PplWare Mobile

Panasonic apresenta a Lumix GX8 e a Lumix FZ300


Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

  1. Pedro Fonseca says:

    Estou curioso para testar a FZ300. O PPLWARE vai ter uma para testes Marisa? 😉

  2. Pedro Pereira says:

    Esta FZ300 não me agradou muito, seria mais correto chamar FZ200 2.0. Mantém o mesmo sensor, mesmo nível de zoom, 12.1 Mp e a mesma abertura ao longo de todo o zoom.

    Quanto à GX8 fico à espera da vossa análise 😀

    • Pedro Fonseca says:

      Pedro, parece isso que dizes, mas… e o resto que tem melhor que a FZ200? LCD e EVF com melhor qualidade de imagem, muito melhor AF, muito melhor ergonomia…. vamos ver o que dizem as review quando a testarem… eu não estou confiante… mas estou curioso.

  3. Waffen SS says:

    Alguém me sabe dizer o preço da FZ 300? Parece interessante.
    (Off topic)
    Para quem percebe bem da matéria, qual o melhor modelo profissional por aí a venda?
    Estou a pensar num investimento desses! Mas nesta área não sou lá grande especialista!
    Obrigado

    • João MS says:

      Isso do modelo profissional é relativo. Referes-te apenas a camaras reflex de pequeno formato? Tem de ser full frame?

      • Waffen S.S: says:

        Estive a fazer uma pesquisa, e segundo percebi, parece que é mesmo uma camara reflex com full frame, que pretendo. Ou seja tem um sensor maior, logo tem mais espaço par capturar a imagem, creio que seja isso. A duvida é o pequeno formato, o que isso quer dizer? Há grande formato?
        Obrigado.

    • Pedro Fonseca says:

      WaffenSS, o preço falado no PR da Panasonic é de $599 USD. E já agora, a Panasonic conta ter o modelo à venda entre Setembro e Outubro.
      É minha opinião que “Melhor modelo profissional” não existe… existe sim a melhor ferramenta para o tipo de fotografia que vais querer capturar. Pegando na sugestão que o pifaro deu, vais ter que gastar 5.995€ numa Nikon D4S mais 1.695€ em pelo menos uma objetiva 24-70mm f/2.8… e com isto vais ficar limitado em muitos outro tipo de fotografia que podias tirar (Macro, Fotografia de animais selvagens) o que obriga a teres que ter mais objectivas… e o preço é sempre a subir.
      No teu caso, como não tens experiência, a FZ300 como primeiro “brinquedo” para aprender fotografia é uma excelente escola, por já ter os modos semi-automáticos e manual como as D-SLR… e se no futuro, quando já dominares todas as funções do “brinquedo” quando quiseres melhorar ainda mais a qualidade das tuas fotografias, já vais com uma boa formação base. Acredita que vais saber o que escolher, para o tipo de fotografia que gostares de capturar. Não caias no erro de gastares uma fortuna em material fotográfico e depois não sabes, ou nunca vais dar uso a todas as opções que uma câmara de nível profissional te dá… é dinheiro deitado à rua… mas claro, se o dinheiro é teu estás no teu direito de fazer com ele o que quiseres…. mas sendo assim não vás para uma Nikon D4S que é “fraquinha”, vai então para uma Hasselblad H5D-50c que tem sensor maior que Full Frame e já tem 50Mpx à muito tempo… não queiras é saber o preço só do corpo. LOL.

      • João MS says:

        Ou a Phase de 80MP xD

        • Waffen S.S: says:

          Olá Pedro, obrigado pelas dicas, mas realmente como não tenho experiência, desembolsar 6.000€ por uma camara, mais objetivas, realmente não faz sentido nenhum. Embora o pessoal diz que tenho jeito para foto, mas claro que são fotos feitas com camaras compactas e smartphones. Muito obrigado pelas dicas. Primeiro é melhor aprender com uma, mas simples, e depois então ver o que se adequa para mim. Mais uma vez obrigado.

  4. Realista says:

    À uns dias atrás alguém se queixava que ter um telefone com uma câmara melhor à frente para tirar selfies era igual a montar uma objectiva na parte de trás de uma DSLR…

    Pois bem, conforme podemos ver na Lumix o visor passa para a frente.

  5. Wilson says:

    Não, ok?
    Estas máquinas não são para ser usadas por profissionais.
    Profissionais querem sensores maiores (em tamanho, não confundam com megapixels) por muitas e muitas razões.
    Maiores sensores = Maior qualidade de imagem
    Maiores sensores = Melhor performance ISO
    Maiores sensores = Melhor controlo sobre a profundidade de campo
    entre outros.
    Não digo que as camaras não sejam boas, mas não digam que este tipo de equipamento é o que procuram os profissionais.

    • Marisa Pinto says:

      E não é porquê? Conheço muitos e muito bons profissionais que já usam as Lumix nos seus trabalhos. Se calhar tens que experimentar alguma para ficares a perceber melhor 🙂

      Cumps,

      • Wilson says:

        Para foto?
        Desculpa mas não acredito.
        Para vídeo ainda é como o outro agora para foto é um grande não.
        Profissionais querem o máximo de controlo da profundidade de campo.
        Se fosses profissional saberias que sensores maiores (35mm, 24mm etc) por natureza (e razões matemáticas) originam menor profundidade de campo, tornando possível isolar o motivo da fotografia do plano de fundo criando um Bokeh agradável. (serve para todo o tipo de fotografia mas especialmente importante em retrato).
        Se realmente conheces muitos e bons profissionais que usam estas camaras nos seus trabalhos (aqueles que os clientes pagam) enumera alguns deles, gostava muito de ver os seus trabalhos.

        • Marisa Pinto says:

          Já testeste alguma Lumix?

          Repito que primeiro deves experimentar para depois poderes falar 🙂

          Nem todos usam o mesmo e não é por tu não usares que os outros não podem usar.

          Não vou estar a nomear colegas meus que não querem ver o nome aqui, basta procurares no Google, por exemplo, para encontrares profissionais que usam:

          http://lumixlounge.com/2015/02/using-panasonic-lumix-gh4-wedding-photography/
          http://www.lesterjonesphotography.com/lumix-gm1/
          http://www.cameramansion.tv/?p=72

        • João MS says:

          Lá está, a questão do “profissional” é relativo. Levado à letra, uma utilização profissional é toda aquela que é feita num âmbito estritamente laboral. Mas neste caso poderíamos englobar, por exemplo, os casos de agentes imobiliários que utilizam os telemóveis ou câmaras baratas para fotografar imóveis, ou peritos de seguros, ou técnicos de manutenção de todo o tipo, etc..
          Seja como for, estou de acordo com o Wilson. Na minha opinião, e vale o que vale, não se pode considerar esta câmara um equipamento profissional. Diria antes um modelo avançado ou semi-profissional uma vez que não é exclusivamente pensado para este mercado. Na minha opinião só se deverá considerar “profissional” os produtos que são desenvolvidos apenas para o mercado profissional e que não tenham também como publico alvo o mercado consumer, como é o caso.
          Nos dias que correm e com o evoluir da tecnologia, as barreiras entre o profissional e o não profissional tendem a diluir-se seja porque a tecnologia evolui de forma a que a diferença entre um e outro seja consideravelmente pequena seja porque as pessoas tem um acesso muito facilitado a informação, o que permite uma utilização mais avançada e consciente dos equipamentos.
          A título de curiosidade, os fabricantes dos equipamentos de vídeo fazem uma distinção mais ou menos definida de 3 tipos de câmaras: profissional, semi-profissional e consumer.

          • João MS says:

            Mas realmente o artigo não afirma que é um modelo profissional. Apenas que tem características profissionais o que considero, de certa forma, correcto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.