Quantcast
PplWare Mobile

Amazon culpa as empresas das redes sociais por falsas reviews de produtos

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Hugo Nabais says:

    Não ligo absolutamente nada a reviews da Amazon.
    Das duas vezes que tentei fazer reviews menos positivas, mas sempre corretas e objetivas foram-me recusadas/bloqueadas!

    • David Guerreiro says:

      Depende do que escreveres. Eu já fiz várias reviews negativas e foram aceites, mas também algumas recusadas. Mas acho que reviews positivas nunca recusaram

  2. David Guerreiro says:

    E também há empresas a fazer de tudo para ter boas reviews, chegando ao ponto de comprar os compradores. Pessoas que dão más reviews, eles contactam e dizem que pode ficar com o produto e devolvem o dinheiro, se alterar a review. Há casos de até oferecer dinheiro.

  3. Eu sei lá says:

    Há um mês a Amazon suspendeu um série de marcas chinesas: Aukey e Mpow, VicTsing, Tacklife (da Aukey), Austor, Vtin, Seneo, Homasy, Homitt, LITOM, TopElek, OMORC, TRODEEM, Atmoko, HOMTECH, OKMEE, e outras.
    Se pesquisarem, por exemplo por Tacklife, podem encontrar um produto ou outro, mas eram muitos.

    Disse que foi pela prática de atraírem reviews favoráveis. Eu comprei produtos da Aukey e da Tacklife e achei-os bons e baratos (ou, pelo menos, com uma boa relação qualidade/preço). As reviews favoráveis ajudam a vender? Por certo, mas se a marca não tiver qualidade não se lhe volta a comprar mais nada. Não achei pida nenhuma à suspensão, é arrogância de quem tem um poder tal que é “quero, posso e mando”.

    • nfu says:

      se as reviews são compradas é óbvio que devem sempre ser desmotivadas/censuradas. se o produto é realmente bom, as reviews serão naturalmente favoráveis…

      • Eu sei lá says:

        Num produto bom, se as reviwes forem muitas, como era o caso da Aukey e da Tacklife, como é que se distinguem as reviews compradas das naturalmente favoráveis?

        Por que é que a Amazon não faz ela uma avaliação dos produtos para ver se as avaliações estão exageradas? Agora vem dizer que quem deve controlar isso são as redes sociais!!!
        “Os compradores não compram Aukey nem Tacklife, vão comprar produtos mais caros, ganhamos mais de comissão”. E assim a Amazon fica mais rica, e os fornecedores cada vez mais dependentes.

    • David Guerreiro says:

      A Anker compra reviews e não foi bloqueada… Experimenta dar uma review negativa a um produto, e és contactado com a oferta do produto e a devolução do valor, se alterares o feedback. Quer dizer, não gostaste do produto e ainda querem que fiques com ele

      • Eu sei lá says:

        A Anker é uma empresa a Aukey outra.
        Também tenho comprado produtos da Anker e são bons. Há pouco tempo, os Liberty Air 2. Se dizes que devolvem o dinheiro e oferecem o produto, em caso de uma review negativo … só mostra o estado de dependência a que chegaram os fornecedores da Amazon.
        Não é comprar a review, que sendo assim, até pode ser feita de propósito – é estar extremamente dependente das vendas através da da Amazon. E a Amazon aproveita-se disso.

  4. Luna says:

    O fakespot dá uma ajuda, uso sempre para verificar de forma rápida se as reviews são boas ou falsas (no entanto aviso que lá muito ocasionalmente pode falhar a detetar se as reviews tiverem truques mais sujos que o habitual, portanto antes de comprar algo caro é melhor sempre fazer um bom estudo com outras fontes de informação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.