Quantcast
PplWare Mobile

Rússia bloqueia acesso ao Twitter à medida que avança na invasão à Ucrânia

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. jimmypt says:

    Essa ação deve ser para travar algum descontentamento de parte da população russa.Que não se revê nas ações do criminoso putina.

    • Joao says:

      Por acaso a esposa dele era a Ludmila Putina. Não sei se isto é alguma tradição desses países, parece que as mulheres ficam com os nomes dos maridos mas no plural. Já o presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky é casado com a Olena Zelenska

  2. Joao Ptt says:

    É uma boa medida.
    Esperemos que o Twitter bloqueie a Rússia de volta e não os deixe regressar.

  3. Filipe says:

    Para haver justiça, têm de bloquear a Rússia e a Ucrânia. Têm de parar de agir como se só uma das partes é que tivesse culpa. Numa guerra, todos os intervenientes têm culpa.

    Têm de parar de agir também como se este problema entre ambos os países só tivesse acontecido há uns dias. Isto dura há quase 10 anos. Quase 10 anos de os americanos e nato a tentar inserir-se a bem e a mal na Ucrânia por meio dos países vizinhos pois aquele país é a “porta principal” (e do lado da europa, a única) para a Rússia. Logicamente que devido aos interesses de ambos os lados, seria uma questão de tempo até o saco de um dos lados acabar de encher.

    Estamos já em 2022. É altura de deixar de ver Big Brothers e afins e começar a estudar um pouco de história mundial em vez de apenas se ficar com a informação que a comunicação social passa, pois essa informação é filtrada e manipulada, e não está nem perto da verdade.

    Só para terem noção, até há imagens manipuladas de supostos ataques russos (em que em algumas delas, nem sequer são imagens da Ucrânia). E a própria comunicação social passa isso no meio do restante conteúdo. Claro que quem não sabe, acredita-se.

    • Paulo cruz says:

      Incrível uma pessoa que sabe escrever como tu, não saber pensar pela própria cabeça, é a única coisa que me vem á mente quando leio opiniões como a tua.

      És do tipo de pessoas que mereciam viver em países com ditaduras ou afins, em que a informação que chega às pessoas é filtrada como o que se está a passar na Rússia.

      Devias considerar em ir viver para um dos seguintes países: China, Coreia do Norte ou Rússia.

    • Pedro says:

      A mim impressiona-me como há sempre alguém a tentar justificar o injustificável.
      A Ucrânia é um país independente .
      Os países independentes tomam as medidas que quiserem quanto ao seu destino dentro dos seus limites geográficos e/ou na adesão a comunidades e organizações de países.
      A Ucrânia deu armamento nuclear à Rússia tendo como contrapartida a promessa de respeito da sua independência. Acredita que a Rússia estaria agora a invadir um país com armamento nuclear?
      A Ucrânia não faz parte da NATO. Foi sempre tratada da mesma forma que a UE trata a Turquia com promessas de, um dia, no futuro, sabe deus quando, eventualmente aderir.
      A Ucrânia está em guerra desde que o povo se uniu para depor Yanukovych, um fantoche do Kremlin. Dum momento para o outro começou a desinformacação sobre nazismo e perseguições.
      A Ucrânia teve território seu invadido e ocupado, a Crimeia, e ninguém fez nada.

      Ainda acha que a culpa não é unica e exclusivamente russa por invadir um país que quer ser independente e democrático?

    • José Santos says:

      Realmente e tu és a única pessoa elucidada neste mundo.. não sei como ainda não foste viver para um pais em que tem ditadores acéfalos como este.. e que porventura te aconteceria algo e virasses um mártir.. fica bem e um abraço.

    • Swappie Guy says:

      “Só para terem noção, até há imagens manipuladas de supostos ataques russos (em que em algumas delas, nem sequer são imagens da Ucrânia).”

      Claro, já que para ti não existe guerra na Ucrânia por parte da invasão russa diz-me, porque não vais viver para a Ucrânia neste exato momento?

  4. Profeta says:

    Por isso que ja nao da para acreditar em nada do que venha da comunicacao social. O ponto de partida foi o virus, mentiras atras de mentiras, agora esta guerra que tambem nao duvido que exista manipulacao de informacao.

    • Pedro says:

      Tens jornalistas de todo o mundo na Ucrânia. Compara o que dizem os repórteres ingleses, franceses, espanhóis e até portugueses e já vais poder tirar as tuas conclusões.

  5. falcaobranco says:

    Quem está a trabalhar bem é o Anonymous ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.