PplWare Mobile

Vai à inspeção com o seu veículo? Há novos preços


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

54 Respostas

  1. Marcos says:

    Ficaram iguais os valores

  2. Daniel says:

    Venho eu aqui para ler um pouco de tecnologia e aparece-me disto…

  3. Paulo Costa says:

    Ainda é necessário usar o selo da inspeção no para-brisas do carro?

  4. Mário Caramujo says:

    Alguém sabe se as inspecções para moto4 com 700cm3 de cilindrada já são obrigatórias?

  5. João Sousa says:

    Que eu saiba não é necessário estar no pára-brisas desde que não esteja destacado da folha de inspeção.

  6. Dany Teixeira says:

    Já é obrigatória a inspeção aos motociclos?

  7. Freitas says:

    30€ para 5 minutos

    • APereira says:

      5 minutos que te podem salvar a vida…

      • Miguel says:

        Ah?
        Desde quando é que ter o banco roto salva uma vida?

        • Miguel says:

          Espera, espera e ter vidros fumados? Salva uma vida?
          Ou pneus mais largos que não estão no livrete mas que dão mais segurança ao veículo… E que tal ter uma barra estabilizadora que dá mais segurança nas curvas? Se detectam isso reprova e não salvam vidas… e que tal se encontrarem uma terceira luz de stop que não é de origem?

          … Enfim.

          • Vitor Afonso says:

            São alterações que não constam nas caracteristicas originais do veiculo. Quem lhes garante que isso está bem aplicado? Quanto aos vidros fumados é necessário que cumpram as regras de segurança por exemplo. Podes sempre aplicar um vidro fumado de venha assim já da “fábrica” apenas tendo que ter os respectivos simbolos de homologação e não precisas de averbar no livrete… por exemplo.
            Acho bem que se pague, é por causa de algum chico espertimos que alguns pagam no final. Falas de segurnça nos pneus largos, eu por acaso acho o contrário, são mais largos mas têm um perfil mais baixo e tal.

          • Sómaisum says:

            se cumprires os dados limites de velocidade, e uma barra estabilizadora dá mais segurança nas curvas, acho que o carro em questão não devia sequer circular na estrada… só naquela…
            Não interessa se tu achas A ou B, interessa o que está na lei (in)felizmente ou não.
            Vidros fumados pode salvar uma vida! Imagina que está alguém com uma arma apontada a cabeça, com o vidro fumado não se ve (estupido, mas nunca sa sabe). Pneu mais largo é mais propicio a aquaplanar (por exemplo, mas nem sempre está a chover).
            Pode limitar o angulo de viragem
            Fazem mais barulho.
            E são mais caros.

            A luz de stop não entendi..

          • APereira says:

            @Miguel,

            Estás a confundir as coisas…pois uma nao tem a ver com a outra…

            Nao é do teu tempo, mas quando eu era mais novo nao existia inspecao como hoje em dia…simplesmente qualquer coisa podia andar na rua e a questao de seguranca ficava ao critério do seu condutor e por vezes da sua carteira…
            A maioria dos carros circulavam até pura e simplesmente nao dar para andar mais, manutencao e componentes de seguranca do carro tais como suspencao e travoes eram postos completamente de lado colocando a vida do condutor e dos outros(que nada tinham a ver com o assunto) em risco.

            Por isso as inspecoes sao mais do que bem vindas.

            Agora pela questao das alteracoes que é o que tu vens aqui referir…sou e sempre fui amante de personalizar o meu carro e se bem me lembro ao longo da minha vida poucos foram os carros que estavam stock, mas nunca fui muito de modificar estiticamente (tirando um ou outro pormenor), sempre fui de alterar motor, travoes, suspencao e rodas…
            Cheguei a ver um carro meu apreendido, pois…de origem vinha com 130cv, eu achava pouco entao tinha cerca de 270cv.
            Nao era isso que me ia matar claro, mas…ate era cuidadoso, gostava de ter o carro assim e nunca andei em corridas nem nada do genero mas e o resto?

            Em Portugal infelizmente as pessoas nao tem mentalidade para poderem fazer “o que quiserem” dos seus carros…simplesmente nao dá, por isso tem de ser ilegal.
            Onde estou, podes fazer quase tudo o que quiseres, alterar rodas, peliculas etc etc etc… tenho um RX8 100% legal com mais de 700Cv como project car…
            Mas as pessoas geralmente sao conscientes…se pudessem fazer o que fazem aqui em Portugal?Era ver as AE a transformarem-se em autodromos.

            Mas para isso, se queres acabar com as inspecoes, acaba também com a policia.

            Ah, e alterar a medida das rodas nao te da chumbo, apenas anotamento no caso de a diferenca em diametro ser inferior a 5% para a medida do livrete…caso tenhas mais de 5% meu amigo…es apenas mais um dos que justificam que essas coisas sejam ilegal.

          • Vitor Afonso says:

            @APereira e @Sómaisum

            Muito bem! Aplaudo de pé!

      • José Carlos da Silva says:

        Depende da consciência de cada um. Mas sim, concordo. Muita gente não liga absolutamente nada ao carro. É um mero meio de transporte que, enquanto anda, está bom.

      • Freitas says:

        lol salvar a vidas! Antes de lá ir já o mecânico me fez a vistoria aos carros 2 vezes. Isso é para desleixados. Ou vais estar à espera de voltar lá 2 vezes.

        • Vitor Afonso says:

          Pois mas há sempre questões que por vezes escapam aos mecânicos como já me aconteceu… Fugas de óleo e suspensão que foi à vida. O mecânico só quis receber o dinheiro e mudou uma lâmpada fundida e os travões e tal….

          • Freitas says:

            Mas não culpes todos pelo teu mecânico ser mau. O meu tinha o fole roto e ninguém notava nem na inspecção, e passou, mas o mecânico avisou-me.

          • APereira says:

            Sabes que os centros de inspecao nao vao ao pormenor, analizando principalmente componentes que podem prejudicar a seguranca do veiculo na estrada.
            O objectivo da inspecao é pura e simplesmente assegurar que componentes como suspencao, travoes e a estrotura do carro nao está comprometida podendo levar a acidentes desnecessários.

            Vou dar-te um exemplo, sempre fui bastante cuidadoso com os meus carros tentando sempre assegurar que tudo estava direito, fui entao na altura fazer inspecao e qual nao é o meu espanto quando fui reprovado devido a suspencao…
            O meu mecanico nao era mau, eu também verificava o carro mas…

        • APereira says:

          A maioria das pessoas nao quer saber disso para nada…se nao tivesse a inspecao o carro nem sabia o que era uma oficina.

      • Pedro S. says:

        Por acaso, são 8 minutos no mínimo. Menos disso, os centros de IPO não conseguem imprimir a folha da inspecção!

    • David Guerreiro says:

      Já paguei 70€ numa consulta num hospital privado, e também foram 5 minutos… O preço é fixado pelo Estado, o tempo que demora a inspeção só aos centros compete.

    • RUI says:

      Podes ter feito a inspecção em 5 minutos e depois tiveste quase 10 à espera da “folhinha verde”. Se o inspector verificar o mínimo obrigatório, a inspecção deve demorar 14 minutos, pelo menos o software deles só imprime a “folhinha verde ou vermelha” por inspector, no mínimo de 14 minutos.

    • Luis says:

      As máquinas usadas são de borla, a manutenção das máquinas e imóvel são de borla, a electricidade é de borla, os impostos são de borla, etc…

  8. Bluboo says:

    A partir de agora, com a entrada em vigor do Decreto-Lei nº 144/2012 de 11/07, deixa de ser obrigatória a colocação dessa vinheta no pára-brisas do carro. Antigamente, se tal não acontecesse, a verdade é que as multas poderiam ir dos 30 aos 150 euros.

  9. ribaslac says:

    Excelente artigo! Pese o facto de não ser propriamente tecnologia, é de grande interesse estarmos a par de quanto vamos pagar nas IPO e outras. Toma Zé, paga aí…

  10. SC says:

    “Motociclos, triciclos e quadricicloa (com cilindrada superior a 250 cm3)”. Superior ou inclusive 250 cm3???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.