Quantcast
PplWare Mobile

Presidente da República dá OK às bodycams nas forças de segurança

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Imf says:

    Boa m€@^@%&!*….
    Onde faz sentido a população poder ser filmada e nao podermos filmar qualquer os nossos empregados ( polícias, funciona publicos ao serviço da população)????

    É mesmo a gozar com a cara de um gajo.

    • Imf says:

      Todas as filmagens deviam ser públicas, e podermos fazer um pedido das filmagens.
      Imagens publicas, devem ser aberta ao público, se querem transparencia tem de haver.

      As filmagens so nao eram publicas caso existisse o segredo de justica, caso contrário tem de ser públicas

      • Alberto says:

        Não podem tornar as imagens publicas sem violar o direito de imagem de quem foi filmado, as camaras não estão a apontar para os agentes para se querer que sejam publicas para perceber o que estes estão a fazer.
        Por outro lados, a legislação sobre os dados pessoais dos cidadãos europeus, também identifica que estes devem ter acesso aos seus dados, quando os pedirem, pelo que se houver uma filmagem, deverão ter direito a ter acesso a visualiza-la.

        As actuais camaras de vigilancia, existentes em várias zona de lisboa, apenas podem disponibilizar as imagem perante mandato, por forma a proteger a privaciade dos cidadãos.

        Já agora, caso não saiba, se estiver na rua a filmar uma pessoa em especifico, está a cometer uma violação da privacidade dessa pessoa (excepto se tiver autorização), pelo que a publicação de imagens sem autorização da mesma é uma violação da lei, que já existe há bastantes anos.

        • Sérgio says:

          Espero que a lei muda
          Se estou a filmar na rua uma atuação policial mesmo que estiverem outras pessoas envolvidas, deveria se considerar a filmagem de interesse público (como se eu fosse um jornalista) podendo ser publicada.
          Se os jornalistas podem filmar/publicar, o cidadão também deveria poder.
          É isso que deve mudar.

        • Imf says:

          Alberto isso tudoo que estas a referir é a legislação actual onde eu nao vejo la muito enquadramento par a polícia andar a usar cameras de filmar.

          Logo so concordo que seja possivel a polícia filmar, caso o direto a privacidade em publico seja abolido.
          Porque a realiade é que nao é suposto ou espectável haver privacidade em público!!

          Mascomo tu nao sabes ou nao queres perceber o que eu digo, vens para aqui debitar a lei da privacidade.

          Segundo isso, hoje em dia eu posso ser apanahdo a cometer um crime a estar a ser filmado por 2 cameras de cctv, desde que nao haja destemunhas.
          Garanto te que conseguia que isso nao passasse de fase de investigação!!!
          Bastava dizer 10000vezee que nao estive ali naquele dia( porque sei que as filmagens da camera de vigilância nao ism chegar a tribunal)

  2. zcxzxc says:

    Eu acho bem.

  3. Sérgio says:

    Agora que a polícia pode filmar os cidadãos, pode ser que venha a lei que permite os cidadãos filmar os polícias e locais públicos sem levar-mos com uma queixa de gravação ilícita .

    • Alberto says:

      Em lugares publicos, os cidadãos podem filmar a polícia, não podem é filmar os outros cidadãos.
      E o conceito de publico é relativo, porque se for um lugar de acesso publico, mas que o dono seja um privado, então as regras são diferentes (e.g.: centros comerciais são lugares publicos detidos por privados, onde estes podem negar a captura de imagens)

      • Sérgio says:

        Será que podes mesmo filmar a polícia?
        https ://poligrafo.sapo.pt/fact-check/jovem-que-gravou-abordagem-ilegal-de-agente-da-psp-vai-ter-que-pagar-multa-de-800-euros

      • Imf says:

        Alberto falou em leis da privacidade e agora nao sabe o básico!!!!!!
        Nao podes filmar ninguem na rua.
        Ou melhor poder podes, nao podes filmar ninguem em especifico.
        E com jeitinho, sendo apanhado por uma camera a cometer um crime, eo a evidência do filme nao e suficiente para haver base de processo judicial.

        Vai estudar Alberto

    • Miguel says:

      Mas porquê?

  4. sert says:

    querem ver que estas camaras vão evitar que estes Bons para nada parem de abusar da autoridade que lhe damos? ou que irão existir menos caça a multa? querem ver que não trás botão de desligar? xD

    • Pedro says:

      a caça às multas é como a caça aos coelhos…. só se os houver é que matam!!

      • mars says:

        As autoridades são sempre responsáveis pelas contraordenaçoes da população…afinal são eles que decidem se as passam ou não 🙂 Este pessoal é de rir… o bom é que são os primeiros a ligar quando o vizinho faz barulho a arrastar uma cadeira… mas querem que deixe passar o uso do telemovel a conduzie

  5. Samuel MGor says:

    Lá vão acabar os vídeos filmados de forma a denegrir a PSP e a GNR!!

    • Imf says:

      Cada historia tem 2 lados….
      E devia ser possivel visualizar os 2 lados.

      Agora sendo a polícia a ligar a camera a desligar a camera, sim duvido que se filmem a fazer porcaria ( mas eles também nao sao muito inteligentes, por isso ja nao digo nada)

      Tu se filmares os meninoa fardados ai jezus…nao podes

      ” esta ai uma trasparecia”

    • Miguel says:

      É a única coisa positiva no meio disto tudo…. Agora até falam e debatem assuntos apenas com a visão do arguido, sem saber a causa inicial…. isto no noticiário do horario nobre
      Parece que a polícia quer é andar a escolher pessoal para agredir só porque sim

  6. Mamba says:

    é só revoltados.

    É simples meus amigos: quem nada deve, nada teme.
    É só portarem-se bem. Será que é assim tão difícil??

  7. Tonheco says:

    Vai acabar as parvoices de acusações vindas da esquerda.

    Imaginem só se Kyle Rittenhouse não tivesse sido filmado, a esta hora estava a enfrentar pena de morte ou perpétua, pois antes das filmagens serem divuldadas até as vitimas eram Afro-Americanas.

    • Imf says:

      Estas a falar numa realidade americana, onde qualquer pessoa pode filmar tudo o que os seu olhos consigam ver, ao abrigo da constituição!
      Passo a citar tudooooo, podem filmar tudo e publicar tudoo o que consiguam filmar, desde que nao invadam propriedade privada ou areas de acesso reservado, tudo o que seja publico todos podem filmar, alias ate podem estar na rua a filmar a tua casa 24h por dia!

      No caso de Portugal é muitoo diferente so as autoridades podem filmar, o que nao faz sentido para mim, imagens e filmagens ha muitas…
      Cada um filma o que lhe convém.
      A policia nao vai se filmar a cometer crimes, como o bandido nao vai se filmar a cometer crimes, cada um filma o que lhe convem o que deixa de ser justo.
      Isto é falta de transparência.

      Nos EUA, todas as filmagens da polícia sao públicas e podem ser obtidas num prazo de 10 dias.
      Por qualquer cidadão.

      Em Portugal aposto que o que nao convém alguem ha de poder fazer delete ” o chamado erro informático, ou o nao estava gravar”

      Aindam falam do lapiz azul esse gajos eram uns meninos comparado aos tempos modernos

  8. Mouro says:

    Espero que nunca lhes liguem.

  9. SteveRobs says:

    Who cares!

  10. Algo says:

    E tudo isto após a controvérsia dos emigrantes agredidos pelos agentes da PSP. Hum…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.