Quantcast
PplWare Mobile

Serviços Públicos do IMT, SNS e Segurança Social! O que se passa?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. RatazanaDoPunjab says:

    Com o assalto fiscal a que estamos sujeitos, pelo menos os desgraçados como eu que pagam impostos, ter os serviços públicos mais rascos do mundo é um caso de estudo.
    Impostos do primeiro mundo e serviços públicos do terceiro.
    Calma, vamos meter na função pública mais umas dezenas de milhares de funcionários para resolver esse problema.
    Não é com gestão e eficiência que se resolvem estes problemas, é meter pessoal aos magotes no estado.
    O nosso grande desígnio é sermos todos funcionários públicos.
    Isso tem funcionado tão bem nos países onde o estado é omnipresente….
    A Venezuela da Europa dá-lhe as boas vindas…

  2. Tony says:

    Diria que a culpa era do PS mas não é só a função publica com queixas.
    A malta está em teletrabalho e os serviços / empresas estão todos uma desgraça.

  3. Pjs says:

    Mas o Pplware não se cala?? Qq dia temos o Sr ministro Pedro Nuno Santos a nacionalizar o site….

  4. Bruno Mota says:

    Isso não é nada comparado com o que se passa nos consulados de Portugal.
    A título de exemplo, necessito renovar o cartão de cidadão da minha filha, efectuei marcação no Vice-Consulado de Portugal em Toulouse no mês de setembro, e só havia agendamento livre para o mês de Maio de 2022….
    8 meses para poder pedir a renovação do cartão de cidadão, depois serão mais um ou dois meses para obter o cartão.
    Inadmissível. Agradeçam ao socialismo.

    • Test User says:

      Consulados são uma desgraça. Deveriam têr serviços por internet, nem todos moram perto dos consolado.
      Não existe inscrição online, quem se quer inscrever têm de um perder tempo. Se morar longe do consulado, têm perder um dia.

    • Diogo says:

      Vê no consulado de bordeaux, Toulouse é uma desgraça completa, eu tou 100km de Toulouse e 300km bordeaux e não me deixam renovar em Toulouse diz que a minha zona pertence a bordeaux. Já falei no consulado de bordeaux essa situação e eles disseram que são obrigados a aceitar renovar mas mesmo assim não aceitam. A única coisa que faço ir a bordeaux renovar e disser para entregarem Toulouse

    • Zé Fonseca A. says:

      Fácil, vem a Portugal e faz tudo cá. Ainda come um peixinho decente coisa que nessa terra não existe.

    • jorge santos says:

      E em França, achas que tens o quê?

    • Vitor Tavares says:

      Não esqueças que foi precisamente durante a governação do “Costa” que a maioria destes serviços foi disponibilizada a nível digital…antes do “Costa” se querias ir resolver a maioria destes assuntos ias para as “bichas” às quatro da manhã para seres atendida! E falta saber uma coisa em relação ao aumento das reclamações…qual a percentagem do aumento de acesso a estes serviços de forma digital durante o período em análise! Porque se as reclamações aumentaram 29%,mas os acessos tiverem aumentado numa percentagem superior…o número de reclamações é,proporcionalmente, mais baixo!

      • Test User says:

        Tudo muito bonito. Esqueces que existe uma população envelhecida e muitos indo-excluidos.

        Não da para fazer análise, estes dados somente do Portal da Queixa. Existem outras formas de reclamar. Estes dados são um sintoma dos problemas.

        • Test User says:

          info-excluído

        • Vitor Tavares says:

          Estás a fazer uma enorme confusão…desde quando o artigo aqui publicado se destina ou reporta a info-excluídos se fala de reclamações em plataforma digital?! Eu não esqueço essa faixa da população…tu mesmo escreves que “existem outras formas de reclamar” mas não são essas “outras formas” que o artigo se refere e um info.excluído de certeza que não tem acesso a este site!

        • Test User says:

          Vitor Tavares falaste que maioria destes serviços foi disponibilizada a nível digital. Alertei que existe população não acede esses serviços.
          Certo. Existem outras formas de reclamar, por isso não são total das reclamações.

      • Zé Fonseca A. says:

        Chama-se simplex e já vem desde 2006 a ser implementado, não é nada deste governo, apenas todos os anos são adicionadas novas medidas

        • Vitor Tavares says:

          Tens toda a razão ao dizer que o Simplex começou a ser implementado em 2006…mas embora não tenha sido implementado pelo atual governo não esqueças que foi por um governo da “mesma cor” do atual! Era Primeiro Ministro o Engº. José Sócrates…e ir desenvolvendo e adicionando novas medidas e funcionalidades é um bom ato de gestão!

          • Test User says:

            Esquecem-se dos info-excluídos e população idosa.
            Já que referes a cor, deveriam ter consciência social que não têm.
            Como parecem só conhecer Portugal, existem países em que funciona bem online e os presenciais.

        • FreakOnALeash says:

          De toda a me/&%$a que os rosas fizeram…o Simplex foi de génio…um bem haja! É uma das raras reformas que se fez neste país à qual todos os governos desde então, independente da cor, têm contribuído para cada vez mais o cidadão não tenha de ir a uma repartição pública

    • Diogo says:

      Muitos que votam no Costa não são aqueles que trabalham no privado mas sim os do IRS e função pública

  5. Luís Costa says:

    Mas mas, com a maior carga fiscal, com a maior despesa para o sector público, com o número recorde de funcionários públicos e mesmo assim não conseguem melhorar o serviço? De quantos mais boys é preciso meter para isto funcionar?

  6. Test User says:

    Sistema de Saúde está num caos. Listas de espera aumentaram, estão fazer cortes, demissões em hospitais,etc.
    A bola de neve esta aumentar sem fazerem nada para resolver.

    Já para não falar que existe profissionais desgastados e não houve preocupação com eles durante esta pandemia.

  7. Samuel MGor says:

    Existe uma solução simples para isto:
    Despedir os boys/girls dos partidos.
    A cada eleição legislativa o governo eleito traz consigo boys/girls do partido que se mantêm após o partido sair do governo ou seja engordam o estado e não fazem nada. Se forem despedidos pode poupar em salários mais de 15 mil milhões de euros ano. Este dinheiro podia ser recondicionado para os serviços públicos.

    • B@rão Vermelho says:

      o problema é que se despedires estres vão entrar outros, o pessoal que fala mal dos governos de esquerda, são os mesmo que reclamam que os hospitais estão mal, só se esquecem é que temos hospitais públicos porque há governos de esquerda.
      Portugal está ligeiramente abaixo do número médio de funcionários públicos e gaste em media 14% do orçamento de estado com a função pública, novamente abaixo da realidade europeia.
      Eu devo de ser muito azarado, eu vou a consultas a hospitais privado e também tenho de esperar, ir tratar de algum assunto aos operadores de telecomunicações ainda estou a espera que seja logo o 1º a resolver a coisa, em fim, a culpa é sempre dos outros.

      • Test User says:

        Não existe necessidade de haver hospitais públicos. Dou exemplo da Holanda. Na holanda continua existir serviço universal. Os niveis de qualidade são superiores.

        Existe noção que o sistema público é gratuito, não é verdade. Pagas através de impostos. Como referes frequentas sistema privado, ainda pagas esse extra.

        Já agora explica porque frequentas hospitais privados.

    • FreakOnALeash says:

      A minha ideia era a seguinte:
      Só podem alcançar o tão desejado estatudo de FP das repartições (finanças, poder local, autoridades disto e daquilo) o cidadão que já tiver 10 anos de desconto a trabalhar para o privado.

      Há demasiados FP que não sabem o que a vida custa e julgam-se um casta acima dos que lhe pagam os ordenados…dito isto há, felizmente, muito bons FP’s de “secretária” mas são raros!

  8. A.F. says:

    Provavelmente estamos a precisar de um “Gabriel Monteiro” português, para fiscalizar como os nossos impostos estão a ser aplicados e geridos.
    youtube.com/watch?v=_aNavpAXO2w

  9. . says:

    https://pplware.sapo.pt/motores/e-oficial-portagens-vao-subir-183-a-partir-de-1-de-janeiro-de-2022/

    Que esperavam quando vos disseram que o Pais tinha que empobrecer ?!

    Quantos vieram para a rua impedir que CTT, EDP fossem vendidos ou oferecidos?! Por exemplo…

    Depois dizem que é lenga lenga … será para quem não quer ver o que lhe esta à frente dos olhos….

    Em Espanha reverteram as medidas troikanas por aqui alem de se as manter ainda se agrava….

    Os que mentiram descaradamente ” ninguém vai cortar subsídios, ordenados, reformas , etc etc…e a famosa ( que lata !)” , vão continuar com a mesma jogada e agora até ja dizem que vão aumentar os ordenados e reformas … que antes cortaram desavergonhadamente…

    Só estamos a levar com os efeitos daquilo que esses @istas fizeram e ninguém deve ficar admirado.

    Eu bato em todos mas não posso esquecer o Núncio ou aquele que nao sabia que tinha que fazer descontos para S.Social… o BPN,SLN,BPP,a casa da quinta da coelha,os swaps,o assinar de cruz à saida da praia…ou desvios dos fundos europeus…e a exclusividade e os subsídios dessa…etc,etc…

    Uma coisa é certa, se não lutarem por um Pais justo, seja contra direita, centro ou esquerda, o povinho esta sempre a ser comido.

    O que os doentes partidarios podem fazer é ter vergonha de atacarem tudo e mais alguem que não diga com eles.

    Entender o “macro”, ser imparcial e ter sentido analitico e autocritico, sabendo ouvir….e claro, ter sentido de justiça…e a justiça deve ser igual para todos…

    Enfim, todos diferentes sendo bastante iguais, uns mais que outros…

    Vir com a Venezuela ou outro é de menino acefalo mimado ignorante que foge de, e se esconde sem saber nada , e bater no mais fraco, como os do rsi é de covarde e falta de seriedade.

    Se ganham 150k e ainda se queixam que dirá os que nem 15k ganham…

    Isso é não ter vergonha na tromba.

    • FreakOnALeash says:

      “(…)impedir que CTT, EDP fossem vendidos ou oferecidos(…) Como!? Foi o que o PS e Sócrates assinaram no memorando com a Troika para podermos receber o guito para pagar pensões e ordenados aos FP!

      Concordas que a TAP seja nacional e que estejamos a enterrar dinheiro na empresa para a manter nossa? Achas que haveria melhor destino a esse esforço dos contribuintes que não a TAP?

    • Test User says:

      Espanha não teve Troika, sabes qual foi diferença. Eles tiveram de pedir para resgastar os bancos, que é um sector essencial para eles.
      Os Bancos espanhois têm lucro, nossos foram quase todos falência. Tens caso do BES estive envolvido na corrupção. Pior que não se pode confiar na Justiça Portuguesa.

      Tens razão num ponto , os políticos gozam na cara dos Portugueses.

  10. MAG says:

    Eu trabalhei num desses institutos/serviços , e posso dizer qual é o mal que afeta os mesmos, ABSENTISMO puro e duro.

    • A.F. says:

      Certo, o meu filho esta a estagiar num serviço do Estado(Ex: Justiça e Tribunal), em que a Drª responsável pelo serviço, vai quando lhe apetece, e quando vai, esta lá uma a duas horas para ser vista a presença dela.
      Acima dela está entidades governamentais que não controlam nada nem ninguém, e o meu filho sente-se revoltado com esta podridão, porque são os impostos que pagam o ordenado dela.
      Sabem o que acontece se ele denunciar um caso destes?
      Fica a pergunta no ar para adivinharem a resposta.

    • Test User says:

      Se estas falar “Regula a utilização de sistemas de vigilância por câmaras de vídeo pelas forças e serviços de segurança” já foi aprovada

      Faca dois gumes, vivemos num mundo que existe Terrorismo e existe direito Privacidade.

  11. António says:

    As 35horas destruiram todos serviços públicos.
    Funcionários não tem tempo aquecer cadeira.
    Entram, 9h chamam alguém 9.30h mandam sentar e vão tomar café, às 10h atenderam uma pessoa.
    Á custa covid fecham-se dentro dos gabinetes sem que obedeçam a alguém!
    Funciona tudo em autogestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.