PplWare Mobile

O primeiro frente a frente entre o Windows 8 e o iOS 5


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. serva says:

    Bom dia

    É nestas plataformas que a interface metro se sente mais a vontade sem dúvida , os dos SOs ainda não estão prontos , mas claramente a Microsoft está aí para fazer aos seus actuais rivais , todos ficamos a ganhar , os tablet tal como eu previa vão começar a ter SOs mais crescidos e o Windows 8 é mesmo um sinal de isso mesmo .

    Cumprimentos

    Serva

  2. serva says:

    Errata devese ler ” os dois SOs ” e ” está aí para fazer frente ”

    as minhas desculpas

    Serva

  3. windows 8 says:

    Só digo uma coisa, windows 8 é o melhor 🙂 … 😛 😀 🙂

  4. ganha premios de borla says:

    Estão os dois bem desenvolvidos… vamos lá ver qual dos dois se mantém mais forte na sua versão final :p

    • Cláudio says:

      lol. é que tem mesmo tudo a ver. um SO de smartphone vs um SO de computador a sério.

      • Dlencastre says:

        A diferença é que num é nativo, no outro tens de entrar na aplicação. As pessoas gostam de comparar, mas esquecem-se que a Apple é uma empresa de Consumer Products e a Micro é de Software. Cada um é especialista na sua área. A Micro não tem grande hardware e a Apple só tem o software para os seus aparelhos (e pouco mais) e bloqueado. Não conhecem na Apple software que realmente concorra com a Micro, não tem office, servidores de mail, web, ferramentas de programação como o visualstudio ou de base de dados sql e, a micro não tem hardware bonito e bem feito. O mundo pensa que eles concorrem e até distingue um pc de um Apple quando na verdade não há diferença. O que muda é o software e que eu saiba o software não se chama pc mas windows. É nesta distinção que as pessoas batem, o Macbook não diferente do Portege da Toshiba nem de qualquer máquina que leve linux… é tudo plataforma PC mas com vários sistemas operativos. Um Samsung Galaxy não deixa de ser um Telefone e o iPhone também não. é tudo uma questão de semântica.

        • nop says:

          Correcção: A Apple tem Office, chama-se iWork. A Apple tem áreas em que é a melhor, como o Logic Pro para som. O Macbook não é de plastico como o toshiba, nem tem buracos para respirar por baixo, nem tem touchpads do tamanho de uma carica, nem ecrãs forrados a plastico com miseras resoluções. A Apple, ao contrário da microsoft, tem o software feito à medida para o seu hardware, algo que demorou muitos anos a ganhar a notoriedade que merece a cada dia que passa. Esta sim é a grande diferença. Pensem só num último caso, o utilizador que muda para a Apple, ao contrário do que todos pensam, fica fascinado sim é com o SO e com o seu software, e uma vez inserido no ambiente, não quer mais trocar. Porque de hardware e máquina (física, entenda-se) ninguém tém dúvidas. Comparam-se sim, mas a verdadeira conclusão, apenas pode tirar quem usa ambos. E a escolha é feita quando chegam à conclusão que num dos casos, temos de estar constantemente a resolver os seus problemas (virus, erros, drivers, etc) e no outro sim, sentimos que resolve os problemas. Em suma, a máquina deve obedecer ao homem, e não ao contrário.

  5. Garoto says:

    Na minha opinião, finalmente que aparece um sistema operativo com um background cheio de informação. Já há muito que brincava com applets para ubuntu de forma a carregar o meu ambiente de trabalho com informação do tempo, aplicações, Rss etc etc… É com grande satisfação que vejo esta mudança do windows que vai ao encontro dos meus gostos pessoais. Esta foi uma das razões para não gostar tanto de mac: Os icons sem mostrarem mais nada nunca me atraiu. Para mim windows leva vantagem ao nível visual… Quanto ao resto é esperar para ver.

  6. Gil Mendes says:

    Boas,
    A minha opinião tanto do iPad2 como do Windows 8 é muito boa, mas acho que vou preferir em “Março” comprar um tablet, tipo esse, com o Windows 8 pois tanto dá para fazer o que se faz com um tablet como também para eu usar um OS “normal”, como por exemplo para programar.
    Eu que já tenho experiência em programação e vou para o primeiro ano de universidade, eu acho que será uma ferramenta muito útil, não?

    • Gonçalo Passos says:

      Não te esqueças que o processador é um arm. É diferente dos processadores x86. Os programas que correm no arm nao correm no x86.

      Cumps.

      • Tiago Cruz says:

        Mas se for uma Metro Style app, corre nos dois, penso eu, porque é html5 e javascript.

        Cumps

      • SatoMew says:

        Se ele programar em .NET, muito dificilmente haverá problemas de compatibilidade entre ARM e x86

      • Gil Mendes says:

        Sabes as especificações do tablet em questão, não certo?
        CPU: Core i5
        RAM: 4GB DDR3
        HD: 64GB SSD
        (…)

      • aver says:

        “Os programas que correm em x86 não correm em arm”

        Ao princípio tive dúvidas. Se o Windows 8 tinha sido desenvolvido para x86 (conjunto de instruções usadas nos chips da Intel, AMD e Via) e também para Arm (usado em chips baratos, como os smartphones) será que haveria uma maneira de as aplicações escritas para Windows 8 x86 funcionarem no Windows 8 Arm ?

        Não funcionam. Vai continuar o fosso entre netbooks/tablets (slates) x86 e smartphones/tablets Arm.

        http://www.thinq.co.uk/2011/9/16/sinofsky-confirms-windows-8-arm-legacy-issues/#ixzz1YF6S24e5

        • Gil Mendes says:

          É obio que não pois o assembly é diferente, mas o que eu queria dizer ao Gonçalo Passos é que aquele tablet é x86 e não um arm, e a maior parte das aplicações metro serão em javascript, mas respondendo agora ao Tiago Cruz, as Metro Apps também podem ser .NET e Visual C++.

          • aver says:

            Ainda bem que para ti é tudo óbvio. Mas, se procurares no link acima, antes de adoptar a arquitectura x86, a Apple tinha computadores com uma arquitectura própria: PowerPC.
            E conseguiu que as aplicações escritas para Power PC corressem na sua arquitectura x86.

            A confusão que reina entre Windows 8 x86 e Windows 8 Arm é mais que muita (ainda ninguém pôs a vista em cima do W 8 Arm).

            Óbvio é pôr um ovo em pé. Depois de alguém mostrar como, ou provar que é impossível.

  7. Sobral says:

    Eu gostaria de ver, mal estejam disponíveis (beta ou não) ios 5, MO8 e android4, em hardware semelhante…

  8. Não conheço o Windows 8, mas desde já dou os parabéns à Microsoft por evoluir sem copiar os outros. Um grande exemplo que a Google e outras deveriam seguir.
    A Microsoft subiu na minha consideração.

    • Lourenco says:

      Pegar num sistema criado para ser móvel e mistura-lo com um sistema que já existia, não é necessariamente evoluir…..

      Parabéns à Microsoft que fez um sistema para smartphones ( ponto final)
      Parabéns à Microsoft que consegui misturar o Windows com o sistema operativo criado para smartphones (ponto final)

      O Windows, tal como o conhecemos continua lá todo…. Evoluir = 0
      O SO para smartphones parece-me bastante aceitável…
      O mesmo para desktop, parece desadequado…. Parece-me uma espécie de media center que se estendeu a app’s…. Mas que mantém o estilo de media center….

      Faz-me lembrar por um lado o XMB da sony, o sistema operativo para a ps3… Funciona…. Mas sozinha n é pratico (num desktop) …. Já em mobile….

      Dra mesma maneira o o Windows tradicional q nos estamos habituados… N funciona em plataforma mobile ou tablet…

      Nesse sentido, em que o que se adapta a desktop n mudou grande coisa, n acho que o Windows 8 tenhas de facto evoluído…. Boas alterações… Adaptação do sistema as necessidades do utilizador, sim senhor, mas evolução n….

      O Windows mobile, esse sim sofre uma evolução, mas uma evolucAo daquelas…… E de facto estão de parabéns…

      Mas eu pessoalmente n acho assim tão pratico ao workflow de um desktop ou portátil de trabalho o metrostyle…. E provavelmente preferia o seu estado tradicional… É a minha olímpica opinião…

      • Cláudio says:

        Adaptação do sistema às necessidades do utilizador = evolução.

        Consumo de recursos muito reduzido = evolução.

        Interface a evoluir = evolução (lógico).

        Universalidade do Windows = evolução.

        • Lourenco says:

          Opção, a serio??

          Universalidade apenas para sistemas preparados, chama-se exclusividade…. Assim só numa de te abrir a pestana,
          N compreendo a questão do consumo de energia uma vez que n me lembro de ter visto resultados significativos para concluir uma coisa dessas…. A adaptação de um sistema operativo as necessidades do utilizador, deixa-me ser mais concreto, acrescentarem um interface mais intuitivo mas ainda assim pouco simples sendo simples o contrario de complexo só para n haver confusão) e adicionares coisas como “mount” para iso etc., não é evolução, é adaptação e estes dois conceitos têm significados diferentes….

          • lol says:

            Ninguém falou em consumos de energia l2r, mas sim consumo de recursos, se tivesses visto o vídeo de apresentação do w8, tinhas visto que tem menos processos a correr que o w7 e por sua vez menos recursos do sistema utilizados 😉

            Eu a isso chamo evolução, pois posso pegar no meu portátil com 4 anos e meter o w8 e ter melhor performance que o w7(que já era boa).

        • Dlencastre says:

          É mau quando só se vêm um lado não se consegue ver o outro. A Micro é especialista em software a outras em desenho de máquinas e software bloqueado para as mesmas, de forma a ficarem bloqueadas. Qualquer técnico programador, daqueles que sabe o que é uma classe de dados ou objecto.propriedade, sabe que a evolução é tudo o que se adapta e se melhora de facto a poder ser utilizado num determinado ambiente. Não ver que o windows aproveitado ou não de versões anteriores é genial é mau e nem entro no facto de que se a empresa é líder com o anterior “output” porque mudar? Se a concorrência não apresenta uma alternativa que seduza o consumidor a culpa é de quem? Mcgraw & Hill (economics) porque se queixa o concorrente?… Porque não se adopta um sistema ligeiramente familiar, retira-se o conteúdo que pesa numa maquina com os propósitos de ser ultra-leve e portátil como um pad e criamos algo que seja fácil de usar na entrada, com bastante dinamismo; noticias, tempo, blogs, tudo isto a mudar sem que se entre n aplicação? Não se poupa tempo? Não me parece que quando o ser humano evoluiu do “Homo sapiens neanderthalensis” tivesse perdido a capacidade de se locomover, socializar, criar família e inicializar-se ao colectivismo, e, de ter comportamentos do seu antepassado? portanto a teoria anterior do nosso amigo está, segundo a antropologia das especies e 🙂 das máquinas 🙂 errada e faccionada.

  9. zylor says:

    Até está porreirinho o windows 8! Ainda não tive oportunidade de experimentar mas assim que sair uma Release Candidate instalo para ver a estabilidade, visto que uma developers release muitas das vezes é instável como tudo! Boa review, mas o rapazinho podia ter feito com mais entusiasmo… há partes que mal se ouve!

  10. TelmoB says:

    Penso que estão os dois muito bem desenvolvidos. É certo que o iOS já se encontra no mercado à mais tempo, por isso a aposta da Microsoft tinha que ser boa e acho que conseguiu.
    Para trabalhar vejo com bons olhos o Windows8, acho que o iOS tem que começar a pensar em evoluir em alguns aspectos, apesar de ser um sistema minimalista e fácil de usar. No iphone encaixa muito bem, agora no que toca ao ipad vão ter que começar a pensar melhor porque vão ter um concorrente à altura!
    Estão os dois adequados, só que o Windows8 tem um toque mais profissional e a estrutura está muito boa.

    • Lourenco says:

      iPad é um tablet…. A função do tablet, é ser um tablet, não é nem nunca foi, ser um NetBoot, notebook ou desktop…. Então nesse sentido e tendo em conta que o iPad pretende ser usado como tablet…. Acho que o iOS se adapta na perfeição dentro do conceito minimalista que a Apple pretende dar aos clientes….

      O Windows mobile evoluiu de facto muito…. De um interface de janelas passar a um espécie de media center mais alargado e ( n esquecer…. É novo… O efeito WOW ainda esta muito presente) é de facto evoluir muito…. Em termos de Windows… Ou seja o sistema operativo tradicional ainda lá esta, e esse sim é mais profissional, porque basicamente e ao contrario do IOS, este continua com o mesmo, cada vez mais pratico, cada vez mais intuitivo, mas continua o Windows, feito para ser usado em netbooks, notebooks desktops etc…. Ou seja… Quando aplicado em tablets que volto a recordar, a função de um tablet é ser um tablet e não um desktop, basicamente o windows vai perder por não ser pratico…. A ideia de misturarem os 2, pode até parecer interessante, mas actualmente, na maior parte dos casos n é pratico… Pelo
      Embora em netbooks sem ecrãs tácteis e giratórios, em portáteis comuns e desktops…
      Mas prevejo um excelente adaptação aos tablets que são tablets e servem para ser tablets mas que seja tenha fácil confecção com teclado e rato sem fios seja por bt ou wifi….. E de preferencia que n deixem o utilizador na mão na altura deste querer usar software que o tablet n aguente…. Tipo Photoshop, premier etc….

      • Kashmir says:

        Conceitos, como tudo, também evoluem…
        O conceito de tablet que agora conhecemos, pode daqui a uns anos ser outro.
        Tudo evolui, ainda bem…

        • Pedro says:

          o tablet iPad não é nada mais que um iPhone maior.. :S por isso a tua afirmação “a função de um tablet é ser um tablet” vai contra ti.. porque o ipad é um smartphone grande..

          • Ppietra says:

            “Pad não é nada mais que um iPhone maior”??
            Não será que o mercado já provou que essa afirmação está errada??
            Se isso fosse assim, então não haveria grande dificuldade para o Android concorrer neste mercado, coisa que não está a acontecer.
            Pega nas aplicações do iPad e verás muitas que estão longe de ter algo semelhante no Android!

  11. peucoo says:

    O windows 8 está muito bom para tablets mas para desktop ainda não me convenceu pelo que tenho testado na developers preview.

    Mas claro que até a RC pode mudar muita coisa

  12. Hugo Capela says:

    Boas, será possivel instalar o Windows8 no Asus EEE Pad Transformer? Alguem sabe como se faz?

  13. André says:

    Alguem sabe se ha alguma plataforma para os developers descargar as app’s?
    Como ha para o windows phone 7.

  14. Goodfella says:

    Sou utilizador de produtos Apple, inclusive do IPAD, e pelo que que visualizei, acho que a Microsoft deu um passo certeiro a nivel do design e da interacção que o estilo dos “mosaicos” permite. Pessoalmente estou um pouco cansado do estaticismo do IOS. O facto dos mosaicos terem a possibilidade de diferentes visualizações ( videos, slideshows , diferentes noticias a passar … etc), garante uma maior interacção e dinâmica com o utilizador.

    Acho que a Microsoft demorou algum tempo a entrar neste mercado, mas por agora parece que tomaram as decisões correctas.

    Cumpz

    • Lourenco says:

      Pensa assim o Windows 8 com o metrostyle saiu agora…. Efeito (WOW) o novo é tão mais fixe do que o antigo…. É a acritude mais fácil e previsível que se vai identificar na maioria das pessoas…

      Mas há que não esquecer que daqui a 3 anos, as mesmas janelas em mosaico que hoje garantem uma maior blá blá blá…. Têm obrigatoriamente daqui a 3 anos garantir uma maior blá blá blá…. Isto é…. Se este tipo de papo furado apenas serve para encher chouriços por causa do efeito (WOW) olha… Então acho que não… O Windows a única coisa que fez de bom, foi ter lançado
      Uma coisa nova e diferente….. Não que essa coisa seja de facto boa…. Porque na verdade ela é apenas mais pratica do que a antiga… No que toca a Windows phone e igual ( apenas mais ajustada funcionalmente) no que toca a Windows 8 sem metrostyle…. Portanto…. Ta… N sei…

      • Goodfella says:

        Ser novo e diferente não significa que seja bom e que as pessoas adiram. O que não falta são resmas de produtos falhados que tentaram ser diferentes e não conseguiram impor no mercado. (Inclusive produtos Microsoft ou Apple)

        Na minha perspectiva e comparando com o IOS, penso que a interacção e dinamismo gerado pelo Metro Style é bem mais interessante do que a do IOS ( que mantém o mesmo estilo desde o lançamento do IPHONE) isto ao nivel de smartphones e tablets. O que eu pretendo dizer com isto, é que a Microsoft encontrou a sua “Praia”, e agora resta saber como o mercado irá receber. Se eu tivesse que apostar se terá sucesso ou não, eu apostaria que sim.

  15. Guilherme says:

    Eu acho que são ambos bons sistemas mas pelo que vejo de ambos o iOS 5 parece ser um sistema mais para lazer do que propriamente trabalhar, enquanto que o windows 8 parece ser mais adequado ao trabalho. Mas isso é só a minha opinião

    • Cláudio says:

      Só acrescentaria aí mais uma coisa: o windows 8 parece ser mais adequado a tudo. lol

        • diogo says:

          e porque nao ? vais dizer que o IOS é mais versatil do que o windows 8? com o que é que viverias melhor se te dessem um win8 e um IOS 5 para escolheres para o teu dia-a-dia..

          • lourenço says:

            não é uma questão de ser mais ou menos versátil!…

            se a apple puse-se o IOS 5 a tirar cafés, a lavar a louça, a ir às compras…, este tornava-se mais versatil, mas a serio!?…, essas funções fazem sentido num suporte para IOS 5?, que neste caso é o iphone/itouch/ipad ???

            essa sim, eu acho ser a questão!..

            o sistema operativo do windows phone 7, que é basicamente um mini metro style, totalmente compatível com o metro style do windows 8, é de facto um sistema que faz todo o sentido para o windows phone 7!..

            o metro style no meu ponto de vista, apesar de ser 1 cena interessante em alguns aspectos, não se adapta a um vasto leque de plataformas…,

            da mesma maneira que o windows style não se adapta a uma vasto leque de plataformas….

            porque no geral, diferentes plataformas, requerem OS diferentes, que tenham total compatibilidade sim, e sou mt a favor disso, mas não o que acontece em windows 8, principalmente pk, e esta é 1 cena que eles referem no video, como se isso fosse de facto uma vantagem!… , com o mesmo CD de instalação, podemos instalar o mesmo sistema em todos “estes” dispositivos…..,

            a serio?!…, e expliquem-me lá, s.f.f porque raio haverão pessoas a querer usar o windows style, ou estar presas ao windows style, num tablet!….. quando a usabilidade não faz sentido, isto é,
            porque raio queres tu aceder ao “regedit” num tablet…………………………….. mas podes.., mas porque?, faz sentido?!…, quer dizer….

            ok, o windows 8 é mais versatil, pk num só sistema, misturou, 2 sistemas…., e para alem disso, acrescentou algumas melhorias na Intuitividade e acessibilidade no windows style que os consumidores estão habituados..

            (respirar…)

            por isso, n interessa se o windows 8 é mais versátil, interessa que a versatilidade que o windows 8 trás, não faz sentidos em alguns suportes…..

            IOS faz sentido para plataformas moveis, n fazia sentido, agora sair um MACOX para ipad, e para iphone e para itouch, e nesse MACOX dava para ter a vista de icons que o lion já faz.., PORQUE NÃO FAZ SENTIDO…, dava-lhe versatilidade, mas n faz sentido porque é 1 versatilidade inutil

          • Eduardo says:

            Deixe-me ver.. se há diferença… é bem pouca, e o seguinte o iOS ja está na sua 5º versão, e mesmo assim, o windows 8 quase bate de frente com ele… mas para um fanboy, ele não vai entender nunca… 😀

  16. Eu says:

    Qual deste tablets devo comprar? Eu preciso para me divertir e fazer trabalhos escolares. Tenho um computador já antigo e acho que é melhor comprar um tablet em vez de um pc, mas não sei qual comprar. Eu já estou habituado à windows mas acho que o ios é melhor, não? Na vossa opinião qual devo comprar tendo em conta que é para me entreter e para fazer trabalhos escolares?

    • tfae says:

      Um portátil (Netbook/Notebook) e não um tablet…

      • lourenço says:

        a n ser que sejas um utilizador de mails, fotos, musicas, pequenos jogos de entretenimento, textos básicos, web, downloads de coisas simples, tipo ficheiros texto, som, imagem…..,

        nesse caso, comprar 1 tablet…. de preferencia apple e com IOS 5….. sendo que os outros não têm para já independencia de PC….,

        ps fanboy, ama, Hater, Odeia…, ambos possuem um sentimento pela questão,
        e olha que a charneira entre o amor e o odeio é mt curta!….., fim

        • Eu says:

          O ipad 2 é bom para fazer isso tudo (que eu gosto) mas não é bom para fazer trabalhos escolares, ou é? E não tem portas USB, o que me dava jeito. Mas acho que o ipad 3 já deve dar para fazer trabalhos escolares complexos e já deve ter entrada USB. Por isso, se calhar vou esperar. Não acham?

  17. Miguel says:

    Este é dos poucos artigos a falar do mundo Microsoft e Apple em que não tem comentários de fanboys a dizer mal de um ou do outro só porque sim.
    Penso que este windows 8 é muito bom sobretudo para o mercado, visto que a partir de agora os sistemas operativos para tablets vão ser pensados para tentar substituir os PC’s.
    Talvez se possa dizer que a Microsoft conseguiu apanha o comboio da Apple e da Google nos tablets, não ficando para trás. Agora resta esperar pela versão final do windows 8. Até lá, quem sabe se a Google e a Apple vão apresentar propostas inovadores…
    Não se esqueçam de uma coisa, quando há muita concorrência os utilizadores é que ficam a ganhar! Porque as empresas tem de apresentar produtos cada vez mais inovadores e funcionais.

  18. Serva says:

    @Guilherme ,

    Tens razão , o Windows 8 vem abrir aqui uma nova frente trata-se de facto de um SO transversal a todas as plataformas o que é desde já inédito , a google pode eventualmente vir a ter algo de parecido se eles quiserem , teriam de dar uma volta ao projecto Chrome OS e assim estariam de igual para igual com a Microsoft , vamos vr como é que evolui o mercado e o que nos trará em Outubro o Android 4 ou o 2.4 , ainda parece não haver um consenso acerca da nomenclatura deste SO , para já vi algumas novidades nesta nova versão que não existem em mais nenhum SO ao todo serão mais 500 as novdades que o SO irá nos brindar , algumas muito interessantes como a videoconferência em que o S0 por só próprio irá detectar quem é que está a falar no momento e focará essa mesma pessoa e alternando conforme a mudança de palavra .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

    • Ppietra says:

      Essa do transversal tem muito que se lhe diga! Não é por dar o mesmo nome que se torna transversal!
      O Mac e o iOS são muito mais transversais desde o início, pois usam basicamente as mesmas APIs e partilham imenso entre si! Aliás, olhando em retrospectiva, a Apple tem indo devagarinho ao longo dos anos preparando o Mac para um novo paradigma…
      O mesmo não se pode dizer da Microsoft, que para dar o ar de transversal teve que apresentar novas APIs, mas nem isto resolve o problema que vão ter com o Win32 em processadores diferentes.

      • Tecx says:

        Fanboy!

        E não vai haver problemas com Win32 em processadores diferentes porque Arm e afins não vão correr Win32.

      • Cláudio says:

        ai ai… tá com comichão o fanboy.

      • Dlencastre says:

        hã? Essa do transversal?? Parece-me que quem adaptou ou nem teve de preparar os Toshibas, Asus, Sony’s, acer e outros foi a Mictro. Enquanto tu achas que a Apple esteve a preparar a Micro já apresentou o resultado. Onde é que tens o mesmo so em todos os devices da Apple? Não queres que venha com o 4 testamento sobre a transversalidade pois não? 🙂

        • Ppietra says:

          ?
          Não sei qual o teu significado de transversal, mas neste contexto transversal implica usar a mesma tecnologia em diferentes plataformas de hardware (tablets, telemóveis, computadores, …), não ter o mesmo sistema em computadores diferentes, ou dar o mesmo nome a tecnologias que até são por base diferentes.
          A Microsoft sem dúvida que quer caminhar nesse sentido, mas não é a primeira a lá chegar, e ainda não chegou lá!
          A Apple já tem isso com o iOS e o Mac (computadores, telemoveis, tablets, dispositivos de entretenimento)… qualquer pessoa bem informada sabe que o iOS e o Mac têm a mesma base e uma enorme percentagem das APIs são comuns – a Apple começou até por dizer que o iPhone corria o OS X. O que digo está bem fundamentado.

          • Dlencastre says:

            Podemos ser de extremos e dizer que tudo é unix. Neste momento pode até ter a mesma base e não sabes se o Kernel windows é igual em todas as plataformas, daí ser prematuro avançar com um comentário a fundamentar simples API. Que eu saiba Sistema operativo em tablets e pc só o windows 8.

          • Ppietra says:

            Isso já é desconversar!! Não estamos a falar sobre extremos, e as semelhanças que indico estão bem documentadas.
            Quanto ao Kernel do Windows, sabes bem que não é igual… não têm nada a ver um com o outro (PC vs Phone), e não foi anunciada qualquer alteração significativa de Kernel para o Windows 8. Pode ser que com a próxima versão do Phone passem a usar a mesma, mas estamos a falar do futuro não do presente – aliás este Windows ainda nem está no mercado, por isso estamos sempre a falar do futuro.
            A questão das APIs é muito importante… só para exemplificar, como é que vai ser resolvida a confusão gerada por tablets com processadores ARM incapazes de correr as outras aplicações? Não é um caminho fácil…
            É nisto que digo que a Apple já andava mais preparada! As APIs são as mesmas, e tem todo o suporte para recompilação para diferentes processadores. E em termos de interface os dois estão cada vez mais próximos, evitando criar confusão.
            Isto são factos! Não estou a denegrir a Microsoft, aliás acho que seguiu a estratégia correcta tendo em conta os seus produtos… Mas ainda tem muito para fazer na concretização dessa estratégia, e está a correr um grande risco ao esconder tanto o “outro” interface!

      • Carlos says:

        Muito mais transversal que o .NET Framework?

        Vê a coisa da seguinte maneira. Eu posso fazer hoje uma aplicação em .NET e sem mudar uma vírgula ela corre em Windows, em Linux (com o Mono) e em Mac (também com o Mono), nos telemóveis Android (com o Mono) e se a Apple deixasse instalar o Mono no iPad até aí corria.

        Queres mais transversal que isso?

        • Ppietra says:

          ??
          Lá por isso tb podiamos falar em JAVA e Flash, etc!
          Sabes bem que aquilo que estamos a discutir é sobre sistemas bem adaptados para as diferentes plataformas e o .NET certamente que não está!

  19. Dlencastre says:

    Pegando na ideia do Lourenço que diz que adaptação é diferente da evolução diria o seguinte. Antes que ele venha com a sua teoria coloco aqui as definições cientificas que comprovam que a evolução advém da ligação da adaptação com outras características mais empíricas. Se verificarmos por exemplo na Wiki, a Evolução é caracterizada pelo seguinte: “Evolução é a mudança das características hereditárias de uma população de uma geração para outra…Este processo faz com que as populações de organismos mudem ao longo do tempo…A selecção natural é um processo da evolução, pois o mais fraco e desadequado fica para trás e novo e forte perdura…” Agora a parte que nos insere no tema discutido no PPW; “Ao longo de muitas gerações, >>adaptações<< ocorrem através de uma combinação de mudanças sucessivas, pequenas e aleatórias nas características, e selecção natural dos variantes mais adequadas ao seu ambiente.[o PAD]". Por isto achar que uma coisa é desconexa e antagonista à outra é qualquer coisa que nem me dou ao trabalho de explicar.
    Achar que a Micro não evoluiu é a mesma coisa que dizer que o Linux é só UNIX e nada mais. Que devemos esquecer anos de adaptações à concorrência, ao hardware, à finalidade do Hardware entre outros. Eu sou da opinião que a opinião é livre, mas, insistir que é a "PALAVRA" é demais para quem como eu é estudioso de várias coisas.
    É claro que para a Micro lançar este operativo é mais que concorrer com a Aplle. Acho até que se está a atirar para cima da Google e a sua ideia de SO igual e grátis em todos os equipamentos. Não me parece uma má escolha ter o Windows 8 na consola, no telefone, no pad e no pc e de preferência em nuvem gratuita e maior que 25gb. Claro que não pode ser "visualbastudiacamente" igual em todas as plataforma. Mas é errado adaptar um experiência que perdura nos computadores desde 1992, carregando consigo o nome e a satisfação de 70 ou mais por cento do mercado para os novos gadjects? Acho que o mundo agradece. É assim que nós vamos fazer as nossas escolhas naturais e evoluir na satisfação e no sorriso da coisa. Nós evoluímos porque à nossa volta tudo a nós se adapta. cumps e desculpem aqui o
    3º testamento. 🙂

    • lourenço says:

      percebo-te, mas n te esqueças que:

      adaptação é uma condição necessaria para a evolução, mas não suficiente!..
      uma coisa não evolui só porque se adaptou!..

      deixa-me q te diga, q n ha nada que se conheça que dite, verdades universais inquestionáveis, e muito menos a ciencia!…. portanto, argumentos como: teoria científica que prova bla bla…, a mim sabe-me sempre a pouco! já não é mau…, mas sabe-me a pouco!..

      de qualquer das maneiras, em termos de WIndows mobile, de facto nota-se 1 evolução tremenda.., e como ja disse, a Microsoft está de parabéns por isso..

      em termos de windows, a coisa limitou-se a adaptar-se…, ou… a evolução não foi assim tão tremenda como no caso das plataformas moveis..

      é só isso

    • xbyt says:

      Surpreende-me teres tido a paciência para responder a um fanboy assumido, com o tempo verás que não vale a pena, é como pedires a um benfiquista ferrenho que assuma que o F.C. Porto é melhor equipa.
      Admito que sem estes fanáticos isto não tinha tanta piada, já me fartei de rir com tantas demonstrações de fanatismo 😀

  20. lol says:

    Imaginem um Acer Iconia Tab W500(melhorado, pois para mim continua muito fraquinho embora seja uma excelente tentativa) e que vamos trabalhar encaixamos o tablet no teclado e voilá w8 sem metro style, “apenas” o profissional ambiente do w7, acabamos o trabalho, retiramos o tablet do teclado porque vamos até à sala navegar na net e ver as ultimas noticias, atualizações(rss, facebook, twiter) e não é que ele ativou o metro style assim que se tornou tablet. O melhor dos dois mundos num único SO.

  21. CMatomic says:

    para lembrar Ubuntu num Tablet

    http://youtu.be/nn3m09zkcbo

  22. Serva says:

    @CMatomic

    Pois é , fantástico , com algumas adaptações e tínhamos uma grande maquina , a capacidade que o Linux já traz capacitiva , permite de facto usar em Tablets , agora uma das questões que coloco é como é que instalas este SO , com 700 Mb ??

    Cumprimentos

    Serva

  23. Notliz says:

    Fico com os 2. Ambos bem elaborados. Essa é uma batalha sadia, que nos traz benefícios. Parabéns Pplware, mas um artigo pro “quengo”!

  24. aver says:

    Comparação entre e o iOS e o Windows 8 ?!

    “Para a coisa ficar equilibrada corremos o Windows 8 num Samsung Slate PC Série 7”.

    Isso é para rir. Um PC Slate Série 7 custa 1200 dólares mais impostos.

    Convinha comparar era com a versão Arm do Windows 8, para smartphones e tablets – baratos.

    Sendo certo que as aplicações desenvolvidas para a arquitectura x86 (como o PC Slate) não correm no Windows 8 Arm. Dá-me a impressão que haver Windows 8 para x86 e para Arm está a fazer alguma confusão.

    Os dois mundos continuam separados. Quando se diz, “Agora o que resta à Apple é fundir o iOS com o OS X Lion”, não faz sentido nenhum.

  25. zp says:

    Ios é mais comparável ao imaturo Android. O W8 é outro patamar…só comparam o metro style.

  26. João Marques says:

    Não percebo estas tendências. Um tablet é para ser versátil, fácil de utilizar, para usar no colo, confortavelmente sem ter que se pensar muito. Por isso é que o objecto em si é apenas uma “tableta”, simples.

    E agora vejo este sistema da microsoft. Embora possa parecer muito lindo e fluido está cheio de opções e botões por todo o lado, apps estranhas, coisas confusas. Para a simples tarefa de desbloquear o ecran há três maneiras diferentes de o fazer!

    Não me parece que este sistema seja um prazer de utilizar. Parece-me apenas que permite aos geeks sair da secretária e irem sentar-se no sofá. Não me parece que vá cativar clientes.

    Mais opções/liberdade não significa mais qualidade.

    • anog says:

      “Embora possa parecer muito lindo e fluido está cheio de opções e botões por todo o lado, apps estranhas, coisas confusas. Para a simples tarefa de desbloquear o ecran há três maneiras diferentes de o fazer!”

      E qual é o problema da opção? O facto de existirem 3 maneiras diferentes de o fazer é excelente pois dá opção às pessoas! Porque raio é que todos temos de andar a fazer gestos em cima de 9 bolinhas ou a meter pins quando se pode entrar fazendo o que bem nos apetece?

      Aquilo que vejo é que pela primeira vez a Microsoft conseguiu fazer um sistema transversal a diversas plataformas, coisa que a Apple lá vai tentando fazer aos poucos a ver se a coisa “cola” (launch center???)

      Pela primeira vez, vemos algo que, num estado ainda antes do beta, já faz mossa num eco-sistema que está bem implementado à anos. E o facto de ser novidade e estar a provocar este “wow” nas pessoas é bom. o IOS5 está demasiado preso a um conceito assim como o android também está. Não são OS’s para trabalho geral. São OS’s para lazer ou quanto muito trabalho muito específico, com aplicações muito específicas.

      O w8 é feito para ser utilizado tanto para trabalho como para lazer, com toda a compatibilidade com o que já existe (não falando do arm) e essa é a grande vantagem dele pois tão rapidamente estamos a trabalhar no office, no photoshop ou noutra bodega qualquer que necessite de um rato e de um teclado, como simplesmente desencaixamos da dock e usamos como tablet para ver umas noticias, passear pelas fotos e jogar uns joguinhos. O futuro não é só o sistema operativo, mas todo o hardware que daí advém, sendo o tablet da samsung que ofereceram no build um excelente exemplo (o outro é o já existente asus com o teclado, embora este seja arm).

      E não se esqueçam que o IOS5 vai sair daqui a um mês… o w8 vai sair daqui a um ano. Aquilo que vimos é apenas um preview e até lá muito pode mudar.

      “Mais opções/liberdade não significa mais qualidade.”
      Infelizmente, esta frase é o mal que a Apple trouxe ao mundo. Não me levem a mal, tenho um ipod e adoro isto e o facto de funcionar sempre bem mesmo depois de tantas quedas dadas mas este sistema é completamente blindado. Coisas parvas como criar um calendário simplesmente não é possível. Andamos com voltas a criar noutro lado e a sincronizar. Posso dar mais exemplos, mas falta de opções não é sinónimo de qualidade também.

      • Ppietra says:

        “a Microsoft conseguiu fazer um sistema transversal a diversas plataformas”
        A Microsoft ainda não conseguiu, pois tal como tu bem dizes a seguir, só daqui a quase 1 ano é que estará pronto, e a isso tens que juntar o facto da Microsoft estar a no início de mudança de estratégia em termos de APIs – ainda longe de ter compatibilidade completa entre todas as plataformas – os programadores terão que seguir um caminho muito estreito para ter aplicações em tudo, sendo muita coisa nova! As aplicações actuais não serão fáceis de “portar” para a nova estratégia, e quase todas implicam o uso de rato e teclado.
        Nisso a Apple está melhor pois Mac e iOS são muito compatíveis em termos de APIs, facilmente aproveitando o código de um para outro. E tal como tu bem dizes o novo Windows só daqui a 1 ano e Mac e iOS (daqui a umas semanitas) são os novos agora – de modo que até lá a Apple tb terá mais coisas novas para mostrar, ninguém para.
        Em termos de interface, vamos ver! Muita gente não irá gostar de querer trabalhar num computador a sério e ter que passar por vários passos até chegar ao interface pretendido – pode ser que até lá dêem alguma opção para mudar isso. Doutra forma não creio que a Microsoft tenha conseguido pôr um interface muito funcional para rato e teclado – demasiados atalhos de teclado para fazer funções básicas inacessíveis ao rato, pode ser que isso tb mude! E a transição de interfaces vai ser sempre um ponto fraco, capaz de toldar a percepção do utilizador comum!
        Nisso a estratégia da Apple neste momento está melhor pois apostou desde cedo numa óptima interface vem adaptada a cada utilização; no Mac com o “trackpad”, facilitando às pessoas movimentarem-se e conhecerem tudo só com “trackpad”. Como não mistura interfaces e está sempre quase tudo à distância dum clique a simplicidade é maior e poderá ser mais acessível ao utilizador comum! No iOS será de esperar que as suas capacidades aumentem com o hardware, e já há muitas aplicações para o iPad capazes de rivalizar com o desktop.
        Obviamente que a Microsoft tem a seu favor a presença actual do Windows, o dinamismo da interface (capaz de impressionar mais), a força enorme das aplicações no Windows, e muita qualidade nas ferramentas de programação. Vamos ver o que os compradores acham quando o novo Windows sair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.