PplWare Mobile

YouTube adicionou opção para reprodução de vídeos em 4K


Autor: Pedro Simões


  1. Angelo says:

    Claro que a diferença de qualidade não é tão visível se não forem visualizados num monitor igualmente de resolução superior. Mas mesmo num monitor 1080p consegue-se notar alguma diferença com vídeos de resolução maior.

  2. Rui says:

    Bem 4K num monitor 1080p não sei se fica lá muito bem mas será que é mesmo preciso tanta qualidade no Youtube? Ainda vejo tanto canal que aposta no 720p e não no 1080p.

  3. João says:

    Também foi silênciosa a decisão de incluir a definição 144p, soube-se depois quando o própio Youtube anúnciou que depois de um periodo de testes, seria a resolução padrão para vídeos em determinados países(como este do qual vos escrevo)…

    Falta apenas baratear tv’s, players e afins com tal tecnologia para que possamos desfrutar da mesma, visto qua a copa do mundo se aproxima por aqui…

  4. toze says:

    Esta semana? LOL

    Já há um mês andei a testar todos os vídeos que andavam por aí em 4K (procurem por vídeos da natureza, animais, etc).

  5. carlos says:

    esta funcionalidade já funciona a algum tempo. pelo menos o user MysteryGuitarMan já tem videos em 4k á já algum tempo

  6. CMatomic says:

    Agora que chegou opção de selecção 4k no youtube.

    Mas afinal para que serve o bit-rate ?

    Na mentalidade de muitos para nada , é coisa que não tem importância pois basta ter uma resolução e pronto , é a mesma coisa que dizer que um mp3 tem a mesma qualidade que um CDaudio.

    Laranja Vs sumo de laranja concentrado .

    Muitos iriam dizer que o sumo natural da laranja é melhor que o concentrado.
    Se seguirmos a lógica intelectual do 4k no youtube o sumo de laranja concentrado é igual ao natural .

    O sumo natural é igual a termos uma fonte analógica de video, ou a laranja natural já exprimida o dito master video em digital “lowless video ”

    a família mpeg e o video digital lowless

    A mesma lógica laranja se pode aplicar aqui mas a outro nível .

    Canais televisivos em HD 1080p Vs Disco Blu-ray .

    Aqui podemos utilizar a lógica do sumo de laranja concentrado ” família mpeg ”

    A diferença aqui é :

    Canais televisivos em HD 1080p , é um sumo de laranja mais aguado pouco sabor a laranja . ” baixo bit-rate ”

    HD no Disco Blu-ray , tem a quantidade de concentrado correcta ” bit-rate mais alto ” ou seja com mais sabor a laranja .

    4K youtube vs Master 4k video

    Aqui a comparação é :

    4K youtube , 2 % de sumo concentrado de laranja

    4K master video 100 % de sumo natural .

    Um filme em 4k anda na ordem 1,5 terabytes por hora , por isso o 4k no youtube é uma amostra 4k de qualidade muito fraca :

    E por isto mesmo o já existe um formato que ira substituir o disco blu-ray , o mais provável será o Holographic Versatile Disc com uma capacidade ate 6 terabytes ou mais .

    • sergio says:

      Nalguns vídeos o youtube tem lá a opção ver formato original, nesse caso já é 100% sumo de laranja natural?

      • CMatomic says:

        Diz la original em termos de resolução , essa opção aparecia ou aparece quando resolução é superior ao standard HD .

        O youtube tem limites em termos de bit-rate

        Uma comparação

        Bit-rate 4K no youtube anda na ordem dos 35-45 Mbps ( igual em media ao bit-rate de video 1080p num disco blu-ray , o máximo do bit-rate num disco blu-ray é de 50 Mbps )

        Um filme em 4k tem na ordem uns 445 Mbps de bit-rate

        Por isso o 4k no youtube longe de ser sumo natural , é mais um sumo concentrado aguado .

      • CMatomic says:

        mais uma gafe minha , onde diz lowless queria dizer Lossless .

  7. José Rodrigues says:

    O YT em 4K e nós em PT temos canais de TV que nem SD são. Sim, SIC e TVI, estou a falar de vocês!!!

  8. Pedro says:

    Com a minha net não consigo ver a mais de 320 quanto mais a 4k

  9. Alberto says:

    4k mas ainda não suporta 60fps? Bah

  10. Tiago Carvalho says:

    comecem é a lançar filmes a 4k.. tantas televisões, youtubes mas material nem se cheira..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.