PplWare Mobile

Telecomunicações: Fidelizações mantêm-se nos 24 meses


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. laxnuf says:

    A partir de quando começam as novas regras?

  2. José Luís says:

    E as “refidelizações” aquelas em que durante o período do contrato com uma simples alteração, mesmo que seja por mais algum serviço que não precise de equipamento ou deslocação de técnico, levamos com mais 24 meses de fidelização?

    • Francisco says:

      Exactamente. Para mim a questão principal é essa. Até não me incomoda muito ter uma fidelização de 24 meses quando faço um novo contrato com uma operadora, agora ficar agarrado mais outro tanto por uma refidilização já é outra história.

    • Mário says:

      +1. Para mim este é que é o verdadeiro problema. Até concordo com o período inicial de fidelização, pois os homens têm que se deslocar a casa, dar equipamento, passar cabo, etc… Após estes 2 anos, se alterarmos o contrato o período de fidelização nunca devia de ser alterado, a não ser que essa alteração provocasse custos para o operador. Enfim…

  3. Pedro says:

    Ou seja, nada muda. Para contratos de 24 meses, tudo igual, para os contratos mais curtos, preços maiores ou menos funcionalidade.

    • Darth says:

      Operadoras não são a Santa casa

      • Alvega says:

        São o que, no teu ponto de vista ?
        Podes, e serás por certo mais um dos lacaios que consta da folha de vencimento de uma das ditas, mas olha que a idade é um posto e eu te aviso, é só até um dia e mais tarde ou mais cedo vais de viola com uma mao a frente e outra atrás como os demais.
        Por ventura julgaste melhor que os outros ?
        A razio vai prevalecer e demore o tempo que demorar o regabofe das operadoras vai terminar um dia.

  4. Paulo Santos says:

    Aquele sr Joal Sá pensa que as pessoas são parvas? As alterações referenciadas não trazem nada importante… são “amendoins” para macacos…. para quem queira passar por macaco

  5. Carlos Santos says:

    Se eu tenho que manter o contrato por 24 meses, por que é que a operadora não tem que manter o preço do contrato também por 24 meses? Só tretas.

  6. Theboice says:

    OU SEJA… MAIS DO MESMO…VOTA NOS MESMOS TUGA

    • rui says:

      Os que lá estão foram os que não ganharam as eleições! Ou seja, votámos nos mesmos, iamos para melhor, e agora temos de levar com estes. Não sei de quem foi a ideia, mas ainda agora foram para lá e já estão a dar cabo de tudo e a deixar tudo pior do que estava.

      • Miguel says:

        Estas enganado, isto foi aprovado pelo PS e PSD contra os votos das restantes bancadas .!.

        Os mesmos são o PS e PSD.

      • Vlad says:

        “Os que lá estão foram os que não ganharam as eleições!”
        Certamente não sabes como funciona o parlamento. Ao contrário do que é dito na televisão, apenas existe uma eleição em que elegemos uma pessoa para um cargo, que é o caso do Presidente da República. Nas restantes estamos a eleger deputados para constituir uma assembleia (seja esta a assembleia da república, a assembleia municipal ou a assembleia de freguesia). São as correlações de forças destes deputados que escolhem o primeiro ministro, o presidente da câmara municipal ou o presidente da junta de freguesia.

        “Ou seja, votámos nos mesmos, iamos para melhor, e agora temos de levar com estes.”
        A não ser que pertenças ao alto capital, não, não íamos para melhor. Bastas ver o desemprego, a emigração e o aumento da pobreza que foi com o anterior governo.

        “Não sei de quem foi a ideia, mas ainda agora foram para lá e já estão a dar cabo de tudo e a deixar tudo pior do que estava.”
        Certamente não leste o artigo. Quem aprovou esta lei foi o PS juntamente com o PSD.

        Em vez de veres as noticias altamente tendenciosas na comunicação social, que tal obteres a informação directamente da fonte e ver o que realmente se passa na assembleia! A verdade é que a diferença entre o PS e o PSD são muito ténues. São ambos de direita e a sua verdadeira função é termos a dualidade que existe na Assembleia. Estas ultimas eleições foram um abanão no capital porque esta dualidade foi enfraquecida.

        • Limbus says:

          Deixaste-me confuso…
          Quais são os deputados que correlacionam forças para manter lá o Costa? As forças de direita (na tua opinião) PS e PSD? É que não vejo correlações à esquerda, tal como não vejo no governo elementos não PS, apesar deste não ter qualquer maioria mas eleições, ganhou nos bastidores aquilo que perdeu no sufrágio.
          A curto prazo, o baixo capital não ia para melhor, mas não é este que faz mexer a economia, que melhora o país, voltamos a viver melhor, a viver acima das nossas possibilidades, mais tarde pagamos a fatura, e não são os altos capitais que a vão pagar.

          • Vlad says:

            “Deixaste-me confuso… Quais são os deputados que correlacionam forças para manter lá o Costa?”
            A matemática simples. 86+19+15+2>89+18+1122>108

            “É que não vejo correlações à esquerda, tal como não vejo no governo elementos não PS, apesar deste não ter qualquer maioria mas eleições, ganhou nos bastidores aquilo que perdeu no sufrágio.”
            Mais uma vez os eleitores vão sufragar para eleger os 230 deputados que vão constituir a assembleia da república. Não vão para eleger o próximo partido a governar, nem muito menos vão eleger um primeiro ministro.

            “A curto prazo, o baixo capital não ia para melhor, mas não é este que faz mexer a economia, que melhora o país, voltamos a viver melhor, a viver acima das nossas possibilidades, mais tarde pagamos a fatura, e não são os altos capitais que a vão pagar.” O alto capital nunca passou dificuldades. Quem realmente viveu e vive a cima das possibilidades é o grande capital. Será que já te esqueceste do Banif, BES, e todos os outros bancos que foram intervencionados pelo nosso governo? Bancos estes que fazem jogadas arriscadas e quando corre para o torto o pobrezinho paga!

          • Limbus says:

            Não entendo essa tua matemática simples… que agregações foram essas? Coligações, só me lembro de duas.
            De facto, o PS, nomeadamente Centeno estão ijnocentes nesta história de Banif / Santander, certo?
            Já te esqueceste do camarada Sócrates? Já te esqueceste que foi o pobrezinho que pagou a sua megalomania? Já te esqueceste dos milhares de milhões de euros desperdiçados em tempo de pré-recessão? Tendo em conta que ele é um “grande capital” (graças também ao capital que indevidamente arrecadou), sim, a culpa é dos “grandes capitais”. Mas o pobrezinho que pedia empréstimos para tudo e mais alguma coisa e depois logo se via se conseguia pagar, esse não teve culpa de nada…

      • Paulo Santos says:

        Quem governa, E se a houver, é quem tem maioria parlamentar, e não quem fica em primeiro. Isso de ficar em primeiro com minoria, e depois exigir à maioria ter de apoiar só demonstra falta de “espírito democrático”, e não saber as regras básícas da democracia.
        Votar nos mesmos iamos para melhor? Pior do que estava? .. mas o que aqui estamos a falar foi aprovado pelos mesmos… PSD e PS!! E tens razão, ser governo PSD ou PS é o mesmo, o bem bom de alguns PSD e PS e toca de lixar uns milhões de portugueses, e nos milhões que se lixam estão muitos PSD e PS…. resumindo, avestruz continua a ser uma espécie em expansão.

      • Joaquim says:

        Quem é que ganhou as eleições afinal… ainda existem? O PSD não foi, o CDS também não. O PSD tem mais votos que o PS? Não sabemos. não foram a votos. PSD não é PAF e PAF já não existe. … então calem-se!!

        • Limbus says:

          E a “esquerdalhada unida”, existe? Como se viu aqui e noutras situações semelhantes, divergem totalmente, por isso, que legitimidade é esta? Não estão lá por terem conseguido a maioria dos votos, e dizem que estão lá com o apoio da esquerda que afinal só os apoiou para para tirarem de lá a direita, mas que agora não apoia em nada, portanto que sentido faz o Costa no poleiro?

          • bill says:

            Amigo Limbus, como diria o passos: “não seja piegas”

          • Limbus says:

            Amigo bill, o direito ao voto não pode ser considerado pieguice, a intenção expressa nos votos não pode ser atropelada nos jogos de bastidores, na altura do Salazar ninguém era piegas.

          • Vlad says:

            Não sabia que a democracia era jogada de bastidores. Ha! Já percebi, para ti a democracia apenas funciona quando se têm a maioria absoluta e se governa quase como uma ditadura. Em que na campanha diziam que era ridícula a ideia de retirar subsídios de férias e de natal, mas mal lá entraram foi das primeiras medidas a efectuar.

          • Limbus says:

            Nem absoluta nem relativa, o actual governo PS (que eu saiba, não faz parte do governo nenhum elemento de outro partido) não reuniu qualquer maioria, a esquerdalhada que antes das eleições se atacava, sempre em discórdia, assumiu que quem votou neles queria Costa/PS no governo, não avisou ninguém antes, não formou qualquer coligação, simplesmente partiu do principio que quem concorda com PCP/BE/… também concordará com PS, apesar da diferença entre PS e PSD ser muito mais ténue que a diferença entre PS e a verdadeira esquerda. Promessas falhadas? O Costa não as fez… lol!

  7. 3x7=21 says:

    Metem uns pacotes para “velhinhos” com canal 1, 2, 3 sem fidelização e pronto já têm um pacote “sem fidelização”

  8. Pedro Rito says:

    As operadoras têm periodos de fidelização mais pequenos ou mesmo sem fidelização… O que acontece é que as campanhas deixam de ser válidas para quem não quer 24 meses de fidelização acrescendo ainda o custo da instalação e ativação e dos respetivos aparelhos necessários para o funcionamento do serviço pretendido.

  9. Miguel says:

    Não estava a espera de mudanças vindas do PSD/PS, está tudo na mesma.

    • Darth says:

      Escolhe o pacote sem fidelização, então. Se a fidelização tivesse acabado iam aumentar os preços, não estejas iludido.
      Pelo menos por o ps/psd não são populistas aldrabões como outros partidos

  10. raz0r24 says:

    Quanto às outras operadoras não faço ideia se têm ou não planos s/ fidelização mas na MEO, já o fazem há algum tempo. O cliente paga bem mais.

  11. gajo de alfama says:

    Acho que não vou conseguir adaptar-me a tanta mudança.

  12. jedi says:

    com deputados destes , não admira que as pessoas vão mesmo á falência. O que deviam ter mudado e não mudaram, era de 24 meses para 12 meses o máximo de Fidelização. Mas como eles ganham bem, os outros que se lixem.

  13. rui says:

    Acontece que isto é bonito mas só em papel. Na realidade as ofertas das operadoras sem fidelização ou com 6 meses não vão prestar para nada e/ou compensar a diferença de preço. Só serão postas porque são obrigadas a tê-las à mostra. E que tal acabarem com a palhaçada das fidelizações de vez?

  14. Arlindo Pereira says:

    E depois não querem que o pessoal adira à TV pirata e que saque a net aos vizinhos. O mal é que isto é união europeia para umas coisas e para as outras alimentam-se os monopólios. Se até temos moeda única. Porque não podemos contratar serviço de Internet de outro país europeu? Deve haver mais barato! Haviam de ver se não começavam a baixar os preços. O problema é que se tem alimentado o monopólio. O contribuinte pagou as linhas telefónicas. Mas ficaram na PT quando privatizaram e agora a PT aluga à Vodafone. O problema é que as empresas estrangeiras teriam que instalar cabos fibra. O estado é que devia de ter instalado os cabos e depois disponibilizar os mesmos às diferentes operadoras mediante aluguer. Assim podia alugar a qualquer empresa europeia. Digo eu. Mas foi mais importante construir auto estradas e barragens. Isto porque o amigos dos governantes tem é empresas de construção. Se fosse de cabos de telecomunicações, estávamos safos.

  15. Manuel Monteiro says:

    Os deputados e ministros que estão agora (des)governar tem que pensar no futuro deles, e é com este tipo de leis que eles asseguram os ordenados quando deixarem o governo! Pois agora somos nos contribuintes que lhes estamos a pagar e depois serão estas empresas. (Com o nosso dinheiro na mesma!)

  16. APereira says:

    Achar que as operadoras devem de ter prejuizo para poderem ter um servico em casa…

    As fideizacoes servem para garantir que as pessoas nao saem ao fim de meia duzia de meses e eles acabam por ter prejuizo…

    • Martins says:

      Eu não penso assim, as operadoras nunca perdem, querem é mais garantido, deveria ser como acontece ou acontecia, com a luz e gás, mudei num espaço de 1 ano e meio 3 vezes, vi o que era melhor para mim e optei, tudo sem fidelizações, assim sim, isto é concorrência leal, e quem tiver melhor serviço tem os cliente, como tal os operadoes nunca teem prejuízos, uns vão outros veem, só iria beneficiar um melhor serviço em Portugal.

      • Jose Luis says:

        A diferença é que para mudares de operador de electricidade ou de gás não é necessário nenhuma alteração na instalação, porém se mudares de operador de telecomunicações tem de ser alterado o equipamento, sendo necessária a deslocação de um técnico, se não tiveres a fidelização será sempre o consumidor a pagar, quer a deslocação do técnico, quer todo o equipamento necessário, a Cabovisão já faz isso há algum tempo e não tem tido grande adesão.

        • Martins says:

          Isso não é verdade, quantas vezes ligam para o nosso telefone a querer vender novos upgrades? muitas vezes acontece que estes upgrades de alguns serviços não requer nenhum equipamento adicional nem deslocação de ninguém, a minha pergunta que se segue é “e tenho fidelização? ” resposta “sim 24 meses” , portanto é mentira essa observação.

          • APereira says:

            Nao implicar um novo equipamento ou a deslocacao de um tecnico, nao quer dizer que nao implique um qualquer custo contratual, um tecnico activar o servico na tua linha e eventualmente a ter de reconfigurar.

            Para alem disso, pode ate implicar novos custos para a empresa no que diz respeito a quem lhes fornece esse servico ou ate direitos de autor relacionados com o mesmo.

            Vejo aqui muitos potenciais empresarios que prestariam servicos aos seus clientes a lucro zero só porque sim.

            Falaram ai para cima dos outros paises da Europa, basta pesquisar um pouco ou sair da toca para perceber que a erva afinal nao e mais verde do lado do vizinho.
            Portugal é dos paises Europeus onde os servicos de TV e Internet tem melhor qualidade e sao mais baratos.

            Nao estou em Portugal, tenho ADSL nos dias bons, tenho 10Mb Download e 2Upload. E estou a 20 minutos do centro da capital do pais.

        • Paulo says:

          Se permitissem equipamento do cliente como acontece noutros mercados, essa afirmação deixa de ser 100% verdade, a não ser a troca de tecnologia cabo Vs Fibra Vs xDSL

          • sómaisum says:

            Permitem.

            Simplesmente não te configuram o equipamento, nem disponibilizam suporte para ele. Se existir algum problema (seja deles ou não), “temos pena, mas o equipamento não é nosso e não podemos fazer os devidos teste.”

          • APereira says:

            Sim é pertido, mas qualquer problema que tenhas vao dificultar ao maximo e tentar cobrar.

      • Darth says:

        Mas se passas fibra para um bairro, ter o bacano a bazar ao fim de 1 mês para outro é chato

    • Hugo says:

      Prejuizo? lol
      Tenho fibra Vodafone e não penso em mudar tão cedo.
      As fidelizações têm sido, e falo por experiência própria, nos últimos anos forma de agarrar o consumidor ao cancro que eles chamam de “serviço”.
      Não se trata de garantir que não terão prejúizo, mas sim garantir que terão lucro mesmo que não forneçam 1/10 do que prometem.

      • APereira says:

        Se nao fornecerem o que esta no contrato podes cancelar o servico mesmo dentro do prazo de fidelizacao.

        Agora, nao podes é dizer que nao consegues fazer downloads a velocidade contratada, pois isso como é obvio eles espetam logo com os testes entre ti e os servidores deles, e com toda a razao.

  17. iLeo says:

    Não consigo adicionar as notícias aos favoritos

  18. darksantacruz says:

    Deputados vendidos, que nem sequer merecem ocupar o lugar que ocupam, enfim PT no seu melhor!

  19. camase says:

    Para mim 12 meses seria o máximo permitido tudo o resto é proteção o resto é treta.

    • tilt says:

      Claro , só que em vez de pagares 30 € passas a pagar 60€ . Não esquecer que existem pessoas que também gostam de ter equipamentos de topo e só com contratos de 24M é que os conseguem ter. As duas alternativas é o ideal, já que começam a aparecer equipamentos de +de 800 euros e isso diluído em 12M é pesado para a maioria, como outros de 300 ou 200 euros também o são para uma larga faixa de clientes.

  20. Danny says:

    Com tanta mudança nas telecomunicações!

    ” Relativamente aos contratos realizados por telefone, ficou também definido que passa a ser obrigatório que as gravações sejam mantidas “durante o período de vigência do contrato”. ”

    entao nao se falou há algum tempo de que iriam deixar de existir este tipo de acções? ou era só os tais contratos porta a porta? é que por telefone, também ja havia as tais ” chamadas gravadas” e ainda assim, se enganava muito bem o pessoal!

    • Marco says:

      E o pior é que quando queremos aceder às tais “chamadas gravadas” não as têm disponíveis porque já lá vão mais de não sei quantos dias. Isso das chamadas gravadas é tudo uma treta só servem para iludir o cliente, e também para bom uso deles. E à custa dessa questão estou agarrado a um contrato de 2 anos com uma m**** de tarifário que não é como me disseram, um contrato que eu supostamente assinei por telemóvel! Enfim é para o que estamos, e o pobre não tendo dinheiro para os pôr em tribunal tem de se aguentar!

      • sómaisum says:

        Se “assinou” por telefone, e eles não têm as chamadas gravadas, onde está a prova de ter concordado com o contrato?

        • Marsupilami says:

          Caso não conheça as regras os contratos por telefone hoje em dia desde há 1 ano mais ou menos atrás são obrigados a ser enviados também por escrito ao cliente.
          Hoje em dia não é só a gravação da chamada mas também o envio das condições pré contratuais aos clientes para confirmarem se foi o que combinaram por telefone…

      • Darth says:

        É uma questão de lei, não depende da paxora deles. Além disso, sem a chamafa gravada não tem prova do contrato…

  21. PG says:

    Basicamente tudo na mesma, nada foi alterado.
    O que deviam era acabar com qualquer tipo de periodo de fidelização e com isso deixavam o mercado funcionar e principalmente fazia com que os operadores tivessem maiores preocupações com a qualidade do serviço prestado que no final é esse sim o grande fator de fidelização.

  22. Zezinho says:

    Isto só da mais espaço de manobra para quem vende….
    Faz me lembrar a questão dos combustiveis low cost… em que o combustivel lowcost custa menos 1 centimo que o supostamente melhor, isto é que o se vê em algumas gasolineiras.

  23. cidadao says:

    mais uma vez continua o roubo do comum cidadão.

  24. j.m says:

    Nao á diferencaentre esquerda e direita tudo igual,agarrados a essas componhias,que custava a esses corruptos abolir a fidelizacao?
    Somos pior que países de tercero mundo (Chile nao existe fidelizacao)
    Como dizem nuestros hermanos (Cabrones…)

  25. César Oliveira says:

    Quem se dá mal é sempre o consumidor final.

  26. esterco_sem_limites says:

    Portugal não evolui, basicamente tudo na mesma. Ainda estamos muito atrás em relação a outros países da Europa, e ainda se diz que temos das melhores redes, dia 1 de Abril é só uma vez por ano, não todo o ano. Enfim, vergonha de ser português.

  27. Homo Erectíssimo says:

    Bom artigo,Pedro Pinto.Se Deus quiser,daqui a cerca de 13 horas já serei cliente da Vodafone Fibra com 200 Mbps de download e 20 Mbps de upload nas velocidades de internet+130 canais pacote base+36 canais pacote pack TV Plus(neste momento)+Tv Box,tudo pelo preço total de 39 euros e 30 cêntimos,isto no primeiro mês,porque depois acresce os 10 euros que custam os 4 canais TV Cine mais o canal TV Séries,a partir do 2º mês,porque no 1º mês estes canais premium são gratuitos.A partir do 2º mês e até ao final dos 24 meses de contrato pagarei 49 euros e 30 cêntimos.Isto se até lá a Vodafone me consiga subir a velocidade do upload para os 200 Mbps,similares à velocidade de download,e tenha que me refidelizar por mais algum tempo.Vamos a ver,ninguém sabe o dia de amanhã. 🙂 Já agora os termos do contrato,pelo compromisso de permanência,são—»Tarifário-TV 130+200 Mbps+Voz ilimitada por 25,90€,com oferta de instalação,mais activação e o telefone sem fios,a que acresce os 5,50€ do aluguer da TV Box.Po isto pagarei 31,40€ mensais,a que se soma a activação por 7,90€ do pacote pack TV Plus,que perfazerá os tais 39,30€.A partir então do 2º mês,e com a activação dos canais TV Cine e TV Séries é que passarei a pagar mais 10 euros por estes 5 canais,e pagarei 49,30€.É este o negócio.Pelo menos a nível de internet passarei a ter fibra,o que é muito bom. 🙂

  28. António Sicário says:

    Mais uma vez os políticos fazem uma lei ambígua e que dá margem de manobra às operadoras para continuarem a ganhar dinheiro fácil. Faz lembrar a história do rooming, como a vigarice do rooming acaba no final deste ano, segundo a comissão europeia, vai daí a Vodafone promove um pacote de rooming que terá uma fidelização de 24 meses em que se irá pagar um serviço que já não pode ser cobrado, este país é mesmo um fartar vilanagem

  29. Filipe says:

    Excelente era o PPlware avisar qdo isto sair por escrito no diario… é bom saber pk até ca em casa alguns contratos estao acabando e entao vai-se espera para ver… agora isto pode ficar td na mesma- sobem o preço por menor tempo de fidelização. Para mim o ideal era quase se puder escolher os canais que se quer com os canais a ter preços individuais, ou uma base de 20 mais aqueles que se quer, dando um preço pelo que se quer e escolhe e nao 140 canais onde 40 sao radios que ninguem ouve e outros mtos nunca vistos…

  30. Alvega says:

    Boas a todos, eu vou meter a colher pois este argumento já antes por mim escutado deixa-me a pensar:
    “não avisou ninguém antes, não formou qualquer coligação, simplesmente partiu do principio que quem concorda com PCP/BE”
    Bom apesar de eu ser um dos que nao estava decididamente a espera deste desfecho (nao por ser ilegal, mas por ser caso unico em PT), mas sendo eu de Dta moderada ou centrao, como quiserem, julgo que foi uma medida que só valoriza a democracia em PT, governar nao é unanimismo, o tempo do rei sol já lá vai, todos nós e nossos familiares somos bons em algo, quer seja na vida profissional ou particular, mas nenhum de nos é bom em tudo.
    Dai que a partilha de governação e de RESPONSABILIDADES é a meu ver imperioso, sou e serei sempre contra qualquer tipo de maiorias, sejam elas de que partido for (levam a abusos desmedidos conta o Zé).
    Quanto ao facto verídico a “esquerdalha, palavras suas e que eu nao gosto” estar anteriormente contra e agora ser conivente , somente significa que as pessoas mudam de opinião e aprendem com os demais.
    Nao me avisaram e nem a ninguém que iam fazer coligação pos eleitoral….pois é um facto mas que ia isso alterar ?
    Pergunto, quem ia votar PSD,CDS,CDU,BE votaria de maneira diferente?
    Julgo que nao, eventualmente os que iam votar PS talvez o fizessem, mas se actualmente sao Governo (poder) de que se queixam ?
    Queriam mandar sozinhos nao era ?? pois sim abelha eu e muitos Portugueses nao o quiseram, pois o passado fala por si e fazendo uma analogia meia ridícula é como o recém encartado que apesar de habilitado nao pode ou nao deveria circular sozinho até ter dado provas de o poder fazer de boa fé e em segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.