PplWare Mobile

Tem mais de 50 mil euros na sua conta? Banco vai informar Fisco


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. paulo says:

    buy bitcoin

    • Woot! says:

      Pra que? Neste caso basta separar por contas ou no dia 29 gastar 1000€ para descer abaixo de 50k. Há tanta forma de dar a volta que as únicas pessoas que vão ter as contas comunicadas são as honestas.

  2. Jorge Rodrigues says:

    alternativas… metais preciosos, bitcoin ….

  3. pedro says:

    o big brother começou !!! está muito pior do que no tempo do Salazar ….

    • Rui says:

      Cada comparação….e Salazar tinha acesso à tecnologia que existe hoje?

      • pedro says:

        quem é que está a falar de tecnologia ? temos que saber interpretar as coisas no contexto da altura …. estamos a falar da devassa da vida privada !!!

    • NaoDigasAsneiras says:

      No tempo do Salazar só ele e os amigos é que tinham esse dinheiro 😉 O povo passava fome.

      • pedro says:

        ele ?? essa deve ser para rir …. com ele não existiam os Berardos e Ricardos Salgados e todo o resto da equipe que andaram nos últimos 20 anos a delapidar o Estado !!! infelizmente ainda vamos todos passar uns anos a pagar com os nossos altíssimos impostos o assalto ao Estado a que temos assistido ….

      • TwoEyez says:

        O salazar morreu pobre e deixou o estado rico, os que vieram depois da revolução começaram o saque e limparam tudo e deixaram o pais 2 vezes na bancarota e com uma divida astronomica…

        • Nuno V says:

          Sim, o povo português, na época da ditadura nacional, vivia uma época de excepcionais excessos. O facto de uma grande percentagem, bem superior à actual, do povo viver abaixo do limiar da pobreza, bem como uma panóplia de outros factos, são elementos que os revivalistas gostam de esconder. Isto para tentarem passar a imagem que era uma época excepcional de desenvolvimento do povo português, quando foi umas das épocas mais díspares do século XX.

          • pedro says:

            meu caro, em 1974, o PIB português estava a crescer 9% aa, e não tínhamos deficit publico !!! talvez o único erro foi estarmos fechados demais ao exterior, mas se Marcelo Caetano tivesse chegado ao poder uns 10 anos antes, hoje Portugal era uma Suíça da Europa …. tem que ler Historia de Portugal de fontes credíveis e não as fontes do Ministério da Educação, já que essas já sabemos que apenas contam a face esquerdista que lhes interessa !!!

          • zekinha says:

            tás-te a esquecer que nesse periodo vivia-se a recessão do pós-guerra mundial e que piorou depois com a guerra colonial!

          • Pedro says:

            De facto financeiramente estávamos estáveis, mas as pessoas viviam miseravelmente. Basta ver os indicadores de esperança média de vida, iliteracia, morte de crianças nos primeiros anos de vida, rendimento per capita, numero de universidades, etc. para nos apercebermos que realmente Portugal era o local onde se vivia melhor na Europa. Tivemos um ditador desde 1935 que passou pela a 2 guerra mundial. Poupo-nos a ela, mas não fez o pais sair da miséria.

          • Nuno V says:

            Meu caro Pedro, apenas te focas no PIB, e as condições de vida do povo português na altura não contam? Qual era o nível de iliteracia, acesso à saúde, nível de subnutrição, esperança média de vida, quantidade de trabalho infantil, censura,… no nosso país nesse tempo maravilhoso? Se calhar és tu que deves de abandonar as tuas fontes que apenas contam aquilo que lhe cheiram, deixando os aspetos mais azedos de fora. E as fontes que tu mencionas, do ministério da educação, até branqueiam bastante do que se passou na altura, porque é inconveniente os alunos saberem tais verdades.

          • censo says:

            E agora vives bem com um país enterrado numa monumental dívida que nem no tempo dos teus trinetos estará paga ! Vives na ilusão de estar num grande país. Como a grande maioria dos portugueses.

      • Costa says:

        És tao ignorante. Salazar morreu pobre, já Soares morreu podre de rico. Socrates por sua vez tem amigos que lhe oferecem milhões.

        • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

          Não vale a pena dizer essas coisas. O pior cego é aquele que não quer ver. Cegueira ideológica, neste caso.

  4. Maria says:

    sim… e ????
    Se eu tiver lá 200.000 € que resultem por exemplo de poupanças ou de herança ou do euromilhões o fisco faz o quê?
    Vai lá tributar outra vez?
    Se for legal…. e não proveniente de ilegalidades…. desde que não divulguem no jornal…. não vejo mal nenhum. Será que estou errada ou alguém tem mais informação?

    • paulo says:

      ainda nao ! mas por exemplo na Itália o governo lançou medida para tributar quem tem ouro joias quadros… esse tipo de valores! o estado so serve para atrapalhar ou roubar mais nada!
      é so impostos sem logica nenhuma para tapar os boracos deles!

    • Carlitos says:

      Aconselho a que não emigre para a Noruega… onde o estado taxa dinheiro parado no banco acima de determinado valor e torna publico quanto ganha e paga de impostos.

      • paulo says:

        lol é que os impostos são este simplesmente ir buscar mais dinheiro para eles!
        nao tem logica!

      • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

        Noruega e Portugal? A única comparação entre estes 2 países é que ambos estão localizados num planeta a que se decidiu chamar Terra.
        Aqui só se pode saber quanto ganha e paga de imposto quem é classe média ou menos.
        Só se pode saber quem deve aos bancos desde que seja classe média ou menos.
        Na Noruega, tudo é claro de cima a baixo.
        Consegue ver a diferença?

    • Pedro says:

      Sim, poderá tributar outra vez como já está a fazer para pessoas com património imobiliário maior do que 600k€. Se virem que há muitas poupanças certamente vão lançar um imposto de forma a ir buscar dinheiro que não é deles. Se não fosse assim, porque razão querem saber? Isto é gato com rabo de fora.

  5. João Santana says:

    Revolut
    N26

  6. Ricardo says:

    Falaram que o banco tem que notificar as autoridades, alguém leu no artigo a falar de tributar ou tirar alguma coisa? As pessoas é que fazem as confusões.

  7. Rui says:

    Já estou a ver o Zé povinho na lista e os donos disto tudo de fora.

  8. cK says:

    Eu tenho! Mais de 50 mil euros em débito devido ao crédito habitação. Venha lá o fisco e que me liquide a divida

  9. Na says:

    O diploma só fala de 2018 para a frente.
    O que o diploma fala é da distinção das contas anteriores a 2018 visto existir diferenças na exigência da abertura de conta.
    Logo deduzir em que reportaram o saldo de 2017 não me parece fazer sentido.

  10. Miguel says:

    Depois de ver a arrogância/perseguição do governo para com a ordem dos enfermeiros, assustame que o governo fique a saber quanto tem em economias determinado cidadão!

  11. Buckethead, o meu coração só tem uma côr, azul e branco says:

    Já aqui disse o que vai acontecer, são impostos sobre essas contas e em caso de necessidade o estado faz haircut a essas contas, quando chegar a próxima bancarrota.
    Quem diz que quem não deve não teme, claramente não sabe do que fala.
    O estado português não é pessoa de bem.
    Um qualquer desentendimento com o fisco, mesmo o particular tendo razão, resulta em anos e anos de caso em tribunal, ficando com contas congeladas e pagando primeiro, depois logo se vê.
    Esta medida não serve para nada, porque quem faz trafulhices a sério não tem o dinheiro em bancos, muito menos bancos portugueses.
    Isto só vai servir para cobrar mais impostos à classe média.
    Estamos a caminhar para ficarmos iguais à Venezuela.
    Como é óbvio, o que vai acontecer de imediato é os detentores destes valores tratarem de colocar o dinheiro a salvo destes pulhas, nomeadamente criando contas no estrangeiro e mandar o dinheiro para lá.
    Assim se vão embora biliões de euros, acho que ficamos melhor….
    República Socialista de Portugal, estamos a caminho.
    Depois quando não houver dinheiro para comida vão se queixar à sede do Bloco De Esterco ou do Dinossauro.
    Temos que ir buscar o dinheiro onde sabemos que ele está, disse a vaca da Mortágua. Ela que vá lamber pussies, que é o que ela gosta, e eu tb. Vá trabalhar para saber o que custa ganhar dinheiro.
    O pai dela, que era assaltante de bancos, já seguia esse plano. Ao fim e ao cabo o dinheiro estava nos bancos e ele estava a ir buscá lo.
    Povo estúpido, que tem o que merece.
    Nunca deixaremos de ser uma desgraça.
    Bem dizia o Marcelo Caetano, em poucas décadas estaremos reduzidos à miséria e entregue aos bichos, neste caso, entregue às bichas…

  12. Rodrigo says:

    Se querem perder dinheiro e ficarem escondidos do fisco, sim comprem muitas bitcoins. Um conselho dos sabichoes que por aqui andam. Estão tão ricos que já moram grandes casares com 5 carros de luxo na garagem, da casa dos pais.

  13. Bárbara Reis says:

    SO ILUSAO TOTAL NESTE PAIS QUE METE MEDO

  14. Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

    Bitcoin é um péssimo refúgio, é muito volátil. Hoje sobe, amanhã desce, não se pode confiar a longo prazo.
    O melhor mesmo é mandar o dinheiro para fora do país, longe das leis portuguesas.
    Isto é a minha opinião, claro…agora cada um sabe de si.
    Eu já abri conta noutro país, quem não quiser ser apanhado com leis socialistas do tirar a quem trabalha para dar a quem não quer fazer nada, que acorde e faça o que tem que fazer, quanto mais cedo melhor.
    Meus amigos, acredite quem quiser, socialismo só dura enquanto durar o dinheiro dos outros. Quando acabar, vão atrás dele até onde puderem. Isto é só o princípio.
    Impostos sobre estas contas estão já ali ao virar da esquina, investigar tudo e todos e na dúvida confiscar a conta tb faz parte da ementa, estado sem dinheiro chega a essas contas e tira 10 ou 15 ou 20% e devolve em certificados de aforro a 5 ou 10 anos… está tudo em aberto. Depois não digam que não sabiam…Regra número 1, o estado português não é uma pessoa de bem. tenham isto sempre em consideração, sempre. Portanto, há que agir em conformidade com esta regra…

    • Diniska says:

      @Buckethead, tenho a mesma opinião que tu e concordo quase tudo o que escreves, falas muito do socialismo, se troca-se essa palavra por políticos ficava melhor contextualizada.
      A pergunta é, qual o partido ou politico que realmente pensa no Povo.
      Para mim são todos uma cambada de abutres que comem os vivos e os mortos.
      Portugueses abram os olhos, pedir facturas com numero de contribuinte, 80% só serve para encher os bolsos deles e 20% fazem algo por Portugal, para tapar olhos aos incautos.

      • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

        Diniska, Não voto em nenhum dos partidos mais votados.
        Acho que, pessoalmente, tirando meia dúzia de políticos que ainda se interessam um bocado com aquilo, o resto é tudo uma cambada de ladrões.
        O pior de tudo é que se protegem mutuamente, do género, hoje sou eu, amanhã és tu.
        Falo do Socialismo porque sempre que o PS esteve no poder, foi bancarrota no final.
        Mário Soares em 1978, Mário Soares em 1984, este mandou isto ao fundo 2 vezes, é obra, Sócrates em 2011.
        Actualmente ainda nos vamos safando porque o turismo e a economia global estão menos mal e os juros estão baixos e até negativos.
        Perante isto, e perante a maior carga fiscal de sempre, como é que a divida pública não pára de aumentar?
        Mas alguém pensa que se pode pedir dinheiro até ao infinito? Mais tarde ou mais cedo chega a factura para pagar e aí o PS faz como sempre fez, abandona o barco, deixa que sejam outros a tomar as medidas duras e depois aparecem de novo quando isto estiver melhor.
        Mas de quem é a culpa? Do povo, que é burro ao extremo…
        Pessoalmente estou plenamente convencido que enquanto forem portugueses a mandar nisto, não vamos a lado nenhum.
        Ideal seria pôr a mandar pessoas de fora, competentes, que façam o que tem que ser feito.
        Lógico, deputados e tudo o mais era tudo posto na rua porque não seriam precisos para nada.
        Agora claro está de ver que isto não interessa a ninguém…
        Com tantos casos de corrupção, favores a familiares, menos ás sogras, impostos elevadíssimos, onde andam os grandoleiros e os manifestantes profissionais?
        Onde andam as esganiçadas? Já não falam, agora?
        Se fosse outro governo a fazer isto ás contas bancárias eram logo elas a gritar sobre a privacidade blablabla, mas como é o governo delas, está tudo bem.
        Amigo, eu não gosto de partido nenhum, basicamente são quase todos iguais, mas há uns piores que outros… Se isto continua assim não tarda estamos numa ditadura de comunas. Depois já se sabe o que acontece, tudo a fugir ou a tentar, quando a fome chegar.
        Repare no seguinte, os países de leste quando saíram do comunismo, estavam de rastos, tudo destruído.
        Partidos comunistas são proibidos na maior parte desses países, vá-se lá saber porquê, de tão bons que são para o povo.
        Sabia que QUASE TODOS os países do ex bloco de leste já nos passaram à frente?
        Neste momento só mesmo a Roménia e Bulgária estão atrás, mas deve ser por pouco tempo.
        Acha que Portugal merece tão pouca sorte? Se calhar até merecemos…
        Português é por norma geral, invejoso, sempre á espera de de uma manobra qualquer de chico espertice saloia. Se o vizinho tem mais que eu, tem que dividir comigo que tenho menos, mas eu dividir com quem tem menos que eu, nem pensar.
        Eu nem me importo muito com isto, mais algum termpo reformo-me e bazo daqui para fora, tenho pena é dos meus filhos e dos filhos dos outros que terão que arcar com as consequências , a não ser, claro, que se ponham a andar daqui para fora.
        Enfim, não vejo solução para este país… é um dia de cada vez.

        • Pastor says:

          @Buckethead: 5 estrelas, muito bom !

          Isto é independente do governo, tal como muitos, eu votos em pessoas e programas e não em partidos.

          Se merecemos, sim, merecemos, somos um povo estúpido!
          Elegemos quem promete mundos e fundos e não acreditamos nos que prometem continuar a fustigar-nos…
          Pergunto, por que razão haveria um governante quer continuar a fustigar-nos se não fosse realmente necesário e outro vem prometer que dá tudo mais algumas coisas e nós acreditamos no segundo?

          Resposta: somos estúpidos e egoístas!

          Bem-vindo a Portugal onde se pensa à nossa dimensão (em pequeno). Futuro?!?! o que é isso?

          Temos o que merecemos, somos nós que elegemos os governos.

    • pedro says:

      é com leis destas que se abrem a porta a processos inspectivos da AT menos claros, com critérios que podem ser por vezes pessoais e abusivos …. é uma verdadeira caça ás bruxas !!! assim estamos cada vez mais a caminhar para uma sociedade em que só vão existir duas classes: os muito ricos e milionários (minoria) e a outra muito pobre e altamente endividada (a maioria) … é a nova escravatura do século XXI !!!

      • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

        Exacto, haja alguém que pensa como eu.
        Mas há outro perigo, o perigo das informações serem vendidas a terceiros.
        Imagino que haja muito gangue interessado em saber quem tem 200 ou 300 mil euros na conta.
        Quem for otário o suficiente para acreditar que essa informação estará segura, que levante a mão…

  15. Carlos says:

    Será esta medida benéfica?

  16. Luis nobrega says:

    O fisco também devia de informar as contas dos políticos publicamente

  17. Jorge Gomes says:

    Deveria ser obrigatorio a nivel mundial.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Vc pensa que todos os países são mal governados como o nosso?
      Preocupados com contas de 50 000 euros e depois deixam biliões ir para offshores? Políticos que em 2 ou 3 anos ficam ricos, não são investigados?
      Está a gozar com isto, não está?

  18. Fulano says:

    Esta prática apenas serve para tributar (ainda mais) o contribuinte.
    A opção começa a ser ter o dinheiro em offshores e em contas privadas em bancos fora da UE.
    Já o faço há anos e até o seguro do carro está fora de Portugal.

  19. domingos.geraldes.165@gmail.com says:

    Eu vou escrever ao meu banco que não autorizo que dêem para essa reforma agarra e se o fizerem depois queixem-se.
    NÃO DEVO UM CENTIMO A NINGUÉM.
    ESTOU FORA DA BOTA DO COSTA E A NOSSA CONSTITUIÇÃO PROTEGE ME.
    VENHA O PASSOS COELHO COM URGÊNCIA.
    Domingos.

  20. Anarquista says:

    Ó Buckethead…qual é o país que é bem gerido?? EUA? Noruega?? Islândia??? Lembraste 2008??
    Quando houver mais um banco dos grandes que colapsar e arrastar a economia mundial para o lodo outra vez qual o país que está a salvo?? Tens razão há ladrões a manipular a economia mas não é em Portugal é mundialmente se não colocares o dinheiro a salvo em ouro ou Bitcoin a longo prazo vais estar lixado com um F maiúsculo…esperas ter reforma??? Os Gregos também e tiveram azar…

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Qualquer desses países que referiu são melhores geridos que Portugal.
      Por acaso está a falar dos países ou mais poderosos do mundo, ou com maior PIB, grau de satisfação da população, etc.
      Isso dos grandes bancos colapsarem e mandar os países para a bancarrota essa está muito engraçada, não se desse o caso dos bancarroteiros serem sempre os mesmos. E agora? Ou vai dizer-me que há uma conspiração internacional para mandar Portugal e Grécia sempre para o buraco de vez em quando? Já cá faltava isso para nos desculpar do nada fazermos para que não nos aconteça novamente… É que são sempre os mesmos a ficarem com as calças na mão.. Países do Sul. No nosso caso actual, para evitar cairmos na falência novamente estamos a aumentar a divida publica a um ritmo de brutal. É a chamada fuga prá frente…

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Por acaso, sabia que a Islândia prendeu banqueiros tipo o Salgado cá da praça, por manobras que todos sabemos?
      O Primeiro Ministro quando confrontado com os Panama Papers demitiu-se porque estava lá o nome dele?
      O nosso esqueceu-se de declarar uma conta com 300 000 euros, esqueceu-se, vejam lá, e o que lhe aconteceu?
      E por cá? Foi igual? Não viu diferença nenhuma entre estas duas realidades?
      Colocar dinheiro em BTC é um erro, tanto pode dar certo, como muito errado. Risco é enorme…Ouro e vai guardar esse ouro onde? No banco? Pois é…
      Eu espero ter reforma até porque me faltam poucos anos para lá chegar ( se lá chegar )… Agora os que estão a começar agora, os que faltam ainda 20 ou 30 anos, esses estão tramados.
      Em relação aos Gregos, mais trafulhas que nós, basta olhar para eles para antecipar o que nos pode vir a acontecer.
      Sexta feira o Multibanco fecha, só passa a funcionar segunda de manhã e entretanto todas as contas levaram um rombo… Eu aprendo com os erros dos outros e com os meus.
      No Chipre todas as contas acima de 100 mil euros levaram um corte de 11%, as inferiores levaram com 7%, assim mais coisa menos coisa.
      Acha que não nos pode vir a acontecer o mesmo?
      Eu não sou alarmista, o problema é que somos os campeões das bancarrotas e contra isto pouco há a dizer.
      Se as pessoas não querem saber do passado e não querem ler os sinais do presente, azar.

      • pedro says:

        caro Buckethead, está gente sofre de miopia, parece que não vêm o que está mesmo á frente dos olhos !!! tentar convence-los do evidente é a mesma coisa que “alimentar burros a pão de ló” ….

  21. JoãoFerreira says:

    Vocês sãoo piorio é por isso que ninguém vota em vocês?quiseramacabar com o sigilo bancário agora criticamque o governo queira ser informado de quem tem mais de 50 mil euros ,mas meus amigos na Suíça essa lei já existe há mais de 40 anos e lá paga imposto sobre esse dinheiro?aqui que eu saiba é só questãode informaçăo e não paga mais IRS sobre isso? Alarmes são o que vocês gostam de dar e meter medo às pessoas mas nem toda a gente vai na vossa conversa.banca rota nunca aconteceu fazer resgate sim duas vezes no socialista mas quem estava lá antes?no tempo Sócrates que tivesse m deixado passar o Pack 4 mas não que assim já sabiam que ia para lá?receberam 78 mil milhões de euros e que fizeram,seriam o país ainda pior?o portugues não é burro.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Querer comparar a Suíça com Portugal, nem nos seus maiores sonhos.
      Sei do que falo porque já por lá andei em férias, aquilo é brutal, nada a ver com Portugal.
      Na Suíça vc desconta e sabe que o seu dinheiro é bem gerido, que vai ter uma boa reforma, etc e tal.
      Na Suíça, país dos bancos, explique me porque não há por lá Ricardo Salgados?
      Sabe porquê, a lei é aplicada. Aqui só é aplicada se for pobre.
      Qualquer funcionário de um banco que cometa ilegalidade nunca mais trabalha no sector e depois tem o tribunal à espera.
      Nunca tivemos bancarrotas? Mas de qual galáxia vc vem? Onde está a sua nave?
      Um país que não tinha dinheiro para no mês seguinte pagar aos funcionários públicos não está na bancarrota? Está onde, pergunto eu?
      Culpar quem lá esteve antes do PS das bancarrotas do PS é no mínimo ridículo. Tire as palas que vai a tempo.
      Desde 2000 até 2019 sabe quem esteve 15 ou 16 anos no governo? Pois é, foi o PS,e agora a culpa é de quem lá esteve 3 … Não me faça rir.
      Os 78 mil milhões serviram para tapar os buracos que o Sócrates deixou…o Português nem é burro, para estarmos desta maneira é porque somos mesmo muito espertos. Isto há com cada um. E já agora, nunca ouviu falar em vírgulas e parágrafos?
      Provavelmente, não…

      • Pastor says:

        @Buckethead
        As suas intervenções têm sido excelentes, mas agora fiquei algo surpreendido (para não dizer desiludido) com a sua admiração pela Suíça.
        É muito fácil estar na pele da Suíça, têm todos os bancos onde é guardado o dinheiro proveniente sabe-se lá de quê… tráfego de armas, droga, políticos de todo o mundo, etc. e ainda por cima com direito a sigilo…
        Viver assim, à custa do dinheiro ilegal, também eu sei.
        O que custo é viver honestamente e a Suíça certamente não está na lista dos mais honestos.
        Não entendo por que razão há tanta gente que tem uma grande admiração pela Suíça.
        Quando começarem a recusar a abertura de contas com dinheiro de origem dúbia, talvez eu seja um deles.

        • Buckethead, o meu coração só tem uma côr, azul e branco says:

          Pastor, eu apenas disse que fui de férias e adorei aquilo. Não há como não gostar.
          Não se vê lixo em lado nenhum, cidades limpinhas, aldeias lindíssimas, tudo muito bem ordenado, tudo funciona.
          Vá lá uns dias e veja por si.
          Em relação aos bancos suíços de que fala.
          Pois é, já se questionou porque as pessoas olham para a Suíça como um país estável? De confiança? Suficiente para lá deixarem o seu dinheiro?
          A Suíça gera confiança devido a ser bem gerida.
          Acha que é fácil obter esse estatuto? Não é…
          Luxemburgo é igual.
          Porque razão Portugal nunca poderá atrair dinheiro como a Suíça?
          Todas as razões e mais algumas, acho que nem é preciso explicar.
          Corrupção desenfreada, sistema judicial que é para rir, leis que mudam todos os dias, enfim nunca mais acaba.
          Se está à espera da honestidade para um país ser bem sucedido, claramente não conhece a natureza humana.
          A Suíça joga com o melhor que tem e pensar que eles deixariam o dinheiro ir para outros lados para terem a consciência limpa, é no mínimo ser muito ingénuo.
          Tomara eu que aqui fosse assim, estaríamos todos muito melhor.
          Olhe vou dar lhe este exemplo.
          Vai na autoestrada, aparece sinal de 80, ninguém passa os 80.
          Entra numa aldeia, sinal de 50, ninguém passa os 50.
          Aqui, ter 80 ou 800 é o mesmo, sempre a abrir.
          O civismo da população de lá foi algo que me deixou muito surpreendido, estão uns 100 anos à frente.
          Vi uma roulote com caixas de fruta, uma balança e um cofrezinho com dinheiro.
          Vendedor nem vê lo.
          Vc tira a fruta, pesa, e paga. Se não tem dinheiro certo, vai ao dinheiro da caixa e faz o troco.
          Faça isso aqui. Não lhe dou 5 minutos. Vai roulote, vai fruta, vai dinheiro vai tudo nas ondas… Só por aqui está a ver o nível daquilo. Só visto.

    • pedro says:

      meu caro, o sigilo na Suíça existiu até á pouco tempo, por isso é que os seus bancos tinham grandes montantes em valores desde a II Guerra Mundial que tinham sido roubados aos judeus. Não se esqueça que até á poucos anos, quando se queria ter dinheiro para reforma onde se punha ? na Suíça claro. Só até á poucos anos que é que alteraram a legislação para que os bancos sejam obrigados a prestar algumas informações, mas ainda existe sigilo bancário mas não na totalidade. Certamente se os bancos suíços são obrigados a informar certos saldos de contas, certamente só são obrigados a valores muito muito superiores a 50 mil euros !!! Por cá no burgo, os 50 mil euros é para lixar a classe média que é a que tem sido fustigada com impostos, já os grandes agiotas, devedores, ladrões e demais artistas, esses vão passar impunes !!!

      • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

        Pedro, o sigilo bancário continua a existir na Suíça, não é é para os comuns mortais.
        Existem bancos por Genebra e Zurique, muito discretos, banco Pictet, por exemplo, que são os chamados wealth management, gerenciador de fortunas.
        Mínimo para abir conta são 500 000 euros, mínimo, repito.
        Depois, existe a opção das contas numeradas.
        O que são contas numeradas? São contas identificadas apenas por números, sem nome.
        Apenas o mais alto elemento da cadeia de comando do banco tem acesso ao nome do real proprietário da conta.
        Acha que se a polícia ou finanças forem ao banco e perguntar olhe o indivíduo x tem aqui conta? Eles dizem logo que não podem dar essa informação. Uma coisa é chegar lá e dizer o individuo x tem aqui conta, número é este. Outra é, olhe ele tem conta aqui? Existe aqui uma enorme diferença… Contas numeradas é só mesmo para milionários até porque paga comissões elevadas….E claro, existem outras coisas que desconheço, não sou nenhum conhecedor profundo destes assuntos.
        Vou contar uma história que me contaram lá, só para ver a realidade e pragmatismo daquela gente.
        Uma brasileira tinha lá um negócio de cabeleireiro, unhas, manicure, essas coisas, para aí à uns 10 anos.
        Finanças apanharam na a escapar aos impostos, ela fazia uma falcatrua qualquer.
        Sabe o que lhe fizeram? Recambiada de imediato para o Brasil. Fizeram uma petição pública para não ser deportada. Não valeu de nada, pena exemplar para dissuadir possíveis chicos espertos.
        Chega lá como turista e quer arranjar trabalho? Não pode, ninguém lho dá, nem que seja a pessoa mais qualificada do mundo.
        Tem que ter o Permis.
        Quer arrendar casa. Não tem Permis? Não arrenda nada.
        Quem der trabalho ou arrendar casa a um ilegal leva uma multa, mas uma multa, que nunca mais volta a fazer outra.
        Acha que aqui alguma vez poderá ser assim? ahahahaha
        Isto foi que vi em 15 dias, imaginem se lá estivesse mais tempo.
        Quem acha que estão certos’?Eles ou nós?

        • Jorge says:

          Você esta certo em muitas coisas, mas em outras nem por isso, existem muitíssimas pessoas sem o tal dito permis, mas trabalham sim, so que não estão declaradas, muitas sul americanas, sul americanos, e outros que não conheço, não será por nada que a Suiça esta na lista negra da U.E dos países de offshores do mundo.

          • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

            Trabalham e não estão declaradas? Então não fazem descontos? Um deles que precise de ir a um hospital…
            O que admiro neles é, existem regras, são para cumprir!
            Essa da lista negra está gira. Olhe que quem criou essa lista é bem provável que tenha lá o dinheiro…

        • pedro says:

          caro Buckethead … por mim não era preciso entrar em tantos pormenores !!! essas coisas são para quem sabe … mas talvez para esta gente que vem para aqui falar daquilo que não sabe, consiga aprender alguma coisa !!!

  22. Anarquista says:

    Pois, pois….a Islândia era muito bem gerida e ficou á beira da bancarrota como nós, os estados unidos são muito poderosos mas têm uma das maiores dívidas públicas do mundo, se o dólar colapsar, tanto faz teres 5€ no banco como 50000€ ficaremos todos pendurados como já aconteceu no Chipre.
    Claro que somos mal geridos em Portugal e ficamos mais vulneráveis mas na próxima crise vão cair outros muito maiores que nós… Itália, Espanha até a Alemanha tem o deutchbank a dar o berro portanto não olhes só para as muitas asneira que se cá fazem olha antes para para a política mundial que está de pantanas e segura por cordéis.
    Quem te avisa…

    • Buckethead, o meu coração só tem uma côr, azul e branco says:

      Islândia tomou medidas para evitar que a situação se repita.
      E nós?
      Estados Unidos podem ter a dívida que quiserem, aquilo é tão grande e produtivo que gera sempre confiança para obter mais dinheiro.
      Alemanha tem um banco em dificuldades e é isso que vai colocar a Alemanha em risco?
      Alemanha tem superavites enormes…
      Itália está na corda bamba, como sempre esteve, não é novidade.
      O importante a reter da crise anterior é, o que é que cada país fez para minimizar os impactos da próxima?
      Dos outros eu não sei, mas de nós posso dizer lhe que o que fizemos foi aumentar ainda mais a dívida.
      Deve ser uma corrente de pensamento económico made by Semtino. Para evitar bancarrota pede se dinheiro até onde der.
      Pronto, se é assim, está bem…

  23. Anarquista says:

    É verdade que os governos são corruptos mas eles não têm autorização para fazer políticas que favoreçam os povos os donos do mundo não permitem

  24. Darth says:

    Até parece que é proibido ou sinal de crime ter mais de 50 mil no banco

    • pedro says:

      é para lixar a classe média que é a que tem sido fustigada com impostos !!! se ainda o saldo fosse de 1 milhão para cima, ainda era aceitável mas discutível !!! pois o Estado através da AT tornou-se numa policia fiscal. Há uma inversão de processos, primeiro vê-se através dos saldos quem tem dinheiro e o quê, depois é que se vai investigar !!!

  25. Jorge says:

    A Suiça sabe lavar o dinheiro dos políticos, mas o sigilo se esta a acabar, pois ja vai dar os nomes dos franceses que possuirem contas na Suiça, mas fico na duvida se os vai transmitir todos, porque a Suiça de gente seria tem muito pouco, se enriqueceu com o dinheiro dos outros, mas vai tremer, porque o G 20 e a OCDE decidiram que as multinacionais vai ter de pagar impostos aonde fizerem os benefícios, assim é que deveria ser, mas até la ainda vamos ter de esperar um pouco.

  26. Jorge says:

    Portugal à pequeno como país, mas imenso na corrupção, e os corruptos são todos ilibados por natureza, se forem condenados é somente a pena suspensa, e outros nem são descobertos, vejam o caso dos submarinos, o camião dos pneus, bpn, banif, bes, e tantos outros casos que ja nem lembro.

    • pedro says:

      esse é que é o grande problema de Portugal !!!! após mais de 30 anos a receber milhões em subsídios da UE e ainda estamos na cauda da Europa !!! a corrupção é o que gera mais distorções e injustiças numa sociedade, é um factor diminui a capacidade de desenvolvimento de um país e das famílias e empresas …. sem isso resolvido para níveis mínimos, somos um pais condenado a estar na cauda da Europa e a saltar de resgate em regate (desde 1974, já vamos no terceiro com o Socrates) ….

  27. Jorge says:

    A Suiça é um país com um nível elevado de poder de compra, mas com reformas de miséria, o máximo de reforma na Suiça e completa, são apenas 2350 Frs, agora convertam em € taxa 1.1415.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma côr, azul e branco says:

      Posso estar enganado mas ouvi falar que o tecto máximo para uma reforma paga pelo estado é o vencimento do Presidente.
      Não me parece que o vencimentos dele seja esse valor.
      Eu não sei ao detalhe a vida de cada suíço o que lhe posso dizer é que duvido que um reformado médio suíço passe tão mal como um português.

    • pedro says:

      isso são reformas do sector publico. Mas a maioria tem um complemento de reforma no privado. Era o que deviam fazer em Portugal, era não ser obrigatório descontar tudo para a segurança Social, mas um mínimo fixado por lei, para as pessoas terem a opção de descontar o resto para um sistema privado de reforma !!!! mas não, a esquerdalha acha que isso é privatizar a Segurança Social, e o povo burro vai acreditando nesta cassete … meu amigo garanto-lhe que na Suiça tem-se uma velhice digna e de qualidade, que nada tem a ver o ser velho em Portugal que é vergonhoso …

      • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

        Ora bem, falando do meu caso, que por certo é o mesmo de muita gente.
        Pago um seguro de saúde para mim e família, mas tenho que descontar para o SNS, que não uso.
        Tenho os miúdos em colégio privado, mas tenho que descontar para a escola pública.
        Não seria melhor dar opção ás pessoas em descontar para a reforma? Uma parte obrigatóriamente na parte pública e a restante no privado? Metade por metade?
        Assim é tudo para a pública e se quiser privada tenho que descontar extra, ou seja, duas vezes…
        Mas há mais, quanto recebe cada criança de abono de família? Escolas públicas gratuitas de qualidade com livros dados, seguro privado de saúde onde se precisar de uma operação é feita no dia seguinte… Querer comparar uma realidade com a outra é loucura, é que não tem mesmo nada a ver.
        É dia e noite…
        No sistema educativo então nem se fala.
        Um estudante com fracas notas, que só causa problemas nas aulas, que claramente está-se marimbando para aquilo, é encaminhado para escolas profissionais para aprender a ser carpinteiro, serralheiro, soldador, electricista, mecânico, etc.
        Aqui não, tem que ir obrigatoriamente até ao 12 ano, nem que no final nem saiba escrever o nome dele e em cada palavra de 5 letras der 6 erros e entretanto só andou a fazer porcaria nas aulas a atrapalhar os outros.
        Mais, tem que ter tb um canudo, ser doutor, á la Sócrates.
        Depois vão para cursos tipo História, Filosofia, Literaturas e etc e tal e no fim vão direitinhos para o desemprego.
        Vão parar ás linhas de caixa dos hipermercados.
        Não seria melhor serem electricistas ou canalizadores? Soldadores?
        Mas alguém imagina quanto ganha um bom soldador ou canalizador? Mas não, quero ser doutor. Nem que tire o curso ás 3 da manhã de um domingo…
        Nós, comparados com eles, bem nem digo mais nada.
        Está tudo inventado, porque não fazemos o mesmo que eles? É só copiar o que funciona…É uma tristeza.

    • pedro says:

      Na Suíça existe, e muito bem, um tecto máximo para a reforma a pagar, independentemente dos descontos que se fez em vida (ao contrário de Portugal). Após vários estudos, chegaram á conclusão que era a única maneira de o Estado poder assegurar uma velhice condigna a todos. Quem quiser mais, que subscreva planos de reforma privados para poder usufruir na velhice. Por outro lado, na Suíça a taxa de poupança das famílias é muito superior á portuguesa assim como o nível de rendimento. Assim, a maioria das pessoas chega á velhice com algumas economias. não podemos comparar a realidade Suíça com a Portuguesa …..

  28. Rodrigo Maia says:

    Adoro o pessoal da bitcoin, investe em bitcoin.
    1º não é sustentável
    2º Quando vais pagar algo com a bitcoin podes estar a perder investimento ou a ganha a longo prazo não sabemos.
    3º onde pagar com a bitcoin.

    Mil vezes outra moeda que ainda não está no mercado e tem + de 400 mil pontos e vai ser usada por todos 😉

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      A partir do momento em que 1 BTC valia 15 000 euros e numa questão de dias passou para 2000 ou 3000, está tudo dito.
      Investir poupanças em algo assim é jogar na roleta russa…tanto pode ter sorte, como muito azar.

      • RIC says:

        Como em qualquer investimento, é necessário conhecer aquilo que estamos a investir.. Se vai iv vestir naquilo que não conhece, esqueça porque vai perder dinheiro.. O bitcoin é algo diferente daquilo que conhecemos, logo tem que ser encarado de maneira diferente.. Quem comprou a 15k, estava a pagar a quem estava a sair.. Quem comprou a 3k, neste momento pode estar a resgatar com 300% de lucro.. É mau? Sim, para quem comprou no hype.. Lógico que para uns ganhar, outros tem que perder.. Investir de forma inteligente é a chave.. E claro, uma pequena quantidade.. Falo por experiência própria.. 5% do capital, no máximo.. Se colocar 80 ou 90%, é lógico que existe muita probabilidade de se dar mal.

    • pedro says:

      a bitcoin tem uma volatilidade muito grande !!! e não tem um sistema de controlo como a moeda tradicional …. depois não se queixem ….

      • Rodrigo Maia says:

        Mil vezes outra moeda e o porque de comprar esta moeda.
        1º + de 400 mil pontos de aceitação e todos os dias a aumentar.
        2º vai ser usado por + de 1 bilhão de pessoas.
        3º não tem votalidade da bitcoin, ou seja será sempre liniar. e não tem queda nem subida.
        4º Fazemos compras todos os dias 😀 moeda gerada por consumo.

        Queres conhecer a moeda mais usada do mundo futuramente e te-la antes de estar no mercado fala comigo 😀

  29. Jorge says:

    Portugal esta como esta graças a qualidade do ensino, coisa que não tem, e graças a corrupção, é ridículo ter acesso ao ensino superior alunos com media de 9,5 valores, depois de passarem la 3 anos na escola se dizem ser engenheiros civis, eng. informaticos, técnicas de analises, técnicas de farmácia e ect ect e tal, na Suiça um aluno que não tenha 4 a todas as disciplinas numa escala de 1 a 6 não passa de ano.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Ah, e agora também há ou vai haver as quotas, ou seja, se é cigano ou africano, parabéns, tem lugar garantido na universidade, nem que tenha 0 a todas as disciplinas.
      Depois quando for senhor doutor, que apanhe como paciente quem criou isso das quotas que é para lhe receitar Vaginol para uma constipação…
      Em relação aos ciganos, passam da 4 classe para a universidade, directamente, e é se os apanharem na feira.
      Com esta qualidade de ensino, sem exigência, estamos no bom caminho, ai estamos estamos.

  30. Jorge says:

    Nao se pode ter a manteiga e o dinheiro da manteiga, o nosso grande mal foi a liberdade ter chegado da noite pro dia, deveria ser uma liberdade controlada, é o que se esta a passar em Cuba, e os cubanos ainda vai a tempo.

  31. AGuterres says:

    Mais uma medida de apoio à Poupança! Então seremso tributados por poupar e guardar o dinheiro na conta.. Muito bom!

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Basicamente, e isto resumindo, o governo não quer que as famílias poupem. Quer que gastem tudo, quanto mais consumir, mais receita entra nos cofres do estado.
      O problema é que a realidade não é assim tão simples.
      Como importamos quase tudo, tudo o que compramos é importado ou quase.
      Resultado disto? Balança de pagamentos altamente deficitária.
      A médio e longo prazo já se sabe o que vai acontecer, estoura…
      Depois vem o ajustamento e o pessoal que gastou tudo fica sem a casa, sem o cão, o gato, os ratos… Uma tristeza.
      Os juros baixos do BCE são exactamente para isso, fazer as pessoas não guardar o dinheiro e gastarem-no.
      Só que á conta disso muita gente manda o dinheiro para fora da europa, exactamente por os juros serem baixos ou zero…Imagine quem são os países que sofrem mais com isto?
      Os do norte… E mais, se precisarmos de outro resgate não sei até que ponto a opinião pública alemã e outras estarão interessadas em deixar que tudo se repita…A extrema-direita está em escalada na europa, para eles somos uns empecilhos sempre de mão estendida. Rezemos para que se precisarmos de nova ajuda haja alguém para ajudar.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Se levarmos em conta que o dinheiro que alguém tem no banco já levou com imposto em cima, a seguir leva com as comissões e a seguir se levar com outro imposto… Bem, mais vale deixar de trabalhar e ficar à mama do estado.
      Infelizmente temos governantes para quem vale mais um vadio que não quer fazer nada que alguém que trabalhe e crie riqueza.
      isto cria uma desmotivação enorme e no limite se não os podes vencer, junta-te a eles… Por isso nos paraísos comunistas, onde os amanhãs cantam e todo o povo vive bem, é tudo nivelado por baixo, tudo na miséria.
      Se eu fosse aqui a contar coisas que aconteceram no Alentejo depois de 75…fica para outra altura…

  32. Jorge says:

    A Tugolandia nunca teve exigência para se entrar num curso superior, se entra com negativa, por isso temos a qualidade que esta a vista de todos, os rankings das universidades se fazem pela qualidade dos alunos que de la saíram, a Tugolandia tem qualidade acima da media mundial, que é a corrupção, quero lhes dizer que os Suiços pagam pela fortuna que Possuem mas é somente 1 por mil, mas so pagam a partir de creio eu, acima de 80 000Frs pessoa simples.

  33. Jorge says:

    Uma coisa que a Tugolandia tem com qualidade em relacao a qualquer país da é em medicina, poderá é não estar tao bem equipado como muitos países a nível de material, médicos com excelentes qualidades, na Suiça também se esperam 5, 6, ou 7 horas nas urgências, e também se esperam meses por certas operaçoes, pelas menos graves, a Tugolandia também tem coisas muitos boas mesmo, temos carne melhor que qualquer um país da Europa , a fruta é igual porque muita dela vai de Espanha, e essa muita não vale nada, temos enchidos que nenhum país da Europa tem, queijo de ovelha e de cabra que ninguém tem.

    • Buckethead, o meu coração só tem uma cor, azul e branco. says:

      Em relação a comida, não há país nenhum melhor que Portugal.
      Na Suíça fomos 5 pessoas a um restaurante chinês, pouca coisa pedimos, um prato cada um mais umas cerveja. Lá se foram 150 paus. Aqui com esse dinheiro come durante uma semana.
      Lá e regra geral na europa toda, tudo o que é serviços é muito caro.
      Restaurantes, cabeleireiros, bares, muito caro mesmo.
      Se for ao supermercado comprar para fazer em casa, é mais ou menos o mesmo preço daqui, só a carne e peixe são um pouco mais caros, de resto é quase igual. E eu fui lá comprar, por isso não venha aqui ninguém dizer que é mentira.
      Fui ao Migos ou Micros ou lá o que é.
      E depois ás 8 da noite já não se vê ninguém… Pessoal aqui é muito mais alegre, o clima tb ajuda, mas naquelas coisas de organização, disciplina, planeamento, os gajos dão 15 a zero à gente.

  34. Jorge says:

    Nos temos muitos produtos caros, para o nível de vida mas alguns até se pode passar sem eles como refrigerantes, na suiça a agua é cara, e a que mais existe é a porcaria da agua francesa, nos temos aguas muito melhores a meu ver, basta so a agua de monchique 9,5 de PH querem mais, agua do marco luso e as das pedras com gás natural, na suiça é gás mas propano, os suiços pensam que são os melhores até comem produtos biológicos de estufas embalados em plástico.

  35. Tó Zé says:

    Cada vez percebo menos o “povo”! O fisco ter mecanismos autônomos anti fraude é considerado aqui pela vasta maioria violação de privacidade. No entanto os provedores nacionais de internet e telecomunicações fazerem Hijack de DNS por defeito nem sequer é notícia… Não sei que pensar. Já agora por favor continuem a usar os serviços Google, aceitem por defeito a cláusula de privacidade…

  36. Tó Zé says:

    Já agora não percebo o editorial ultimamente, qual é o propósito desta notícia? De que forma é benéfico para a população ou leitor? Já agora no caso de eu declarar os meus rendimentos devidamente e não recorrer a crédito fraudulento que impacto é que está fiscalização tem?

  37. lepaka says:

    cada dia que passa fico mais satisfeito da decisäo que tomei á 12 anos atrás, deixar Portugal para tráz e procurar novas aventuras. o governo Portugues (“Vampiros” José Anfonso) de á muito que anda a perseguir os cidadäos portugueses, sem que se deixem notar! espremem até näo dar mais. felizmente näo tenho patrimonio em PT, felizmente quando viajo a PT em ferias pago tudo com o meu cartäo do meu banco estrangeiro.

    á 2 anos atrás verifiquei que tudo o que pagava com o meu cartäo do Millennium, aparecia a respectiva factura automaticamente no site das financas com o meu nr. de contribuinte!

    mesmo tendo prejuizo com a venda do meu apartamento, as financas contactaram-me e exigiram que eu fizesse a declaracäo do IRS Anexo G para declarar a venda da casa! näo deu em nada porque tive prejuizo.

    por iniciativa propria, e porque achei um insulto o governo seguir-me os meus passos dos poucos € que movimentava (menos de 1000 por ano), fechei a minha conta no millenniumbcp.

    resultado, näo devo ser o unico, o pais perde capital, perde investidores, perde patriotas … e os vampiros continuam a comer tudo e a näo deixarem nada!

  38. FB says:

    Todos sabemos que esta lei é uma treta para cobrar mais e controlar melhor os pequenos cidadãos que trabalham e juntam as economias com sacrifício.
    Os grandes ladrões do colarinho Branco estão bem protegidos e informados pelo sistema do control fiscal as suas economias vão continuar a viajar por Ilhas e países da paraísos fiscais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.