PplWare Mobile

Vodafone Espanha vai despedir mais de 500 trabalhadores

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    “Em Espanha a Vodafone vai despedir mais de 500 trabalhadores e tem intenções de encerrar 34 lojas.” Isto é muito mau.Espero que o mesmo não aconteça cá em Portugal e pelo contrário a Vodafone se expande mais.

    • Imf says:

      Mas trabalhas na Vodafone???

    • Imf says:

      Quem me dera que quando chegar aos 56 anos poder ter reforma antecipada, com 80% do salário!
      Mas neste pais… nem 60% e ja vais com sorte.

      • FAR says:

        Também me lembrei dos tempos das vacas gordas em que muita gente com idades por volta dos 50 se reformou, nunca mais fizeram nada (de produtivo) na vida e que ainda hoje a gozam bem.

        Agora não. Reformas boas só se fores político, sem restrição de idade e com pelo menos 6 meses de casa.

        Sinceramente não me parece que seja um mau negócio para quem vai ser dispensado. Mas (tirando casos muito especificos) não é uma situação agradável, isso é certo.

    • Duarte says:

      Pareces um Profeta da desgraça movido a medo e irracionalidade.

      Na altice foram 300, na Galp sei lá quantos, nos bancos outros tantos….. Onde é que tens andado?

      • joao matos says:

        300??? Reformulando…Na PT foram???…quantos desde 2015 a esta parte? Trabalhei na PT até à altura em que a Altice comprou a PT, portanto resta saber se esses 300 a que te referes dizem respeito ao mês passado… 🙂 Isso pergunto eu…onde é que tens andado?

        • Zé Fonseca A. says:

          Forem os que tenham sido foram poucos, sempre teve muita gordura não necessária a PT, culpa de quando foi empresa pública.

          • joao matos says:

            Zé Fonseca, comentário próprio de quem nunca conheceu a estrutura de uma operador…de qualquer um! Vá lá, diz que a terra é quadrada, que o pessoal vai ali e já vem. 🙂

          • Zé Fonseca A. says:

            Já passei por eles todos nacionais, internacionais também já tive em alguns, e de vez em quando ainda lá vou parar para projectos pontuais.
            Precisam de tanta gente tão boa que até têm de contratar consultores para coisas a sério.
            O problema da PT foi mesmo pertencer ao estado e ter sido gerido como é gerido tudo o resto. Basta olhar para a TAP, CP e CTT para perceber que o estado não tem capacidade de gestão, os Hospitais são um perfeito exemplo disso.

  2. Duarte says:

    Agora que vão ter tempo e ausência de preocupações, é um bom momento para estas 500 pessoas se preocuparem com algo realmente importante e dedicarem-se ao combate contra o aquecimento global.

    • Imf says:

      Este comentário é para levar a serio??

    • joao matos says:

      Duarte, eu por exemplo enquanto trabalho, e como estamos todos (ou quase todos) numa fase de trabalho remoto. eu diria que eu ainda tenho a bondade de contribuir para o aquecimento global acendendo o isqueiro várias vezes para fumar uns cigarros. Ok, vão combater o aquecimento global como? Assoprando para arrefecer? Meu amigo, quem dita as regras é quem tem capital (dinheiro). O resto são apenas ‘peões’. China…diz-te alguma coisa? Abre aí o teu pc ou portátil, e diz-me quantas vezes consegues ler ‘Made in China’? Mais um a mandar bolas para o ar. Xiça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.