PplWare Mobile

Samsung Galaxy Tab 10.1 chegou hoje às lojas de todo o país


Autor: Pedro Simões


  1. Ppietra says:

    Não sei se continuará à venda por muito tempo! A notícia de hoje é que um tribunal proibiu a venda do aparelho na Europa até ordem em contrário. Se é mesmo assim não sei, pois é estranho um tribunal alemão decidir sobre os outros países, mas é o que todos dizem!

  2. Henrique says:

    Suspeito que não vá ficar disponível nas lojas por muito tempo, à semelhança do que aconteceu na Austrália…

    • aver says:

      Achas que a Apple metia uma acção em Tribunal contra a Samsung em Portugal ? Para quê ? Quando fosse julgada já nem havia tablets, já se tinha inventado outra coisa qualquer.

      • aver says:

        Quando escrevi acima, o comentário do Henrique era o primeiro que aparecia. Não sabia nada do tal tribunal alemão nem do que é que tinha decidido.

        Agora li num sítio qualquer que pelo tal tribunal alemão (Tribunal Regional de Dusseldorf) passam metade dos litígios sobre patentes na União Europeia. Pode ser que por causa disso a decisão, aplicável à Alemanha, também se estenda ao resto da Europa (parece que com excepção da Holanda).

        Não é uma coisa que me agrade. Mas também é certo que, na guerra das patentes Apple-Samsung, a Samsung também já apresentou na Alemanha, há três meses uma acção contra a Apple.

        Também já li que na Alemanha a venda foi suspensa. Dos outros países ainda não li nada.

      • J Pedro says:

        eheh, os tribunais não é ?

  3. Hugo Silva says:

    Então e o recente processo judicial da sobre a Samsung não afecta a Europa inteira? A menos que Portugal já tenha saído e eu não me dei conta lol

    Agora a sério: acho muito bem os consumidores terem mais opções de escolha (e variadas! não cópias!), dou as boas vindas a um tablet que se impõe ao iPad e lhe possa fazer frente (só para esclarecer, não sou anti-Apple nem fanboy da Google/Android, tenho um x10 mini pro e um iPod, portanto não é por aí. Não gosto é de monopólios!) Viva a escolha!

    Parabéns pelo artigo!
    Cumprimentos!

    • Carlos says:

      Pode não afetar, lembra-te que a União Europeia não é uma federação e uma decisão judicial num país não se aplica automaticamente nos outros. Há um processo que pode ser mais um menos demorado para fazer valer a decisão do tribunal alemão nos restantes países da UE.

      No caso de Portugal, com a justiça que temos, eu diria que será seriamente demorado..

      • J Pedro says:

        A justiça ? a justiça que temos ? O que queres dizer com isso ? Insinuas que há justiça ao contrário da possibilidade de não haver ou queres dizer outra coisa ? 🙂

        • J Pedro says:

          Desculpem, mas só mais uma coisa, a lei nem sempre anda de braço dado com a justiça e nos tribunais aplica-se a lei, a chamada justiça cega, e pela lei tuda indica que o tablet da Samsung, muito bom por sinal, não poderá ser comercializado devido à acção da Apple que se vê seriamente ameaçada pela capacidade da Samsung concorrer e ganhar espaço nestes mercados. A questão de Portugal, não será de mercado, é pequeno, mas há muitos outros pequenos mercados, além disso, é uma questão de principio e de se sentirem ameaçados.

    • Carlos says:

      Já agora acrescentar dois exemplos: a extradição do Vale e Azevedo para Portugal para ele cumprir a pena a que foi condenado já foi pedida literalmente há anos e a Inglaterra ainda não reconheceu a legalidade — à luz da lei inglesa — dessa sentença; e tens o caso do Sr. WikiLeaks, não é porque um tribunal sueco pede o que quer que seja que os ingleses o fazem.

      E repara: a Inglaterra tem acordos de extradição com Portugal e com a Suécia por isso ambos os processos deveriam ter sido pouco mais que formalidades administrativas.

      Só que na UE nada é só uma formalidade administrativa 🙂

      • Ze says:

        A samsung precisa de autorização para comercializar na união europeia. Se lhe e retirada essa autorização, esta a desrespeitar a lei da união europeia que condena produtos que nao cumpram a legislação. E isso traria ainda prejuízos maiores a samsung, incluindo poder deixar de comercializar na Europa enquanto marca, e nao so aquele tablet, e eles sabem disso. Portanto, sabem bem que tem que cumprir ate que o problema se resolva (que nao se deve resolver para o lado deles)

      • Ppietra says:

        Não podes confundir direito criminal (onde as leis diferem bastante de país para país e em que cada país é soberano) com direito comercial, bastante harmonizado na União Europeia, dado ser esse o objectivo da própria união.
        Esta decisão pelo o que eu pude ler tem valor sobre toda a União, excepto a Holanda. Creio, no entanto, que só passará a ser efectiva em cada país por decisão dum tribunal local – podendo ser um mero pró-forma.

  4. José Leite says:

    Chega,chega…É favor informarem-se.A Apple conquistou em Tribunal Europeu a querela que mantinha com a Samsung acerca deste tablet.Pois foi impedida a Samsung de o comercializar em toda a Europa,à excepção da Holanda.Tentem-se informar se o que afirmo está correcto ou não.

  5. Ze says:

    Tem que ser retirados do mercado numa questão de dias. A copia e de tal forma igual ao iPad que ate a caixa e embalamento, manuais de instrução, e tudo o resto, sao uma copia do iPad… Para nao falar do interface barato que tentaram tambem aproximar ao iPad.

    • Vasco says:

      Interface barato??? LOL

    • J Pedro says:

      Medo da Samsung, não ? A Samsung está cada vez mais próximo do utilizador na relação preço/qualidade/funcionalidade/utilidade/design, tem conquistado mercado aos concorrentes, até à Nokia fez mossa. Esta acção é uma táctica de guerra comercial que os tribunais validam, a Samsung leva assim um golpe nas pernas e abana. “It’s just business, as usual”

  6. laino says:

    Mas isso só quem quer fazer-se de cego é que não vê. Isso é uma cópia descarada. Sou a favor da concorrência e diversidade de escolhas mas nunca compraria algo do género!
    Falta de criatividade!!!

  7. Vasco says:

    Acho muita piada a isto… a Europa é unificada para umas coisas, mas para outras já não…
    Quanto ao tablet, pouco me importa, comprava pelas caracteristicas superiores ao ipad e não pelo aspecto.

    • Ppietra says:

      Quais seriam as características superiores!?
      As únicas coisas que o Galaxy Tab tem melhor é câmara e o peso, pois no resto fica atrás: performance, aplicações, duração da bateria, qualidade de construção…

      • Vasco says:

        Dou-te razão nas duas ultimas, no restante… mais valia teres ficado calado ou experimentares os 2 para veres as diferenças! Não sou anti-steve jobs, tenho um ipad dos primeiros.

        • Ppietra says:

          “mais valia teres ficado calado ou experimentares os 2 para veres as diferenças”!???
          Mostra lá como!!
          Os testes de performance deram larga vantagem do hardware do iPad2 sobre o Tegra2.
          O número de aplicações perfeitamente adaptadas ao iPad chega quase aos 100mil – se é que já não ultrapassa, e podes usar quase todas as outras feitas para o iPhone.
          Para o Tab quantas é que é que estão adaptadas ao formato? Muito poucas. E muitas das aplicações do Android terão problemas no Tab!

          • J Pedro says:

            O homem tem um ipad, e tu o que é que tens ?

          • Ppietra says:

            @ J Pedro
            Posso-te dizer que certamente não tenho o iPad dele, mas mesmo que tivesse de pouco me servia para esta discussão, pois numa comparação é preciso os dois produtos e ele não tem nenhum dos dois. Já houve quem tenha feito a comparação e provado o que indiquei, basta procurar na Anandtech!

  8. Paulo Martins says:

    Segundo li a acusação da Apple é a Samsung ter copiado o design do iPad. Agora um desafio para o pessoal:

    Alguém consegue desenhar um pad que não seja semelhante ao iPad ou a um Samsung Galaxy Tab?

    Em relação ao menus ou à semelhança da interface do SO do aparelho da Samsung com o iOS, não sei porque desconheço a interface da Samsung mas também pelo que li não é isso que está e causa. É mesmo o design do equipamento que para mim é tão parecido com o iPad como quase todos os outros pad’s do mercado.

    A Apple com isto está a deixar de fora o seu principal concorrente no mercado e a cada vez mais a monopoliza-lo.

  9. André says:

    Lançamento do produto nada até agora… não tem nenhuma loja com o produto.

    Concordo com o posicionamento acima, é difícil não copiar…

    tente criar um carro sem as 4 rodas?
    se bem que já tem carro de 3 portas…
    ou seja… seria forçoso exigir uma criação independente… pois assim não seria “tablet”, teria outro nome e funções diferentes…

    Vou comprá-lo… isso eu tenho certeza… que se nada UE

  10. Speed says:

    Exclusivo Fnac, só se encontra nestas lojas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.