Quantcast
PplWare Mobile

Ucrânia: Míssil russo atinge centro comercial com mais de mil pessoas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. LA says:

    Uiii. Agora é que a coisa vai escalar.

  2. Vortex says:

    Alvos *cof* *cof* militares…

  3. Louro says:

    Calma que vem já aí alguém defender o Putin e dizer que aquilo era um shopping vulgarmente utilizado pelos nazis para comprar as suas suasticas.

  4. David Guerreiro says:

    É certo e sabido que a Rússia faz campanha de terror. É como os nazis faziam na 2ª Guerra Mundial, com os V1 e V2 atirados indiscriminadamente sobre cidades inglesas. Isto são ataques de terror, para reduzir a moral da população.

    • PorcoDoPunjab says:

      David Guerreiro, sim, porque bombardear cidades alemãs, praticamente indefesas já no fim da guerra, com bombas incendiárias, em que de uma assentada só foram queimados vivas mais de 25 000 mil pessoas, todos civis, não é uma campanha de terror mas sim de amizade.

      Em 13 de fevereiro de 1945, a força aérea britânica lançou um ataque à cidade alemã de Dresden. A partir daquele dia, britânicos e seus aliados americanos despejaram quase 4 mil toneladas de bombas no ataque, perto do final da Segunda Guerra Mundial.

      A tempestade de fogo criada pelo bombardeio matou quase 25 mil pessoas, destruindo o centro da cidade, sugando o oxigénio do ar e sufocando aqueles que tentavam escapar das chamas.

      Vc é um perfeito exemplo das pessoas de hoje, uma absoluta nulidade, incapaz de separar propaganda da realidade, facilmente manipulável.
      Enfim, mais um da geração mais bem preparada de sempre…

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

      • kussuk says:

        A questão é, quem começou? Tanto em fevereiro deste ano como em setembro de 1939 ( com a divisão da Polónia pelos Nazis e russos)?

        Ou vai dizer que a culpa é da NATO?

        Em 2014 os ucranianos não quiseram um fantoche no poder ao serviço de putin (como na Bielorrusia).

        A Revolução Ucraniana de 2014, também chamada Revolução da Dignidade, teve início em Kiev, capital da Ucrânia, a partir de violentas manifestações de protesto, conhecidas como Euromaidan, contra o governo do presidente eleito, Viktor Yanukovych.

        Os distúrbios rapidamente se intensificaram, levando à deposição de Yanukovytch e à instalação, alguns dias mais tarde, de um governo interino, apoiado por grupos de centro-direita, direita, centro-esquerda e até de extrema-direita, todos mais ou menos anticomunistas, unidos contra o poder russo.

        O presidente deposto refugiou-se na Rússia, e passou a ser procurado na Ucrânia, sob a acusação de ser responsável pela morte de manifestantes.

        A queda do governo foi seguida por uma série de mudanças, em rápida sucessão, no sistema sociopolítico da Ucrânia, incluindo a formação de um novo governo interino, a restauração das emendas constitucionais de 2004 e a realização de novas eleições presidenciais,em 25 de maio de 2014, nas quais o pró-ocidental Petro Poroshenko saiu-se vencedor.

        É considerada por muitos como a Segunda Revolução Laranja da Ucrânia ou Revolução Laranja Continuada.

        • PorcoDoPunjab says:

          kussuk, quem começou o quê?
          Está a dizer que lá por a Alemanha ter dado início às hostilidades em 1939, o povo alemão deveria ter sido exterminado?
          E os Franceses com o napoleão, também extermínio com eles? E os ingleses, exterminados tb? Ou seja, fica cá quem? Vc?

          Olhe, vou lhe dizer um segredo, mas só a si, não diga a mais ninguém.
          A Segunda Guerra Mundial começou no dia em que foi assinado o Tratado de Versalhes, logo após o fim da Primeira Guerra.
          Um alto oficial Alemão disse aos seus homólogos Franceses, Ingleses e Americanos, no momento da assinatura do documento as seguintes palavras e passo a citar ” até daqui a 20 anos, caros colegas “…

          Agora diga lá quem realmente começou as hostilidades…
          Eu não tenho tempo nem paciência para expor a realpolitik , que através da imposição de uma humilhação total à Alemanha, plantaram no povo as sementes de uma vingança que veio a acontecer anos mais tarde…

          Não tem que agradecer.
          Todos nós sabemos que quem escreve a história são os vencedores, mas nada obriga a que não possa ir ler outras coisas escritas por outros..

          Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

          • Ogoid says:

            A tua desculpa é a mesma que um violador de mulheres costuma usar: ah e tal, ela é que estava a pedir! quem lhe mandou andar de minisaia!!
            E não estou a dizer que o tratado de Versalhes não tenha ajudado. Mas MATAR não é a solução.

          • kussuk says:

            Pelo teu raciocínio poderíamos recuar a até ao tempo dos romanos ou mesmo à idade da pedra…

            Porque motivo houve o tratado de Versalhes? não foi porque a Alemanha perdeu a 1ª guerra ? que iniciou para fazer frente ao império Inglês?

            Tens razão, os povos não tem culpa que os ditadores decidam por eles.

            E neste momento se estivesses na Rússia e começasses um paragrafo com a seguinte frase ” Acho que…” quando chegasses a este ponto já estavas na cadeia a cumprir 7 anos de prisão no mínimo.

  5. aj says:

    ai ai putin o que a inveja e insegurança te faz fazer…

  6. Gianluigi Buffon says:

    DANOS COLOTERAIS ACONTECEM

  7. Nunxx says:

    Deve ter sido um missil de alta precisão. Daqueles que têm desvios de mais de 1 000 metros…
    Desde o inicio da guerra que acho muito estranhos os falhanços dos misseis russos e até de alguma artilharia mais moderna.
    A antiga, apontada a olho, tem sido mais certeira…
    Será hardware russo com CPUs dopados?

    • asimoto says:

      A guerra na Ucrânia tem demonstrado que os misseis russos são de facto muito precisos.
      Mas no meio disto tudo, pode haver coisas que correm mal na execução dos planos..ou porque os executores falharam, ou porque há elementos externos a fazer hikacking dos sinais de satélite usados pelos misseis..
      Em outras palavras, podem ter sido hackeados pelos Americanos…não sei qual era o alvo..nem sei sequer se a noticia é verdadeira…no meio de tanta mentira..
      Podem até ter sido os nazis ucranianos, a lançar o ataque para criar outra situação tipo Bucha, já o fizeram em 2014, fizeram-no em Bucha, e podem muito bem te-lo feito aqui também.

      • Keyboardcat says:

        Sim. Alguns são tão avançados que ganham consciência própria. Deve ser AI.

        https://youtu.be/6IwqmezeSuQ

        • Profeta says:

          Eu por acaso ia referir isso, como e que se sabe que foram os Russos a lancar o missil ? Nos destrocos estava escrito made in Russia ? Esta guerra e so mentiras, nunca saberemos o que e verdade ou mentira mas engolimos as noticias da comunicacao social com facilidade. E comer e calar. Se for mentira nao interessa. Havera sempre quem acredita.

        • asimoto says:

          Isso que reportas é supostamente testes em desenvolvimento e aconteceu supostamente, em sistemas de defesa aéreos, supostamente porque nem sei se é real..
          The Sun…diz tudo!

      • gambuzino says:

        Só o facto de usares termos como “nazis ucranianos” mostra logo o ceguinho ideológico que tu és.

      • Louro says:

        @assimoto,

        Em outras palavras, todo o tipo de desculpas servem para defender os russos que claramente sao uns pobres coitados em que o seu país foi invadido…

        Oh espera… foram eles que invadiram a Ucrania?

        • daniel says:

          És mesmo cego, a Ucrânia nunca foi invadida, é tudo um filme de Hollywood.
          É tudo ilusão, até mesmo a inflação.
          só não compreendo é como todas as semanas venho com menos compras do supermercado e a carteira mais leve-

      • ruben says:

        “Podem até ter sido os nazis ucranianos, a lançar o ataque para criar outra situação tipo Bucha, já o fizeram em 2014, fizeram-no em Bucha, e podem muito bem te-lo feito aqui também.”
        Não vás ao médico não….

    • PorcoDoPunjab says:

      Nunxx, nem lhe ocorreu, por um segundo que fosse, que os mísseis acertam onde eles querem?
      A sério? Não pensou nisso?

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

      • Nunxx says:

        Claro que pensei e muitas vezes até acertam, uns mais perto outros mais longe…
        Por falta de qualidade dos materiais, por erros de software, por hardware inadequado.
        Deviam ter ficado quietos, agora é tarde.

  8. alrod says:

    pelos comentários que vejo aqui a lavagem cerebral feita por este site funciona muito bem….. só é pena não contarem a verdade……. Que os ucranianos por centenas de vezes bombardeiam os seus próprios edifícios e chamam a imprensa para acusar os russos….. abram os olhos e não se deixem enganar

    • Malcheirete says:

      Infelizmente e verdade. Nem queria acreditar nisso mas esta semana vi com os meus proprios olhos isdo acontecer. Os ucranianos sao uma marioneta americana de propaganda

    • Pedro says:

      Não me deixo enganar como usted, esteja descansado.
      Anda a ler muitas fake news.
      É usar niks diferentes a validar fakes é revelador de limitações

    • B@rão Vermelho says:

      Ainda acreditas no pai natal, só pode, achas que os Ucranianos estão a resistir e bem a invasão russa, sem a ajuda dos serviços secretos dos aliados, és assim tão ingénuo?
      Deves ser daqueles que acha que a Rússia poder atacar todos os países com armas nucleares e que os outros vão ficar a olhar para ver a destruição que faz e só depois é que responde na mesma moeda, hoje em dia tudo se sabe e principalmente nesta matéria bélica, os aliados sabem precisamente de onde foi disparado

      • daniel says:

        se houver uma guerra nuclear globalizada, a Rússia desaparecerá do mapa e praticamente todos os russos extintos. Muitas nações desaparecerão, e provavelmente o ser humano acabará extinto ao fim de algumas dezenas de anos- mas o primeiro facto é uma dedução bem evidente.

        • Joao Ptt says:

          Tendo em conta que praticamente toda a população Russa tem acesso a abrigos anti-nucleares a probabilidade de eles sobreviverem é maior.
          No ocidente é que está mais complicado porque a maior parte da população civil não tem acesso a abrigos anti nucleares, e por vezes nem os próprios militares (varia de país para país… por exemplo Suíça tem para toda a gente, a Finlândia para uns 75%, mas em Portugal praticamente não existem abrigos anti nucleares, e os poucos que possam existir sabe-se lá em que condições estão).
          Se previsões antigas se realizarem, e sabe-se lá se serão verdadeiras ou falsas, o hemisfério ficará praticamente inabitável com toda a destruição e explosões de armas nucleares em larga escala.

          • Daniel says:

            As zonas mais atingidas serão inabitáveis por muitas décadas e globalizando a guerra a Rússia teria impactos que destruíram a maior parte dos abrigos a fome mataria o resto o Pedro seria uma carnificina no final

    • B@rão Vermelho says:

      Podes partilhar a tua verdade, alguns links davam jeito, a não ser que tenha sonhado com isso e acreditas que é verdade

    • Mr. Y says:

      Está quase a surgir o comentário a comparar com o ataque às Torres Gémeas. Todos sabem que foram os próprios americanos que orquestraram para depois terem desculpa para atacar os ‘terroristas’.

    • Louro says:

      Daqui a nada vais dizer que a malta em Bucha se suicidou para denegrir a imagem dos Russos.

      • asimoto says:

        A malta em Bucha foi morta for ataques de artilharia, pelo que os preliminares da investigação concluiu…ou seja mortos por ucranianos.
        Mais se reparares eles tinham uma fita nos braços branca…ou seja eram pró-russos, por isso é que foram assassinados.

    • Há cada gajo says:

      E também a Ucrânia usa equipamentos civis para camuflar centros de comando militar, como teatros, pelo que não há que confiar em ninguém.

    • Esoj Said says:

      @Alrod Pela forma como dizes isso, até parece que estavas lá para ver.
      Querem ver que os russos têm mercenários a combater na Ucrânia e um anda por aqui a comentar

  9. asimoto says:

    O Zelinsky não falou em misseis, ele disse que era um ataque com rockets, supostamente 1 rocket.
    Eu vi o comentário do Zelinsky na RT..

    E Krememchuk não fica perto de Kiev, muito pelo contrario, fica a meio caminho entre Kiev e o mar negro, mas longe dos palcos de Guerra, pelo menos por enquanto..a Rússia não tem forças num raio de perto de 200km..

    Ou seja, se foi um rocket disparado por algum MRLS, de certeza que não é de forças Russas.Pode é ter sido um míssil, e eles estarem a reporta-lo como sendo um rocket..

    No meu ver, é melhor aguardar mais uns tempos para sabermos o que se passa, porque a Ucrânia tem perdido muito nos últimos dias de Guerra, tem sido terrível, desde militares mortos, a presos, e em terreno..não me admira nada que tenham feito este ataque para culpabilizar os Russos como fizeram em Kramatorsk, que lançaram um Tochka-U sobre a estação ferroviária e foi um caos..
    A diferença é que na altura estava lá um fotografo Italiano, e tirou uma foto á parte que restava do míssil, e os Ucranianos falharam o objectivo…só a Ucrânia é que fabrica Tochka-U, que ainda por cima são proibidos pela lei internacional porque são cluster munitions..mas eles lançam-nos na mesma sobre Donbass.. e ninguém diz nada..

    • Ogoid says:

      “Eu vi o comentário do Zelinsky na RT..” ver na RT é claramente os medias certos para saber a verdade.
      Kramatorsk – Tochka-U -> deves ter visto tambem na RT, certo? Só encontro informação de fake news ou de falta de informação por parte da Rússia para provar o que dizem, o que tem sido o que têm feito. Laçam uma noticia mas não permitem que se investigue. E quando assim é, deveria deixar-nos com duvidas!

      Mais um pouco, ainda leio aqui que a Terra é plana.

      • asimoto says:

        Por acaso quem encontrou a parte traseira desse míssil foi um reporter Italiano, que a fotografou, e não restam duvidas que era um tochka-U, que limpou o cebo a dezenas e feriu outras quantas.. em Kramatorsk, na estação ferroviária, no donbass, mas esse episódio é apenas mais um no meio de milhares desde 2014 para cá..

        Mas podia falar-te dos ataques com misseis ucranianos ás estações de petróleo ou gás no mar negro, que são atacadas, há uns meses para cá, e que matam dezenas de civis..ainda há pouco voltaram a ataca-las 2 vezes..

        • Ogoid says:

          Vais encontrar provas que o planeta Terra é plana!!! Parabéns.
          Engraçado, fotos que apresentam possíveis provas que algo é ucraniano, aceitam como É UCRANIANO. Mas fotos e vídeos que podem incriminar a Russia, ahhhhh, isso são narrativas que o ocidente quer impor!!!
          UAU!!! grande lógica (ou não) que vai na vossa mente!

    • Louro says:

      Ignorando a parte de andares a ver a RT para te informares acerca desta guerra (ou no teu entendimento operacao especial), só é pena que os missues Tochka tenham como origem a Rússia e a Uniao soviética.

      https://pt.wikipedia.org/wiki/OTR-21_Tochka

      • asimoto says:

        Os Sistemas tochka-U são feitos pela Ucrânia, e lançados sobre Donbass desde 2014, mas não vejo artigos na nossa media sobre os ataques a civis mortos por Kiev.A Rússia deixou de os usar há muito tempo atrás..
        A Rússia desde há muito tem melhores misseis e não são cluster munitions, são os Iskander..

      • Há cada gajo says:

        E sabes que países faziam parte da então União Soviética ?? No teu artigo do qual te apressaste a colar o link, leste quem são os países que usam tais misseis?

  10. Pedro says:

    Não me deixo enganar como usted, esteja descansado.
    Anda a ler muitas fake news.

  11. Tiago says:

    Algum chalupa explique como se sentem ao viver no Ocidente e ser ao mesmo tempo a favor da Russia?

    • Nunxx says:

      Por aqui ainda há liberdade de opinião. Ou de parvoíce, como se quiser interpretar.
      Se fosse na Rússia… nem piavam.

      • asimoto says:

        Queres tu dizer…se fosse na Ucrânia piavam uma vez, e cortavam-lhes logo o garganete..como teem feito a muitos..

        • Nunxx says:

          Lá saberás melhor. Pareces um infiltrado russo… LOL

        • Ogoid says:

          Portanto, milhões de europeus são uma cambada de nazis porque aceitaram a possibilidade de aceitar a Ucrânia, um pais Nazi, pela tua descrição. é isso?

          Explica-me… não aceitamos a Turquia porque sabemos as razões, AH mas a Ucrânia, é cá dos nossos, do coração!!! é isso?

  12. Profeta says:

    O homem esta cada vez mais malefico, capaz de sacrificar os seus so para usufruir de jogos de poder. Por acaso alguem tem conhecimento disto ? Operação Northwoods . E so um exemplo do que o homem pode fazer para proveito proprio e levar muitos a serem enganados com essas coisas. Nesta guerra nao ha-de ser diferente. Por favor sejam mais criativos, estao a ficar muito fracos de ideias senhores do mundo.

  13. Nuno Silva says:

    Claro que a culpa disto tudo é dos EUA … se não fossem eles na WW2 éramos neste momento todos nazis e não havia disto …. Só estou à espera que a “operação especial” acabe para estes apoiantes do Putin irem todos recambiados para a Rússia …

    • Há cada gajo says:

      Até o hoje o único país do mundo que não hesitou em lançar sobre civis duas bombas nucleares matando pelo menos 250 mil…

      • PorcoDoPunjab says:

        Há cada gajo, segundo parece eles dizem que não sabiam como a bomba ia actuar. Hihihi…
        Como se não tivessem feito testes exaustivos antes…
        Ah espera, como as bombas iam rebentar por cima de civis, os EUA estavam à espera que as bombas largassem malmequeres e alecrim para cima das pessoas.
        Mas afinal não aconteceu isso, ficaram todos muito surpreendidos.
        Mas não contentes lançaram a segunda, como quem diz, agora é que é…

        Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros.

    • PorcoDoPunjab says:

      Nuno Silva, olhe que se a Alemanha tivesse ganho a guerra e fossemos todos nazis ou alemães ou lá o que fosse, não é, de todo, uma má ideia.
      Não tenho qualquer dúvida em afirmar que estaríamos bem melhor do que estamos hoje.
      Como estamos hoje? Falidos, sem dignidade, sem perspectivas de futuro, condenados a andar pela Europa acima de mão estendida aos frugais por uma pequena quantia de dinheiro que nos possa alimentar.
      Em 50 anos conseguimos transformar um país sem dívidas e com orgulho no seu passado num país pedinte profissional e que relega a sua história.

      Não temos palavra, não valemos nada, só fazemos e dizemos o que nos mandam.
      Não impomos nem merecemos respeito.
      Uma vergonha.
      Diga lá se perante este cenário a ideia de ser alemão é ainda tão assustadora…
      Ah, não se assuste, mas olhe que o futuro vai ainda ser pior que o presente.

      Eu já nem me chateio muito com isto porque já sou cota mas as novas gerações essas é que vão penar, os que forem burros o suficiente para cá ficarem, claro.
      Quem for esperto mete-se a milhas daqui para fora…

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab

  14. Paulo Jorge says:

    Quando é que os Russos metem uma bomba nuclear na cara deste gajo ? Assim acabava-se a morte de mais inocentes. Já estou farto de andar a pagar as guerrinhas dos outros.

    • PorcoDoPunjab says:

      Paulo Jorge, o Zelensky tem contas offshore com centenas de milhões de euros, dizem.
      Ele não pode morrer senão coitado, quem iria gozar o dinheiro?
      Esse dinheiro é todo limpo, ganho como comediante e presidente…

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

      • asimoto says:

        O Zelinsky tem quase 1 bilião de €…ganho não se sabe como,mas de certeza que não foi como comediante..

        Há corrupção e crime organizado pelo meio em grande escala..

  15. ZZZZZZZZ says:

    Uma pesquisa rápida na internet e ficamos a saber que afinal não caiu nenhum míssil no centro comercial, mas sim nas traseiras onde os fascistas nazis escondiam um armazém de munições e armamento levando a que o dito centro pegasse fogo depois da explosão… Estranhamente só se vê militares nas fotos e um parque de estacionamento completamente vazio.

    • Ogoid says:

      Estranhamente, o russos ora dizem que atacaram algo, ora dizem que não e foi a ucrania que atacou os seus… ai… mas quem é que tenta desinformar quem?!
      Estranhamente, o que referes foi passado pelos russos, que são os mesmos que colocam na cadeia quem até um papel branco use como protesto!
      Quem desinforma quem? certo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.