PplWare Mobile

Poupe no Medicamento – Saiba os preços dos medicamentos


Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

59 Comentários em "Poupe no Medicamento – Saiba os preços dos medicamentos"

avatar
  Subscreva  
Notify of
emanuel
Visitante
emanuel

é triste so fazerem esta app para iphone porque há mais smartphone dizem que a app se encontra disponivel com o nome orkos no googleplay e não encontro e triste gastarem milhões de euros e só alguns têm acesso a isso

Catia
Visitante
Catia

Olá pessoal!
Instalei a aplicação no ipad e a localiazação das farmácias nao funciona, nem a parte de ler a imagem do codigo de barras da receita ou até de um medicamento! Alguem já teve este problema? Podem me ajudar por favor? Obrigada

Rui Gomes
Visitante
Rui Gomes

Não conheço nenhum idoso que tenha um Iphone. E vocês?

João Paulo
Visitante
João Paulo

Esta aplicação deve ir irritar alguém na indústria farmacêutica.
Sugestão: Depois de fazer as melhores Apps Android, por que não fazer a seguir, as melhores Apps Portuguesas. Fica a sugestão.

Hugo
Visitante

O infarmed deu prioridade ao lançamento para iOS, porque são aqueles que têm iPhones e iPads que tem mais necessidade de poupar em medicamentos.

F. Morais
Visitante
F. Morais

Realmente temos que poupar uns euros com os medicamentos para podermos gastar mais que um salario minimo para poder ter um iphone…

Rui
Visitante

Aplicação inutil.
Basta pedir o genérico na farmácia, e sabe-se logo os preços e td mais.

Benchmark do iPhone 5
Visitante
Benchmark do iPhone 5

– Ó fa’chavor, indique-me aí os preços do Ben-U-Ron, do Paracetamol, do Atralidon, do Efferalgan, do Febridol, do Panasorbe e do Xumadol.

– Quer comprimidos de 1000mgr ou de 500mgr, e de 18 ou de 20 comprimidos ?

– Olhe, venda-me dos mais baratos.

Dá um bocado mau aspecto, se a farmácia estiver cheia de gente. Agora se se eu disser: “Quero uma embalagem de Dafalgon de 16 comprimidos”, dá logo outro “sainete”..

Agora, se o farmacêutico me disser “Desses não tenho”, bem …

Nelson
Visitante
Nelson

Vais andar tu de farmácia em farmácia a ver se têm ou não os genéricos e quanto custam…

António Silva
Visitante
António Silva

Sem dúvida uma app muito útil…
Mas não é acessível a quem poderia tirar ainda maior partido dela: os utilizadores com deficiência visual.
Infelizmente, lamentávelmente, tristemente, esta aplicação não é acessível a utilizadores do VooiceOver.
Com tanta documentação sobre acessibilidade e usabilidade, que a Apple disponibiliza aos desenvolvedores, não há qualquer justificação para que uma app resulte inusável.
Daí que se possa perguntar: Falta de competência do desenvolvedor ou falta de vontade?

Nelson
Visitante
Nelson

x2.

Normalmente estas app’s “skinned” que depois não se pode usar o Voice Over, são assim feitas para serem portadas para android.

Benchmark do iPhone 5
Visitante
Benchmark do iPhone 5

Penso que o Infarmed também irá criar uma aplicação (web app ?) para consulta, sem ser preciso utilizar uma app para iOS/Android. O que a app mobile terá sempre a mais é a localização das farmácias (usando a localização por GPS) e a utilização de uma app de navegação para ir para lá (no caso do iOS, o Mapas Apple).

Fiquei a saber que entre o Ben-U-Ron e o Paracetamol genérico há um diferença de €0,50 (18 comprimidos de 1000mgr), €2,3 e €1,8 , mas em medicamentos mais caros ou de uso frequente é capaz de ser muito útil. Gostei.

Benchmark do iPhone 5
Visitante
Benchmark do iPhone 5

Tem mais os alarmes para tomar os medicamentos. Foi sempre uma coisa com que nunca me entendi, nem precisei por aí além … toc, toc, toc … (três toques na madeira para afastar o azar).

fernando marques martini
Visitante
fernando marques martini

seja pratico, nao instale nada so acessar

http://www.maispreco.com/

Benchmark do iPhone 5
Visitante
Benchmark do iPhone 5

Em réais.

Darkness
Visitante
Darkness

é triste ver comentários sobre o preço do iphone. Leiam a noticia e verão que brevemente vai haver para Android, esperem um tempo.
São pobres e mal agradecidos, caramba é uma boa ideia, só não podemos querer tudo ao mesmo tempo.
“Roma e pavia não se fizeram num dia”

Carlos Costa
Visitante
Carlos Costa

http://www.quidgest.pt/teste/medcapture

O MedCapture é uma aplicação desenvolvida pela Quidgest e Edgelabs que aguarda desde setembro a aprovação do Infarmed.
Em vez da aprovação e utilização gratuita, o Infarmed parece que decidiu pagar 10.000 euros para fazer uma cópia… a que chamou “Poupe na receita”.
Incrível!
O “Poupe na receita” foi lançado ontem para iPhone iOS.
O MedCapture está disponível, para testes, por agora, para dispositivos Android.

O objectivo de poupar nos custos dos medicamentos ao consumidor é o mesmo nas duas aplicações mas… há questões de ética que ficam por explicar…

Bruno Rua
Visitante

não dá para fazer download…

Gil Von Doellinger
Visitante
Gil Von Doellinger

Podes enviar-me por mail o apk? No site não dá para fazer download.

Cumprimentos.

gil.vondoellinger@gmail.com

Pedro
Visitante
Pedro

Vou já gastar 600€ num iphone para poupar uns cêntimos em medicamentos…

Pedro
Visitante
Pedro

Vou já gastar 600€ num iphone para poupar em uns cêntimos em medicamentos!!!

Nelson
Visitante
Nelson

Pronto, para os pobrezinhos, eles vão fazer uma versão para htc one e samsung galaxy note 3…

NaCasaDesteSenhor
Visitante
NaCasaDesteSenhor

Boas,
Eu actualmente uso no android a app “Orkos Medicamentos” para verificar preços e genéricos alternativos. Por acaso agora, não sei porquê, não a encontro no google play. Terá esta “Poupe na Receita” melhor base de dados/actualizações dos medicamentos que a Orkos?

Pirex
Visitante
Pirex

Muito bom… Já estou a ver os idosos que recebem a pensão mínima, de smartphone na mão à procura do melhor preço… Aqueles que até têm que pedir ajuda para ler a receita porque nem têm dinheiro para as lentes… aqueles que nem têm dinheiro para comprar os mesmos medicamentos… estamos no caminho certo.

Nelson
Visitante
Nelson

hummm, certo. Há esses, mas também há os outros como eu que acham esta ideia muito interessante e que só peca por tardia

D!
Visitante

Claro, só os velhos é que compram medicamentos

:facepalm:

Nelson
Visitante
Nelson

Pois é bem verdade!

E se achas que isso está mal, pode começar contigo, a ler as receitas e a procurar os melhores preços para os idosos, já que deves ter um smartphone, e vista para ele…

Pedro
Visitante
Pedro

Já pensou por acaso que aqueles que pedem ajuda para ler a receita podem ao mesmo tempo pedir ajuda a quem usa uma aplicação destas?

Bem sei que nem todos podem pedir ajuda mas por causa desses vamos deixar tudo como está e prejudicar os que podem pedir ajuda e também aqueles que não precisam de pedir ajuda?

“Se vens no fim para dizer que está mal feito, vinhas antes para dizer como se fazia”

pixar
Visitante
pixar

Desculpa mas isso não é argumento para não se fazer. Se assim fosse, então não tinham inventado os computadores porque não iriam servir os idosos. A questão é que aqueles que usaram os primeiros PC são agora idosos.
A minha mãe não usa nada parecido com iOS ou Android, mas quando quer saber alguma coisa sabe a quem perguntar.

Mário Silva
Visitante
Mário Silva
Caro Pixar, eu comecei a trabalhar com sistemas de cartões perfurados; depois passei para os mainframes, pelos Spectrum, Timex, Schnneider, Amstrad, IBM PC até aos dias de hoje. Nãoii precoisa fazer contas. Tenho 68 anos de idade e desde os i286 que faço a assemblagem dos meus PC’s, configurações, instalação e configurações de SO’s (Windows pois dediquei-me exclusivcamewnte a essa plataforma por via profissional) desde a primeira versão Win a preto e branco sob MS-DOS até à última 8.1 (não falhei nenhuma delas). Já sou idoso por ter 68 anos? Errado! Sinto-me um jovem com 68 anos de idade e… Read more »
João Pereira
Visitante
João Pereira

Tu vais um dia, normalmente, vais ser idoso. Agora porque é que a App haveria de ser feita a pensar nos idosos do presente e não nos futuros idosos? Dasss

mario
Visitante
mario

– sr. farmacêutico têm iphone? poderia usar o seu telefone para me indicar que medicamento devo levar?

Filipe Madeira
Visitante
Filipe Madeira
Caro Mário, As pessoas deviam procurar alguma informação antes de falarem… Ora caso não saiba, as receitas informáticas já indicam ao doente o quanto pode poupar caso opte por um genérico, e mesmo não tendo em conta esse facto (a contar com os idosos que são analfabetos), o farmacêutico é obrigado, por lei, a indicar sempre que existe uma opção mais barata. Daí a indicação de direito de opção, o doente pó de optar por um medicamento original, ou genérico! Esta aplicação foi desenvolvida com verbas próprias para a mesma, a pensar em pessoas como você e eu, que usamos… Read more »
F. Morais
Visitante
F. Morais

Realmente temos que poupar uns euros com os medicamentos para podermos gastar mais que um salario minimo para poder ter um iphone…

mario
Visitante
mario

que treta, o estado pagou largos milhares de € por uma aplicação para o iPhone? chega a quantas pessoas da população portuguesa?

Nelson
Visitante
Nelson

Não leste a notícia? Vem aí a versão Android.

E caso não saibas, o normal é fazer primeiro para iOS, e depois portar para Android, porque é assim que se faz.

mario
Visitante
mario

É? Onde viste isso e porquê.
Já agora penso que e a aplicação é mais uma treta para alguem sacar dinheiro ao estado, isto porque não tem qualquer utilidade para aqueles que mais benificiariam dela, ou seja os idosos.

JG
Visitante

Porque é assim que se faz? …

Ricardo
Visitante
Ricardo

Eh pah…que piada o Nelson…

1.º Faz-se para iOS e depois faz-se para os outros SO’s…LOL

Nelson
Visitante
Nelson

LOL?

Snapchat
Instagram
Netflix
Skype com video-chamada
HBO Go
Vine
Flipboard
Final Fantasy VI (e antecessores)
Deus Ex: The Fall
Plants vs Zombies 2

Independentemente que gostes ou não, é assim. Desenvolver estas app’s, é melhor ir para iOS, eu sei que em PT, e em muitos mais sítios com ordenados de m___, e operadoras de m____ também, o Android é quem mais ordena, mas nos mercados mais influentes, interessa que a app se espalhe rápido, e que logo á primeira versão esteja já polida, e funcione sem bugs independentemente do telemóvel/tablet.

Tiago Coelho
Visitante
Tiago Coelho

tudo maus exemplos…

Isto é uma aplicação que foi paga pelo estado. Serve para possibilitar as pessoas poderem poupar nos medicamentos e o primeiro lançamento é para iphone, acho completamente absurdo e no mínimo contraditório.

Mas pronto, assim o sr. ministro na apresentação pode instalar a app..

mario
Visitante
mario

o que é que os bugs têm a vêr com a plataforma? não percebes nada daquilo que falas.
Achei foi interessante o layout, que mais parece ser baseado na plataforma windos phone.

Nelson
Visitante
Nelson
“tudo maus exemplos…” LOLOLOLOL!OL! “o que é que os bugs têm a vêr com a plataforma? não percebes nada daquilo que falas.” Vais tu dar-me aulas de progração? 😀 Não tens a minima noção que é programar em Java/Android e em ObjC/CocoaTouch! E nem tens a minima noção do que é arranjar um programador ObjC bom, e do que é arranjar um programador Java bom. Nem a mínima noção do que é o Xcode e o que é o Eclipse e suas ferramentas de debugging e análise de performance. Nem a mínima noção da estruturação que os projetos para iPhone… Read more »
orlmor
Visitante
orlmor

Vine é do Linux
Android é baseado em Linux

A versão para iOS é que é adaptada e não o contrario.

mario
Visitante
mario

O sr Nelson acha-se um mestre sábio, para ele a apple é a responsavel pela origem do universo, isto porque o big bang já tinha a forma de uma maça. Para ele niguem sabe nada de nada e muito menos percebe de alguma coisa, singindo-me mais propriamente ao desenvolvimento em android e ios, já em 2008 no meu curso se desenvolvia para ambas as plataformas, desde a licenciatura ao mestrado. Penso que devias ser mais humilde com as outras pessoas, e não te achares o sr. do conhecimento.

Nelson
Visitante
Nelson

O Sr. Mário, parabén pelo seu curso, quem em 2008 já se desenvolvia para Android.

Curioso que o primeiro equipamento Android saiu em 22 de Outubro de 2008. Nos USA.

Portanto, mandaram vir do ebay, chegou em 1 de Novembro. Começaram as aulas em 2 de Novembro, e o exame foi em Dezembro, não foi?

Mais depressa se apanha um mentiroso, que um cocho… FAIL

Nelson
Visitante
Nelson

E o SDK do iOS chegou só em Março de 2008, o iPhone OS 2.0, com store, foi de Julho de 2008.

mario
Visitante
mario

Não, no ano lectivo 2008/2009 no IPL Leiria, na cadeira de engenharia software 2 já desenvolvia-mos para android, poderá confirmar com alguns dos meus colegas que até são eles os responsáveis pela app android e ios do pplware.

JoaoF
Visitante
JoaoF

É assim que se faz mesmo!
Primeiro desenvolve-se para iOS.
Depois no XCode vais a Ficheiro>Guardar Como>APK.
E já está!

Nelson
Visitante
Nelson
JoaoF
Visitante
JoaoF

Lol uma utility que converte objc para java e mapeia algumas APis equivalentes.
É assim que se faz!

Nelson
Visitante
Nelson

😉

Que monstruosidade aquilo deve ficar…

mario
Visitante
mario

gostei, vê-se mesmo que ele nunca trabalhou com nenhuma das plataformas. Já agora é muitos mais simples desenvolver para android que para ios. (quem inventou a porcaria do objective c deveria ser en….)

Nelson
Visitante
Nelson

Desculpe, mario, eu ao contrário de si, não comecei a programar android antes do android ter saído.

Nelson
Visitante
Nelson

Está mesmo uma App muito boa!

Carlos
Visitante
Carlos

Boa tarde,

E versão para android, existe?

Nelson
Visitante
Nelson

diz no corpo da notícia.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Para o Android existe uma aplicação semelhante chamada ORKOS Medicamentos.
Infelizemente a Base de Dados dos medicamentos data de Setembro de 2012, ou seja algo desactualizada.

Alguém
Visitante
Alguém

Qual é a utilidade se não está actualizada?