crimes de guerra, autêntico genocício ordenado por Bush e Obama, ambos oligarcas igualmente corrompidos pelo Complexo Militar Industrial.

        PS2: e que não sobre ninguém do batalhão Azov para continuar a segurar as insígnias das SS ucranianas, nem pendurar quadros do Stepan Bandera na parede.

        • Test User says:

          Ambos lados cometeram erros.Agora para ser justo neste conflito um lado tem sido agressor.

          1- Falas do acordos de Minsk mas tens de ir mais atrás até o o Memorando de Budapeste. O memorando inclui garantias de segurança contra ameaças ou uso da força contra a integridade territorial ou a independência política da Ucrânia, assim como as da Bielorrússia e do Cazaquistão.
          Se Russia respeitasse o memorando não existia invasão da Crimeia. Coincidencia ou nao surge o conflito Donbass e Luhansk.
          Agora invadem Ucraniana.
          Parece-te que estão respeitar o memorando?
          Respeito integridade territorial ou a independência política da Ucrânia?

          2- Segundo estudo o envolvimento extrema direita é exagerado e existe nos dois lados.
          https://www.ifri.org/en/publications/notes-de-lifri/russieneivisions/far-right-conflict-between-russia-and-ukraine
          3- Queres fazer sanções ambos lados. Russia é que esta invadir.
          4- Russia não fica atrás em invasões. Ve num comentario mais baixo.

    • adbu says:

      Correto penso que o melhor é ver a informação em ambos os lados da barricada, pois nenhum é neutro.

    • jorgeg says:

      +1 e nojento o nivel de hipocrisia dos criminosos do ocidente.
      As guerras e invasoes do ocidente sao boas as outras sao todas mas!
      Desde 1776 os EUA invadiram 70 paises parte deles com a ajuda dos seus lacaios europeus!

      A LGbrandon administracao e seus lacaios em vez de tentarem apaziguar o conflito fazem o oposto, tudo isto seria evitado se existissem lideres decentes no ocidente, infelizmente nao!

      • Test User says:

        Hipocrisia no seu melhor

        A Lista dos russos é longa. Como não acreditas sem ser fontes russas. Segundo eles 1.5 milhões de soldados estiveram envolvido em 30 conflitos ate 2011.
        https://english.pravda.ru/russia/116909-soviet_union_foreign_wars/

        Escolhe la guerra boa russa:
        Estonia 1917, Latvia 1918, Lithuania 1918,Poland 1918, Belarus 1918
        Ukraine 1918,Georgia 1920,Azerbaijan 1920,Armenia 1920,Moldova 1918
        Central Asia 1918,Mongolia 1921,Georgia 1924,Estonia 1924,Afghanistan 1929
        Japan 1938,Poland 1939,Finland 1939,Estonia 1940,Latvia 1940
        Lithuania 1940,Romania 1940,Iran 1942,Ukraine and Belarus 1944
        Bulgaria 1944,Hungary 1944,Yugoslavia 1944,Albania 1944,Poland 1944
        The Baltic States 1944,Germany 1944,Tuva 1944,Japan 1945
        China 1945,Korea 1950,East Germany 1953,Hungary 1956
        Vietnam 1960,Czechoslovakia 1968,China 1969,Israel 1969
        Ethiopia 1974,Angola 1975,Afghanistan 1979,Georgia 1989
        Baltic States 1990,Georgia 1991,Azerbaijan 1991,Moldova 1992
        Tajikistan 1992,Northern Caucasus 1992,Georgia 2008
        Ukraine 2014,Syria 2015,Ukraine 2022

      • Test User says:

        Hipocrisia no seu melhor

        So tentativas de apaziguar conflito da Russia:
        1- Invadem Ucrania
        2- forças nucleares russas em alerta máximo
        3- Bielorússia aprova nova Constituição e abre caminho para receber armas nucleares da Rússia
        4- Ameaçam Suecia e Finlandia
        5- Invadem espaço aereo da Suecia
        etc

    • lmx says:

      +1
      Concordo plenamente com tudo o que disse,
      Mais, quando o Zelinsky foi dizer na Alemanha que a Ucrânia estava a equacionar armas nucleares, ele deveria logo ter sido expulso do País.
      A Alemanha mostrou mais uma vez que apoia o nazismo e a loucura de Zelinsky.

      A EU sendo ela um órgão NÃO democrático, nunca podia ter proposto a censura dos meios de comunicações, que são um direito fundamental de Países Democráticos..isso é pura ditadura.

    • Sergio says:

      Chavalo a dark web anda a fritar-te o cérebro.

  6. Miguel says:

    Então e se isolássemos os EUA, UK e França quando invadiram e destruíram a Líbia em 2012 ?

    Gostava de perceber porque a guerra nuns locais é certa e noutros é errada, quando o mal cai sempre sobre os mesmos, o povo!

    A informação quando é alvo de censura, é sempre censura, pois a desculpa é sempre a mesma: para impedir disseminação de determinadas ideias. Que por mais erradas ou manipuladoras sejam, o importante é desconstruir as falsidades, venham de onde vierem.

    Ditadura e censura andam sempre de mãos dadas.

  7. CS says:

    Não gosto muito do Elon Musk mas neste caso estou 100% de acordo com ele. Não há que copiar o que a Russia faz. A censura é com eles.

    • Test User says:

      Elon Musk não gosta interferência do Estado. Seja qualquer for.
      Saiu da Califórnia por interferência estatal.
      Não aceitou fundos para fabrica em Berlim.
      Na China não têm socio local.
      Etc.

  8. AlexS says:

    Muito bem Musk!

    Infelizmente parece que alguns dizem : Volta Salazar estás perdoado,a censura quando é feita contra algo com que não concordo é coisa boa…

  9. Bernardo Filipe says:

    Eu concordo… não existirá nada que justifique as perdas humanas na guerra,jamais.
    Mas com isto conseguimos ver o poder de chantagem e controlo de alguns estados ditos democráticos,que podem controlar a vida de cidadãos de qualquer estado supostamente suberano..seja ele autocrata ou não….
    Isso é grave,e mostra que continuamos nós cidadão comum a sermos propriedade do estado e do mais forte.

  10. Gilmar Ramos says:

    Que eu saiba Rússia tem seres humanos como em qualquer país do mundo, a população não pode ser penalizada pelas decisões do Putin!
    O Musk está fazendo o certo!

  11. João Jesus says:

    Perfeitamente de acordo. Respondam às fake news, mas dêm a possibilidade de escutar e ver os argumentos leninistas da lado neosoviético.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.