Quantcast
PplWare Mobile

STAYAWAY COVID: António Costa recua e suspende debate sobre a app

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Spoky says:

    Tal como tinha dito e fui criticado (o que era de esperar) era uma jogada de marketing, com isso fez aumentar o numero de downloads e provavelmente de utilizações.

    Aqui esta a prova como o MEDO, PÂNICO funciona. E como o Marketing também não é só publicidade, obviamente que irão fazer um estudo ao mercado, assim que surge uma possível multa ou obrigatoriedade de usar uma App, quantas pessoas aceitariam, quais não aceitariam.

    Tudo pode ser analisado ao pormenor, assim já sabem quando quiserem aplicar algo mais duvidoso, já sabem como as pessoas vão reagir.

    Eu avisei e disse que isto não passava de um esquema de “teste”, bela jogada!
    Preocupem-se em reforçar os profissionais de saúde nos hospitais, e com o colapso do SNS.

    Isso sim é de louvar e não é com uma App que se devem preocupar, pois essa não vós vai salvar a vida. Nem a nenhum familiar vosso.

    Concentrar-se e reforçar o SNS? Ta quieto! Obrigar a instalar uma App que não previne o vírus de se disseminar? É o mais certo.

    Comprar mais camas para os hospitais? Esta quieto, a App serve é o mais importante.

    Mas isto sou eu a minha opinião!

    • SSD says:

      Mas isto era óbvio que era bluff, se passasse sequer da assembleia, o constitucional tirava a tarde para se partir a rir. Mas este pessoal que é tão iluminado, tão open eyes não é capaz de ter pensamento crítico e “ver para lá do que se vê”

    • David Guerreiro says:

      A app se bem utilizada, e pelo maior número possível, permite quebrar cadeias de contágio. É esse o objetivo. Ao quebrar cadeias de contágio, evitam-se novos casos, e por consequência, podem salvar-se vidas.

      • Luis says:

        Não adianta gastares o teu latim, ele não aprende. E não quer aprender…

        • Spoky says:

          Notasse quem é que não aprende. Eu disse que isto não passava de uma jogada de marketing, pura ilusão.

          E pelos vistos tinha razão, mas o Luís só sabe dizer que não aprendo.

          Não sabes admitir quando alguém tem razão? Eu disse que isto iria acabar por ser recuado. Até médicos não concordam com isto.

          E eu é que não aprendo? No final de contas é mais importante instalar uma App do que reforçar o SNS com mais profissionais e camas.

          Caso um dia venhas a ser internado, e existir um colapso do SNS logo contas se tiveste cama e se existiu profissionais.

          Mas não, o mais importante é instalar uma aplicação. Reforçar o sistema nacional de saúde é que não. É mais importante uma app.

          Oh Luís, aprende tu. Acorda para a vida. Sem profissionais nos hospitais vais pedir ajuda a quem? A APP Stayaway covid? É?

          Que parvoíce. Pelos vistos quem não aprende és tu. Eu pelo menos tinha razão quando dizia que isto de ser obrigatório era inconstitucional e que não iria acontecer tão cedo.

          O CPND é contra, a associacao de direitos digitais, também e médicos também.

          Por tanto, quem tem de aprender és tu. Não eu. Porque eu estava certo.

          • Luis says:

            Bla bla bla whiskas saquetas.
            Pela última vez, salva vidas ao quebrar cadeias de contágio.
            Salva vidas indiretamente. Aprende se quiseres.

      • Rui says:

        A app não serve para NADA.
        Se acusaste positivo das duas uma, ou é grave e ficas internado, ou não e ficas e casa de quarentena. Para é que serve então a app? Se tiveres covid e fores para a rua (acto de má fé) deixas o telefone em casa.

        • Gaspar says:

          A APP serve para alertar as pessoas com quem esteve em contacto ANTES de ter sido diagnosticado. E evidente que quando uma pessoa é diagnosticada não deve ter contacto com mais ninguém, o problema, e é isso que a APP ajuda a resolver, é avisar as pessoas com quem se esteve em contacto quando provavelmente já estava infectado mas não sabia. Parece-me óbvio…

      • Xnelox says:

        A aplicação só alerta que se esteve em algum momento passado, perto de alguém contagiado. Só e mais nada. Não quebra qq cadeia. Eu, ou qualquer um que receba um alerta por dia não vai andar a correr para fazer testes e mais testes… Talvez faça no primeiro no primeiro alerta por curiosidade, mas depois ignorar os próximos. Experimenta a aplicação e anda nos transportes públicos para veres quantos alertas recebes por mês…

    • ToFerreira says:

      As camas e o material foram reforçados, esqueceram-se foi de reforçar o pessoal, pensam que o material funciona sozinho. Estão agora a ponderar a contratação, como se pudessem começar logo a trabalhar, sem período de integração. Pior que isso, estão a ponderar recorrer a alunos, fazendo de conta que são profissionais.

    • Barta says:

      400mil euros dava para comprar muitas camas e equipar hispitais

    • Euéquesei says:

      Spoky,Medo e pânico?
      Quem teve? Eu não, nem tal me passou pela cabeça.
      Se essa treta desse em ser obrigatória deixava o meu telefone actual e ia para um 3310.
      Em relação a usar isto como um estratagema para enganar a populaça… para enganar este povo não são necessários estratagemas nenhuns.
      Basta continuar e dizer que não foi nada com eles.
      Lembra-se dos incêndios de Pedrogão em que morreram mais de 100 pessoas, com amplas culpas de António Costa que pouco antes tinha demitido gente conhecedora do assunto da Protecção Civil para lá meter bois (?) and girls que de incêndios a única coisa que sabem é incendiar o charro?
      Lembra-se do Costa ter fugido para Espanha perante este cenário dantesco?
      Lembra-se depois dos casos de corrupção com o dinheiro dos donativos, em que os políticos restauraram as casas deles e os que ficaram sem nada ainda hoje nada têm?
      Lembra-se daquele velhinho que o presidente dos bananas reconfortou a dizer que em breve teria tudo novamente?
      Olhe, o senhor morreu e ainda hoje espera pela casa que ardeu.
      Houve eleições depois, sabe quem ganhou, sabe?
      Os mesmos que lá estavam.
      Moral da história, quanto mais me bates mais eu gosto de ti e engana-me que eu gosto.
      Não tenha grandes expectativas com gente assim.
      O nosso destino, se não for já, é sermos o país mais atrasado da Europa e de lá nunca mais sairemos…
      Não está contente com o que o futuro lhe reserva?
      Se puder e tiver oportunidade, saia daqui e não volte.
      É isto que eu digo aos novos que trabalham comigo.
      Pude emigrar quando era novo e não fui por razões familiares.
      Só eu sei o quanto hoje me arrependo do que fiz…

  2. Samuel MG says:

    Viu que ia perder o debate e talvez as próximas eleições. Agora é ver as pessoas a desinstalar a app já que não vão pagar multa por a não ter.

    • Santos says:

      Pois infelizmente isso é a prova do civismo hoje em dia. A app não é perfeita mas quanto utilizadores (activos, e não obrigados como o governo quer fazer isso é certo) tivesse maior a eficácia, mas pronto o pessoal do século XXI não tem nenhum problema em permitir tudo ao tinder mas a um app relacionada com um problema médico é cada argumento que eu às vezes até espero que seja no gozo

  3. José Carlos da Silva says:

    Tanto apredejamento ao homem. Como se ele acordasse de manhã com uma ideia e se dirigisse ao país por sua livre e espontânea vontade… Gostava de ver certos comentadores daqui com um papel destes em cima, numa altura destas. Para falar mal estamos sempre cá todos…

  4. Leandro says:

    O Costa desistiu.
    Viu a borrada que fez.

    • AD9 says:

      Que borrada? Era obvio que era treta lol, serviu para aumentar os números de downloads e encher a app de “utilizadores-fantasma” que nunca vão dar uso á app.
      Enfim é um bocado como os cães, o jornal no nariz também funciona mas com biscoitos geralmente é mais rápido e produtivo. Se dessem algum “benefício” por usar a app talvez agora assim mas pronto desde que haja downloads para justificar o investimento

      • Luis says:

        Qual benefício?
        Se nem faturas com n de contribuinte pedem!
        Ainda a semana passada uma pessoa estava chateada com os 65 euros da consulta no dentista.
        Pergunta a menina da receção “quer recibo?” Responde o utente “Não, não quero isso para nada”.

  5. Nightingale says:

    Claro que recuou… voltem a falar do orçamento de estado a ver se ele não volta a falar desta app… Isto foi apenas uma polémica para ninguém falar do resto. Somos todos adultos e juro que ainda não sei como é que ao fim de tantos anos, ainda não percebem como os governos funcionam e se mantêm no poder.

  6. A.F. says:

    Eu explico porque é uma das técnicas que uso.
    Primeiro atira-se o barro a parede (não aleija e não mata ninguém), depois vamos ver o resultado.
    Se o barro ficou lá colado (encantado da vida, funcionou), se barro escorregou, menos mal e não fiz inimigos (continuo a dormir bem a noite).
    Moral da historia:
    Quem não arrisca não petisca.

    PS: Seja que Governo for, usa sempre esta técnica em alguns assuntos.

  7. ToFerreira says:

    Pensou que já estávamos na Venezuela, só que não… ainda não…

  8. Miguel says:

    A vizinha do Costa é esperta.

  9. Digo Eu says:

    A “estória” da APP só serviu para desviar atenções do que realmente interessa. E muita gente foi na “cantiga”…

  10. Pedro Gameiro says:

    Porque não podemos levar tudo tão sério, fica aqui um pequeno video de um grupo de amigos a falar sobre este tema tão falado da app staywaycovid.

    https://www.youtube.com/watch?v=XuDcnNt6VcI&ab_channel=PodeSer

  11. Urtencio says:

    Mas qual desistiu! Foi uma semana sem ninguém a falar do orçamento e com tanta gente a falar da APP as mascaras na via publica já vão passar tipo manteiga!
    Ele está farto de fazer este tipo de jogadas.. e o povinho a cair…

    • Santos says:

      E sinceramente para aquilo que eu vejo já devia ser obrigatório, pelo menos antes dos tempo começar a arrefecer. É cada reunião social. Cafés, marcenarias, confeitarias, que não sei qual é a surpresa da situação estar a piorar tão rapido

  12. TSSRK says:

    “Não há registo que a app tenha influência negativa na autonomia da bateria”
    Retira a energia ao ar para funcionar?

    • Vítor M. says:

      Registo que seja menos que irrisório.

      • Xnelox says:

        É por gastar pouco que a aplicação pede para desativar a optimização de bateria, para poder usar energia sem restrições… Vítor a sério, instala a aplicação e fala com experiência

        • Vítor M. says:

          Pede o quê? No meu nunca pediu nada disso e é irrelevante o consumo. Aliás, as pessoas queixam-se de coisas que não faz qualquer sentido. São capazes de estar com problemas e argumentos sem sentido numa ferramenta que pode ajudar a acabar ou, pelo menos, a dar um rumo mais seguro à vida no meio desta pandemia, e usam e abusam de outros serviços mais inúteis. Vê bem se gasta muito teres a app e se te dá prejuízo.

          • Xnelox says:

            É a informação de apresenta, tal como, se eu desativar os serviços de localização, a aplicação requisita que eu ative. Uma aplicação que correr em segundo plano, utilizando GPS e bluetooth, não se está à espera que tenha um consumo irrisório, adianto, no meu caso 15% diário. Não estou a dizer que me cai um pedaço porque gastou 15%, estou a escrever que a aplicação consome significativamente energia.

          • Vítor M. says:

            Isso é um “defeito” da Google (do Android). Porque para ativares as comunicações ele pede para ligares a localização. No iOS ele está tudo junto e nada pede. A localização não é precisa para nada.

          • Xnelox says:

            Esqueci de informar que tambem necessita de internet e/ou wireless, pois se desativares o wireless a aplicação informa ” STAYAWAY impedido de usar rede wi-fi” e ” Stayaway impedido de usar rede cel.”. necessita de todo o tipo de comunicação para funcionar corretamente e como tal vai ser uma aplicação que consome o que tem de consumir perante a necessidade de ter esses serviços disponiveis

          • Vítor M. says:

            Se não como recebe notificações? Mas isso, tendo em conta que são apenas “algarismos” que a app recebe, qual será o consumo? Sim, tem custos residuais ao utilizador, a não ser que ele não tenha dados, mas estejam frequentemente debaixo do WiFi gratuito, de uma escola, empresa, de um café, restaurante, casa de um amigo, quiosque, loja de conveniência, banco, casa do vizinho, igreja, shopping, etc etc etc.

            Eventualmente pode ser um encargo financeiro para alguém, claro, mas de certeza que se uma pessoa sem dados, instalar a app debaixo de uma rede gratuita Wi-Fi, a usar com o BT ligado e tiver o Wi-Fi que apanhe redes gratuitas em locais onde costuma frequentar, a pessoa tem mesmo um gasto residual de energia. Além de poder ganhar muito com alertas de ter estado perto de alguém e com isso poder atuar em sua defesa.

    • Xnelox says:

      TSSRK, a aplicação requer que desatives o modo de otimização de bateria para que esta possa utilizar sem restrição energia do telemóvel. Também deves ter lido que a aplicação não utiliza o GPS e no entanto se desativares a localização, a aplicação informa “Ative os serviços de localização para que a STAYAWAY COVID” possa funcionar corretamente”.

      Partilho da tua opinião porque utilizo a aplicação e confirmo: A aplicação consome bastante energia, a aplicação utiliza GPS.

      Na minha opinião, que informa que a aplicação gasta pouca energia e/ou a aplicação não utiliza GPS, ou não utiliza a aplicação ou o objetivo é a desinformação

      • TóSousa says:

        No meu Realme o custo de energia da APP é de imagine-se……
        0,54% da stayway
        O wifi gastou 2,3%
        O que hoje mais gastou foi o Google noticias com 21,68%…
        Parece-me que 0,54% é irrelevante…
        Sempre com BT e GPS ligado, sempre.

        Não é a aplicação que diz para activar o GPS mas sim a API da Google.
        Ir à conta Google no telemóvel e ver Notificações de exposição à COVID-19, a Google explica como funciona.

        • Xnelox says:

          Eu até tentei instalar também no iPhone para ver a diferença entre Android e iOS, mas esta aplicação é para ricos, requer iOS 13.5 e eu só tenho um 5s com o iOS 12.4.8.

  13. Carlos says:

    Este é um dos temas mais fraturantes da atualidade. E por uma coisa “de nada”.

    Existem os que estão a favor da App e os contra. Ambos com posições irredutíveis. Já eu apenas estou contra a obrigatoriedade de instalação da mesma, mas acho que todos a devem instalar.

    Como alguém referiu acima, a app é uma ferramenta de prevenção, notificando as pessoas que têm a app instalada de que estiveram em contacto com alguém que testou positivo (e colocou o código). Eu gostaria de saber se tenho de tomar cuidado e prevenir o contacto com o grupo de risco que me é próximo (pais e avós) para que esses fiquem saudáveis. Mas não é só! Se eu por algum motivo contrair esta doença sinto que devo avisar o maior número de pessoas (se não mesmo a totalidade) com quem convivi de que estou doente e que eles devem tomar medidas para parar a propagação do virus.

    Leio tanta desinformação por estes mídia sobre este tema…

    Uma delas é a privacidade.
    Entendo que muitos tenham reservas quanto à privacidade dos dados.Mas no meio de tantas apps que instalamos… Ou que vêm de origem com o smartphone com serviços activos assim que criamos uma conta, que o facto de ter uma app que partilha um token único com outros dispositivos não me parece assim tão mau.

    Outra é a eficácia.
    Por muito pouco eficaz que seja a app, pode retirar pessoas dos hospitais e consequentemente deixarem mais camas livres para casos graves, deixarem os profissionais de saúde disponíveis para as outras patologias que têm ficado remetidas para segundo plano à conta (desculpa ou não) desta pandemia.

    E depois existem ainda aqueles que acham que isto do corona é um embuste (seja por ser totalmente inventado, ou por existir muita manipulação dos dados para desviar a atenção de outros temas mais importantes). Como não sou senhor da verdade absoluta não posso garantir que estão errados. Mas por outro lado, mesmo acreditando que isto é um embuste, estão dispostos a colocar a vida dos vossos pais e/ou avós em risco?

    Em suma, e tendo em conta o potencial risco/malefício da app, considero que é o mal menor. Considero que é a jogada segura no que me parace (tendo em conta os conhecimentos que tenho em meu poder) que é uma forma de controlar e detetar em fase inicial cadeias de contágio evitando o uso de um log [em papel] onde se regista onde se foi, quando, com quem se esteve (e os seus contactos) para se poder contactar de volta em caso de necessidade e avisar para terem cuidado, estarem atentos a sintomas, poderem atuar cedo e evitar ocupar uma cama nos Cuidados intensivos durante 40 dias.

    Em vez de pensarem no que esta app pode fazer por vocês, pensem no que esta app pode fazer pelos outros.

  14. Xnelox says:

    Patrão: vejo que faltaste 15 dias ao trabalho este mes!

    Colaborador: Sim chefe, é que recebi alertas na aplicação STAYAWAY COVID e fui fazer o teste em cada alerta.

  15. Matiofsky says:

    Não instalei e não vou instalar, rastreamento de cidadãos (não é necessário GPS, informação da antena a que o tlm está ligado, etc, é suficiente) é uma usurpação de direitos constitucionais e a meu ver a transferência de responsabilidade do estado para o cidadão, sem qualquer benefício associado para o cidadão.
    O estado declarou-se incapaz de verificar se o cidadão está a cumprir a quarentena ou distanciamento publico, o que seria fácil através de um misto de benefício em caso de obediência (ex. pagar salário) e prisão/multa no caso de desobediência das regras (ex. trabalho comunitário, multa elevada), o que levaria á obrigação de informar todos os cidadãos das regras a cumprir e no garante que estas poderiam ser cumpridas (ex. fornecimento de máscaras, sabão/desinfetante, treino em procedimentos.
    O PM não recuou porque quiz, recuou porque não conseguiria impor uma lei inconstitucional, e se dúvidas existissem, deixasse o Tribunal Constitucional pronunciar-se. A epidemia está a mostrar o que acontece ás instituições científicas, ás quais se exigem respostas 100% numa área tão nova, e não percebendo que hoje o conhecimento pode alterar-se em horas, dias, semanas… e que resultam da própria atividade científica na forma de investigação e capacidades desta (ex. recurso a super computadores para realização de simulações).
    Tanto para aprender e discutir!

    • Santos says:

      Isso é engraçado mas basta o telemóvel estar ligado para ser rastreado por isso é só mais uma desculpa fraca essa.
      Quanto ao resto era óbvio que era um bluff e nem sequer dos bons e sinceramente inútil. De que adianta o país todo ter a app se depois nem 10% a vai realmente usar? Principalmente quando conseguem arranjar qq desculpa para não o fazer

  16. ElectroescadaS says:

    Ainda bem que não foi o Sócrates senão a desculpa é que era dum “amigo”…

  17. Sardinha Enlatada says:

    Quando os politicos abrem a boca e dizem a populacao “saltem” e todos dizemos em coro “saltamos” E assim que os politicos gostam. Nao abram os olhos nao. Isto e so uma pequena dica de pessoas como eu e outras vos estamos a alertar mas voces nao querem saber, mas sabem que mais ? As vossas decisoes interferem nas decisoes dos outros. Isto esta sempre a acontecer, mesmo na altura de eleicoes e a mesma coisa, la vai a carneirada toda votar nos mesmos do costume. Estamos condenados com alguns portugueses medricas, enfim. Os evangelicos do costume espero que tenham gasto o vosso latim e aprendam algo, mas acho que nao, serao fanaticos para toda a vida. Ou sao infiltrados e trabalham para o governo ou para o governo de Satanas. Deixem-se disso, o bem ira sempre prevalecer contra o mal. A historia ja vos ensinou isso ou ainda nao ?

    • Santos says:

      Uma pequena queda para o exagero mas dou lhe razão no voto. No caso da app se fosse assim o pessoal tinha instalado logo á primeira e não por obrigação.
      No caso do voto infeliz as últimas eleições comprovam isso mesmo. Eu não sou apoiante de nenhum partido em especifico até pq aqui em Portugal poucos são de direita ou de esquerda na realidade, mas quando 6 anos de PS que enterram o país em dividas, tem 4 de PSD com uma boa da troika em cima a apertar por tudo o que é sitio e mesmo conseguimos nos safar e á primeira oportunidade voltam a por o partido que nos pós de joelhos á frente de facto mostra o quão curta é a visão das pessoas (e há muito pessoal dos anos dos nossos avós ainda vote nos partidos pq e o partido deles de sempre não interessa que macaco esteja á frente). É por isso que muita gente caiu em cima do Rui rio quando ele disse que era preciso ter algum cuidado e contenção em relação a muitos dos aumentos que o governo quer fazer, mas se tivermos boa memória, não é um argumento assim tão descabido, mas é certinho que este governo vai continuar esperemos é que não seja tipo Sócrates

  18. Petrus says:

    Já reinstalei, Sr. Primeiro Ministro. Vai ficar tudo bem! (arco-íris)

  19. C.S. says:

    Afinal parece que a aplicação não é assim tão inocente.
    Afinal parece que a aplicação invade a privacidade das pessoas.
    Afinal parece que os “negacionistas” têm razão ao dizer que esta aplicação só serve para recolher dados e controlar pessoas.
    Para já o rescaldo desta pseudo pandemia é que o grupo luz saúde foi o que mais lucrou.
    Vamos aguardar, e no fim vamos ver quem tem razão, se os “negacionistas ” se os “covideiros”.

    • SSD says:

      E tiraste esta conclusão de onde caro Carlos?
      Em vez de perderes tanto tempo a arranjar razões para ser do contra procura um pequeno vídeo de como a app funciona e vais perceber que o que estás a dizer não faz sentido. Se a app nunca te pede qq tipo de identificação sequer

  20. C.S. says:

    As razões que eu arranjei para ser do contra, são as mesmas que tu tens por ser a favor. E se gostas de vídeos, também tens uma série deles a mostrar que a aplicação não é transparente.
    Quando comentares a opinião dos outros tenta não ser tão fundamentalista. Ouvir, é um sinónimo de inteligência, procura diversificar as tuas fontes de informação, pois como diz o ditado, é da discussão que nasce a luz.

  21. C.S. says:

    Eu dou um exemplo.
    Aqui no pplware só sabem o meu email, antes não tinha os comentários moderados agora tenho.
    Imagina agora que o médico te dá um número para meteres no telemóvel. Ficam a saber, quando te manifestas, onde te manifestas, e o que manifestas.
    Se Aqui se fores do contra és censurado, quem me diz a mim que depois de eu introduzir o número não fico num ficheiro da policia.
    Se esta aplicação existisse no tempo da pide,podes crer que era obrigatória.

    • Vítor M. says:

      Estás como outros estão, que são escolhidos aleatoriamente e temos de os moderar manualmente. Nada contra ti, nada contra o teu email, nada conta o nick… tudo a favor 😉

    • SSD says:

      Uma coisa nada tem a ver com outra mas tudo bem. E lá está mesmo o pplware, tem algo que te identifica a app nem email nem a cor dos olhos.
      E vocês falam muito de repressão, no tempo da PIDE se pusesses um pé fora de casa quando estávamos de quarentena não levavas com um aviso, levavas com o cacete no pelo que não pensavas em repetir. Eu tendo um cão num apartamento tive a necessidade de continuar a sair esporadicamente para o bicho fazer pelo menos as necessidades e acredita que para muito pessoal quarentena foi tempo livre para andar a passear como se nada fosse e vi muitas vezes a polícia a passar por grupos e seguir em frente.
      Quanto eu resto eu também tenho os comentários marcados e acho que nunca discordei dos moderadores, simplesmente deve ser uma medida imposta ao pessoal que comenta mais para evitar spam, comentários maliciosos presumo. Medida bastante normal até

    • rjSampaio says:

      naaa, sabem o teu email, o ip, o tipo de computador/telemovel que usas, o OS, a placa grafica, o browser, a resolucao do monitor, o nivel de bateria e muitas outras coisas.
      E se depois fores cruzar cookies, entao pior ainda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.