PplWare Mobile

Foi a NSA que reportou à Microsoft falha explorada pelo WannaCry


Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

14 Comentários em "Foi a NSA que reportou à Microsoft falha explorada pelo WannaCry"

avatar
  Subscreva  
Notify of
BlinZk
Visitante
BlinZk

A NSA e as leis americanas sobre informação confidencial (que permitem tudo e mais alguma coisa), são a origem do problema. Em vez de defenderem os seus cidadãos quando descobrem uma falha que pode afectar milhões, optam antes por usá-la para espiar milhões!
E quando a coisa dá para o torto e vai parar às mãos de bandidos, vão a correr feitos anjinhos ajudar?? Deviam era ter vergonha!
Muitos Snowden’s irão aparecer no futuro e a farsa terá que terminar! Isto é só o começo!

BlinZk
Visitante
BlinZk

E não é coincidência que as empresa americanas foram das menos atingidas com estes ataques! Pois seguramente que a NSA fez questão junto da MS que os sistemas americanos fossem protegidos em primeira mão! Cretinos!

sakura
Visitante
sakura

mas que, como se viu, acabaram por não estar instaladas, permitindo que o WannaCry atingisse as proporções conhecidas.

O sysadmin estava a beber umas imperiais…… e no linux não se actualiza
com “MEDO” de “LIXAR” o /etc/config ……… a MS windows linux etc… tem as “”costas largas””. http://idioms.thefreedictionary.com/jobs+for+the+boys

sem updates não há SO seguro, no planet terra.

JonyFox
Visitante
JonyFox
Há uma outra questãoimportante nas responsabilidades de todos.. A MS só lançou patch para os seus OS ‘legacy’ (XP, 2k3) após o ataque consumado e não em Março. É certo que as empresas deveriam ter feito upgrades ao SO quando saiu a info de fim de suporte mas há outra coisa importante em tudo isto. Fazer upgrade do SO numa empresa (grande, ou mesmo mto grande) por vezes implica também o upgrade da principal aplicação de negócio que nestas mega empresas é desenhada/desenvolvida á medida em conjunto com o SO onde irá ser executada. Como é obvio o custo associado… Read more »
blimb
Visitante
blimb

não, se as empresas têm o win10 / server 2012 com telemetria para a ms / nsa?, porquê usar o xp com falhas de segurança?

Ricardo Gaio
Visitante
Ricardo Gaio

A frase que mais gostei no artigo foi esta:
“O mais caricato nesta situação é que caso o ataque do grupo Shadow Brokers não tivesse tido o sucesso que teve, a falha provavelmente nunca seria conhecida e a NSA iria continuar a explorá-la durante muitos mais anos.”
Quantas mais falhas estarão nestas circunstâncias?!

Vítor M.
Admin

Boa questão!

rjSampaio
Visitante
rjSampaio
não é preciso questionar, porque a NSA esta so a falar deste em particular, e o resto do partilhado pelo ShadowBrokers? a falha do SMB é so uma no meio de dezenas de falhas do mesmo pacote. E já não se lembram do Vault7 ? foi só a dois meses mas ainda são eficazes, são mais documentos de hacks que a CIA usava/tinha conhecimento , neste caso partilhado pelo wikileaks. A malta não se da conta, mas praticamente ninguém sabe quem é o snowden, é um pirata qualquer ou um terrorista, mas a realidade é que a documentação do Vault7… Read more »
N'uno
Visitante
N'uno

Essa frase é uma “verdade de la Palice”… Ferramentas e vulnerabilidades activamente exploradas como estas abundam por aí, e já há muito! A questão é que ninguém as controla… Ou seja, de caricato nada tem, antes pelo contrário!

rjSampaio
Visitante
rjSampaio

a isto chamasse “Damage Control”, nem com carta registada, fax carimbado, ou seja lá o que for acredito que foi a NSA a dizer primeiro.

E já agora, e o resto das falhas exploradas pelo resto das ferramentas? também disseram a MS? ou vamos esperar por outra virose mediática para que eles digam “há este também já tínhamos avisado…”

Alberto_
Visitante
Alberto_

Quantas mais falhar eles terão descoberto e ainda utilizam…

EU
Visitante

E as outras?!?

Antunes
Visitante
Antunes

lol usaram durante anos para roubar informação a empresas europeias, chinesas s e agora vem dizer que informaram a microsoft depois de a informação estar cá fora?

poiou
Visitante
poiou

Já usavam a ferramenta há 5 anos.
Só quando foram atacados é que a reportaram.
Chama-se a isso inutilização de armas, tipo, “se nós não a usamos, mais ninguém usa