PplWare Mobile

O filme Especial de Natal da Porta dos Fundos deve ser removido da Netflix?


Autor: Marisa Pinto


  1. Nuno says:

    Se querem tirar o filme, acabem tb com os filmes porno zucas, lá tb enfiam em tudo o que é buraco e ninguém fica chocado. Ou então proibir o filme é para desviar atenções de padres evangélicos que fazem tráfico de pessoas inclusive crianças… dá-se que o pcorreto mete nojo. Deve se um problema de continente…

  2. Nuno says:

    Deixem a m e r d. Do filme em paz. É como os porno só vê quem quer. Há um botão mágico que desliga os aparelhos, normalmente diz OFF. É só usar esse botão

  3. PGomes says:

    Neste momento, ainda temos 20% de fanáticos religiosos que julgam que a censura é uma solução para quando alguma coisa os ofende.

    • Johnny says:

      Fanáticos religiosos?????
      Não andas bem dessa cabeça moço, insultam Jesus Cristo e segundo você está tudo bem??????
      Por isso que o Brasil anda podre….. Só gays, bichas, aberrações

      • PGomes says:

        OMG, com essa afirmação acabaste de provar exatamente o que eu disse.
        Bravo.

      • Semogj says:

        Muito afirma-se ou acham ser muito religiosos, mas é só na igreja e para o estatuto social porque se se formos a ver esses muitos também procuram qualquer forma de fugir aos impostos, de não votar e de não participar na sua comunidade local, de cometer adultério, de deitar o lixo no chão, pela janela ou à volta do contentor, de deixar os cocós dos cães na rua ou no relvado mais próximo, de estacionar o carro de qualquer maneira para estar mais próximo de casa, de gastar o dinheiro em coisas fúteis, de mandar vir por causa das ervas ou do lixo na porta da casa ou prédio e não ir lá limpar, de não terem direitos mas não gastarem tempo para criarem ou juntarem a causas que defendam esses direitos, de não tentar lixar o colega ou os clientes para cumprir os objetivos da empresa…. enfim

      • Edgar says:

        Jesus Cristo teria vergonha de vocês!!!

        • Ruy Acquaviva says:

          Não! Jesus Cristo teria vergonha é de vocês, os hipócritas.
          Jesus andava com o populacho, os escravos, os leprosos,as prostitutas, os excluídos e foi para eles que ele deixou sua mensagem.
          O único relato de Jesus perdendo a paciência foi com os “homens de bem” que exploravam o Templo, os hipócritas que diziam servir a Deus mas só estavam interessados no lucro. Com os demais Jesus estava de boa.

      • Luis says:

        Religião – A maior causa de ódio e guerras entre seres humanos.

  4. André Isaque says:

    Se um familiar vosso for gozado num filme desse é crime.

    Se a religião de alguém é ofendida é crime.

    Se publicam um dos filmes mais ofensivos de sempre sobre religião “está tudo bem”?!

    “Não vê quem não quer”?!

    Está tudo bem ou que? Não deixa de ser um crime…

    É a mesma coisa que violência doméstica, não deixa de ser crime porque algumas pessoas pensam: “ah ela se está mal sai de casa”…

    Se as leis são aplicadas numa área também devem ser aplicadas noutras

    • B@rão Vermelho says:

      Os filmes para adultos não são também eles ofensivos?
      Os filmes de heróis americanos que há mais sangue em 5 minutos de filme que num matador, também não são ofensivos?
      Pedofilia na igreja também não é ofensivo,?
      Há tanta coisa que está mal neste mundo, porque implicar com uma sátira humorista?

    • Hugo says:

      WOOOW calma. Violência doméstica? wtf
      Nada disso é crime. Há centenas de filmes de comédia que gozam com pessoas e nenhum deles foi considerado crime. Crime é esse teu fanatismo.

    • Fulano says:

      Larga o vinho companheiro… O álcool e as ideias retrógradas não te deixam ver que o Mundo já avançou 2020 anos.

      • Fabrizio says:

        Tanto no Brasil quanto Portugal temos leis parecidas sobre esse aspecto. Sim é crime ofender uma pessoa publicamente baseada em sua religião, porém não é crime ofender a religião em si.

        Ou seja, pelas leis e somente pelas leis, nenhum crime foi cometido.

    • Carlos Fernandes says:

      … o que é isso de religião?
      “Se as leis são aplicadas numa área também devem ser aplicadas noutras”.. se consideras que o que está escrito na bíblia uma lei, procura lá a parte em que só na porta do é que és julgado, porque na terra não podes ser julgado pelas leis de Deus.

    • rjSampaio says:

      A diferença de um familiar teu, Jesus Cristo:
      1° não se prenúnciou se esta ofendido.
      2° não sabes de ele é homossexual ou não (não sabes de boca ou na Bíblia, aliás nela nem fala do seu aspecto físico mas sempre diz que amava os homens…)
      3° mete mais tabaco

      As tuas comparações são sempre para pessoas que podem falar por si, e sabes que existem.
      Achas que uma personagem ficaria ofendida e como tal armar esta barraca é no mínimo ridículo.

  5. B@rão Vermelho says:

    Da que pensar, num país que se morre de fome, que há crianças de rua mortas por diversão, políticos corruptos, desigualdades gritantes mas está tudo preocupado com uma sátira humorista, e está em!!!

  6. Fulano says:

    Claro que tem de ficar disponível para todos verem.
    A Religião (seja ela qual for) não tem nem pode ter lugar numa sociedade moderna e dita democrática.
    Nunca nos podemos esquecer que graças à Religião Cristã que a ciência ficou quase 800 anos atrasada.
    Neste momento acontece o mesmo na religião muçulmana, que, tirando os telemóveis e televisão, vivem no passado, com idéias e mentalidade dignos de verdadeiros atrasados mentais.

  7. NT says:

    Logo que esta treta veio para as redes sociais e afins só me lembrei do jornal francês que fez pouco do ‘profeta’ e enfim extremismo religioso.
    Paródia é paródia, por vezes tem piadas que não lembra a ninguém (p.s. nem sou muito apreciador do humor da porta dos fundos …) como por exemplo piadas de pretos, louras, alentejanos e no Brasil piadas do ‘português’ também vão ser/deveriam ser banidas? No Brasil o Bolsonaro quer facilitar a aquisição de armas mas quer suprimir o humor? Já nos EUA podes pegar numa arma e ir mundo fora a matar pessoal aos 18 anos (recruta se não estou em erro é aos 16) mas para beber uma cerveja com álcool tens que ter 21?
    Estamos todos com as prioridades todas trocadas… Triste momento que vivemos na nossa sociedade, depois venham dizer que sou misantropo….

    • Nuno says:

      Em Portugal tb deviam de criminalizar quando os zucas dizem piada sobre os Portugueses… (not) mas se forem os PT a dizer piadas dos zucas é logo racismo. Ainda bem que há brasileiros (plural) inteligentes. Esses são bem vindos em PT, cá queremos malta inteligente e malta que venha para trabalhar e contribuir para desenvolver o país. Sejam bem vindas as pessoas que sabem fazer e aceitar humor.

  8. edmonteiro says:

    Quando era a Bíblia a gozar com as outras religiões (ex: ídolos de religiões que na altura existiam mas que hoje não existem) já se acha muito bem, portanto…

    …o crime de injúria que seja movido pelo injuriado e não pelos fãs do injuriado.

    E se não o fez até agora é porque está tudo bem, não se percebendo porque é que os seus seguidores estão a mostrar esta indignação em vez de dar a outra face (a menos que ele esteja incapacitado).

    Se um deus fica ofendido com piadas de meros mortais, então é realmente um deus muito pequenino.

  9. pauloj says:

    não mas este liberais inuteis e cobardes deveriam fazer um em que moamed é gay!

  10. Abreu says:

    Vocês sabem muito bem que isto só dá publicidade a porta dos fundos…

  11. nelson mota says:

    eu não vi o filme porque não tenho netflix , e se tivesse netflix não ia ver , porque sou ateu , e não acredito em deuses , so na ciencia , mas se fizessem isto aos musulmanos com os deuses musulmanos , rebentaria a 3guerra mundial na mosulmania

  12. Miguel says:

    Discordando com a temática do filme, não deve ser retirado. Se não existe cabimento legal não deve ser retirado! Por muito que me incomode o tema. Pura e simplesmente Não! Prefiro estado de direito a estado religioso.

  13. Pirata das cabernas says:

    Eu também vou fazer um pergunta…
    Como ficou o caso de pedofilia na igreja..? Quantos padres foram presos? Quantos foram expulsos? Depois de resolverem. Isso então já podem vir falar de filmes…

  14. paulo rodrigues says:

    Sou ateu, conheço um pouco dos “Ensinamentos” de Cristo e nada tenho contra estes. Aliás, se fossem cumpridos, de certeza que o nosso mundo seria outro (para melhor). O “engraçado” é que os “crentes/seguidores” simplesmente não cumprem minimamente os “Ensinamentos”… não vou lembrar as inúmeras barbaridades cometidas pela Igreja (sejam estas a que “seita” pertençam) ao longo de toda a sua existência mas, neste caso em concreto, os “ofendidos” serão crentes (na sua perspectiva), terão “consultado” o seu Deus no sentido de pedir a sua anuência ao acto de atacar a Porta dos Fundos? Quando Cristo estava na cruz, sofrendo as mais variadas humilhações, pede ao seu Pai para perdoar toda aquela turba de ignorantes que o insultavam e infligiam a dor… este filme ou lá o que é será mais “humilhante” para Cristo do que a sua crucificação? É evidente que não… a turba de ignorantes (estes cristãos) é agora ainda mais ignorante! A ignorância, neste caso, é não aceitar a liberdade de expressão, por mais ridícula que esta possa ser sob o seu ponto de vista. Não vi este episódio (ou filme), apenas vi um pequeno excerto… lembrou-me logo daqueles filmes do Bud Spencer e Terence Hill… nem para rir dá, nem para chorar, simplesmente ridículos!

    • Nuno Antunes says:

      Xica pa, agora fiquei ofendido… os filmes do Bud Spencer e Terence Hill nao dava para rir??? La’ se vai a minha infancia…

      • paulo rodrigues says:

        Pois mais a “infância” já lá vai há muito… já agora, também gostava da saga “Guerra das Estrelas” na minha condição infantil/adolescente… agora é simplesmente ridículo.

    • Edgar says:

      Os cristãos nunca gostaram muito fa liberdade de expressão.

    • AP says:

      não percebi… mas está-se a queixar que os cristão não cumprem porque cometeram muitas barbaridades… mas agora, no passado? Os actuais até podiam ser santos que vamos chaciná-los na mesma por causa do passado?

  15. António_Silva says:

    Apenas dois fundamentos. Primeiro, quem acha isto liberdade de expressão, não entende que é um ataque direto de um grupo anti-igreja com ligações ao partido PT, todos os anos fazem o mesmo. Já agora, se é humor, deiam os vossos nomes, das vossas filhas e esposas, e no próximo filme serão os protagonistas da família mais “bicha” do ano. Segundo e último lugar, se a igreja só cria guerras, divisões, não gostam, porquê que celebram o natal, a páscoa, os feriados religiosos? Porquê procurar a igreja para funerais?

    • paulo rodrigues says:

      Eu, no que concerne a feriados de origem religiosa, sou de todas as religiões… venham mais feriados sejam estes laicos ou por causa de uma crença qualquer! Não gosto de trabalhar e já trabalho já lá vão quase quatro décadas… e, depois, quem não é para comer não é para descansar!
      O Natal celebra o nascimento de Cristo ou é o expoente máximo do capitalismo/hipocrisia? É que Cristo, segundo parece, nasceu pobre e pobre morreu e detestava o o capitalismo/hipocrisia, isto levando em conta o que está escrito aquando da sua entrada no templo em Jerusalém… nada tenho contra a homossexualidade (bicha?), eu entendo que cada qual é livre de fazer o que bem entende desde que não prejudique terceiros…

  16. Jefe says:

    Gostava de ver a sequela noutras religiões p.ex trazer para a ribalta Maomé .
    Então sim , o portal dos fundos ganhava a minha admiração.

  17. MP says:

    Com toda esta polémica o grupo conseguiu exatamente o queria, um debate sobre um filme sofrível, com caracterização péssima e piadas de mal gosto. No canal da produtora existem esquetes de qualidade, inteligentes e muito bem feita.
    Dito isto, assiste quem quer, é a arte que eles propõe. A plataforma tem por hábito a exibição de obras polémicas e é um direito, assim como o consumidor tem o direito de rejeitar, não assistindo. O objetivo foi alcançado, investiu um dinheiro num projeto de péssima qualidade e obteve o retorno através da polémica.

  18. galileu says:

    Toda as piadas são potencialmente ofensivas pelo que tentar limitá-las é um atentado à liberdade de expressão.

  19. Justino, o Justo says:

    É óbvio que o filme deve continuar a estar disponível. Liberdade de expressão não mata. Fanatismo mata. Religião mata. Deixem os humoristas em paz.

  20. Fábio Almeida says:

    dia o André Isaque – “Se a religião de alguém é ofendida é crime.”
    Ora bem…
    Se comes carne de porco, ofendes os muçulmanos.
    Se comes carne de vaca, ofendes os hindus.
    Se comes algo que seja de origem animal, ofendes os Vegans.
    .
    Achas mesmo que é possível respeitar tudo e todos?
    Ou achas que a TUA religião merece mais importância que a religião DOS OUTROS? O que faz de ti especial?
    .
    As crenças e religiões PODEM, DEVEM e VÃO continuar ser ofendidas. Ofendidas por ti também.
    Até mesmo que sejas religioso, segues no máximo UMA religião! O que significa que possivelmente desrespeitas várias das outras 4200 religiões existentes sem sequer saberes disso – São todas diferentes e muitas delas incompatíveis umas com as outras.
    .
    Se quiseres mesmo respeitar tudo e todos, terias de ficar fechado e calado porque com qualquer palavra corres o risco de ofender alguém. Queres mesmo sacrificar a tua liberdade de expressão só para continuar a brincar ao Amigo Imaginário?
    Por Amor de Deus… 😉

  21. Ernani says:

    Deve ser tirado por se tratar de CRIME (veja o código penal brasileiro) e não censura.
    Se não concorda com as leis existentes, tente mudar por vias legais.
    Estou esperando sentado (quase deitado) ver algo parecido com o Islamismo. Temo que não terão peito para desrespeitar as leis (Sharia) do alcorão…
    Muçulmanos se manisfestaram contrários à essa porcaria que desrespeita o profeta que o islã respeita e cita no alcorão.
    Algum comentário sobre isso? =/

  22. Johnnatan says:

    Os seres humanos se dão tanta importância que inventaram deuses que agem conforme suas necessidades. Para cada canto do mundo que você for, encontrará deus diferente. Escolher acreditar ou não cabe a cada um, mas não podem exigir que aqueles que usam sua inteligência e entendem que essas fantasias não fazem sentido, respeitem essas idéias ridículas. O pior de tudo é ver que a maioria dos que as defendem, n mesmo seguem suas regras.

  23. Godlike says:

    Os resultados desta votação já nem me chocam, são a reflexão da sociedade decadente em que vivemos.

  24. Ernani says:

    RESPEITO
    Veja o que o humorista Renato Aragão (Didi) disse a um ateu sobre respeitar a religião dos outros. https://youtu.be/vMrG7KHf7hc

    • Ruy Acquaviva says:

      Menos Ernani, muito menos… Cansei de ver esquetes humorísticos do Renato Aragão fazendo piada com santos, padres e com religiões de matriz africana (em relação às quais ele sempre foi extremamente desrespeitoso. Agora ele vai querer condenar o mesmo tipo de humor que el praticou e ainda por cima com essa mentira de que não faz piada com religião? Que ridículo!
      Veja o vídeo abaixo sobre a hipocrisia do Renato Aragão e tire suas próprias conclusões.
      https://youtu.be/T6pLeIqdt_0

  25. Rodrigo says:

    Sendo a igreja uma fantochada, onde só os fracos e os burros acreditam no que alguém escreveu num livro a quem lhe chamaram de Biblia, perdendo tempo a ouvir pedófilos e a gastarem o dinheiro que vocês lhes dão em grandes carros e viagens, a minha resposta a esta Poll é simplesmente não.

  26. Duarte says:

    Bem… O que eu mais adoro é que os fanáticos com tanta propaganda de ódio ao filme,o tornaram viral.
    2020… E ainda existe gente assim. Credo.

  27. José Vidal says:

    Esse caras não conseguem fazer humor de forma normal e apelam para qualquer coisa , sem ligar se vai contra os princípios de outras pessoas.
    Mas como já disseram ai, vê quem quer, pra mim tanto faz tirar ou não, tenho uma certeza que eu não vou ver, eles não fazem um humor que me agrada.
    O resto eu não discuto.

  28. Daniel says:

    Isto é daqueles temas estranhos de comentar… Se, judicialmente, no Brasil, o filme for proibido, acho que o Netflix deveria acatar com a decisão… MAS só no Brasil… isso porque caso não o faça, passaria a ideia de que os grandes grupos económicos ficam à margem de qualquer lei (sabemos que isso já é verdade, mas pronto, aqui seria descarado).
    Se o Netflix acatasse a ordem, e o retirasse globalmente, seria um acto de pura estupidez, pois estariam a reforçar o poder da censura perante uma seita religiosa e falsos moralismos, o que, nos tempos que correm, é um erro.

    Os brasileiros cometeram um erro tremendo ao escolherem Bolsonaro para os governar… o homem está a dar poderes à corja evangélica, que não tarda nada, terá poder para decidir aquilo que se vê ou ouve por lá… Já se mostraram revoltados contra o rock ( hard rock, heavy metal, etc.) – o que me causa um pouco de pena, pois é o meu estilo de música de eleição, e o Brasil tem muito material de qualidade – mostraram-se contra o cinema de terror – outra coisa que é pena, porque nos últimos anos, o Brasil tem mostrado uma qualidade imensa – e a continuar assim, o Brasil irá regredir décadas…

    Mas não nos cabe a nós “barafustar”… tem que ser o povo brasileiro, a fazer pressão contra essas corjas, essas seitas nojentas religiosas, que só querem criar estúpidos (atenção, não estou a chamar a religião de estúpida… a religião, na teoria, está bem definida e tem preceitos impecáveis, bem construídos… mas os representantes dessas seitas vergam as coisas à sua vontade, e isso, é que estragam e empobrece o valor da religião.).

    quanto ao resto, quem não quer, não vê… esta gente é tão estúpida que não vê que, fazem tanto alarido, estão a dar publicidade ao filme em si… eu, por acaso vi, e não gostei, mas não aprecio muito o actual humor, prefiro os clássicos, mas é uma questão de gosto pessoal.

    Mas como referi, não é fácil de comentar… porque tanto uma hipótese como a outra, trará pontos negativos acoplados a qualquer decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.