PplWare Mobile

Vai levantar dinheiro numa caixa ATM? É melhor pensar duas vezes


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Paulo Santos says:

    Hoje em dia, nada mas mesmo nada, que venha dos USA é de fiar.
    Não deve haver povo que tenha uma filosofia de se apoderar do que é dos outros, como este.
    E se alguém disser que é roubo, eles arranjam maneira de fazer passar leis em que deixe de ser.

  2. Rui says:

    No caso dos nacionais é muito simples, utilizem apenas máquinas da SIBS (pertence a todos os bancos nacionais). Apesar de não ter grandes dúvidas de que este facto surgir como uma oportunidade para a SIBS ganhar uns trocos (implementar também comissões).

    • David Guerreiro says:

      Não o faz, porque a lei não permite. Porque já era vontade da SIBS cobrar taxas.

      • int3 says:

        A SIBS não pode cobrar mas o banco sim. Se eu levantar pela SIBS 200 euros com o cartão de débito o banco não me cobra esse levantamento. Se for com um cartão de crédito já me cobram da mesma forma como me cobram quando pago os 50 cêntimos da taxa de gasolineira. Na euronet a rede é diferente. Na verdade não estás a levantar mas sim a efetuar um pagamento.

  3. Miguel says:

    E nao sao assim tao poucos como isso

  4. Rrrrrr says:

    Posso estar enganado,
    mas normalmente, nas ATM, se ha um valor extra pelo levantamento, esse aparece antes de se confirmar a transacao…

  5. Sergio says:

    De facto é algo que devia ser esclarecido ou ter um alerta bem visivel.. nos aeroportos é certo que vão cobrar comissão no casino de espinho por exemplo já não se passa nada.. No estrangeiro, na Roménia, fui logo alertado por um colega meu para não fazer qualquer tipo de levantamento nessas maquinas.

  6. Pedro says:

    Já tive de levantar dinheiro nessas caixas e confesso que não pensei duas vezes antes, pensei três ou quatro vezes para me assegurar dos riscos a que me estava a habilitar. A cautela nunca é pouca.

  7. Marco says:

    Se lerem bem o artigo vão perceber que só quem tem cartões com funções de débito e crédito é que a máquina irá assumir operações a crédito e isso irá gerar taxas (ex: cash advance), quem tem um simples cartão de débito não há muita razão para cobrarem comissões e/ou taxas.

    • André says:

      Alguém ainda tem cartão só de débito? Todos os cartões que recebi do meu banco nos últimos 20 anos têm VISA Electron ou Mastercard.

      • rui says:

        era visa electrom ou maestro, que são só débito, que é diferente de visa e mastercard que agora são mais comuns pois qualquer conta ordenado acaba também por já permitir o cash advance

        • André says:

          Ok, obrigado pelo esclarecimento. Actualmente os cartões que tenho são mesmo VISA (sem electron) e MC. Eu já no ano passado não levantei dinheiro nestas caixas na marina de Tróia por desconfiar que iriam cair comissões.

      • Mr.Antunes says:

        A maioria dos Portugueses…
        Lá por dizer no cartão Visa ou Mastercard não torna o cartão automaticamente de crédito, apenas informa que é compatível com as redes em questão.

        • André says:

          Obrigado pela informação. Escusava era ser parvo, como “a maioria dos portugueses”.
          Estou a brincar, mas essa frase era um bocadinho escusada.

          • rodrigo says:

            O Mr. Antunes falou bem. Estavas enganado e ele corrigiu-te

          • André says:

            “A maioria dos portugueses” era escusado, como disse. Quanto a ter razão, tem ele e tenho eu, já que os cartões que tenho e que mencionei são de débito e crédito. De qualquer modo, como este assunto não vale nada, fico por aqui.

      • Sergio says:

        Deves estar a confundir maestro com mastercard..
        Sou lojista e posso te garantir que pra i 70% dos cartões que passam aqui são de débito.. E quando vais a fazer o pagamento podes ter várias redes de débito, visa electron/multibanco/ maestro..para mim como lojista convem que o cliente escolha o visa electron, devido ao contrato que tenho com o banco.
        De crédito tens varios exemplos, embora a Visa, mastercard ou american express são os que vejo mais

      • Marco says:

        Eu só uso de débito já tem algum tempo.

  8. Paulo Santos says:

    Para o JOSE, aconselho-o a ler a lei de registo de patentes nos USA, depois volta aqui a dizer se o meu comentário tem 0 fundamentos.
    Mas volta mesmo…

  9. zeca says:

    consegues fazer isso com um telemovel de 45€
    parabéns 😀

  10. Crypt0 says:

    deviam era meter mais ATM’s de criptomoedas, mais fiável do que o sistema actual. ´Code is law’ . Não devemos ser “obrigados” a confiar numa entidade ou noutra pessoa. A confiança é algo muito frágil, quando quebrada muito dificilmente é recuperada.

    • TSSRK says:

      *puts tin hat on*

    • rodrigo says:

      criptomoedas? isso ja passou de moda.
      se nao confiares numa pessoa ou entidade mais val ires viver numa caverna.

      • Crypt0 says:

        passou foi? porque dizes isso?Não me digas que compraste criptomoedas em Janeiro? Lá porque desapareceram cerca de +450B doláres no primeiro trimestre de 2018 não quer dizer que a tecnologia Blockchain é inválida.
        Quem quer saber procura ,quem não quer continua negar a evolução natural e fica no antigo sistema.
        Cada um vive a sua realidade

        • rodrigo says:

          calma rapaz! ja estas a’i a falar de realidades e evolução, etc

          E ja estas a misturar bitcoin com blockchain( que nem cheguei a falar)..estas mesmo fora de ti!

          Nao, nao comprei bitcoins pq isso nao passa duma moda como referi em cima. Mas pelos vistos tu tas forte nisso ja que estas a defender bitcoin.

          Blockchain tem futuro. bitcoin ja nao.

  11. iDespairing says:

    Solução simples. Usar sempre cartões de débito so para MB/ATM e usar de C. crédito para compras caso tenham ou seja necessário se querem adiar o uso do saldo da conta corrente. Assim não pagam cash advance seja em que maquina de levantamentos for.

  12. R says:

    Julgo que foi numa dessas que tentei levantar dinheiro em Espanha. Apareceu um aviso de cobrança de comissão antes de completar a operação (que cancelei).
    E fazerem o mesmo cá???

  13. Nunof says:

    Numa das últimas visitas ao terminal de partidas da Portela, após já ter passado a segurança e estar na área comercial lembrei-me que deveria levantar alguns euros caso tivesse alguma emergência em que não conseguisse usar o meu cartão. Qual o meu espanto quando me apercebi que a administração do aeroporto retirou TODAS as atm multibanco que existiam e substitui-as por essas porcarias Euronet. Claro está que essa empresa se está a aproveitar de algum buraco na lei e que está a fazer tudo para retitar do mercado o multibanco. Há muito que os bancos reclamam por não poderem cobrar taxas de utilização na rede multibanco. Com essa nova rede vamos voltar ao passado… Vejam os exemplos de outros países que não têm uma rede integrada….são comissões por tudo e por nada ao usar um atm errado…

    • Almeida says:

      Tambem me aconteceu o mesmo no porto. Ja tinha passado o controle de segurança, reparei que precisava de dinheiro em numerario…. maquinas da sibs, nem ve las

    • Rui says:

      Os donos da Ana Aeroportos são franceses e duvido que estejam preocupados com os clientes nacionais, além de que a ATM deve oferecer-lhes melhores condições!!!!!!

  14. Felix Batista says:

    Há algumas confusões neste artigo. Tudo começou com um artigo que saiu no Sol, com vários erros, e que muitos jornais reproduziram sem corrigir o conteúdo. Neste caso a confusão começa logo pelo título, porque ATM quer dizer “Automatic Teller Machine” ou caixa automático. Ou seja, as máquinas da rede Multibanco são ATM, mas nem todas as ATM pertencem à rede Multibanco.

    • Pedro Pinto says:

      as da SIbs estão identificadas como Multibanco

      • Felix Batista says:

        Sim, mas há caixas da rede Multibanco que também têm o logotipo ATM. Ou seja, o vosso altigo pode confundir as pessoas. Em vez de falarem de ATM deviam falar apenas na rede estrangeira em causa que se está a expandir em Portugal, que é a Euronet Worldwide, e que cobrou comissões indevidas, sem avisar, para quem usava cartões duais (débito/crédito). Também existe outra rede da SIBS que é a ATM Express, mas penso que não tem havido problemas com estas.
        Em resumo, o vosso título devia ser “Vai levantar dinheiro numa caixa Euronet Worldwide?…”.

  15. Carlos says:

    “como é o caso da rede Euronet – esse cartão assume apenas a função de crédito e, a partir daí, o cliente fica sujeito ao pagamento de comissões, sem receber qualquer tipo de aviso.”

    ERRADO. Podem fazer levantamentos a débito – sem comissões.

  16. Carlos says:

    Só para informar que a Euronet foi fundada na Hungria – nada tem a ver com os Estados Unidos.
    Neste momento o maior acionista é indiano.

  17. Sergio says:

    Tive uma experiência semelhante com um cartão MasterCard, fiz um levantamento a débito de 200€ e depois veio cobrado no extrato bancário uma comissão de cerca de 0,65€. Depois de vários contactos com o meu banco e a Euronet o meu banco devolveu a comissão. Com isto também fiquei a saber que é proibido por decreto lei cobrar comissões por levantamentos a débito, e a Euronet garantiu que cumpre essa lei. No meu caso foi o meu banco que aplicou a comissão, por se tratar de um cartão misto, mas como o levantamento foi a débito, a mesma teve de ser devolvida. Ainda esta semana levantei dinheiro num atm Euronet com um visa electron a débito e não me foi debitado nenhum valor extra, no entanto se utilizar o MasterCard a máquina avisa que poderão ser contadas comissões. Conclusão, se for levantamento a débito não são cobradas comissões, se não for podem ser cobradas comissões mas o atm tem que alertar o utilizador. Recomendo atenção e que imprimam sempre o recibo do Atm, seja em que rede for.

  18. Carlos T. says:

    Bem eu fui surpreendido por uma comissao de 8euros mais IS, após efectuar um levantar numa maquina da Euronet no aeroporto do Porto. O meu cartao tem duas funcoes, neste caso a maquina assumiu o credito e nao me informou sobre quaisquer comissoes a advir. Existe legislacao oficial do Banco de Portugal, as instituições de crédito estão proibidas por lei de cobrarem comissões “pela realização de operações de levantamento, de depósito ou de pagamento de serviços, em caixas automáticas (Decreto-Lei n.º 3/2010)”.

    A minha questao é sobre a legalidade da operacao desta lindas maquinas? Bem como a sua funcionalidade de acordo com perguntar ao usuario: ” deseja levantamento a credito ou debito?” Assim o usuário saberia exactamente que tipo de operacao está a efectuar e quais serao as comissoes a pagar. Acho que sinceramente que se querem operar em Portugal deveriam oferecer a mesma funcionalidade das nossas actuais maquinas de multibanco our entao que tenham a coragem de colocar num tom bem colorido “se me usares – Vais pagar comissao, porque nem tens outras hipotese”. Assim as regras serao claras e andarem mais 10 metros para usar os nosso classico e muito bom sistema da SIBS que considero um dos melhores do Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.