Quantcast
PplWare Mobile

Orçamento de Estado para 2022 já prevê “taxa Netflix” de 4 €/ano por subscritor

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Ricardo says:

    Boa oportunidade para os operadores aumentarem os lucros.

  2. Miguel says:

    Sabem quem vai pagar essa taxa não sabem?

    • Manuel says:

      Sabemos todos! Lá vou eu ter que configurar minha box Kodi que já estava arrumada num canto. Se os preços aumentarem substancialmente digo adeus à Netflix e companhia. Olá Pobre TV e afins! Eu tento ser um cidadão cumpridor da lei mas o governo está-me dificultar a vida. Tudo o que possa dar conforto e prazer ao cidadão português é taxado ao máximo. É proibido ser feliz. Neste país só é permitido e exigido que se trabalhe ganhando um salário miserável até cair para a cova.

    • Louro says:

      Netflix paga, mas como é óbvio o custo é reflectido no preco que o cliente final paga, portanto, tecnicamente é o cliente que paga 😉

      • Pedro Magalhães says:

        Nem mais, somos nós que pagamos os 4€ para supostamente fomentar a “cultura”Portuguesa… ou seja aqueles que já produzem conteúdos que muito provavelmente quem vê Netflix não quer saber.

      • TT says:

        Tenho vergonha de ser português. É dos países mais corruptos do mundo. Assim que puder emigro. O sistema está feito para os corruptos dos políticos que não mexem na sua carreira e ganham 3000€ para passar o dia a andar de Mercedes e a dizer merda! Depois ainda tem a vergonha nacional que é a segurança interna, que são tratados mal e ainda os protegem. Tudo o que acontece de bom neste país (netflix) é explorado é motivo para nós irem aos bolsos.

  3. JR says:

    Preciso de esclarecimento
    Então apenas quem usa NETFLIX pelas operadoras é que leva com a taxa? É que isso vai sobrar para os utilizadores.

    • David Guerreiro says:

      Pois, também tenho essa dúvida. Quem paga diretamente à Netflix será que vai levar com isso?

      • JR says:

        Gostava de saber realmente!
        Se assim for, e menos um serviço pago e vejo de outra forma

      • Miguel says:

        Supostamente isto é relativo a quem têm Netflix subscrito no contrato com as várias operadoras de telecomunicações, caso tenhas um plano individual separado do suposto contrato penso que não levas com esta taxa nem fazia sentido nenhum!

        • Honorato says:

          As pessoas já pagam na fatura da luz um taxa audiovisual não chega estão pobres. o governo que ganhe 665€ não ande a ganhar 4000 a 8600 esse dinheiro dos políticos que não fazem nada na assembleia da República dava para muita coisas também para pagar as taxas e taxinhas.

          • ahramis says:

            Essa taxa é para pagar à Catarina Furtado, Gouxas e afins salários milionários à custa de quem nem sequer ver TDT em condições…

      • JH says:

        Sim, já recebi o aviso que irá aumentar de 13.99€ para 15.99€.

        Aumenta 2€…
        Em 6 meses pagarei 12€ a mais e a netflix pagará a taxa de 2€ por subscritoe…
        Ganha o estado e ganha a netflix!!

    • Jamaral says:

      Dislexia.

      “as empresas terão que pagar uma taxa semestral de 2 € por subscritor.”

    • AqueleAmigo says:

      JR,

      Está claro que vais “mamar” com um aumento de valor da netflix. Aguarda para ver.
      Quanto à resposta, eu fico com ideia que isto é cobrado a quem tiver a netflix nas operadoras.. mas não sei se entendi bem.

    • k says:

      Tecnicamente, não é o cliente final que leva com a taxa, isto é uma taxa do governo à empresa de stream (Netflix, etc). Na prática, o que já se está a ver que vai acontecer é o Netflix cobrar ao cliente final (nós) mais uns 5€ na mensalidade para compensar. Se vires a mensalidade do Netflix aumentar nos próximos tempos já sabes de quem é a culpa.

      Já para não dizer que é uma taxa que nem sequer faz sentido. Isto é claramente alguém a olhar pra indústria e a dizer “nós também queremos parte do bolo porque sim”. Mais um a juntar a taxa de direitos de autor que pagas em tudo que é produto capaz de armazenar qualquer informação, que deve ser das mais ridículas que temos – p ex compras um disco pro PC e pagas 7.5€ só de taxa, fora o IVA.

      Com o dinheiro angariado quando muito, é criado um lixo qualquer barato para justificar e o resto acaba nos bolsos de alguém, como sempre.

      P*** de máfia.

      • FreakOnALeash says:

        Eu chamo à taxa dos direitos de autor de “licença para piratear e descarregar conteúdos à vontade para o dispositivo que adquiri com esse propósito para o qual paguei essa taxa PS”!

  4. Fernando Jorge says:

    Vai ser como a gasolina. Quando dermos por isso, já pagamos mais em imposto que do serviço.

    Socialismo é assim, em vez de saber criar valor é taxar o mais possível. E mesmo assim, com mais impostos do que no tempo do Passos… conseguem aumentar da dívida.

    • Eu says:

      Então e alternativas?
      É que o que eu vejo são taxas de abstenção de mais de 60% e o que deveria ser uma alternativa está sempre encapotada na falta de voto.
      O que eu vejo são queixas do tipo ” mi mi mi” mas esses não mostraram a sua voz.
      Decerto que um estudo iria comprovar que quem faz parte de uma manifestação, a sua grande maioria não mostra o seu descontentamento por voto mas apenas em queixas de conversas de café.

      • José says:

        Você vota nas “alternativas” que temos? Desculpe lá, mas há gente com cérebro e vergonha na cara, ainda. Além disso, a maior parte das pessoas está farta de amigalhaços, cunhas, caciques, lambe-botas, acéfalos e candidatos a tiranetes sejam de direita ou de esquerda. Infelizmente, são esses quem votam. A alternativa seria ter gente séria – um caso sério neste país cada vez mais ao abandono porque querem afogar a nação portuguesa num caldo sem sabor a nada de português. Olhamos para todo espectro político, só se vêm patos-bravos. Gente que não tem onde cair morta e que depois de “vencer” as eleições ficam ricos que nem nababos ou então os meninos do papá – mais papa-açordas que outra coisa -, mas que no fim das contas, as suas famílias sempre estiveram ligadas ao poder, desde a 1ª República passando pela ditadura onde vergavam a mola e hoje são grandes democratas sem nunca terem sabido o que custa a vida, gente que age como tubarão, mas que tem a verticalidade de uma minhoca, são sempre muito geniais os meninos passam de geração em geração e estão em todo o lado – deve ser genético -, curioso não é?

        • soundsyt says:

          Muito bem dito!

          • Sardinha Enlatada says:

            Nao ha volta a dar, enquanto as pessoas nao virem a politica como clubes de futebol nao passamos disto. Alem disso deixo uma pergunta no ar. Porque nao extingir todos os partidop e apenas se elegerem pessoas ? Sim apenas pessoas, nao precisamos de partidos para nada para fazer as coisas. Se querem ter propaganda eleitoral paguem do bolso deles. Mas em relacao ao netflix nao percebi nada de quem e que tem de pagar ou nao as taxas. Da ideia que somos nos os subscritores de servico de televisao mas eu por exemplo nao sou subscritor da netflix. Entao porque tenho de pagar uma taxa sem poder usufruir do servico ? Ja sei o governo diz paga. Todos pagamos :p

          • Jamaral says:

            “nao percebi nada de quem e que tem de pagar ou nao as taxas”

            Está em linha de coerência, não percebes de nada mas opinas sobre tudo.

        • Eu says:

          José, posso então deduzir que você é um apoiante da abstenção.
          Então você pode se identificar com essa gente com falta cérebro e vergonha na cara.

        • FAR says:

          Votar num partido atualmente “minoritário” não será certamente a resposta para todos os males que afligem a classe política no noss país, mas seria marcar uma posição. Pena que nem para isso os portugueses se consigam unir, continuando a seguir a cor politica de sempre.

          Inegavelmente, pessoas de certas cores politicas tiveram papel de destaque nas melhorias na vida dos portugueses (sim, temo-las) que temos hoje, face à ditadura que vivemos/se viveu. Também inegavelmente os valores, principios e, principalmente, ações dessas mesmas cores politicas, hoje representadas por pessoas diferentes, se destacam pelo mal que fazem aos portugueses.

    • RatazanaDoPunjab says:

      Oh Fernando Jorge, não diga que o Socialismo só traz miséria.
      Vai deixar uma série de pessoas chateadas.
      Vá, faça como eu, vamos repetir dez vezes a seguinte frase ” Virámos a página da austeridade “.
      Pronto, já disse dez vezes?
      Não se sente melhor um poucochinho?
      Agora já concorda que os países socialistas são os mais desenvolvidos do mundo?
      Coreia do Norte? Venezuela? Cuba?
      Tiveram que fechar as fronteiras, tal a quantidade de gente que quer lá entrar…

    • AqueleAmigo says:

      O vosso mal é que na hora de votar só vêm 2 partidos.

      Criticas o PS e vais votar no quê? PSD?

      Enfim, quando forem votar da próxima vez, votem em ideias novas para ver se tiramos o poder aos partidos do costume, é fácil reclamar, mas depois na folha só olha para a seta para cima e o punho. Isto ia ser assim com PS ou PSD.

  5. Sapo says:

    Óptimo! Chula mais governo, chula mais! Já não basta taxa audiovisual chula mais!

  6. Luis says:

    É para pagar o CD em vinil do José Cid LOL

  7. Samuel MG says:

    Mas o que é que a Netflix e outros têm a haver com a ICA? Nada pois são coisas totalmente diferentes!! A ICA fala tanto em direitos de autor e como são roubados mas vai roubar esses direitos 🙁 O governo vai levar com processos dos autores estrangeiros e duvido que a ICA escape de levar com processos também!! ICA E GOVERNO SÃO LADRÕES!! NÃO CHEGA ROUBAR O POVO CÁ DENTRO, AGORA VÃO ROUBAR OS OUTROS PAÍSES?

  8. Zé Fonseca A. says:

    Tipico de um governo socialista, noutros países nao exigem taxa nenhuma, obrigam sim à criação de projectos nacionais suportados pelas empresas de streaming, para dar emprego a actores e realizadores nacionais e quem sabe se fizer sucesso gerar receita para PT.
    Em vez se incentivarem o desenvolvimento só o atrasam com taxas e mais taxas, é assim em todas as areas.
    Não percebo como tanta gente neste país ainda vota à esquerda, deve ser maioritariamente FP.

    • andre says:

      medidas protecionistas estão sempre erradas e levam na sua essência a ineficiências.
      Se o trabalho de realizadores e atores nacionais, tem qualidade deverá manter-se a ele próprio num livre mercado, se não tem deverá extinguir-se tal como é natural.

      os votos de esquerda são gente que nao consegue ver mais adiante do que o imediatamente prometido e as suas consequências.

    • Sergio says:

      Em teoria o que dizes está acertado, na prática tanto a visao de direita como a de esquerda chega a um ponto que se debate com o concurso, com o anuncio, com a distribuição.. e aí é que entra o jogo de influencias e corrupção.
      Não adianta a Netflix andar aí a fazer projetos e dar emprego sempre aos mesmos potenciando o centralismo e as grandes regiões, só para ter retorno.
      É importante as instituções publicas, como as autarquias, terem recurso a esses dinheiros e ouvirem mais o cidadão comum.
      Para não pensares que estou só a mandar para o ar, O porto femme internacional film festival , é um projeto associativista de origem aveirense que foi ignorado pela Camara de Aveiro por falta de verbas, contudo a autarquia do Porto dispôs-se a ajudar e financiar.
      Com o dinheiro do lado de um privado, como a Netflix, o projeto das fundadoras tinha morrido à nascença.
      O associativismo tem de ser alimentado, não pode ser tudo privado e orientado numa visão lucrativa como tem a netflix.

  9. Ze Nandooo says:

    Eu gostava de ver um relatório onde estivesse explícito os projetos onde estas taxas “de apoio à produção nacional” são aplicados, e os respetivos resultados desses projetos.
    Se foi para um filme, quantos espectadores teve?
    Se foi para um livro, quantos volumes vendeu? (sem contar com as compras dos amigos Santos Silva)
    E por aí fora. É que não tenho a perceção se estas taxas servem para ajudar os criadores ou para manter “estrutura”. E chegar à conclusão que 80% é para custos de manutenção e 20% para os criadores… bem, é escusado

    • Oscar says:

      Tudo dito!
      E os teatros estão cheios de bilhetes gratuitos para oferecer aos detentores do poder político e amigos. Quantas peças, exposições são realmente apreciadas pelo público (pagar).
      Fazem consertos e outras manifestações de arte que são exclusivamente para “pagar favores”, vimos isso nas últimas eleições municipais com os presidentes a contratar artistas, que foram apoiantes das suas candidaturas, etc.
      Enfim roubam o povo

    • andre says:

      um bom filme ou um bom livro fazem receita por sí só, não precisam de ajudas, as ajudas servem apenas para financiar os coitadinhos que só fazem lixo que ninguém quer ver mas que insistem em que é cultura e têm de ser mantidos.

      Vem no mesmo sentido do caso em que quem trabalha tem de pagar para muitos estarem a preguiçar o dia todo.

  10. Oscar says:

    Concertos e não consertos, erro

  11. Luis Rosalino says:

    É para ver se põe a Netflix daqui para fora como fizeram com a Betfair?
    Como comentei ha dias no post das casas das apostas, conseguiram tirar uma boa forma de o povo aumentar o seu poder de compra e de investir na nossa economia ao tirar a betfair daqui. Agora, querem fazer o povo pagar mais por cultura (not) entretenimento e consequencia mais grave é que muitos que vao pagar nao usam o serviço…enfim dois casos que explicam que aqui n se cria oportunidades para as pessoas terem independencia e estabilidade financeira, aqui criam-se oportunidades para o governo sacar dinheiro ao dinheiro das pessoas…TRISTE

  12. Cucu says:

    Depois a pirataria é um problema…

  13. NELIO JESUS says:

    as plataformas de streaming veio ajudar a diminuir a pirataria da redução do custo de acesso a conteudos. Com esta nova taxa, sobe o preço e deixa de ter vantagem em relação à pirataria e muitos vao voltar a não pagar para ter acesso a conteudos pagos

  14. A says:

    Durante anos deixei de usar pirataria para ver filmes, séries, ouvir música… Agora dou por mim a começar a pesquisar como ver filmes e séries novamente através de pirataria!

  15. Alpha says:

    “Não há aumento de impostos para nenhum português”, garante ministro das Finanças

  16. José says:

    Eu quase que não vejo nada de produção nacional, o último filme que vi foio “Carga”, não é nada de especial, há um pograma ou outro como a Visita Guiada, mas raramente perco tempo com outras coisas cheias de intenções políticas e ideias feitas – hoje. é proibido o debata a não s3er pelos “comentadores aprovados do regime”, para raio irei eu perder tempo com gente que considero a sua maioria malformada e na maior parte dos casos, perfeitos ignorantes? A música nunca foi tão má – para quem não viveu outras eras – novelas e afins nem ponho a vista em cima nem sequer conheço alguma, “reality-shows” isso é coisa que nem muito bêbado veria. Agora digam-me para que raio pago eu impostos para os “artistas” portugueses e alguns internacionais se não consumo os seus “trabalhos”? Esqueci-me, hoje, muita essa gente julga-se dona do saber absoluto que muitos levam uma vida inteira a aperfeiçoar e deixam para as gerações posteriors a continuação desse legado? Nem dados os quero. Não tenho de alimentar “artistas” sem talento e que nem trabalhm, desses, há muitos.

  17. José says:

    Temos um Estado à esquina e sempre de mão estendida para alimentar clientelas. Que tristeza.

  18. Jorge Pedro Miguel says:

    Mais um roubo à carteira dos Portugueses, enfim.

  19. Gonçalo says:

    durante anos e anos queixaram se da pirataria tentaram acabar com ela e nunca conseguiram, o spotify e netflix conseguiram reduzir em muito a pirataria agr estão a arranjar maneira de voltarem com a pirataria se o preço do netflix aumentar muiti volto a sacar fillmes e pronto

  20. Marcelo Frazão says:

    Aquele imposto de incentivo a pirataria. Se a desculpa para os impostos sobre combustíveis é para incentivar o uso de transporte públicos. Este novo imposto será para incentivar o uso de torrents.

  21. kiro says:

    La vai a pirataria aumentar , logo após baixar

  22. Bicho says:

    Nas redes sociais toda gente reclama mas na Rua Nada. Assim não adianta Nada.

  23. B@rão Vermelho says:

    Acho até piada ouvir gente a criticar governos de esquerda, até parasse que com governos de direita não há impostos.
    Infelizmente a corrupção está em todo o lado, não é um exclusivo Português, ainda a dias se soube que o antigo 1º ministro inglês têm uma fortuna não declarada em paraísos fiscais.
    Leva-me a pensar que há pessoas que criticam pelo que leem no FB, felizmente posso e consigo viajar e conhecer o mundo que me rodeia, e mais uma vez digo Portugal é um país fantástico, é perfeito, não mas qual é o país que é perfeito?

    • andre says:

      até pode haver impostos com governo de direita, mas haverá sempre tendência a serem menores

      • Tonheco says:

        Mas Portugal já alguma vez teve um partido de direita?

      • B@rão Vermelho says:

        Eu ainda me lembro do ministro Vitor Gaspar PSD/CDS, mencionar um brutal aumento de impostos.
        Basta ver também todos os serviços públicos que passaram a privados quanto é que pagamos agora pelos mesmos, exp. Serviços Municipalizados de Água e Saneamento “SMAS”, a água ficou mais barata?
        Agora até pagamos por mandar fechar a água, temos de pagam uma taxa de compensação de antecipação de contrato, eu com a Vodafone sei que durante 2 anos tenho de pagar se decidir acabar antes de tempo, mas com o contrato a água não diz quando é que deixas de pagar essa taxa, isto é um exemplo.

        • jrgaugusto says:

          A troika acabou, etc etc mas qual é a desculpa agora?! – O país está falido como sempre ou temos xulos ao monte?

          • B@rão Vermelho says:

            Que temos Chulos aos montes não tenho divida, agora dizer que só são de esquerda ou de direita é que é errado, temos chulos “ambidestros”.

        • Luís says:

          A conversa da treta é sempre a mesma.. este governo aproveitou e muito bem os impostos do tempo da troika e ainda lhe acrescentou alguns (os mesmos impostos que rasgavam as vestes e criticavam o PPC com aquela garganta de peixeirada que é costume na esquerda), impostos estes que tiveram de ser criados por causa das trapalhadas do socialismo, no entanto este mesmo governo disse que ia aliviar os impostos (do petróleo) nomeadamente e que ia tirar os impostos da troika porque eram (temporários), até agora nada.. este governo socialista é bom a mentir e normalmente no seu histórico todos os impostos que eles dizem ser “temporários” acabam por ficar para sempre

        • Zé Fonseca A. says:

          Uau.. queres comparar uma recuperação financeira e medidas extremas com já quase 2 mandatos da esquerda e em supostos tempos de vacas gordas e a carga fiscal só aumentou?
          Só com os meus descontos conseguia pagar 4 empregados e pagar TSU sobre eles e todos juntos não só estariamos a criar mais emprego como a contribuir para outros impostos e dinamizar mais a economia, em vez disso vejo 56% do meu ordenado comido todos os meses.

  24. Catia Cardinal says:

    Inadmissible…. Ridiculo. O governo ja nao governa…fatura tudo .

  25. Hugo says:

    Depois querem desincentivar a pirataria quando eles próprios a promovem

  26. Vrael says:

    Que país de lixo… dinheiro para instituições que não evoluem e só sabem passar novelas e outros programas que só dá pena….ja pago esse imposto na eletricidade agora por conta, tenho HBO, Netflix e amazon só por mim vai ser 12€/ano… socialismo devia ser crime

  27. Nata says:

    Não podemos simplesmente ligar a uma VPN e aderir à Netflix em um outro país?

  28. Marneus says:

    Para quando a taxa de consumo de oxigénio? Já que respiramos……

  29. andre says:

    é o governo a tirar fundos do que o publico realmente quer ver, e a dar aos coitadinhos que fazem arte que ninguém quer ver.
    Tem de ser o governo com medidas socialistas a manter o que ninguém quer ver só por um preconceito ideológico.

  30. Zé da Esquina da Assembleia says:

    Viva aos torrents…

  31. VP says:

    É 4 euros por cada subscritor, por cada um dos seis serviços?
    Ou seja se alguém tiver os seis serviços ativos vai pagar mais 24€ por ano!

    Ainda agora a Netflix anunciou que vai aumentar o preço a partir de novembro, ainda vamos ter que levar com mais isto.

  32. Renato Barroso says:

    Assim se combate a pirataria neste país e já agora, isto é também mais um incentivo ao abstencionismo ou ao voto nos radicais. Parabéns, é continuar.

    • Miguel says:

      Sinceramente eu sou contra radicalismos, tanto de esquerda como de direita (mas mais de esquerda, obviamente, porque trabalho) no entanto não vejo solução para este país.

      • B@rão Vermelho says:

        @Miguel, eu também sou contra os radicalismo, ainda bem que trabalha e pode trabalhar, mas tem de pensar nos outros que por este ou aquele motivo não podem, eu até hoje nunca necessitei de fundo de desemprego, mas há tanta gente que se não fosse isso estaria a roubar para comer ou dar de comer.
        Não podemos olhar só para nos e generalizar, há pessoal que provavelmente estão muito melhor que o Miguel, mas também há pessoas que estão em bem pior situação.
        Temos de ver a floresta e não apenas a árvore.
        O que precisamos é de melhor fiscalização, tentar apanhar aqueles que a única atividade que lhes é reconhecida é mamar na teta do estado.
        Não me canso de dizer, Portugal é um país fantástico, mas não é perfeito.

        • Vrael says:

          O que precisamos é incentivos ao investimento, incentivos às micro, mini e medias empresas, aumento dos ordenados medio que ja mere nojo licenciados e mestrados ganharem quase o mesmo que um ordenado mínimo. Este socialismo quer aumentar os ordenados minimos e acho bem mas e o os medios? Quer diz qualquer dia o país ganha todo o ordenado mínimo… reduzir impostos, parar de suportar TAPs e bancos

          • Ricardo Jose says:

            Mas digam-me só uma coisa…
            Porque é que não aumentam os salários médios no país?

            Por acaso é o Governo que não deixa?
            Vão dizer que coitadinhas das empresas não aumentam porque são asfixiadas pelo Governo? Os empresários em Portugal andam todos na sopa dos pobres e não têm nem um tostão para aumentar os salários. Coitadinhos!!!

            É engraçado que algumas das empresas que aplicaram lay-off’s e congelaram salários acabaram a distribuir dividendos de milhões, e não vi este coro.

            Esses recursos que deviam ter ido para as pequenas e médias empresas que estiveram sim à rasca durante este período não fizeram falta? Também é “socialismo”?

            Tens a água e a energia mais cara à conta da privatização, também é “socialismo”?

            De facto quem quiser pode dizer que um elefante é um vaca mas não quer dizer que seja verdade.

          • Jota says:

            @Ricardo José, aumentei uma funcionária em 100€, fiquei com mais cerca de 150€de custo mensal sobre essa funcionária, no entanto em ela só leva mais 30€ por mês para casa, 120 são absorvidos pela TSU e IRS que muda log de escalão…

          • Jota says:

            @Ricardo José, aumentei uma funcionária em 100€, fiquei com mais cerca de 150€de custo mensal sobre essa funcionária, no entanto em ela só leva mais 30€ por mês para casa, 120 são absorvidos pela TSU e IRS que muda log de escalão…

          • Luis says:

            @Ricardo José, outro que caiu aqui de paraquedas ou então é mais um xuxa.. a EDP foi privatizada na altura do socialista Guterres, as empresas não tem só os salários brutos para pagar, és tão ridículo que até mete dó, por isso somos um país de atrasados, as empresas pagam em maioria 30% só em energia, como é que as empresas conseguem arranjar dinheiro para reinvestir evoluindo a sua empresa e os seus colaboradores? Ridículo é o que tu és

          • Ricardo Jose says:

            “a EDP foi privatizada na altura do socialista Guterres”
            Volto a perguntar… é socialismo?

            Quem defendeu sempre as privatizações e diz que são fundamentais para a “liberdade” do país?
            Quem defendeu a liberalização dos combustíveis para no primeiro dia subirem os preços?

            A falta de memória histórica pode dar muito jeito para defender certos pontos de vista mas não muda a realidade.

            Aliás é como a selectividade de não te escandalizares nem dares a tua opinião sobre o consumo de recursos dos subsídio dependentes que não te interessa falar e fazem distribuições de dividendos e colocam o dinheiro nos offshores.

            É o paleio típico dos wannabees em Warren Buffets e que dizem mal dos outros todos porque só eles são inteligentes.

            Atrasado é ter um país onde o salário mínimo é a vergonha que é.
            As empresas vão vender a quem? Aos funcionários a quem pagam esses salários?

            Fica claro que essa é a inteligência que não vos envergonha porque também não vos toca.

  33. PIXA says:

    E pelo menos na Netflix, pagas IVA a 23%!

  34. lapizazul says:

    Portugal sempre na vanguarda de sacar (ainda) mais dinheiro aos contribuintes. Primeiro e unico Pais do Mundo a cobrar uma taxa sobre algo já taxado 2 vezes!!!!

  35. Anker says:

    Acho muito bem, se a maioria ganha salario minimo não ha direito de uns verem e outros nao. Os mais ricos deviam pagar aos mais pobres para ter spotify e netflix. Ja iphone em Portugal acho que devia ser para todos e espero ver uma taxa também nesse sentido. Ja estou farto de usar android

  36. Jota says:

    La vai aumentar a pirataria de novo. Ainda este ano a netflix aumentou.
    O que vale é que leis antipirataria em Portugal são quase inexistentes. Estão tao ocupados a subir impostos que isso nem interessa. xD

  37. Jonny says:

    Ainda bem… Deveriam cobrar por tudo o que é streaming e aluger de plataformas.

    Viva a pirataria!!!

  38. Paulo Hinga says:

    Por esta e outras é que continuo a sacar por torrents, vejo series e filmes horas dps de sairem

  39. Paulo Seichinha says:

    Quando é que se inventa uma taxa de político ? Bem choruda para pagar os buracos financeiros da banca e da TAP.

  40. joca says:

    será que o prime vídeo é afectado em Portugal com subscrição em Espanha?

  41. AqueleAmigo says:

    Se isto vai servir para “”financiamento de trabalhos de escrita e desenvolvimento, produção e coprodução de obras criativas nacionais, ou na aquisição de direitos de difusão, transmissão e disponibilização de obras criativas nacionais e europeias””

    Veremos no futuro, o que dizem os produtores, atores e realizadores. Todos se queixam de falta de investimento por parte do governo, E BEM a cultura em PT está pela hora da morte.

    “O dinheiro cobrado através desta taxa será dividido em partes iguais entre a “receita própria do ICA” e receita a da Rádio e Televisão de Portugal, sendo “alocada ao cumprimento das obrigações de investimento, previstas no n.º 1 do artigo 14.º da lei de fomento à atividade cinematográfica e audiovisual”.

    Então já não nos vai ser cobrado a taxa dos audiovisuais na fatura da luz?! Lol

  42. TiagoC says:

    Depois a pirataria é a única que tem a culpa. O Governo só quer taxas e taxinhas!!!

  43. LarilasOS says:

    Tanta coisa com o socialismo…mas ainda sonho o dia em que o Bloco de Esquerda ganhe as eleições com maioria absoluta… aí via vocês dizendo ah…a meee é a mesma…o cheiro é que muda!

    • FreakOnALeash says:

      Acho que no dia que a malta do “Propriedade é Roubo” chegar ao poder com maioria, estamos todos f*didos. O PS é mau (tipo fezes mesmo) mas ainda defendem um sistema capitalista…o BE é tipo anarquia de esquerda e morte ao proprietário branco!

  44. rm says:

    Iptv vai começar a ter mais adesões, é a vida.

  45. adbu says:

    Taxa para andarem a dar dinheiro a “artistas” de fraca qualidade. Andamos a pagar Netflix para fugir desses programas miseráveis e depois ainda temos que pagar uma taxa para criarem mais desses programas de péssima qualidade que apenas subsistem através de subsídios e taxas.

  46. José Almeida says:

    Taxa para produção nacional?
    Mas a Netflix não ia começar a produzir conteúdo nacional?
    Ainda à dias vi na Netflix O Leão da Estrela e A Canção de Lisboa.

  47. Zéi says:

    Mal explicado, a taxa é para os operadores de telecomunicações, Meo, Vodafone, etc. Não para o streaming

    • No texto diz: “Esta nova taxa prevê que sejam os operadores como a NOS, Vodafone ou MEO, que incluam os serviços de streaming nos seus pacotes, a pagar 2 euros por cliente a cada 6 meses.” Creio que é o mesmo que quer dizer.

      • VM says:

        O que não está correto é a parte do “que incluam os serviços de streaming nos seus pacotes”. Não tem a ver com isso, mas sim com o simples facto de ter um serviço de televisão por subscrição. Ou seja, não tem a ver com a Netflix, HBO e outros – essa é outra taxa que não esta.

      • Zéi says:

        Além da correção feita pelo @VM, não é o streaming, é a retransmissão de televisão

      • Zéi says:

        Ou melhor, admito que o texto não tenha sido alterado, que foi um erro de percepção meu devido ao texto partir da premissa errada da taxa ser sobre os serviços de streaming. Basta ver a caixa de comentários para perceber que a discussão foi só essa. A discussão interessante é para que serve este dinheiro, e é para financiar o serviço público de televisão e a produção de filmes em língua portuguesa que infelizmente não é rentável.

        • O texto foi alterado no próprio dia em que o artigo foi lançado e assim que percebemos o erro na partilha da informação. Essa advertência está também feita no artigo. Agradecemos, no entanto, os comentários que foram feitos na sequência da discussão que se criou.

  48. HB76 says:

    Não vamos aumentar impostos.
    Taxa de 4€ por ano e por cliente para os serviços de subscrição das plataformas de streaming.
    Não vamos aumentar impostos.
    Taxa de 2€ por ano e por cliente para as operadoras de televisão.
    Não vamos aumentar impostos.
    Taxa de carbono para a aviação e cruzeiros.
    Não vamos aumentar impostos.
    Taxa de 0,30€ por embalagem usada em takeway.
    ….

  49. Estefâneo Empregos says:

    Viva a pirataria…
    O governo quer tanto combater a pirataria informática mas em contrapartida, com este tipo de leis, promovem-na.

  50. Pedro says:

    Simplesmente ridiculo.

  51. wtvlol says:

    Netflix and chill vai sair caro.

  52. LarilasOS says:

    Malta, alguém sabe algum site para “transferir” filmes de animação falados em Português de Portugal ? Só estou mesmo a ver a Netflix… Sabem como é…quem tem filhos de 5 ou 6 anos…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.