Quantcast
PplWare Mobile

Portugal: Homem vendia iPhones no OLX… só que não os entregava

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ovingadorortográfico says:

    E os pacóvios iam todos na história à procura de status barato, seja lá o que isso for.

    • Lool says:

      Chocante é a lucros das burlas serem a favor do estado.
      Afinal aceitação de dinheiro elicito se for para o estado está tudo bem.

      Mesmo a tugaa, és burlado, consegues provar em tribunal que fostes vítima de burla se for preciso ainda tens de pagar a um advogado, sendo que o burlao deve ter um advogado oferecido pelo estado.
      E no fim ficas sem a guita porque reverteu a favor do estado…lindoo
      és burlado e fazes uma doação forçada ao estado, não admira que ninguém acredite na justiça portuguesa

  2. Oscar says:

    Ou seja a vítimas ficaram sem o dinheiro e ele apanhou 5 anos de pena suspensa (ou seja nada).
    Viva a LEI

  3. Matavacas says:

    Realmente neste país o crime compensa ..

  4. João Pereira says:

    Alcatrão e penas!

  5. ZéBoss says:

    Mas se nao os entregava nao vendia… preso devia ser quem comprava isto.. para aprender

  6. Vitor says:

    Iphones a um preço máximo de 250 Euros…queriam uma galinha bem gorda por pouco dinheiro! Nem os ossos comeram…

  7. Robin says:

    Era o iphone 0 que vendia.

  8. André T says:

    Quem acredita no pai natal devia pagar impostos! Atenção que há muita gente que gosta de ser enganado, não tenho pena de quem é assim tão ingénuo e que contribui para o aumento destas burlas porque está disposto a usar plataformas que não protegem ninguém e só querem saber de mais utilizadores.
    Ajudem plataformas que facilitam o trabalho à ladroagem!

  9. TiagoC says:

    Enquanto estes sites tugas (olx, custojusto, etc) não tiverem um sistema semelhante ao eBay, Amazon, aliexpress em que o dinheiro fica retido até confirmação do comprador.

    Sendo que estes sites dinheiros ganham com o nosso dinheiro “parado”.

  10. J says:

    O crime é sempre mais lucrativo. E com a justiça em Portugal, melhor é a vida para quem pratica crimes.

  11. Ze says:

    Era uns iphod@

  12. Luis says:

    Já fui vítima de vários esquemas desses. Com outro tipo de equipamentos, como portátil, Access point, LCD… Apresentei queixa, e a única coisa que ganhei foi ainda ser “burlado” pelo estado português, perda de tempo e dinheiro para não dar em nada.

    • scp says:

      Estes sites, olx e semelhantes são para comprar e vender em mão certo? Tens ebay onde o teu dinheiro está protegido, especialmente usando paypal como método de pagamento.

    • RM says:

      Ao menos deves ter aprendido algo com essa experiência negativa.

    • Donadel says:

      Várias vezes???!!
      Desculpa lá… Mas isso só tem uma razão! Já faço compras no OLX a mais de 10 anos e nunca fui burlado, ainda hoje vendi um monitor e um jogo PS4… Compro com alguma frequência através daquela plataforma e nunca se passou nada.

      Se tivermos o mínimo de cuidado e fazer uma curta “investigação” da outra pessoa, consegues a partida ver se é burla ou não e assim desistir do negócio. Mas se quiseres só negócios da chine, é normal que encontres vários burlões.

  13. SANDOKAN 1513 says:

    5 anos de prisão suspensa,ora aí está !! Este trafulha tão cedo não volta a burlar ninguém,pois já está imediatamente cadastrado e,numa próxima,apanha cadeia efectiva.

    • ervilhoid says:

      Tu és mesmo inocente

      Olx só arriscava em mão e ainda assim não confio, prefiro ebay.

      Até o Miau conseguia ser melhor que isto, pelo menos o feedback ajudava

    • Euéquesei says:

      Oh Sandokan, epá, vc como pirata dos sete mares nem sete minutos durava, tal a sua ingenuidade.
      Perdia o posto de capitão em segundos…

  14. R!cardo says:

    Agora juntem-se e processem o Estado

  15. JoMa says:

    De certeza que, mesmo estando ao preço da chuva, houve tipos que ainda tentaram negociar o valor. Galinha gorda por pouco dinheiro. Mas será que aprenderam? Nem todos aprendem, porque muitos continuam a cair. Mas, o mais incrível, como alguém escreveu acima, é que caem por vontade própria e depois culpam o Estado.

  16. Sérgio Henriques says:

    Espetacular esta justiça portuguesa… Eu por ter trocado as minhas declarações ingenuamente (note-se que a diferença entre ambas foram 12 anos), completamente convencido que da segunda vez estava a dizer o mesmo que tinha dito faz 12 anos atrás, fui constituído arguido, com termo de identidade e residência, cadastro sujo e tive que pagar 800 euros de multa! 🙂 Caramba… Mais valia ser burlão…

  17. Gjtjggh says:

    Entao o artista faz 170mil€ e é acusado de 10 crimes de burla….. 17mil cada tlm… e ainda por cima fica livre de quslquer acusaçao, é por isso que isto esta bom é para a bandidagem

  18. Mike says:

    Basicamente +1 á maioria dos comentários dos outros users… E, mais uma vez , questiono o motivo, do tribunal atenuar a pena a um reincidente!

  19. Euéquesei says:

    Deixa ver se percebi…. O indivíduo postava no OLX iPhones a 250 euros e as pessoas mandavam-lhe o dinheiro sem reservas?
    Não faziam o negócio pessoalmente para averiguar se o aparelho correspondia ao pretendido e se estava em condições?
    Se era este o caso, além de ficarem sem o dinheiro ainda deveriam levar umas bastonadas valentes no lombo para não serem burros e otários.
    Eu compro muita coisa pelo OLX e é sempre pessoalmente.
    Se for gajos de Freixo de Espada à Cinta e arredores, esses então nem me dou ao trabalho de lêr o anúncio….
    Já dizia o outro, o tolo e o dinheiro logo se separam.

  20. ana says:

    eu compro muito online mas mando vir tudo a cobrança nunca tive riscos mas enganar o próximo para enxer os bousos ao estado esta mal feito e as vítimas como ficam no meio disto tudo .Ao menos doem o dinheiro para comprar comer a quem presisa com a pandemia a muitas famílias a passar fome e muitas necessidades

  21. falcaobranco says:

    O proprio OLX diz para fazer as compras e vendas, pessoalmente, em locais com publico… e mesmo assim continua a haver noticias deste calibre… eu nao percebo esta gente…

  22. Cafuné says:

    Neste caso, devem os lesados, procurar o individuo e fazer de sua justiça. O burlão meteu-se a jeito, a justiça fez jogo de cintura e o estado “ajudou” o ilícito.

  23. Pedro F. says:

    Fico com a forte sensação que a maioria das pessoas que comentaram ou não leram, ou não perceberam o que leram…

  24. Dinis says:

    O OLX vai passar a ter um sistema de feedback, já se encontra anunciado no site deles, finalmente!
    Entretanto há algumas coisas que podem verificar que poderão dar alguma segurança na compra:
    – Data de registo do vendedor: Alguém com registo antigo, do género 2011 ou 2013 e por ai fora, provavelmente não andará a burlar os compradores, quem o faz normalmente usa registos muito recentes, com poucos meses no máximo:
    – Fotografia de perfil: Se a foto estiver no perfil é porque à partida há uma ligação com o Facebook. Um burlão acho que não iria criar uma conta no Facebook, com uma rede social etc etc, para depois burlar no OLX, arrisca-se a ficar mal visto na sua cadeia de amigos
    – Modo de pagamento: Se só aceita dinheiro é mais uma indicação de burla, o dinheiro não tem dono, é de quem o tiver na mão, enquanto que uma transferência bancária, MBWAY ou algo rastreável electronicamente pode oferecer alguma segurança quanto à identidade do burlão.

    Nenhum destes pontos é uma garantia de nada mas todos juntos podem formar uma boa ideia inicial se estamos na presença de uma pessoa honesta ou se também anda a vender iPhones a 250 Euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.