Quantcast
PplWare Mobile

Alerta! Há sites ilegais de venda de medicamentos ao público português

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. João says:

    E não bloqueiam esses site porquê?
    São menos relevantes que os sites de pirataria?

  2. David Guerreiro says:

    O “está procurando” dá logo para ver que é para nós…

    • Jorge Silva says:

      É como o fenómeno das clinicas de botox e rinoplastia que apareceram, sem regulamentação nenhuma..
      É exatamente o mesmo público que este.

  3. Fusion says:

    Obrigado pela partilha dos sites 😉
    É isto e quando são notícias sobre pirataria, uma pessoa fica sempre a descobrir sites novos que dão jeito 🙂

  4. B@rão Vermelho says:

    O que levara alguém a comprar medicamentos pela internet, com certeza haverá uma explicação que para a maioria do nos pode não faz sentido.
    Portugal a saúde até e bastante barata, dou como exemplo a minha própria experiência, sou doente crónico e em tempos tive de tomar uma medicação experimental que cada embalagem custava 200€, e tinha de tomar duas por mês, estive assim durante 6 meses, depois foi aprovado uma portaria que pessoas com doenças autoimunes como eu passavam a pagar uma pequena parte do valor, passei a pagar pelas duas caixas 18€, ou invés dos 400€.

  5. Pedro Fernandes says:

    O que é estranho é que ambos estão como https significa uma certa segurança.

  6. Sardinha Enlatada says:

    Bem a unica explicacao que vejo de comprarem medicamentos pela internet e nao os encontrarem na farmacia. Sendo que duvido que na internet o mesmo medicamento seja mais barato que na farmacia. Mas ha sempre malucos para tudo. Nesse caso e um risco andar a comprar medicamentos que nao estao regularizados no mercado.

    • David Guerreiro says:

      Pode haver outro motivo. O quererem medicamentos que não conseguem obter, porque o médico não irá prescrever, como o caso dos anabolizantes, etc. E em alguns países, porque os medicamentos são muito caros, e esses sites supostamente vendem mais barato.

  7. CF says:

    Talvez seja uma resposta ao excesso de burocracia relativamente à venda de produtos online com envio por transportadora, existe um lobby mt grande nesta área.

    Gostava de ver uma entidade reguladora qualquer a dizer k as pessoas deixavam de poder abastecer diretamente o carro nas gasolineiras, pk é um produto inflamável e perigoso e como tal todas as gasolineiras eram obrigadas a ter um técnico especializado, é só um exemplo, muitos outros se podiam dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.