PplWare Mobile

MB WAY: um caso de estudo em usabilidade


Maria Inês Coelho

Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.
Por João Monteiro para Pplware.com

Destaques PPLWARE

73 Respostas

  1. Paulo says:

    Já para não falar na parvoíce que é ter que abrir cada notificação para a apagar…

  2. eu says:

    Adorei os mockups.
    Para mim a questão de ter de clicar em 2 sitios para pagar com NFC é o maior problema.
    Para além dos 2 cliques, o tempo entre os 2 eventos é enorme (que antigamente não existi de todo).
    Não havia este problema antes de suportar QR Code.
    Provavelmente escolheram o caminho mais facil.
    Por esta razão uso muito menos vezes os pagamentos por telemóvel pois torna-se ridiculo demorar a pagar mais por telemóvel do que por cartão.

  3. emac says:

    Parabens pelo estudo!!
    Espero mesmo que a SIBS veja este estudo com muita atenção…

  4. Rui Pedro says:

    Sem a imagem do cartão como saber que cartão estamos a usar? Quem tem vários cartões na aplicação é uma maneira bem rápida de alternar entre contas.

    • Carlos says:

      É.
      Saber qual cartão se está a usar e facilmente poder escolher outro são funções importantes, que justificam completamente o destaque dado à imagem do cartão.

    • Nelson Branquinho says:

      +1
      Eu também uso varios cartoes e é estrema importancia poder identificar rapidamente qual é que está a ser usado. De resto os mokups estão top!

    • TechMan99 says:

      Concordo, não faz qualquer sentido retirar a imagem dos cartões.

      Por outro lado, se se quer mesmo comparar interfaces, devem ser colocados sobre o mesmo fundo.

    • Arlindo says:

      Está bem, mas perde utilidade para pessoas como eu que têm dois cartões associados com o mesmo aspeto exterior

  5. david says:

    Boa tarde,

    Sou utilizador da MB Way e queria felicita-lo por este artigo.
    Além de concordar consigo existem funções que poderiam ter melhor eficácia (nomeadamente pagar por NFC)

  6. João Silva says:

    Não podia concordar mais com este artigo!
    A app tem tanto potencial, mas com este design não vai longe.

    Não a uso mais vezes porque é simplesmente horrível de se usar e também na minha opinião lenta. No outro dia demorei 2 min para conseguir pagar com NFC.

  7. Manel says:

    Já que adicionamos cartões , seria altamente ver s números e os dados deles em algum lado para os usar, assim não necessitava de andar com os cartoes na carteira

  8. Renato A. says:

    A aplicação está mesmo a precisar de ser redesenhada e repensada. Mas adorei este mockup!
    pplware sempre atento.

  9. Diogo Calçada says:

    Parabéns pela iniciativa. Muito bons pontos!

  10. FilipeOS says:

    Isso e eles não darem uso do NFC nos iphones que segundo entendi já pode ser ativo pelas aplicações?!

    • Miguel Costa says:

      O problema do Iphone é que para usar o NFC é preciso pagar uma comissão que ronda dos 50000 euros anuais ou dar uma comissão entre 0,03% e 4%, à Apple. Daí existirem várias empresas que não o usam. É uma questão de saber se existem utilizadores suficientes a usar a App para compensar esse pagamento.

  11. Fábio V. says:

    Para mim esta proposta é muito válida, muito mais intuitiva e “bonita” de se olhar. Parabéns, agora é esperar que a SIBS tenha em atenção a este artigo.

  12. hommer says:

    bastante interessante este artigo, de facto existe necessidade de alguns melhoramentos, mas até ver não tenho tido razão de queixa no uso, ainda assim a APP tem de ser melhorada…

  13. rafaelsaavedra says:

    Achei o redesign muito interessante, seria interessante ver algumas sugestões aplicadas.

  14. Ricardo Almeida says:

    Gosto da aplicação mas os erros apontados foram muito bem identificados. Gostei muito do mockup, gostava de ver algumas dessas alterações a serem implementadas. Mais importante do que isso e já referido nos comentários um botão para apagar as notificações todas seria extremamente útil.

  15. helder11 says:

    A App em iOS não está optimizada sequer para o iPhone 6 Plus e superiores.
    Uma vergonha

  16. Irineu says:

    Muito bom artigo obrigado

  17. diogo says:

    MBway é engraçado.. mas exprimentem o Revolut, tem as mesma funçoes do MBway e mais algumas (é quase um banco completo). O bonus é que não tem restriçoes para operar apenas em Portugal.

    • DNTB says:

      Parece muito interessante, no entanto parece-me que ainda há um factor que para muitos portugueses pode diferenciar o MBWay: transferencias de utilizador MBW para outro utilizador MBW (em Portugal já são cada vez mais felizmente) entram na conta bancário de imediato e não há necessidade de aguardar (a parvoíce) dos 2 a 3 dias úteis quando se trata de bancos diferentes.

      • Rodrigo says:

        Desde que saiu a norma de utilizar os IBAN em vez dos NIB que as transferências interbancárias seja a que dia for (fins-de-semana incluídos) ficam na hora e de bancos diferentes (qualquer banco da zona euro com a norma SEPA) dica no dia útil seguinte…. isso dos 2/3 dias já não existe faz tempo

        • PeterSnows says:

          Estou a utilizar o Revolut (cartao de credito fisico).
          E experimentei fazer a transferencia SEPA para a conta do cartao (conta na GB), desde a minha conta do banco CTT.

          E dei-me conta que nem no dia seguinte é.
          Passado algumas horas tenho o dinheiro no cartao. (a conta é do UK).

    • jcvav says:

      Vinha aqui dizer o mesmo. Utilizo Revolut e acredito que é o futuro. Só tenho pena de na maior parte dos comerciantes não haver terminal com VISA, o que limita o seu uso. Quando assim não for tornar-se-á a minha preferencia.

  18. João de Almeida says:

    Obrigado pelo artigo e fez-me repensar e talvez vá instalar esta aplicação do Android. Como se refere também eu achei a aplicação muito consiga e nunca instalei mas ao ler este artigo e perceber, agora sim, a sua utilidade, vou encher-me de paciência e tentar perceber os confusos menus. Ao autor deste artigo se precisar de algum tipo de apoio ao meu alcance para que as suas ideia sejam vistas e até aprovadas pelo SIBS contacte-me pois tem a minha total aprovação, obrigado, boa sorte e um abraço.

  19. Bruno says:

    Este artigo é ridículo!
    A aplicação está óptima. Espero que ninguém na SIBS leia isto e lhe dê crédito.

  20. albino negro says:

    A aplicação em si tem funcionalidades extraordinárias.
    Criar cartões virtuais – muito úteis para apps que exigem cartao de credito para se poder aceder ao teste da app durante algum tempo. Subscreve-se e cancela-se de imediato. assim não ha risco de debito dos valores se não gostarmos da app e nos esquecermos de cancelar.
    Transferência de dinheiro – ao contrario das transferências interbancárias em que o dinheiro desaparece de imediato da nossa conta e demora certa de 2 a 3 dias a aparecer na conta do destinatario com esta app é, literalmente, imediato.
    Envio de dinheiro para terceiros.
    Levantamento de dinheiro sem cartao bastando apenas dirigir a uma caixa atm.
    Esta funcionalidade tem um senao que experimentei “na pele”. Fora do horario de funcionamentos dos bancos so funciona em caixas atm fora dos bancos.
    Se precisares de abrir a porta de acesso à caixa ATM… nao consegues com o telemóvel…

    Independentemente disso tenho usado bastante esta app e aguardo desenvolvimentos dela…
    Ja falta pouco para apenas se sair de casa com o telemóvel no bolso deixando a carteira chaves do carro, casa etc de lado… o telemóvel caminha para obsoletar tudo isso

  21. Carlos Florêncio says:

    Muito bom artigo. Já não basta apenas fazer aplicações, é preciso pensar na UX e recolher feedback dos utilizadores.

    Outro problema do MB Way são os seus limites mensais, no máximo apenas são permitidas 20 transações por mês.

    • Joao Ptt says:

      Devem ser limitações legais… os governos detestam qualquer coisa que facilite a vida às pessoas, e pior só se for anónimo… felizmente o MB WAY não é anónimo nem permite anonimato, mas facilita um pouco a vida.

  22. Caetano says:

    Parou tudo.
    A SIBS que não mexa em nada porque esta app funciona em W10M e se a alterarem agora vão esquecer-se do SO que já devia estar morto.
    Quanto ao artigo, parabéns bom trabalho. Obrigado.

  23. João says:

    Trabalho num banco e apesar de achar os mockups um salto de qualidade, realmente pecam por não termos o cartão. Ou seja se tivermos dois cartões temos de “adivinhar” qual estamos a usar.
    No meu caso tenho o cartão da conta e o de alimentação logo dá-me jeito mudar rapidamente e saber qual uso.
    Tirando isso está óptimo.

  24. iOSDev says:

    O grande problema da aplicação é ser uma aplicação híbrida e não nativa. Se suspendessem mais orçamento nas duas aplicações e as criassem do 0 nativamente iria ficar tudo bem melhor.
    Em relação à UI proposta acho ainda pior do que a que está e não segue de maneira nenhuma as boas práticas actuais.

  25. luigy says:

    Artigo top. Até tive de ir ver quem fex este trabalho fantástico.
    Maria Inês Coelho, Continua assim!
    Acredito que deu um trabalhão fazer o protótipo mas foi desta forma que te acabaste de destacar da grande maioria dos artigos publicados em qualquer site de tecnologia no mundo.
    Este artigo tem qualidade para incluires no CV. Just saying!
    SIBS toma nota!

  26. Bruno says:

    Estão de parabéns, foi feito um excelente trabalho.
    Menus muito mais sóbrios (de realçar o menu dos cartões MBMet), limpos e de fácil manuseio.
    Os cartões fazem falta para se identificar rapidamente qual o cartão pretendido, mas não é preciso ser tão grande o espaço dedicado às cartões.

    A SIBS tem muito a retirar deste estudo e realmente fazer alguma coisa na APP de maneira a APP não se torna apenas utilizada para levantar e fazer cartões MBNet.

    Em relação a experiência de pagamento com o telemóvel, já foi mais agradável e rápida. Por vezes estamos na fila e parece que estamos a fazer papel de parvos a tentar pagar com o telemóvel e no final temos de ir a carteira buscar o cartão para concluirmos o pagamento.

    A SIBS devia ver quantas pessoas utilizavam a APP para pagar e que ao longo do tempo deixaram de o fazer. E talvez efectuar um questionário para saber da opinião dos utilizadores.

    • Ying Yang says:

      A SIBS só vai ouvir a voz da concorrência e se quem banca o assim entender.
      Até lá continuarão a ser como a Nokia… o symbian é que é bom 🙂

  27. André Pacheco Barbosa says:

    Muito bons mockups… mas percebo o porquê das “réplicas” dos cartões reais. Estão lá por dois motivos. Primeiro porque é mais fácil associarmos qual o cartão pelo seu aspeto do que pelo numero. Segundo, podemos fazer swipe no menu inicial entre os cartões para selecionar qual queremos usar para efetuar um pagamento.

  28. BC says:

    É um bom artigo/estudo, mas a partir do momento em que a autora do estudo não entende alguns conceitos na app original (ex, ter a imagem do cartão a ser usado, etc) então todo o restante estudo cai por terra. Não desvalorizando o trabalho, pois está bastante bom, mas quando se faz algum estudo de alguma coisa, convém saber o como e o porquê de existirem as coisas, e a partir daí oferecer soluções.
    Se vai dar uma solução para algo que não se compreende porque está ali, então a solução deixa de fazer qualquer sentido e não traz nada de novo.
    Não se pode dar uma solução a algo, quando não sabe para que serve.

  29. Art. says:

    para quem tem mais do que um cartão associado,e eu tenho vários , é útil ter a imagem dos cartões

  30. mlopes says:

    proposta muito, muito interessante!

  31. Aqueletal says:

    Este é sem dúvida o artigo mais interessante no pplware desde à muito tempo (sem querer ofender ninguém).
    Gostava de ver mais conteudo deste genero. Acho que este mockup acertou em cheio para aumentar o potencial da app.

  32. João says:

    Bom exercício de usabilidade.

    Há algumas particularidades que não foram endereçadas:
    – A Tab Bar não deveria ter os ícones dispostos de forma centrada. Ou seja, a primeira acção deveria estar à esquerda e as restantes à direita. Este tipo de disposição centrada é típico dos layouts feitos no sketch ou no photoshop. Fica mais giro, agrada mais visto à distância mas, na prática, o utilizador espera sempre que a primeira opção esteja à esquerda.
    – Os ícones da tab bar / navigation drawer poderiam ter um estado filled quando activos e lined quando inactivos. Ajuda à percepção do estado de activo/inactivo.
    – Há um grande problema de acessibilidade na app no que diz respeito ao contraste de cores. É fraquinho, não permite que utilizadores com problemas de visão (e não é preciso ser-se quase invisual para se entrar num grupo com problemas de visão, basta serem um pouco mais idosos ou sofrer de deuteranopia, tritanopia, etc) consigam distinguir entre texto mais importante e menos importante.
    – O menu circular pode não ser a forma mais fácil de apresentar opções, dado que o utilizador faz scan ao ecrã e pode perder-se porque os olhos tentam acompanhar a disposição do menu. Mas isto deve ser testado primeiro.

    Se a SIBS estiver a ler os comentários, por favor, testem protótipos com os utilizadores e aprendam com o feedback deles. Quase tudo o que estamos aqui a falar pode não resultar no público-alvo. Gastem um bocadinho do orçamento em UX e isso vai ajudar muito ao futuro da app.

  33. mribeiro says:

    Há um problema de usabilidade importante não referido no artigo: os botões de ação ficam no fundo do ecrã, muitas vezes tapados pelo teclado. Já alguém há-de ter falhado ações por esse motivo.

  34. Marco B. says:

    E uma falha de segurança enorme que ja reportei e ainda continua..

    • Joao Ptt says:

      A primeira é utilizarem o número de telefone sobre o qual a pessoa não tem controlo… deveriam gerar um nome de utilizador e deixar a pessoa escolher a senha.

    • Marco B. says:

      Fazer target a versão pré 21 quando ja podia estar na 27 ou 28, nao usam FLAG_SECURE e outros métodos de segurança que o android oferece.

  35. Mdt says:

    Sempre que faço uma compra via NFC (Galaxy S8) a aplicação vai abaixo, no entanto o pagamento é feito na mesma.

  36. José raposo says:

    Mas alguém acha que nesta altura eles vão praticamente refazer a app?
    Levaram um barrete de todo o tamanho da empresa que fez a app que estão todos contentes com o dinheiro que receberam pois pelo resultado final pagaram muito pouco aos programadas/designers.

    • Ying Yang says:

      E porque não podem refazer? A SIBS é mantida por uma cooperativa de bancos (a.k.a. accionistas) que pagarão o que lhes disserem para pagar

  37. Andre Gonçalves says:

    Como aqui alguém já referiu a importância de ter visível os cartões associados na página inicial é de uma importância fulcral. Penso que qualquer layout que retire essa importância está completamente fora da realidade.
    Quem tem mais de um cartão associados saberá ao que me refiro.

  38. José faria says:

    Para mim está aplicação está excelente só vejo virtudes, tenho a aplicação num honor 9 lite e funciona tudo na perfeição desde pagamentos com mbnet, transferência, pagamentos online. Recomendo vivamente.

  39. Pedro Costa says:

    Boa posta. Parabéns pelo estudo, bem completo. Enviem o mockup para a SIBS.
    Cumprimentos,
    Pedro Costa

  40. Ricardo Mestre says:

    Gostei dos mockups embora gritem EDP por todo o lado! Boa iniciativa!

  41. Carlos says:

    Eu nem consigo abrir o MB Challenge, já estão á mais de 3 meses a tentar resolver o problema e o unico feedback que recebo é “ainda estamos a analisar a sua situação”. Ideia muito boa.. execução.. zero..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.