PplWare Mobile

PSP partilha no Facebook playlist “contagiante”

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

13 Comentários em "PSP partilha no Facebook playlist “contagiante”"

avatar
  Subscreva  
Notify of
fernando santos
Visitante
fernando santos

ja agora devia a direcao nacional veriicar o que se passa na esquadra dca marinha grande

Lu Parhan
Visitante
Lu Parhan

Sugestão para próxima ‘playlist’ https://www.youtube.com/watch?v=2XihXOw634o

Davi
Visitante

Vale a pena acreditar em segurança .boa gente é um bom caminho.

jp99
Visitante

estes gajos tão em altas….

Miguelito
Visitante
Miguelito

Isto dos funcionários públicos e Facebook, tem muito que se lhe diga…

Vitor
Visitante
Vitor

A PSP não é um FUNCIONÁRIO público…é uma INSTITUIÇÃO pública! Portanto a página do Face é INSTITUCIONAL e serve de contacto e interacção com os cidadãos…

Artur Santos Silva
Visitante
Artur Santos Silva

Quando a interação com os cidadãos de uma instituição pública passa por publicar listas de música, ou publicar fotos de agentes bem parecidos a dizer ‘Bom dia’ , algo vai mal nessa instituição… Não é essa a sua função, é não é para isto que pago impostos…
Considero o Facebook bastante útil como ferramenta de comunicação, e há muita informação que a PSP pode e deve fazer chegar ao público através desta mesma ferramenta, listas de música não é uma delas…

informadodizele
Visitante
informadodizele

Nossa… realmente ter uma página no Facebook e ter uns posts engraçados e até informativos é assim tão mau? Mostra que estão atentos às tendências. Por favor, que pensamento mais século XV que para aqui vai

Anónimo
Visitante
Anónimo

Por acaso Artur, acredito que a comunicação da PSP é excepcional, e é obra de um óptimo departamento de comunicação ou de uma boa agência de publicidade.
Não nos podemos esquecer que as forças de segurança são, acima de tudo, forças de proximidade – se os cidadãos estão no Facebook eles devem-no fazer, e se o fazem devem-no fazer bem, tal como todas as instituições, publicas ou não, da mesma escala.
Acima de tudo é positivo e o custo é bem mais baixo que os resultados finais com toda a certeza.

Arlindo
Visitante
Arlindo
Se o que esse comentário tem subjacente é uma ideia de dizer mal dos funcionários públicos, devo dizer-lhe eu que essa uma ideia errada. Vi tantos incompetentes e preguiçosos no setor público como no setor privado. Quanto à questão da estabilidade laboral, uma pessoa sabe com o que conta quando se candidata. Se se candidatar para uma empresa privada sabe-se que as condições são umas, se for para o público é consabido que as condições são outras, mais favoráveis em alguns aspetos. É uma questão de se ponderar quando se está a candidatar. Sabe à partida com o que pode… Read more »
Paulo Baptista
Visitante
Paulo Baptista

Também já engoliste a cassete ou o leitor mp3? Querem ver que quem recebe salário do Estado não pode publicar nada no facebook? E quem é que combate o crime informático? O que tem muito que se lhe é a ingratidão para com as forças de segurança que trabalham com meios sempre desactualizados. Faz muito bem a PSP ter uma página no facebook e interagir socialmente com a comunidade. Esse discurso não pega. O país está onde está por causa do setor financeiro privado. Não por causa dos FP.

Tonho
Visitante
Tonho
… ” O país está onde está por causa do setor financeiro privado.” …. Completamente RIDÍCULO, Se bem me recordo quem pediu apoio á Comissão Europeia, o BCE e o FMI em 17 de Maio de 2011 (TROIKA), foi alguém, de seu nome José Sócrates, porque já não havia dinheiro para pagar os encargos do Estado. Os desmandos do sector financeiro privado, foram fiscalizados pelas Autoridades Reguladoras (Estado), BdP, CMVM etc, que eu saiba são nomeados pelo Governo. Portanto,tudo teve a anuência do estado ! Quem é o Estado ? Todos nós. Quem são os nossos representantes ? Os deputados.… Read more »
Amilcar Alho
Visitante
Amilcar Alho

Complemetando as duas:
“O país está onde está por causa do setor financeiro privado.” com a conivência e corrupção “…dos POLÍTICOS, tanto por aquilo que fizeram como pelo que não fizeram.”