Quantcast
PplWare Mobile

Dica: Internet lenta no seu Mac? Porque não testa com a app secreta do macOS Monterey

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. B@rão Vermelho says:

    Atualizei ontem o meu Imac de final de 2016, e ficou melhor, está um pouco mais rápido, mas mesmo assim vou ter de aumentar a memória.

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Não há uma ferramenta destas para o Windows,Pedro Simões ?? Convinha bastante. 🙂

  3. Abóbora says:

    Ferramenta escondida, sem o anunciar, e está malta ainda fica contente.
    Um sistema operativo de código fechado, com software que não é anunciado e provavelmente nem em manuais de utilização vem, o utilizador básico nunca vai saber que tem isso instalado, mas para os fanboys é super giro.
    Em termos de segurança, é completamente ridiculo, mas como é Apple, pagam até mais para ter estás funcionalidades.

    • Tadeu says:

      Está-se a ver que nunca ouviste falar no Darwin ou no XNU

    • Akonom says:

      Tanto ódio, tanta raiva… Calma, suspira e vai tomar o comprimido. Depois volta e visita https://opensource.apple.com/ para brincares um bocadinho, ok?

      • Abóbora says:

        Tanto ódio? Se tiver uma opinião diferente da tia, é ódio, é isso?
        Eu conheço o link que acima meteste,mas não deixa de ser curioso, ou não, que não reparaste das versões das coisas que estão nesse site.
        Todas muito bem, mas a música não é original.

        • Akonom says:

          Primeiro, é tio e não tia. Segundo, “(…) mas para os fanboys é super giro.” e “(…) mas como é Apple, pagam até mais para ter estás funcionalidades.”, é dar uma opinião ou é querer gozar e criar um estereótipo com os utilizadores que preferem a Apple? Escusavas de ir por aí, se o objectivo era somente dar uma opinião. Mas deixa lá, esse tipo de comentários fazem-me rir, achei-te piada e desta vez resolvi responder 🙂 Em terceiro, sobre o link, é sabido que a Apple demora um tempo a disponibilizar as sources das versões mais recentes. Não me perguntes quanto porque não sei.

          • Abóbora says:

            Desculpa, é tio então.
            O estereótipo já existe, e é feito pelos próprios fanboys que claramente acham piada a coisas sem nexo, a pagam preços premium por coisas nada premium. Pouco importa o que fazem com o seu dinheiro, mas daí a não perceber que ter software escondido é algo que até em termos de segurança é ridículo… Bem nem sei o que dizer.
            E por último, é sabido que a Apple demora a disponibilizar o código do seu software porque é uma estratégia da empresa, de que só disponibiliza o código do software que não seja o mais recente.
            E eu sei porquê. Por dois motivos, primeiro porque a Apple acha que até um novo lançamento, o software mais actual é dado como software que deve ser protegido contra algum tipo de “cópia”, e fecha o código para assim ser mais difícil qualquer tipo de cópia.
            Sim, eu sei que existem licenças, mesmo em código aberto, mas há empresas que preferem tbm fechar o código.
            O segundo motivo, e bem mais preocupante, é que na Apple, há muito engenheiro que acha que segurança por obscuridade é algo válido, e infelizmente são engenheiros que depois dirigem o rumo dos projetos e produtos.
            Nunca será mais seguro um software de código fechado do que um de código aberto.
            E já agora, uma curiosidade, o link não tem a totalidade do repositório dos softwares listados, portanto, não é totalmente Open source.
            Bom fim de semana.

  4. Tadeu says:

    Não é preciso ir ao terminal para ver a velocidade da rede, basta usar a aplicação Monitor de Actividade, que está longe de estar escondida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.