PplWare Mobile

Sala mais silenciosa do mundo: Ninguém consegue estar mais de 45 minutos


Imagem: DailyMail

Fonte: DailyMail

Autor: Vítor M.


  1. H.F says:

    Nao sei se e’ a mesma sala mas em 2014 alguem do canal “Veritasium” ficou mais de 1 hora.

  2. rui says:

    Dá para colocar a mulher durante um jogo de futebol?

  3. JP says:

    Era tão bom que fosse a casa da Cristina Ferreira….

  4. Cristiano Quintela says:

    Acho que nunca testaram com uma pessoa surda…

  5. Pedro R. says:

    Se não se consegue estar lá dentro, para que serve? Porque dizem que trabalham lá? No máximo 45 minutos dá para produzir alguma coisa?

  6. Rui Afonso says:

    Ninguém aguenta mais de 45 minutos? Quanto é que eles me pagam se eu quebrar o recorde?

    • fak says:

      Rui Afonso
      não é tão facil como parece.
      este tipo de camaras do silencio já existem à algum tempo.
      a explicaçao logica disto é que nós estamos habituados a ouvir ruido e barulhos, por mais pequenos e baixos que sejam.
      uma grande explicação é de que muita gente fica encomodado se uma musica for muito limpa por exemplo, é por isso que os musicos metem sempre alguma coisa a preencher o buraco, talvez um snare, o baixo, ou apenas um ruido, muito baixinho que mal se nota. mas as nossas orelhas notam e o cerebro.
      estamos tão habituados a ouvir barulho que ficar num sitio como esse é tortura, as pessoas que já lá estiveram dizem que até conseguem ouvir o proprio sangue a circular nas veias, conseguem ouvir as pestanas a piscar, o coração a bater, etc… o que acaba por “torturar” uma pessoa com silencio de tão habituados que estamos ao ruido.

    • Elsa says:

      Não há recorde nenhum, é apenas o que tem acontecido.
      Não estás lá a jogar computador ou a ver TV… por isso não é facil estar lá tanto tempo sem ouvir ruido.
      Claro que é possivel ficar mais tempo, mas para isso tens de estar lá com esse fim, e lutar contra a sensacão.

      Imagino que durante a União Soviética pessoas tenham passado mais tempo em sitios como este, uma cela almofadada é algo bem parecido, mas lá ficavas com os olhos vendados…. e estavas preso à parede. Parece facil né? Nem um dia te conseguias aguentar.

    • Rui Afonso says:

      Sei que o silêncio incomoda e que deve ser no mínimo estranho ouvir a própria pulsação e pestanejar. Por experiência própria posso dizer que um dos sons supostamente mais calmantes, como o rebentar de pequenas ondas na praia, se torna extremamente incomodativa quando ia pescar à noite na praia, e não se ouvia mais nada.
      Mas, caros FEK e Elsa, experimentem viver com um miúdo que desde as 7:30 até às 22:00 não se cala nem um bocado, e depois pensem se preferem o silêncio ou o ruído… Lá chegará o dia em que me fará falta e terei saudades do ruído do “puto”.

  7. P.Santos says:

    Pois eu venho aqui por este meio desafiar essa empresa e essa sala. E é um desafio que levo a sério. Eu garanto que estarei lá dentro mais que uma hora. Quanto pagam por esse desafio!? Fica desde já o desafio feito, será que a empresa ou os responsáveis tem a coragem de aceitar o meu desafio. !

    • Joao says:

      O Satya Nadella nem vai dormir a ponderar o teu desafio =P
      Por curiosidade, já estiveste alguam vez dentro de uma camara anecoica

    • radamel says:

      Não é por mal, mas acha que as empresas ou os responsaveis estao atentos aos seus comentarios no pplware? Se acha que não, então não será que isso que escreveu não passa de poluição visual?

    • Se calhar um tipo da Microsoft says:

      Não pagamos nada e não fazemos publicidade porque não é esso o propósito da sala. Se quisers, simplesmente vens por tua conta e quando cá chegares dizes que és o P. Santos e deixamos-te entrar na sala. Depois ficas lá o tempo que quiseres uma vez. Se conseguires a hora que dizes, fazemos uma nota de imprensa indicando o tempo que lá alguém ficou.
      Interessa-te assim?

  8. Carlos Costa says:

    Um documentário interessante sobre este artigo

    https://youtu.be/mXVGIb3bzHI

  9. Jonny says:

    Ridículo. 45m? LOL não me facam rir

  10. Fernando Marques Martini says:

    melhor lugar do mundo, para dormir 8hs

  11. Asdrubal says:

    Deve ser óptimo para dormir.

  12. Douglas Joziel says:

    Ninguém ficou mais que 45 min? Vejam isso: https://www.youtube.com/watch?v=mXVGIb3bzHI — apesar de não ser o mesmo local, o teste foi feito numa câmara anecoica.

    • Vítor M. says:

      Não te foques nos 45 minutos, foca-te nos 45 minutos em perfeito silêncio. A ideia não é ires para lá bater os 45 minutos, a ideia é ires para lá sem metas temporais, em perfeito silêncio apenas a pensares e respirares. E como nesse vídeo é dito, há pessoas que até colapsam.

      • Joao says:

        @Vítor M. Se não queres que o leitor se foque nos 45 minutos, porque é esse o dado em destaque no título?

        • Vítor M. says:

          Eu ajudo-te. A questão não é bater os 45 minutos, a questão (e por isso existem as características no textyo e no link das fontes) é entender o que leva a que estes espaço perturbem as pessoas nestas tentativas onde os 45 minutos podem ser o limite físico. É o silêncio, é a desordem sensorial, que nos diz que habitualmente precisamos de barulho, de sons, para calibrar os nossos sensores naturais. Sem isso, podemos nem aguentar 45 minutos em silêncio sepulcral. É importante ler e absorver a informação e não definir dois números e duas letras como tópicos. Por isso existem uma investigação para trazer pormenor.

          • Joao says:

            Estás a fugir à pergunta. Eu percebo o que dizes e concordo perfeitamente que os 45 minutos é um dado completamente irrelevante. O que acho infeliz é o titulo. Se é um dado irrelevante, não tem sentido que tenha destaque no titulo. E se achas que não tenho razão, porque será que houve tantos comentários no sentido de que o importante são esses 45 minutos?

      • Ricardo Monteiro says:

        Atenção que o vídeo tem cortes e tem barulho. Além de não ser na mesma sala e com as mesmas condições do estúdio da Microsoft. Que é uma sala ainda mais poderosa em termos de tecnologia.

        • Vítor M. says:

          Independentemente disso, algumas informações lá presentes são úteis. Mais que os 45 minutos, a explicação inserida sobre estas tecnologias permitem compreender vários aspetos da investigação no âmbito das grandes empresas. Um ponto interessante foi uma das engenheiras referir o barulho do fluxo sanguíneo, como já referido 😉 isso diz muito do ambiente envolvente.

  13. Mateus Pinto says:

    Tanto corajoso, lá dentro até pareceriam uns meninos pequenos na primeira hora, passado umas horas já estariam a arrancar cabelos. Mas como sabem que nunca vão estar lá dentro, falar é fácil. Nos tempos da tropa os “heróis” até choravam…

  14. Testes says:

    Metam lá dentro um surdo total e bye bye 45min

    • Vítor M. says:

      A ideia não é bater um recorde de ver quem consegue passar lá mais de 45 minutos, até porque se fores com um livro e estiveres a cantarolar ou a fazer métricas sonoras, qualquer pessoa deve conseguir. A ideia é estar completamente em silêncio e perceber que o mais débil som do nosso interior, como o fluxo sanguíneo, é percetível aos nossos ouvidos e tudo isso altera os nossos sentidos. Além disso, o ponto interessante nisto é a estrutura de construção deste espaço. Tudo foi pensado e estudado para conter, dissipar e anular qualquer som que se propague na sala.

      A razão deste teste é simples: perceber o som.

      • Testes says:

        Tudo certo Vítor. O título desta notícia em que em primeiro é enfatizado o que dizes e logo é colada a ideia de que ninguém consegue estar mais de 45min dentro da sala é que é, eu diria, provocatório das mais diversas reações nos comentários. Mesmo que não tenham sido vocês a generalizar, na minha opinião essa ideia cai no falacioso se no universo de pessoas incluirmos aqueles que infelizmente já não têm audição.

  15. Ze das Quintas says:

    Isto pode dar para o campeonato mundial de xadrez, visto que precisam mesmo de muito silêncio, já usam algo que chamam de fish tank, mas isto pode ser melhor e ai o recorde bem que pode passar as 6 horas.

  16. Nuno V says:

    A afirmação que ninguém consegue aguentar dentro de uma câmara anecoica mais de 45 minutos é um mito. É verdade que existem pessoas que não aguentam muito tempo dentro de uma. mas também existe quem consiga ficar lá dentro bem mais de 45 minutos. Seria a mesma coisa que dizer que existe pessoas que não conseguem entrar num elevados por causa da claustrofobia, logo ninguém consegue entrar num elevador.

    Este estudo colocou 12 pessoas dentro de uma câmara anecoica durante 3 horas, Estamos a falar de um período 4 vezes superior a 45 minutos.

    https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/article-abstract/487763

    • Vítor M. says:

      “Method Twelve adult college-trained, psychiatrically knowledgeable subjects were isolated in an anechoic chamber” Ó! Grande exemplo que deixaste, não haja dúvida!

      • Nuno V says:

        A afirmação lançada é que ninguém, consegue aguentar 45 minutos na câmara. Ora ninguém = 0 pessoas. Para além deste estudo, existem múltiplos vídeos de pessoas sem qualquer tipo de treino a aguentarem mais de 45 minutos. Logo, a afirmação é falsa.

        • Vítor M. says:

          Sendo que se refere a uma sala específica, não sabes se é ou não. O que se diz é que ninguém lá conseguiu aguentar mais de 45 minutos (nas condições de silêncio total e supostamente pessoas comuns). Logo, o que dizes não é sobre o tema do artigo. Tu fazes uma sala com os padrões mínimos e chama-lhe câmara anecoica e já achas que estão lá reunidos todos os cenários? Não, verdade? 😉 não é preciso ir ao espaço para saber que a Terra é redonda. Contudo e como afirmei antes, o assunto leva-nos para lá dos 45 minutos que aquela sala tem como suposto recorde. Leva-nos para outros pormenores bem mais deliciosos e que exigem pelo menos mais abertura intelectual para os percebermos, em vez de estarmos a gravitar numa terra plana dos 45 minutos. São tantos e bons pormenores deixados no artigo.

  17. censo says:

    Por aqui é só machos que não fazem a mínima ideia do que é estar numa câmara anecoica. Viva a ignorância.

  18. José says:

    Fazia uma bela sesta.

  19. Chico pouco esperto says:

    Reparem que a questão não é só o isolamento interior/exterior, mas também a (quase) ausência de reflexões de som nas paredes, chão e tecto. O formato dos painéis é exactamente para as ondas sonoras serem absorvidas.
    Das primeiras vezes que entrei numa sala destas, até senti algumas tonturas. O nosso equilibrio também é ajudado pela diferença temporal com que o mesmo som chega a uma orelha e outra!
    Uma coisa gira que acontece é teres uma pessoa dentro da câmara com a porta aberta e outra cá fora a 3 ou 4 metros de distância. A pessoa dentro da câmara fala e quase não a ouves, porque grande parte da energia sonora é absorvida pela câmara.
    E claro, quando estás lá dentro, também ouves o teu corpinho a trabalhar 🙂

  20. djo says:

    o video ta sem som

  21. JJ_ says:

    Vocês acham que já não houve funcionários da Microsoft que quiseram bater esse recorde? Alias esse numero, de 45 minutos, foi certamente conseguido nessa tentativa.

    Os 45 minutos dentro da sala, refere-se em estar lá sozinho, sem fazer nada e sem nada para ocupar a mente.

    A sala é utilizada para testar equipamentos sonoros, logo, quando esta a ser utilizada para realizar esses testes, poderão lá estar mais de 45 minutos. Alem de estarem ocupados, tem um equipamento que imite sons e certamente não estão sozinhos, o que permite conversar.

    A diferença é estar lá sozinho, sem nenhum objecto e simplesmente estar sentado no chão a espera que o tempo passe. Nesta sala até adormecer vai ser difícil. Basta pensar do numero de vezes que adormecem a ver TV. O barulho não nos impede de adormecer, mas o zero barulho sim… Pensem no numero de vezes que estão deitados numa determinada posição e começam a ouvir o batimento do coração, no inicio parece interessante, mas ao fim de algum tempo esse som começa a incomodar e mudamos de posição para o deixar de ouvir.

    Lembrem-se que o silencio era técnica de tortura em miados do século XX.

    Claro que por dinheiro, talvez algumas pessoas aguentariam algumas horas lá dentro. Mas, fazer isto sem qualquer tipo de recompensa e obrigatoriedade, ao fim de meia hora começa-se a pensar se os minutos de fama que vais ter irão compensar a demência com que estas a ficar…

  22. fak says:

    voltando ao assunto, não penso que testar um equipamento sonoro num locar sem barulho seja eficaz, porque um auscultadores ou umas colunas até podem dar grande som num local sem barulho mas podem ser grande bosta no meio do barulho…
    se formos a ver, as grandes marcas de som têm colunas 5* e não usam nada destes sitios sem barulho… que eu saiba…

  23. Z/OS says:

    Eu quero uma sala destas para quando regresso do trabalho.

  24. Bruno says:

    Eu sei que nos dias de hoje parece tentador o silêncio absoluto, mas é tão mau que a privação sensorial numa câmara destas é considerada um método de tortura. https://pt.wikipedia.org/wiki/Privação_sensorial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.