PplWare Mobile

Portugal: Televisão Digital Terrestre (TDT) vai passar a ter nove canais


Autor: Pedro Pinto


  1. Marco says:

    Canal de desporto lol só se inventarem a Rtp memória sports já que em Portugal desporto paga se e bem nas operadoras

    • David Guerreiro says:

      E porque não se haveria de pagar? Porque motivo haveria o Estado com os seus parcos recursos investir em transmissão de desporto, se nos hospitais até faltam ligaduras?

      • Far says:

        Antes dos clubes assinarem acordos de exlusividade com a SportTV dava para ver gratuitamente muito jogo nos vários canais não-cabo: RTP, SIC e TVI.

        Já esqueceu?

        • PM says:

          Gratuitamente?! Hahahaha
          Quando era a RTP quem tinha a maior adjudicação, para a totalidade ou alguns jogos, que, pagava? Todos nós.
          Nada é gratuito meu amigo.
          Pode no entanto argumentar que (eventualmente) tinha lucro com o retorno publicitário. Mas esse serve para pagar Malatos, Fernandos e Cristinas a peso de ouro. Mais uma vez, nada é gratuito.

          • José says:

            Olhe meu caro, pagamos de qualquer forma! Não vejo hoje televisão em sinal aberto, e no entanto, pago-a! Não sou grande adepto de jogos de futebol, fico aborrecido em pouco tempo – basta ver os jogos das equipas nacionais para ficar enfastiado em poucos minutos -, mas considero que uma oferta universal e genérica, deve fazer jus ao nome. Tanto o é, que há milhões que gostam e devemos respeitar essa camada da população, assim como a oferta de animação para as crianças – ninguém se lembra delas -, e não só enxamear a oferta televisiva com conteúdos para parolos ou bimbos como hoje abunda na chamada televisão livre e genérica de uma forma quase histérica.

      • dqdd says:

        porque se há dinheiro para touradas e salários milinários no estado também tem de haver para desporto.

        • Bruno says:

          Tá certo em relação as touradas e salários milionários, mas não devia fazer do desporto uma prioridade!

          • Mario Felgueiras says:

            Excelente artigo pplware! o desporto alimenta o povo e é muito mais importante na producao de riqueza que investir nos hospitais que sao apenas um buraco negro sugador de milhoes…previligiar quem produz devia ser o foco e o desporto é fundamental para manter trabalhadores unidos.

          • António Santos says:

            As touradas fazem parte da nossa cultura enquanto povo ibérico e, por muito polémicas que sejam, compreende-se que o canal do estado não prive os telespectadores aficionados de verem aquilo de que mais gostam.
            Agora o que eu não compreendo é que justamente o canal estatal não faça do Moto GP uma prioridade,nomeadamente o Moto2 onde figura o Miguel Oliveira que é candidato ao título e já está promovido ao escalão principal em 2019.

      • Carlos says:

        Sim o estado até com metade das verbas que vao vir para pedrogao vai ficar. O estado é um coitadinho. Nao faz mais que a obrigaçao até que pelo volume de impostos que pagamos deveria haver mais canais. Todos pagamos audiovisuais na factura da electricidade e se tivermos televisão paga somos taxados mais uma vez de audiovisuais. Concordas pagar 2 vezes o mesmo imposto? Eu n

      • Alberto Pereira says:

        Pois ! Mas um canal desporto dá votos ! E as ligaduras, não !

      • Juncal says:

        Muito bem dito, e eu pergunto, então porque tenho eu de pagar na factura da luz , a taxa audio visual, se eu não utilizo o serviço? utilizo sim mas pago á ZON, porque motivo tenho de pagar na factura da Luz se não utilizo?

      • Nitroglycérine says:

        Vai falar com o Centeno!
        Ele sabe o porquê de isso acontecer…

    • Paulo Duque says:

      Companheiro, ABolatv e Sporttv+ não transmitem jogos e não pagas mais por isso. Tens que te atualizar

  2. Luís Antunes says:

    Mais um canal de informação? Já não chega a rtp3 e as 9h de informação diária dos privados? Para quê um canal de desporto? Mais valia criarem um canal dedicado aos jovens ou algo de entretenimento.

    • darkvoid says:

      Isso ou um canal com documentários e assuntos interessantes, em vez de novelas, memórias e desporto

    • Xis says:

      Je tem o canal parlamento…com a sua permanente “mira técnica” adormece qualquer um…não seria de aproveitar todas aquelas “horas mortas” (dias seguidos) para rentabilizar o canal com as famigeradas televendas!?

  3. António says:

    Mais lixo da RTP para pedir mais subsidio ou aumento das taxas, mas quem vê
    RTP3 Memoria e Parlamento, estes monos ??? É preciso manter os dinossauros da RTP

  4. CMatomic says:

    Só mesmo em Portugal , um único MUX , existe limites de espaço por Mux “canal radio elétrico ” é claro que isso vai afectar a qualidade da imagem , abrir um novo MUX seria atitude mais lógica para melhorar a qualidade de imagem e som e ate a passagem de alguns canais para HD principalmente os pertencentes as estações nacionais .
    Mas o que se tem demonstrado é que estão aguardar para a passagem para norma DVB-T2 ” TDT segunda geração ” para poderem continuar com um único MUX e assim passarem os canais disponíveis na TDT para HD .
    Mas não faz mal , tem que se poupar para se poder pagar os ordenados milionários a apresentadores .

    • Miguel Costa says:

      Devia ver o que se passa na TNT francesa… os canais que tinham emissões HD, tem estado a voltar ao SD+, pois não compensa usar tanta banda sem qualquer interesse. Abriram mais 8 espaços para outro tipo de serviços, graças ao regresso “ao passado”. Nos EUA também as televisões principais emitem em HD mas, só nos premium, sendo que a maioria do país está coberta pelos SD, com a vantagem de terem vários serviços, dependendo do estado, gratuitos.

  5. Bruno Martins says:

    Tendo em conta que existem, infelizmente, muitos portugueses sem capacidade financeira para pagar televisão “por cabo” é sempre bom que se alargue o numero de canais.
    E tendo em conta que todos pagamos uma taxa de audiovisuais o numero de canais ainda poderia ser maior e incluir diversos públicos. (jovens, idosos, etc).

  6. poiou says:

    O de desporto quase que apostava que é ou um canal novo da Eleven sports ou aquele canal de noticias da sport TV.
    O outro deve ser a CMTV ou a record. (Brasil).

    • Alucard says:

      Pode ser um canal EuroSport. E espero que não seja nenhum a CmTV.

    • paulo rodrigues says:

      O primeiro não é de certeza, infelizmente, e o segundo até pode ser… depois está todo o dia a fazer publicidade à Sportv com o objectivo de tentar angariar mais clientes.

      Não sei até que ponto os lobbies vão querer na TDT canais que podem ter bastante audiência…

    • Miguel Costa says:

      O canal de desporto será o da Federação Portuguesa de Futebol. Já vai ser lançado em Janeiro a contar com isso, altura que abre o concurso. Como só A Bola TV e esse canal, correspondem ás especificações (SportV nunca iria colocar o canal + na TDT… e Eurosport é um canal pago que não iria pagar para transmitir) do concurso. No canal de notícias, será a CMTV que tem vantagem, já que foi separada da Cofina (empresa que tem dívidas ao estado e que não pode concorrer) já a pensar nessa possibilidade. SIC e TVI também podem pensar lutar pelo lugar mas, estarão à espera das eleições de 2020 e da renovação do contrato da TDT, para verem se conseguem ficar com o plano B que era para avançar em 2012, só que o governo teve medo das operadoras de cabo: 1 Mux para cada operador pelo mesmo preço que pagam agora. 4 Mux com 9 canais de TV e 5 de rádio para serem explorados pela operador e pelos 3 operadores nacionais livres (RTP, SIC e TVI).

  7. NATALIA PINTO says:

    Na TDT já temos a RTP3 como canal de Informação, a Sport Tv não deve concorrer para ter uma licença na Televisão Digital Terrestre.
    Pode ser que seja criado o SiC Desporto ou TVI Desporto ou CMTV Desporto.

  8. Asdrubal says:

    Devia ser um canal de documentários… interessantes. Nada daqueles aliens, ciência da estupidez e afins.

  9. George Orwell says:

    Se este concurso fosse uma corrida de Fórmula 1, na “pole position” estariam a CMTV como canal de notícias e a Sportv + como canal de desporto.
    A CMTV porque é o canal de informação mais visto no cabo.
    A SporTv + por ser um canal não “premium” que atrai subscritores para o serviço “premium”.
    Neste último caso a Eleven Sports pode fazer uma ultrapassagem à Ayrton Senna e surpreender tudo e todos.
    Que ganhem os melhores.

    Em termos televisivos, tudo indica que o Pai Natal vai largar um canal por cada sapato

    Ainda assim, ficamos muito aquém dos nossos vizinhos espanhóis que contam com com várias dezenas de canis e em Mpeg2 e que ocupam mais espaço que o Mpeg4 luso embora, diga-se, é bem melhor poucos e com qualidades aceitáveis do que muitos onde o “zapping” não encalha e … lá se vai o botão do comando de tanto premir.

  10. João Santos says:

    Achoo que estava na altura de colocar um canal de entretenimento com filmes como por exemplo TVCines, bonecada para aos mais novos por exemplo SIC K isso e que era interessante hoje em dia e noticias e concursos a toda a hora esta na altura de disponibilizarem alguma coisa de diferente

    • Celso says:

      Apesar de a RTP2 ter algumas coisas que não gosto, ainda passa por lá alguns documentarios e debates decentes e alguma bonecada para os mais novos. No meio de tanto pouco canal, é o único que acho que vale a taxa que pago.

    • Miguel Costa says:

      Os canais infantis eram uma possibilidade, só que 100% das licenças dos operadores são para emissões em cabo. Passarem o canal para a TDT iria trazer despesas, brutais, para comprarem as licenças para emitir em livre… que chegam a custar 50000 vezes mais do que para o cabo.

  11. Ligia says:

    Concordo com o João um canal com bonecos pois muitos pais não tem dinheiro para pagar outras operadoras

  12. Jorge says:

    Deveriam era disponibilizar os canais que têm actualmente mas com qualidade. Já estive em diversos locais no país onde por acaso não tinham cabo e o sinal é miserável. A imagem pára, o som não está sincronizado, é isto quando o sinal existe.

  13. Carlos Duarte says:

    Lamento que neste país á beira mar plantado não tenha a capacidade de ter canais em aberto como a vizinha do lado.
    Em Castro Marim podem se ver mais de 10 em aberto. Creio ser por interesses que não temos.

  14. manuel silva says:

    COM RESPEITO A TDT NOS SOMOS OS ÚLTIMOS DA EUROPA É UMA VERGONHA
    OS CULPADOS DISTO TUDO SAO OS NOSSOS POLÍTICOS SÓ SABE ENCHER OS BOLSOS E AS OPERADORAS DO CABO TAMBEM
    EU VEJO A TDT FRANCESA DE FRANSAT NAO TEM NADA A VER COM A TDT PORTUGUESA
    EM PORTUGAL SÓ A CHULOS

    • João Terra says:

      Se fossea ti, informava-me melhor, O brazil foi dos ultimos paises a ter TDT 29 de junho de 2016, portugal foi 26 de abril de 2012. Por isso existem paises muito mais corruptos do que o nosso!!! Portugal comparado com o brazil é sereno….

      • Tónho says:

        A questão não é a implementação, mas sim como tudo foi feito.
        Foi tudo feito para privilegiar a PT/MEO agora Alticce.
        Uma vergonha que a TDT desde inicio só contemplou 4 canais, RTP, RTP2, SIC e TVI, e foi o cabo dos trabalhos meter lá o Canal Parlamento. Então e canais regionais, nacionais etc ?

      • Lê mas é antes de comentar says:

        Tu leste o comentário?? Quem é que falou no Brasil??

        Ele disse na Europa.

      • Túlio says:

        Informe-se melhor.
        As transmissões digitais no Brasil começaram em dezembro de 2007.
        O cronograma de desligamento analógico vai até 2023, com as maiores cidades no final de 2018, restando apenas cidades pequenas sem emissoras, que recebem sinais de torres retransmissoras para 2023.

  15. Jo says:

    Em Espanha tem vários canais de TDT incluindo o Disney para as crianças, mas nesta Herdade de meia duzia que é Portugal é só exploração.

    • Miguel Costa says:

      Espanha tem 6 Mux a nível nacional e 2 regionais. Os regionais são de empresas de média locais. A rede de emissores é pública, o que permite negociações mais baratas. Cá em Portugal, a rede de emissores é privada e só existe TDT porque o Sócrates assim o obrigou. Passos Coelho deixou tudo pronto para a TDT morrer em 2020. Vamos ver se irá mesmo acontecer…

  16. Jo says:

    Portugal defende afincadamente os Lobbies, como a EDP, A MEO e a NOS, para explorarem os Portugueses. O sistema TDT não pode ter muitos canais, porque ia tirar clientes às operadoras de televisão que vendem canais.

    • Carlos says:

      Pois e eles assim nao lucravam 2 vezes com os impostos audiovisuais

    • User Pplware says:

      Somos um país sem dimensão suficiente para justificar os investimentos que estas empresas fazem em infrasestrutura, se o estado não lhes garantisse segurança eles não investiam, é uma faca de 2 gumes.

    • Tecnical says:

      A bem dizer, a meo devia ter sido excluída do concurso. O caderno de encargos, se bem me lembro, não permitia aos concorrentes fazer concorrência direta com a TDT.
      A meo lançou (passados uns meses da candidatura ser aprovada) os serviços de televisão que hoje conhecemos e abdicou da componente paga da TDT (que permitia ter canais pagos, tal como acontece no cabo/fibra).
      Muito resumidamente, atualmente “controla” a oferta livre, e como a esta não tem nada de jeito, vende uns pacotes de televisão como se fossem pãezinhos quentes.

  17. Paulo says:

    Eu só penso que deveria haver outra abertura para outro tipo de canais
    Como por exemplo: canal de música,canal filmes ou outros
    Informação já temos
    Desporto também
    Porque raio ade ser desporto e informação outra vez?
    Um abraço a todos

    • Tónho says:

      Antigamente ainda havia diversidade, dizia-se que era os 3 F’s, Fátima, Futebol e Fado, hoje em dia resumiu-se tudo a um ‘F’, Futebol até á medula.
      Mas o povo até gosta, anda tudo anestesiado.
      Abram os olhos…

  18. João Serra says:

    Sem interesse

  19. Joao Ptt says:

    Já acabavam é com as emissões de retransmissores fixos e colocavam tudo por satélite em formato tal que com uma única antena pudesse enviar sinal para todos os aparelhos numa habitação ou edifício de habitação/ centro comercial, etc. sem necessidade de conversores e tal… quanto muito divisores e amplificadores de sinal para poder distribuir a todos os aparelhos ( televisor/ caixa de gravação) e está a andar.

    Além do satélite deveriam ainda distribuir o sinal por cabo de fibra óptica para o país todo. Ou seja: ou a pessoa tinha acesso ao sinal de televisão por satélite em formato livre de códigos/ subscrições/ cartões ou tinha via fibra óptica… desta forma garantia-se que mesmo em caso de problemas com os satélites as pessoas teriam acesso na mesma ao sinal via terrestre. Para não duplicar os esforços, todas as empresas com fibra óptica passavam a ser obrigadas a distribuir o sinal de televisão nas suas redes às pessoas que pudessem estar nas proximidades de tais redes (digamos até 1km… para não se dar aqueles casos em que passa à porta mas depois não querem puxar um cabo) e quem recusasse perdia automaticamente a exploração da rede.

    A rede de cobre teria de ser removida e substituída por rede de fibra óptica no prazo de por exemplo 5 anos… e a empresa que ficasse responsável por tal teria de substituir tudo, mesmo no meio de nenhures onde só mora uma pessoa… caso contrários os responsáveis deveriam ser presos, a exploração da rede ser dada a outra empresa, e caso nenhuma aceitasse ficava o estado com a exploração (e colocação da rede, e com os mesmos critérios de tempo e penas de prisão para qualquer político ou técnico que impeça/ atrase os processos) e depois colocava a mesma no mercado em regime de acesso a qualquer empresa nacional ou do estrangeiro legalizada em Portugal em iguais condições de acesso sem preferências.

    • paulo rodrigues says:

      Bem… isto é quase como “a seguir a um dia de descanso, nunca se deveria trabalhar”

      Mas ok, tudo bem, faça-se isso… só um “pequeno senão”: o sinal TDT por sat tem quer ser mesmo encriptado por causa dos direitos de transmissão…

    • Tecnical says:

      Andas a sonhar demasiado! hehehe
      Conseguiste fazer-me rir com essa de prender políticos!

    • Miguel Costa says:

      Depois dos incêndios dos últimos 2 anos ainda não aprendeste? 100% das pessoas das zonas atingidas só mantiveram televisão pela TDT. Com os cabos a terem ardido e algumas das estações de distribuição dos 4 operadores a terem ardido, as pessoas ficaram sem net, sem telemóvel, sem televisão. Mesmo que a electricidade tenha voltado 48 horas depois, a operadora de cabo chega a demorar 90 dias a repôr a cablagem.
      A rede de cobre NUNCA deverá ser substituída. Fibra Óptica só funciona com electricidade disponível em 2 ou mais pontos da sua rede. Se só existe electricidade na central e 1 dos distribuidores fica sem energia, toda a gente que tenha o serviço por aquela célula fica sem qualquer comunicação… foi por isso que o SIRESP falhou. As torres de telemóveis ficaram sem energia ou os cabos de fibra óptica arderam, adeus sinal. TDT sobreviveu pois os retransmissores principais usam sinal rádio que não é atingido.

  20. Antonio says:

    O canal de desporto quase que de certesa que vai ser o da fpf pois eles queriam criar um .

  21. Pintor says:

    Entre 40 e 60 tem os espanhóis variando de região para região, já os Italianos tem cerca de 80, os Franceses ao nível de Itália.
    Faz sentido ?

  22. Tecnical says:

    Podiam por a Formula 1 em canal aberto como era antigamente, isso é que era! Mas como sempre, deve ser mais um canal para “encher”…

  23. João Terra says:

    Já que estamos a pedir, podiam inserir o canal 18 em ves do canal parlamento!!!! Ou então contratavam um canal novo e colocavam o joão baião a dar saltos de manha e a noite, para as velhinhas e velhinhos da terceira idade + praça da alegria e preço certo

  24. Nuno says:

    Todos a falar e ninguém acerta.
    O canal bem podia ser desenhos animados para as crianças, mas quase de certeza que vai ser um canal com transmissão de missa 24h por dia

  25. Manuel Ferreira says:

    E o TDT continuará interminavelmente limitado a empresas sediadas na grande Lisboa. Querem descentralizar de forma barata, deixem os canais regionais de Faro a Bragança aceder ao TDT.

  26. Joao says:

    Infelizmente os Portugueses são o Povo mais burro e ignorante da Europa.
    Metem apenas canais sem qualquer interesse, porque tem de beneficiar as Empresas de canais pagos e metem desporto para entreter meia duzia e esquecem que existe muita gente que não gosta de ver um homem a correr atrás de uma bola e que ganha num mês o que muitos levam 5 anos de trabalho duro para o ganharem.
    Se não estivéssemos na União Europeia, eramos comidos vivos pelo sistema bancário e pelos Políticos .

  27. JOAO MARTINS says:

    Para k mais canais a anacon não vem ver a qualidade de sinal da tdt nas aldeias do interior não vejo tdt esta 5 minutos ok e depois digitaliza já gastei eu sei lá quanto em amplificadores de sinal não há sinal de gsm só rede meo e os outros nada eu pago 2 taxas audiovisuais para que vivo em casais de São Bento freguesia de cardigos concelho de mação reclamo e me dizem coloque uma parabólica e assine a meo pois é pagar mais ou Portugal e só os grades centros populacionais os desgraçados do inteiro não interessa são o povo envelhecido que sofreu na pele a dificuldades de vida e sempre privado de tudo e paga tudo e não tem nada

  28. informado says:

    NUNCA MAIS METEM MAIS CANAIS POLÍTICOS CORRUPTOSSSSSSSSSSSSSSS . PAÍS DE POVO SEM INTELIGÊNCIA QUE VOTA SEMPRE NOS MESMOS PARTIDOS PÔDRES E CORRUPTOSSS

  29. antoniofigueirinha says:

    As televisôes em Portugal cada vez estâo piores, eu aqui no Brasil vejo-me atrapalhado para assistir a um canal de televisâo, mudaram tudo de tal maneira que é aflitivo ver qualquer coisa de Portugal, espero bem que resolvam este problema de que está fora de Portugal mas que também é Português….

  30. António Sousa says:

    Já se passaram 10 meses desde a publicação deste artigo e continua-se a ter: RTP1, RTP2, RTP3, RTP Memória, Canal do Estado, SiC e TVI. Enfim,… para quando um Governo que abra portas para a concorrência?

    • Antonio carreiro says:

      Gostava de saber porquê quando chega hás 22horas o sinal vai e já não volta se não no dia seguinte isto já vai para dois meses já parece que estamos nos anos 70 que a emissão fechava as 23horas o final aberto e par os pobres por isso reponham o mais rápido possível eu vivo em alcains castelo branco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.