Quantcast
PplWare Mobile

Redução de 50% nas portagens das ex-SCUT já a 1 de julho

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Pedro Fernandes says:

    Parece bom demais para ser verdade! Qual é o “senão”?

    É aguardar para ver 🙂

    • Tiago says:

      Medida eleitoral ! Eleições autárquicas à vista ! 🙂

    • PML says:

      Sem dúvida, uma boa notícia no meio de tantas más. Esperemos esta medida traga mais emprego, turismo, pessoas e riqueza a algumas das zonas que mais precisam. Tenho conhecimento de empresas que mudaram ou não foram para esta zona devido à existência de portagens que no tempo do IP3 não existiam.

    • Piwi says:

      O senão é que toda a gente paga por quem utiliza. As concessionárias recebem igual. Use-se ou não.

  2. Rui Valdez says:

    So rir

  3. Miguel says:

    Deviam era baixar 80%…

    • Luisão says:

      Não, deviam era baixar 100%, por isso é que se chamam SCUT!
      Na A6 que liga Marateca a Caia, se for de Lisboa até Montemor-o-Novo pago 7,15€ em portagem, só para percorrer 99KM de autoestrada!! Fora o preço abusivo dos combustíveis!! Queria que alguém do governo me explica-se como é que com estas medidas querem que o interior do país se desenvolva!
      Só neste país de ladrões é que se pagam estes valores astronómicos em portagens. Façam como a Suíça onde se paga um valor anual residual, em euros deve de de rondar os 60€, para circular em todas as auto-estradas, isto sim são países sérios e honestos!

      • Joao Ptt says:

        Se inventassem tal “passe” custaria aí uns 1500 euros anuais para os veículos ligeiros, e para os pesados nem quero imaginar… e provavelmente com limite de quilómetros e tal, que era para a malta não pensar que era tudo à grande… um pouco como as operadoras móveis, toma lá Internet ilimitada caríssima… super limitada para não abusarem seus malandros.

        • pedro luis says:

          João, tomara a nós que o negócio das portagens tivesse a qualidade e os preços do serviço de internet no nosso país!… Que é dos mais avançados da Europa em redes de fibra ótica. Se não estamos satisfeitos, mudamos de operador, agora de autoestrada ou de concessionários não dá para mudar..

      • Infinity says:

        O que pagam na Suiça é similar ao que pagas cá, chama-se UIC. so que lá é mais barato. No acto da compra de um carro ja pagamos impostos até mais não depois temos que pagar todos os anos uma porcaria por um carro que ja pagamos/estamos a pagar

    • Nuno Nunes says:

      era baixar 100 %

    • AqueleAmigo says:

      Deviam era acabar!!

      Foram as estradas todas pagas por todos nós e a ainda temos que pagar para as usar passados tantos anos. É rídiculo.
      Eu sou do tempo que scuts era só nas fronteiras.

  4. MCakaZim says:

    e a gota? essa é que devia baixar

    • Joao Ptt says:

      Aparentemente o preço da energia eléctrica, dos veículos eléctricos, irá fazer parecer a “gota” os tempos áureos dos preços “baixos”… por mais escandalosamente elevados que sejam.

    • Infinity says:

      quando colocarem um garrafa numa conferencia de imprensa em que este o Ronaldo presente

  5. darksantacruz says:

    Aposta em autoestradas vazias em vez de linhas ferroviárias primeiro, parabéns aos políticos!

    • Joao Ptt says:

      Estão vazias porque as pessoas e muitas empresas fogem a ter de pagar as portagens, ou muitas delas estariam bem cheias de veículos.
      Por outro lado a malta rica fica contente de não ter de partilhar a auto-estrada com pilantras.

  6. jaugusto says:

    Baixar salvo-seja pois o país vai ter que as pagar de outra maneira – me engana cariño!!!… já agora não sei que raio é que isto tem a ver com um site de tech.

  7. maroisergio says:

    migalhas…. e os valores ridiculos que cobran para quem se esquecer?

  8. Mac says:

    Uma valente treta para “boi dormir”…
    Se repararem na enorme quantidade de critérios necessários para obter os ditos descontos, 99% dos utilizadores vão ficar de fora.
    Se possuíres um carro anterior a 2002, estás fora.
    Se não passares diariamente na SCUT, estás maioritariamente fora.
    Se passares depois das 8:00 e antes das 20:00h. reduzem para 35%.
    e tantas outras “ordinarices”(virgulas) para manter os utilizadores entretidos com contas que nunca batem certo, quando na verdade, a maioria destas vias rápidas, devia ser inteiramente gratuita. MESMO.

    Já basta a escandalosa alarvidade de impostos no combustível, os custos de aquisição, o ISV, o IUC, e as taxas e taxinhas que temos de pagar para poder circular nas ruas deste país, para alimentar sempre a mesma corja.

    Continuem a circular no para arranca das esburacadas nacionais, mal sinalizadas, com radares escondidos na moita, que por um lado reduzem a poluição(NO) e por outro lado aumentam a carteira dos mesmos e emagrecem a vossa.

  9. FreakOnALeash says:

    Se bem conheço o “virar da página da austeridade” desde de 2015, presumo que o menos que vou pagar nas SCUTS vá pagar noutra taxinha igual ou ainda mais…ainda não sabemos qual!

  10. Marcolino says:

    Para quando baixar a A4… a portagem de maior roubalheira?
    4.25€ para fazer 40 ou 50 km?
    Uma estrada que liga o tão “temos de unir o interior”!!
    Por isso é que todos fogem do interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.