PplWare Mobile

Portugal: Altice vendeu 3000 Torres de Comunicações por 660M€


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Alvaro Neves says:

    Boas, correção é SFR e nao SRF.
    Continuação de bom trabalho.

  2. Altice says:

    Finalmente a Vodafone tem concorrência seria em PT.
    E quem ganha com isto são os consumidores.
    Uma pena que os nossos politicos sejam tao corruptos que se imponham publicamenre contra esta grande empresa.
    Mas daqui não levam nada!!!
    Quem perdeu com a nega do negocio da TVI, foi portugal e os portugueses.

    • Joao Ptt says:

      ah ah ah
      O clientes nada ganham com estes negócios! Nada.

      É óptimo que tenham arranjado maneira de colocar o peixe a render… mas para o consumidor a vida vai continuar igual porque nada de melhor vêm lá… o 4G / 5G da Altice em Portugal são uma miséria a todos os níveis, desde a infra-estrutura à oferta comercial sobre a mesma. Administração e empregados da Altice até pode ser que achem tudo maravilhoso, mas para quem utiliza os seus serviços, em especial comparando com a Vodafone sabe que isto é infelizmente uma realidade.

      A Altice nunca teve cobertura integral de todo o território físico. Nenhum operador alguma vez teve cobertura integral desde o fim da rede analógica. E jamais terão! Com o 5G provavelmente o cenário ainda irá piorar, porque com frequências mais elevadas a cobertura desce a pique e se as mudanças do GSM para 3G/ 4G são algum indicador é que o caminho é sempre para baixo (piorar o serviço prestado em termos de cobertura). Os incompetentes da ANACOM e governantes anda tudo a dormir e só por isso é que este país minúsculo não têm cobertura integral e redundante.

      A Altice é só fazer porcaria atrás de porcaria, felizmente a concorrência apesar de um pouco melhor não é assim tão melhor e lá vai dando espaço à Altice para se manter.

      • Joao says:

        Comentário sensato e informado!
        Na minha opinião o estado deveria controlar o core das infra-estructuras de telecomunicações, como acontecia antes da privatização da PT. Claro que este cenário só seria eficiente quando levado a cabo competentemente.

        • Carlos Almeida says:

          Joao Ptt,
          os nossos politicos andam a dormir porque lhes convém e sabes porquê, porque comem todos da mesma gamela, a gamela está sempre cheia para eles, por essa razão eles não querem largar o poleiro… ainda somos um país muito atrasado e pior, ignorante a vários niveis.
          Abraço

  3. pois says:

    As da TDT não venderam eles, porque será? LOL

  4. Costa says:

    E taxas de manutenção a aplicar aos clientes? Em Portugal toda a mer** rouba. Agora chegou a moda das taxas de manutenção das telecomunicações, incrível o nível a que estes tipos chegam. A NET é na Europa algo já banal, e as operadoras em pt ainda andam agarradas aos pacotes de fidelização com x minutos y mensagens por mês.
    Depois, e ao arrepio do que é suposto na Europa, têm nos pacotes dados móveis que basicamente são anti neutralidade da Internet.
    Como é que os incompetentes da anacon permitem tal coisa. Pacotes que permeiam explicitamente um tipo de tráfego de dados, que forçam o utilizador a usar a empresa A sem a possibilidade de escolher entre a concorrência.
    Isto tudo com a anacon a fingir que dorme, a cobrar taxas de manutenção?! Mas manutenção do quê? Só neste país, depois andam as TVs a “educar” as pessoas a serem ovelhas seguidoras.

  5. Marco says:

    Estão a comer a “carne”, negócios obscuros à “BES” e outros tantos. Quando restarem os ossos … a assembleia entra com o capital …

    • Rui says:

      O estado que não tivesse vendida à defunta PT. Porque das duas uma, ou os políticos são muito tapadinhos ou quiseram ganhar dinheiro para distribuir pelos boys. Depois ainda há patetas que acham que a crise acabou, agora voltamos a viver à grande e à francesa! Não temos emenda!!!!

      • Marco says:

        Tal e qual. Há muita gente a comer com estes negócios milionários. Depois entram os contrubuintes. A justiça simplesmente não funciona, é inútil e desadequada …

        • Joao Ptt says:

          A justiça funciona sempre, sem uma única excepção!

          Os tribunais humanos é que nem sempre, já que dependem de humanos falíveis, e de fazedores de leis… e por vezes produzem aquilo que se parece mais com diarreias mentais… de tão complexas/ complicadas que são, chegam a ser interpretadas pelos (pseudo) especialistas de maneiras completamente opostas.

          E experimentem ver a lei das Medidas de Modernização Administrativa, e vejam como os fazedores de leis até se dão ao luxo de fazer leis para não serem efectivamente cumpridas… são convenientemente feitas de forma a que podem ser completamente ignoradas/ desrespeitadas uma vez que não existem consequências concretas por não as cumprir.

          • Rui says:

            Tal e qual como a “faz de conta” avaliação dos professores, em que são estes mesmos quem faz o seu relatório crítico de avaliação e dão notas a eles mesmos!!!!!!
            E logo eles que até sabem avaliar os outros (alunos).

  6. Paulo says:

    Torres pagar por nós e agora quem lucra é a Altice… França tem pela Free TV internet fixo e telemóvel por 16€ mensais a ver se chega cá o mesmo lol…

  7. xpto says:

    Embora à primeira vista não pareça, isto é um recurso estratégico.
    Pela análise dos compradores se constata como e por que razão fazem esta aquisição.
    Existem contratos estatais especifícos, associados a estes equipamentos, consequemente
    daqui resulta mais uma situação de rendas fixas, e é exclusivamente esse o que motiva estes compradores.
    Este recurso estratégico, foi construido ao longo de décadas através de várias empresas estatais, e pago
    essencialmente por todos os contribuintes.

    • Rui says:

      E Fundos Comunitários. Não esquecer que quase tudo o que é investimento público/estratégicos/industrial…… é comparticipado em pelo menos 50% pela UE, e pode até chegar a 92,5% (caso do saneamento básico).
      Obviamente é muito mais estratégica a detenção das infraestruturas de telecomunicações nas mãos do estado do que qualquer operador, mas para umas centenas de boys que “trabalham” na Assembleia da capital do império, o dinheiro fala mais alto e nada é estratégico!
      E se lhe disser que houve um Ministro da Defesa que chegou a perguntar ao Chefe do Estado Maior da Marinha/Forças Armadas, se já tinha ponderado vender a Base Naval de Lisboa, para com o dinheiro reduzirem custos, ao que este replicou atónito, se venderem a única base naval da Marinha, passavam a atracar os navios na Serra da Estrela!?!?
      É gente deste calibre que nos governa, sem qualquer sentido crítico ou pelo menos de estado, já que se comprometem a defender os interesses do país acima de tudo e de todos!!!!!!

  8. nao says:

    vão criar duas empresas (shell companies) para não ter de pagar impostos.

    • Rui says:

      tal e qual como faz a Apple na Irlanda, em que paga menos de 1% sobre o lucro de todas as vendas feitas na Europa ao governo Irlandês (e este fica satisfeito, porque mesmo assim é muito mais do que pagar 12,5 ou 20% de tudo o que vende na Irlanda). Só pessoas sérias e honestas!

  9. int3 says:

    200 000€ por torre. Não é lucro. Parace ser liquidação.

  10. Leonor carvalho says:

    Agora percebo a ainda maior degradação da rede, a Alice anda a vender as torres em vez de comprar mais… E não conforme resposta à minha reclamação no livro: Relativamente à exposição acima identificada, a qual mereceu a nossa melhor atenção, e após análise da mesma, cumpre-nos esclarecer que existem fatores e condicionantes externos à MEO, relativos, nomeadamente, às caraterísticas das residências nas quais está instalado o serviço, que poderão causar constrangimentos à regular prestação do serviço contratado. A questão não está nas características das residências nas sim do prestador dos serviços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.